Aeróbico em jejum: tire suas dúvidas

Você já ouviu falar do AEJ? Esta é a sigla usada para a prática de fazer exercícios aeróbicos em jejum. Há quem diga que o hábito ajuda na queima de gordura, mas será que é verdade mesmo?

A polêmica do AEJ divide opiniões de especialistas e adeptos. Para desmistificar o hábito, conversamos com o Dr. Jomar Souza (Especialista em Medicina do Exercício e do Esporte e Diretor da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte – SBMEE). Ele nos falou mais sobre os efeitos de malhar com o estômago vazio.

Segundo ele, ainda não temos uma comprovação fidedigna de que treinar sem comer realmente ajude na perda de peso. ” Imaginando que uma pessoa treine pela manhã após acordar precisamos considerar que ela passou de 6 a 8 horas sem se alimentar e isto vai gerar uma queima de proteína estocada no músculo com consequente redução da massa muscular”, explica.

physiotherapy-595529_640

Dr. Jomar Souza também acrescentou dizendo que ninguém deve treinar em jejum. O ideal mesmo é comer pelo menos 30 minutos antes de iniciar o exercício. “Pode ser uma fruta pequena, um copo de suco ou uma barrinha de cereais”, diz.

O médico ainda afirma que comer bem pouquinho só é vantajoso para quem vai praticar treinamentos muito intensos, pois comida em excesso pode gerar vômitos. Ou seja: malhar sem comer, jamais. Segundo o especialista, a única coisa que se perde  com a técnica é a massa magra.
Conteúdo original Mais Equilíbrio
Anúncios

Um comentário sobre “Aeróbico em jejum: tire suas dúvidas

Os comentários estão desativados.