Tag: abacaxi

Alimentos: Alternativas saudáveis aos altos preços

Conteúdo original Mais Equilíbrio

De março do ano passado até março deste ano, os preços dos alimentos chegaram à mesa do consumidor com aumento de de mais de 30%. O IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) revela que os preços subiram 6,34% até março deste ano, contudo, estudos de economistas da Universidade de São Paulo revelam que os preços de frutas, legumes, verduras e alguns cereais, dentre eles, arroz e feijão, acumularam altas de 33,36%.

O preço do tomate, por exemplo, um dos frutos que mais figuravam no prato dos brasileiros, mais que dobrou de preço no período de um ano, com alta de 105,87%. A batata virou outra vilã na alimentação e passou a pesar do bolso, já que ficou 86,51% mais cara.  Com este cenário, fica a dúvida: como driblar a inflação e não faltar alimentos essenciais para manter uma boa nutrição em dia? Se por um lado, comerciantes e feirantes tentam adotar medidas de controle de preços, os consumidores buscam alternativas para não deixar cair a qualidade nutricional dos pratos no dia a dia.

Uma alternativa para substituir frutas que estão caras é optar pelas frutas da estação, como é o caso da goiaba, da ameixa e da uva. E como é possível substituir alimentos caros por aqueles que ofereçam as mesmas vitaminas, minerais e nutrientes por um preço mais em conta?

Laranja pera por…

Manga, melão e kiwi, que, assim como a laranja, são fonte de vitamina C. A vitamina C tem poder antioxidante e é essencial para a saúde dos ossos e dos vasos sanguíneos.

Abacaxi por…

Ameixa, que tem grande quantidade de vitamina C, além das vitaminas do complexo B. Assim como o abacaxi, a ameixa é uma fruta que auxilia na digestão e no trato intestinal.

Tomate por…

Pepino, que apesar de ter um gosto completamente diferente do tomate, tem o mesmo valor nutricional e contém vitamina C. A cenoura, um legume que está mais em conta, pode substituir o tomate como suprimento de vitamina C, vitamina E e betacaroteno.

Abobrinha por…

Abóbora nacional, fonte de fibras, vitamina C e outros nutrientes fornecidos também pela abobrinha.

Batata inglesa por…

Batata doce ou inhame. Assim como a batata inglesa, a batata doce e o inhame são ricos em carboidratos, contudo, a batata doce é ainda mais nutritiva que a inglesa, sendo fonte de cálcio, fósforo, potássio, ferro, vitaminas A, C e E, além das do complexo B.

Suco detox contra ressaca e má digestão

Conteúdo original Cozinhando para 2 ou 1

No dia seguinte às ceias de Natal e de Ano Novo, é comum acordar com aquela sensação (e muitas vezes um certo arrependimento) de ter exagerado na comida e/ou na bebida. Para aliviar um pouco esse desconforto e auxiliar na digestão, sugiro um suco nutritivo, refrescante e que ainda tem efeito antioxidante.

smothie-887010_960_720

Sim, pode confiar. Esta combinação é perfeita para ajudar a colocar o seu organismo de volta na rotina alimentar. As fibras e enzimas dos ingredientes contribuem para aliviar a sensação de empachamento facilitando a quebra de moléculas dos alimentos e evitando a absorção de gorduras; o abacaxi e o pepino hidratam bastante e a hortelã também ajuda na diminuição da dor de cabeça e na liberação de toxinas. E é exatamente por isso que esta maravilha está aqui justamente hoje.

Suco Detox

  • 1 fatia de abacaxi sem casca (+/- 3cm.)
  • 1/3 de pepino japonês
  • 6 a 8 folhinhas de hortelã
  • 1/4 xícara de água (melhor ainda se for água de coco)
  • Mel ou adoçante, se necessário

Corte grosseiramente o abacaxi e o pepino em pedaços e coloque no liquidificador com a hortelã. Acrescente a água de coco e bata até obter um suco homogêneo. Se precisar, adoce com mel ou adoçante. Evite coar o suco pois as fibras são importantes para ajudar na digestão.

Esta quantidade serve uma boa porção, que pode substituir o café da manhã seguinte aos exageros, mas evite repetir por muitos dias.

SAIBA MAIS:

pineapple-595577_960_720

_ O abacaxi é uma excelente fonte de carboidratos e de fibras alimentares. Contém grande concentração de água, mas também muitas vitaminas e minerais. Ajuda a quebrar as partículas de proteína facilitando a digestão e evita a acidez, ajudando a acalmar a mucosa do estômago e dos intestinos. Tem propriedades diuréticas e antioxidantes.

_ O pepino é rico em nutrientes e é composto principalmente por água, carboidratos do bem e fibras alimentares, assim como vitaminas e minerais. É rico em antioxidantes naturais e contém esteróis que são conhecidos por reduzir o nível do mau colesterol no sangue, uma vez que contribui para liberá-lo do corpo sem ser absorvido, contribuindo também para a liberação de toxinas.

_ Já a hortelã é fonte de fibras e proteínas, rica em vitaminas e minerais. Aciona o funcionamento das glândulas salivares e a produção de diversas enzimas que ajudam na digestão e evitam dores de estômago. Colabora com a diminuição da dor de cabeça, é diurético, limpa o sangue e ajuda na liberação de toxinas e de resíduos corporais.

mint-793078_960_720

_ A água de coco, por sua vez, repõe os fluidos do corpo e fornece nutrientes essenciais que não estão disponíveis na água comum, ajudando a restaurar os eletrólitos no organismo. Contribui também acelerando o metabolismo, o que favorece a queima de calorias e, consequentemente, menor ganho de peso; além de fazer com que o corpo se livre de toxinas de forma rápida e eficiente.

Aposte nas frutas secas

Conteúdo original Mais Equilíbrio

Muitos apreciam as frutas secas, seja pra comer de sobremesa, depois da prática de exercícios físicos, nos lanches ou apenas para matar a vontade de comer doce. Dificilmente você passará pelas festas de final de ano sem vê-las na mesa, seja como aperitivo, na decoração de pratos, incluídas em preparações culinárias doces e salgadas, dando um toque todo especial. Afinal quem resiste a uma farofa com uva passa ou uma deliciosa sobremesa com ameixa seca?

fruit-428052_960_720

Banana, damasco, uva, tâmaras, ameixa, estas e outras frutinhas fornecem vitaminas e minerais e são ótimas para repor a energia rapidamente. Para os praticantes de atividade física, após o treino, é uma ótima opção, pois dessa maneira eles estarão repondo rapidamente a energia perdida.

Elas também podem ser consumidas nos lanches intermediários, pois são práticas, e podem ser levadas com facilidade. O seu armazenamento também é prático, pois não necessita de refrigeração.

dried-fruit-785243_960_720

Para quem deseja emagrecer, substituir os doces elaborados, com chocolates, bolos, pavês, tortas, por frutas secas é uma boa opção, pois você estará consumindo menos calorias, colaborando com a eliminação de peso.

A fruta torna-se seca quando é retirada parte da água contida quando ela está madura e fresca, através do processo de desidratação. Este processo pode acontecer de forma natural, com exposição ao sol ou de maneira artificial, através de vapor, estufas, etc. Depois deste processo, é adicionado açúcar para sua conservação.

dried-fruit-700015_960_720

Após estes procedimentos, o sabor da fruta fica mais acentuado, mas existe uma desvantagem. Devido à adição de açúcar, a fruta torna-se mais calórica, por exemplo: 100 g de damasco fornecem 48 kcal e 100g de damasco seco, 238 kcal. Ou seja, chega a ser 5 vezes mais calórica! Mas mesmo assim, é mais saudável você comer uma frutinha seca, ao invés de um doce bem elaborado.

Mas, assim como qualquer outro alimento, é importante consumir com moderação. É fundamental ressaltar que o consumo de frutas in natura deve permanecer, mesmo consumindo as frutas secas.

Veja no quadro abaixo, as calorias de algumas frutas secas:

Sem Título-1

Agora que você já sabe as calorias destas frutinhas, consuma com moderação e aproveite esta delícia não só nas festas de final de ano, mas também nos lanches diários, preparações ou quando sentir vontade.

Especial de Natal: Gelado de Abacaxi Light

Podem falar o que for, mas comer continua sendo um ato de comunhão e união. Uma mesa posta, distribuída de gente que compartilha dos mesmos sentimentos é puro amor. Ainda que não seja farta, nem muito refinada, o que importa mesmo é o vínculo que o momento proporciona. E no Natal não pode (nem deve) ser diferente. Nós colaboramos com uma receita bem deliciosa para adoçar a família: um gelado de abacaxi.

Essa é a versão Equilibre-se daquela já conhecida sobremesa de abacaxi, que leva creme branco, bolo e caldinha da fruta. Geladinho e molhadinho. É um repeteco: fiz no ano passado e foi sucesso. Porém, neste ano ela vem repaginada numa versão mais leve, com pouco açúcar e menos gordura.

Gelado de Abacaxi

 

Para a massa:

  • 1 ovo inteiro e 2 claras
  • 1 xícara de chá de açúcar refinado
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento biológico
  • Caldo de 1 laranja

Antes de começar, peneire o açúcar e a farinha, para uma massa mais leve e fofinha. Na batedeira, bata os ovos inteiros, em velocidade alta, até que fiquem com uma consistência nevada – fica uma massa leve numa coloração amarela bem clarinha. Acrescente o açúcar aos poucos (vai parecer uma gemada).

Tire da batedeira e acrescente aos poucos a farinha peneirada, para que não perca a leveza. Vá colocando e mexendo; assim que incorporar, coloque mais um pouco, até usar toda a farinha. Por último, acrescente o fermento e o caldo de uma laranja e incorpore delicadamente na massa.

Coloque em assadeira plana e untada. Asse em forno pré aquecido a 180ºC por, aproximadamente, 30 minutos ou até dourar a massa e o palito sair limpo.

Para o creme:

  • 1 lata de leite condensado light
  • 1 lata (ou caixinha) de creme de leite light

Numa panela, misture todos os ingredientes. Leve a panela ao fogo baixo, e mexa sem parar por cerca de 10 minutos ou até que engrosse – mas lembre-se que, depois de frio, o creme firma. Desligue o fogo e transfira o creme para uma tigela. Cubra com filme, encostando no creme, e leve à geladeira por no mínimo 30 minutos para esfriar.

Para a calda de abacaxi:

  • 1 abacaxi bem grande
  • 1/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 1/4 de xícara (chá) de rum (o álcool evapora, mas você pode usar uma essência)

Descasque o abacaxi e corte em fatias de 1 cm. Corte as fatias em tiras e as tiras, em cubos de 1cm. Numa panela, junte o abacaxi picado, o rum e o açúcar e leve ao fogo médio, mexendo de vez em quando, até que ele amoleça e forme uma calda, por cerca de 15 a 20 minutos. Passe o abacaxi cozido pela peneira e reserve a calda, que será usada para regar a massa. Transfira o abacaxi para outra tigela, cubra com filme e leve à geladeira para esfriar.

Montagem

  • 1/2 xícara de chá de coco fresco ralado ou 1 saquinho de 50 gramas de coco ralado não adoçado (opcional)
  • 1 xícara de chá de chantilly (opcional)

Passo a passo:

1. Corte o bolo ao meio, no sentido da largura. Forre um refratário de cerca de 20 x 30 cm com uma das metade. Regue metade da calda de abacaxi. Espalhe metade dos cubos e cubra com metade do creme. Coloque a segunda camada do bolo e repita o procedimento.

2. Se quiser, cubra com o chantilly. Se não, alise bem a última camada de creme para ter um bom acabamento. Leve à geladeira por no mínimo 2 horas e, na hora de servir, polvilhe o coco fresco ralado por cima.

Smoothie de Frutas Amarelas

Muitas vezes, para manter a linha dentro dos limites da reeducação alimentar e vida saudável, é preciso andar de mãos dadas com a criatividade. Para evitar cair na mesmice e enjoar do cardápio, variar e reinventar são as melhores saídas.

fruit-230096_640

Os smoothies, como já falamos por aqui, são excelente formas de se alimentar de um jeito gostoso e prático. Ele mistura frutas, fibras e proteínas, que podem parecer improváveis, mas resultam em uma bebida nutritiva e multifuncional.

Essa opção que sugerimos pode substituir um café da manhã, lanche da tarde e serve como um ótimo pré-treino, a quem pratica atividades físicas. Caso faça uso, pode adicionar também um scoop de whey protein, para turbinar e suplementar o smoothie.

Smoothie de Frutas Amarelas

smoothie-790710_640

  • 2 xícaras de abacaxi picado
  • 1 manga madura
  • 1 banana pequena
  • 3/4 de xícara de chá de água de coco
  • 1/2 xícara de gelo

Bata tudo no liquidificador e siga em seguida.

Para esquentar e desinchar: Chá da casca do Abacaxi

Um chazinho no meio da manhã ou mesma das tardes mais frias sempre cai bem, não é verdade? E ao contrário do café, o chá relaxa e não tira o sono.  Quer dizer, depende da preparação e das combinações. Esse chá com a casca de abacaxi, por exemplo, é termogênico, diurético, acelera o metabolismo e auxilia na perda de peso.

Agora, o melhor é poder unir o útil ao agradável, juntando o prazer de um chá quentinho aos benefícios para o emagrecimento. Além de ser uma forma prática, e rápida, de consumir os nutrientes da fruta sem complicações.

919243_407423902698349_1363788106_o

Com essa receita você também evita o desperdício, só deixando de aproveitar, mesmo, a coroa. Assim, pode deixar a fruta cortadinha para comer quando estiver com mais tempo e ter o chá da casca para tomar em qualquer momento. Vamos à receita?

Chá da casca do Abacaxi com Canela

  • Casca de um abacaxi
  • 1 litro de água
  • 6 folhas de hortelã (opcional)
  • 1 canela em pau
  • Adoçante a gosto

Antes de cortar, lave bem a casca do abacaxi. Leve-as em uma panela ao fogo com a água e a canela e deixe ferver por aproximadamente dez minutos. Em seguida, desligue o fogo e acrescente as folhas de hortelã para dar sabor. Tampe e deixe por mais cinco minutos, descansando. Depois disso, basta coar, adoçar e consumir. Caso não use a hortelã, apenas coe e sirva em seguida.

pineapple-636562_640

Por ser combinado com a canela e ter efeitos de aceleração do metabolismo, recomenda-se que não se beba esse chá após às 18h, para evitar que ocorra insônia ou distúrbios no sono. Ele também não é indicado para pessoas hipertensas, grávidas e mulheres em fase de amamentação.

Outra recomendação é consumi-lo, no máximo, três vezes ao dia. Para manter o sabor, além de acondicionar o chá em garrafa térmica, separei três rodelas pequenas de abacaxi e fervi junto com os outros ingredientes. Depois, coloquei essas mesmas rodelas na garrafa térmica, junto com o chá pronto e coado.

A precisão de adoçar depende muito do tipo e condição do abacaxi, por isso prove antes. Fiz essa receita com o abacaxi do tipo pérola e estava bem docinho, então não senti necessidade de adoçar com nada.

Fica uma delícia, ajuda na digestão e parece dar uma sensação de satisfação. Muito gostoso! Faça, que você não vai se arrepender!