Tag: abraço

Faça parte da caixinha de remédios de alguém!

“Muitas vezes nesta vida, nós somos o remédio da vida de outras pessoas!

Quantas vezes você já curou uma pessoa com o seu abraço, uma visita inesperada, um sorriso, uma palavra, um carinho ou até mesmo uma mensagem enviada?

Sua presença alegra a vida das pessoas, é um poderoso remédio contra a tristeza, a depressão, a dor e os sofrimentos da alma.

Estar presente na vida das pessoas que amamos é milagre poderoso, que pode transformar-se em processos de cura absoluta.

Faça parte da caixinha de remédios de alguém!”

Chico Xavier

A ciência diz que você deve abraçar o abraço

A ciência diz que você deve abraçar o abraço

Quando um ente querido tem um dia difícil, você provavelmente dá um abraço sem pensar duas vezes. E um novo estudo diz que o simples ato pode ter um efeito maior do que você imagina.

Os abraços podem ter um impacto mensurável no humor e no estresse após o conflito social, de acordo com um artigo publicado na revista PLOS One. O gesto pareceu aumentar os sentimentos positivos e reduzir os sentimentos negativos nos dias em que as pessoas tiveram problemas de relacionamento, descobriu o estudo.

“Um comportamento muito simples e direto – abraços – pode ser uma maneira eficaz de apoiar homens e mulheres que estão enfrentando conflitos em seus relacionamentos”, explica o co-autor Michael Murphy, um pesquisador de pós-doutorado no Laboratório para o Estudo da Universidade Carnegie Mellon. de estresse, imunidade e doença.

Para o estudo, Murphy e seus colegas entrevistaram 404 adultos por telefone todas as noites durante duas semanas. Cada pessoa foi questionada sobre o seu humor, se tinham experimentado conflitos e se receberam um abraço naquele dia, entre outras questões. Cada pessoa também passou por um exame físico e preencheu um questionário sobre sua saúde e convívio social no início do estudo.

Os pesquisadores descobriram que os abraços estavam associados a um aumento nos marcadores positivos de humor e a uma redução nos negativos; o oposto era verdadeiro no conflito de relacionamento. E nos dias em que ambos ocorriam, as pessoas tendiam a relatar menos sentimentos negativos e mais positivos do que nos dias em que viviam em conflito, mas sem abraços.

Demonstrações mais implícitas de apoio, como o toque físico ou fazer um favor a alguém, podem ser melhores porque “fazem as pessoas sentirem que são cuidadas, têm alguém que está lá para elas, sem nenhum julgamento”, diz Murphy. E abraços podem ter uma vantagem até nesta categoria: a pesquisa também sugere que o toque físico pode provocar mudanças fisiológicas benéficas, como reduções na atividade cerebral e cardíaca relacionadas ao estresse e a liberação do hormônio oxitocina, que melhora o humor.

Claro, algumas pessoas não gostam de ser abraçadas , e mesmo para pessoas sensíveis, as respostas provavelmente variam dependendo de quem o abraço vem. Mesmo que os resultados atuais sejam preliminares, Murphy diz que eles fornecem uma razão convincente para alcançar, literalmente, os entes queridos que podem estar com dificuldades.

“Abraços, pelo menos entre os próximos, podem ser uma forma simples, direta e eficaz de mostrar apoio a alguém de quem você gosta e que está em conflito com um relacionamento em sua vida”, diz Murphy.

Texto traduzido da revista TIME Health

Sobre reciprocidade…

Para hoje e sempre

“Que eu continue a acreditar no outro,
mesmo sabendo de alguns valores tão esquisitos que permeiam o mundo;

bali-1807464_960_720
Que eu continue otimista,
mesmo sabendo que o futuro que nos espera nem sempre é tão alegre;

Que eu continue com a vontade de viver,
mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, uma lição difícil de ser aprendida;

Que eu permaneça com a vontade de ter grandes amigos(as),
mesmo sabendo que com as voltas do mundo, eles(as) vão indo embora de nossas vidas;

Que eu realimente sempre a vontade de ajudar as pessoas,
mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, sentir, entender ou utilizar esta ajuda;

couple-1853996_960_720

Que eu mantenha meu equilíbrio,
mesmo sabendo que os desafios são inúmeros ao longo do caminho;

Que eu exteriorize a vontade de amar,
entendendo que amar não é sentimento de posse, é sentimento de doação;

Que eu sustente a luz e o brilho no olhar,
mesmo sabendo que muitas coisas que vejo no mundo, escurecem meus olhos;

Que eu retroalimente minha garra,
mesmo sabendo que a derrota e a perda são ingredientes tão fortes quanto o sucesso e a alegria;

early-in-the-morning-1757091_960_720

Que eu atenda sempre mais à minha intuição,
que sinaliza o que de mais autêntico possuo;

Que eu pratique sempre mais o sentimento de justiça,
mesmo em meio à turbulência dos interesses;

Que eu não perca o meu forte abraço
e o distribua sempre;

Que eu perpetue a beleza e o brilho de ver,
mesmo sabendo que as lágrimas também brotam dos meus olhos;

dresses-1842555_960_720
Que eu manifeste o amor por minha família,
mesmo sabendo que ela muitas vezes me exige muito para manter sua harmonia;

Que eu acalente a vontade de ser grande,
mesmo sabendo que minha parcela de contribuição no mundo é pequena;

E, acima de tudo…

Que eu lembre sempre que todos nós fazemos parte desta maravilhosa teia chamada vida, criada por alguém bem superior a todos nós!
E que as grandes mudanças não ocorrem por grandes feitos de alguns e, sim, nas pequenas parcelas cotidianas de todos nós!”

Chico Xavier

Fotos: Pixabay

Cinco hábitos saudáveis ​​que fortalecem sua família

Bons hábitos não acontecem por acaso. Eles têm que ser primeiro apresentados a nós e é preciso autodisciplina e muita prática para cultivá-los em nossas rotinas regulares, se pretendemos que sejam bem sucedidos. Tomemos, por exemplo, a escovação e uso do fio dental nos dentes.

Ajudar sua família a formar bons hábitos pode ser um desafio. Mas se você manter o rumo, isso se tornará um costume de preferência. Uma vez que se tem um objetivo em mente, deve-se focá-lo diariamente até que se demonstre um nível aceitável de domínio antes de passar para a apresentação de um próximo hábito. Suas expectativas devem ser condicionadas à idade e estágio de desenvolvimento do seu filho ou entendimento e tempo dos familiares. Aqui listamos 5 hábitos saudáveis ​​que devem ser implementados:

Hábito Saudável #1: Pratique a gratidão

mother-589730_640

 

A gratidão é um conceito complicado. A maioria de nós sabe que devemos expressar gratidão pelas coisas importantes na vida, como ter um teto sobre nossas cabeças, ter comida na mesa todos os dias e ter filhos saudáveis. Depois, há as pequenas coisas, como apreciar a grande árvore no quintal ou mesmo apenas ter acesso a uma máquina de lavar e secar roupa. Quando tudo está bem no nosso mundo, é fácil se concentrar no que há de bom, mas o desafio é ser capaz de manter esse foco quando as coisas não estão indo tão bem.

Grande parte das crianças não vai aprender gratidão simplesmente por ser dito que esta é a forma como eles devem agir. A coisa mais importante que você pode fazer é modelar o comportamento de seu filho. Configurar um hábito de gratidão em sua família. Por exemplo, na hora do jantar, quando todos estiverem ao redor da mesa, incentive o compartilhamento de algo bom que aconteceu com cada um durante o dia. Edificar a gratidão requer prática, mas quando feito regularmente, é um hábito que aumentará a harmonia da sua família.

Hábito Saudável #2: Mantenha uma programação de diversão regular em família

water-fight-442257_640

Para uma família ficar conectada e em sintonia, é fundamental para esculpir blocos de tempo regulares para passar juntos. Traga à sua família o hábito de sair apenas para se divertir, e não apenas para ocasiões especiais, como aniversários ou em férias. Reúna todos e eleja um período regular todos os meses para ficarem juntos. Certifique-se de preencher esse tempo com atividades divertidas, lanches aos domingos no parque, na praia ou quintal de casa, boliche, filmes e passeios. Uma vez no calendário, deve ser o tempo sagrado da família e não serão negociados por outros compromissos.

Hábito Saudável #3: Desenvolver hábitos familiares

sheep-586374_640

Sente-se em conjunto e incentive cada membro da família a discutir sobre um hábito saudável que eles gostariam de melhorar. Por exemplo, a garotada pode tentar usar as palavras “por favor” e “obrigado” regularmente, as crianças mais velhas podem telefonar para casa para avisar se chegarão tarde e os adultos podem tentar, regularmente, beber água em vez de refrigerante.

Um ato prático lúdico para reforçar essa ideia é dar a cada familiar algumas sementes de flores para plantar. Assim, explique que o tempo em que a semente leva para começar a crescer, é o período que se tem para trabalhar esses hábitos. Quando todos verem o crescimento em suas mudas, poderão informar aos familiares se seu hábito floresceu nelas. Durante este tempo, os membros da família podem estimular o crescimento do hábito no outro com comentários positivos que admirem o compromisso. Simples abraços provando que você notou o cuidado de cada um pode ser o suficiente para manter todos motivados na tarefa.

Hábito Saudável #4: Mantenha-se organizado

clothes-hangers-582212_640

Uma habilidade importante que vai ajudar a todos, principalmente os seus filhos à medida que crescem, é aprender a manter-se organizado. Se a sua família não está organizada para começar, então você pode usar isso como uma oportunidade de ensino para todos, como, por exemplo, trabalhar em conjunto para obter todos os quartos da casa livre de desordem.

Faça uma lista de alguns dos seus atos de desordem, uma vez que identificar seus maus hábitos, escolha um para mudar e um organizado para substituição. Em vez de deixar as roupas limpas dos filhos no seu guarda-roupa ou em um cantinho do armário, mostrar-lhes como arrumá-lo corretamente para que eles adquiram o hábito de respeitar as coisas e o ambiente, evitando revirar uma pilha bagunçada para encontrar um par limpo de meias.

Comece devagar e aos poucos, escolhendo apenas um hábito e aquele em que se sinta confiante para a mudança. Uma vez que sua casa começa a ficar (e permanecer) organizada, você e todos da família terão mais tempo para relaxar e aproveitar o tempo juntos com qualidade.

Hábito Saudável #5: Coma certo

family-drinking-orange-juice-619144_640

Um dos melhores presentes que você pode dar aos seus familiares é ensiná-los a cuidar bem de seus corpos. Isso é algo que a maioria de nós precisa trabalhar. Mas, escolhendo opções de alimentos saudáveis ​​e fazendo exercícios regularmente nós vamos ensinar aos nossos filhos que valorizamos um estilo de vida saudável. Se a sua família nunca come frutas e vegetais, inicie o hábito de introduzir uma nova fruta ou vegetal todos os dias. Substitua os alimentos fritos por assados ou grelhados. Adquira o hábito de caminhar ou andar de bicicleta várias vezes por semana, em vez de ver televisão. Se você modelar hábitos mais saudáveis, seus filhos não terão mais motivo para não segui-las.

Você tem hábitos saudáveis ​​que você valoriza? Eles tiveram um impacto positivo na vida da sua família? Compartilhe com a gente! Esperamos que você possa começar a construir alguns novos hábitos saudáveis ​​para a sua família hoje!

Texto original em Quick and Dirty Tips
Tradução livre de autoria do blog.