Tag: alimentação vegana

Receita: Pão de Beijo (Pão de Queijo Vegano)

Receita: Pão de Beijo (Pão de Queijo Vegano)

Receita fácil e delícia, da Paveg Blog, para agradar ao paladar de todo mundo, da criança à vovó. 

  • 2 unidades (aproximadamente 400 g) de batatas inglesas cozidas e descascadas
  • 1 e 1/2 xícaras de chá (270 g) de goma pronta para tapioca
  • 1/4 de xícara de chá (30 g) de polvilho doce (fécula de mandioca)
  • 1 e 1/2 colheres de  chá de sal
  • 2 colheres de sopa  (30 ml) de azeite
  • 1 colher de sopa de fermento químico
  • 1 colher de sopa (15 ml) de água

Modo de Preparo

  1. Amasse as batatas e reserve;
  2. Em um recipiente misture a tapioca, o polvilho doce e o sal;
  3. Acrescente as batatas e o azeite;
  4. Vá amassando a massa com as mãos;
  5. Adicione o fermento e continue a amassar. Faça o mesmo com a água;
  6. Modele em formato de bolinhas. Disponha em uma assadeira untada com azeite;
  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por 40 minutos (ou até perceber que os pães já estão douradinhos).

Receita: Brownie fácil e saudável (para matar a vontade de doce)

Bateu aquela vontade forte de comer um docinho, mas você quer se manter mais saudável possível e evitar grandes deslizes?! Então, se a sua vontade girar em torno de chocolate, esse brownie é para você!

A receita, sem leite, glúten e açúcar refinado, é da nutricionista Catharine Parise, de São Paulo, e foi compartilhada na revista Boa Forma.

Foto de Pixabay

Ingredientes:

  • 3 bananas nanicas maduras
  • ½ xícara de chá de cacau em pó
  • 1 xícara de pasta de amendoim integral
  • 2 colheres de sopa de xilitol (ou um adoçante de sua preferência)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de café de baunilha (opcional)

Modo de Preparo:

  1. Amasse bem as banana com um garfo até obter consistência pastosa.
  2. Acrescente a pasta de amendoim e misture.
  3. Adicione os outros ingredientes (cacau, xilitol {ou adoçante}, sal e baunilha) e mexa novamente até obter uma mistura homogênea.
  4. Coloque em uma forma de silicone (ou em forma untada) e asse em forno médio por 20 minutos.
Festival Vegano: Caiçara Vegan Fest marca o final de semana em Santos

Festival Vegano: Caiçara Vegan Fest marca o final de semana em Santos

Se você é de São Paulo e/ou está passando pelo litoral do estado neste final de semana não pode deixar de conferir a 9ª edição do Caiçara Vegan Fest, que acontecerá em Santos, durante todo o domingo.

O festival abre o calendário de eventos veganos na cidade. A entrada é gratuita e o visitante poderá usufruir de diversos e diferentes produtos dos gêneros alimentício (haverá massas, lanches, salgados fritos e assados, feijoada, tortas, bolos e outras delícias), vestuário (roupas, calçados e acessórios) e cosmético (produtos de higiene e beleza), além de prática de yoga e bate-papo com especialistas (ambos totalmente abertos à participação do público e sem custo).

Confira a programação:

11 horas: Aula aberta de yoga – Krishna Devi Dasi
14 hora: Veganismo na Gestação e Lactação, bate papo com Juliana Molina (Vegan4you)
15 horas: O despertar para o vegetarianismo, com a nutricionista Marilise Gelinsk (SVB);
16 horas: 2018, o ano da expansão do mercado vegano, com Elton Bastos.

Caiçara Vegan Fest ocorrerá no Clube AFC – Associação Funcionários da Cosipa, que fica na Rua Olintho Rodrigues Dantas, 80, bairro Encruzilhada (pertinho da Av. Ana Costa, na altura da Rua Carvalho de Mendonça), das 11 às 20 horas.

Fonte: Juicy Santos

Quer ter uma alimentação vegana gastando pouco? Siga estas dicas

Conteúdo original Boa Forma

No início de agosto, o texto “Como é ser vegana e favelada” viralizou nas redes sociais – foram quase 400 compartilhamentos só no Facebook. Ele é de autoria da carioca Thallita Xavier, que publicou a reflexão em seu blog, Sim, sou vegana e feminista preta!. Na visão dela, a ideia de que o veganismo é caro se confunde com o fato de ele ser elitista.

A nutricionista Alessandra Luglio, diretora do Departamento de Saúde e Nutrição da Sociedade Vegetariana Brasileira, divulgou o post de Thallita em sua página no Facebook. Segundo ela, é possível, sim, seguir uma dieta livre de ingredientes de origem animal sem gastar muito. “São os alimentos mais simples e baratos que existem. Não precisa comprar produtos veganos que estão no mercado e que são mais caros”, comenta.

Se você está pensando em excluir do cardápio carnes, leite, queijos, ovos e mel, por exemplo, mas tem medo de aumentar seus gastos, não desista dessa ideia. O processo de se tornar vegana (pelo menos na alimentação) não é fácil – requer alterações profundas de mentalidade, organização e até de paladar. Mas, quando incorporadas, essas mudanças prometem fazer você economizar. Sério!

A seguir, confira dicas práticas de Alessandra Luglio e da chef Luna Passeri, professora de gastronomia do Namu Cursos, para adotar o veganismo sem ter que se preocupar com sua conta bancária:

1. Tenha certeza de que você quer ser vegana

 

Uma vez que você se propõe a seguir uma dieta diferente, precisa se informar muito sobre ela e estar aberta a modificar seus hábitos alimentares. “É importante entender que a estrela principal do prato serão os legumes, e não mais a proteína animal”, observa Luna.

2.  Aprenda a cozinhar

Se você é do time que diz não saber cozinhar, hora de virar a casaca. Exatamente porque as opções de restaurantes e produtos prontos ainda são poucas (e, por isso, custam muito), é fundamental adquirir habilidades culinárias. “O queijo vegano, por exemplo é supercaro. E, com pouco dinheiro, dá para comprar os ingredientes e fazer um monte em casa”, destaca a chef.

3. Aposte nos alimentos certos

Seu menu básico do dia a dia é o combo arroz, feijão, carne e salada? Saiba que, para dar certo no veganismo, é muito importante variar o cardápio. E, para isso, não é preciso gastar muito – só incluir no menu alimentos diferentes. Entre os ingredientes que não podem faltar estão as leguminosas, que vão muito além do feijão. “Tem que ter, todos os dias, uma quantidade razoável. Pode ser lentilha, ervilha, grão-de-bico…”, exemplifica Luna. Esse grupo alimentar é fonte de nutrientes como proteína, ferro e cálcio.

Verduras verde-escuras – caso de couve, escarola, espinafre – também precisam marcar mais presença no seu prato. “Elas têm um aporte significativo de cálcio e ferro”, diz a nutricionista Alessandra Luglio.

As sementes (de linhaça, girassol, gergelim…) são versáteis e fontes baratas de gorduras boas. “É muito mais acessível consumir ômega-3 pela linhaça do que pelo peixe”, pontua Alessandra.

Comer grande variedade de frutas e legumes também é fundamental. Para economizar, vale ficar de olho na época em que eles estão melhores para o consumo. Nesses períodos, a tendência é que os preços diminuam.

4. Conheça os locais com os melhores preços

Nem sempre a feira ou o supermercado ao lado da sua casa são ideais para comprar seus alimentos. Informe-se sobre os lugares que oferecem bons preços e até se há um dia na semana em que determinados alimentos estejam em promoção. Em São Paulo, por exemplo, a Zona Cerealista é ótima para adquirir castanhas e cereais por preços bem mais amigos.

5. Use a criatividade

“Ninguém consegue sustentar uma dieta vegana sem graça por muito tempo”, garante Luna Passeri. Daí porque é interessante pensar em preparações que não sejam só nutricionalmente completas mas apetitosas também. “Uma feijoada de legumes, por exemplo, é um prato legal e barato”, sugere a professora do Namu Cursos.

6. Planeje-se

Por haver menos opções de alimentos prontos e lugares onde comer, planejamento é tudo na vida de uma vegana. “Pegue um dia para fazer a marmita da semana toda”, propõe Luna. “Se vai comer na rua, pesquisa opções boas de restaurantes. Caso contrário, você fica muito solta e sempre vai acabar comendo arroz, feijão, alface e macarrão”, diz.

Festival Vegano de Inverno em São Paulo

Última chamada para quem não quer perder mais uma edição gratuita do Festival Vegano de Inverno, que está acontecendo hoje e termina amanhã (domingo) em São Paulo.

O evento é na Vila Mariana, no espaço Vegan Park, e está regado a comidinhas quentes e lanches, bebidas e música ao vivo. Conta também com espaço kids na faixa e os pets são aceitos com todo o amor e carinho.

Hoje (sábado), o festival vai até às 22h. No domingo começa às 12h e encerra às 21h.

O local tem acessibilidade, bicicletário próprio (dá para ir de bike) e estacionamentos próximos. O endereço do Vegan Park é Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 83, na Vila Mariana, nas proximidades do Metrô Ana Rosa. A entrada, vale lembrar, é gratuita!

Receita (vegana): “Almôndegas” de Berinjela

Quando só se tem legumes em casa, quem tem o hábito de compor os pratos com cereal (arroz), proteína vegetal (feijão) e animal, a famosa ‘mistura’, costuma pensar que não tem o que comer. Afinal, é possível preparar uma refeição gostosa, atrativa e nutritiva apenas com legumes?! SIM! E esta “almôndega” de berinjela é prova disso.

Os veganos e vegetarianos já estão familiarizados a adaptar receitas tradicionais para suas necessidades. O que podemos levar disso, é a possibilidade de sermos flexíveis e abertos à todas as possibilidades que a culinária proporciona. Aqui não é preciso carne para fazer almôndega e ainda assim comer muito bem. 🍆🍆🍆 Ela pode acompanhar uma bela massa, uma salada, arrozinho e o que mais a criatividade permitir.

É uma excelente solução para aqueles dias que se esquece de descongelar as carnes, bem como para inserir a berinjela na alimentação das crianças. Pode ser também uma maneira de aderir ao movimento #segundasemcarne. O que vale é experimentar e sentir-se bem comendo de tudo!

🍆Para o pré-preparo da berinjela:
  • 1 berinjela pequena cortada em pedaços pequenos
  • 1 pitada de sal rosa
  • 1 litro de água

Em uma tigela, deixe a berinjela de molho em água e sal, por 1 hora.

🍆PARA O Refogado:
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 alhos picados
  • 1/2 cebola picada
  • 1 pimentão pequeno picado
  • 1 tomate pequeno picado
  • 1 pitada de sal (rosa)
  • 1 colher (café) de páprica doce
  • 1/2 xícara de cebolinha verde
  • 1/2 xícara de água
  • 200g de aveia em flocos finos
  • Algumas folhinhas de manjericão

      🍆1 xícara de molho de tomate caseiro

Como faz?

  •  Aqueça o azeite e refogue o alho, a cebola e o pimentão. Adicione o tomate;
  • Acrescente a berinjela, mexa bem e depois coloque o sal e a páprica. Misture e deixe tampado por 5 minutos;
  • Adicione a água e mexa. Processe até misturar tudo e virar uma massa;
  • Aos poucos, adicione a aveia misturando;
  • Aguarde esfriar para modelar;
  • Unte as mãos com azeite;
  • Molde as almôndegas, fazendo as bolinhas do tamanho desejado;
  • Arrume-as em um refratário forrado com molho de tomate;
  • Despeje mais molho sobre as bolinhas e coloque uma folhinha de manjericão por cima de cada uma;
  • Leve para assar em forno médio, 180ºC, por 15 minutos.