Tag: aromatizar

Citronela: Conheça os benefícios do óleo essencial

O óleo de citronela é mundialmente conhecido por sua propriedade de repelir insetos. Com o óleo essencial, podem ser feitos produtos como velas, sabonetes, sachês, loções hidratantes, repelentes, incensos, entre outras formas cosméticas de ação repelente. Pode ser usado em compressas mornas em dores pélvicas e também em massagens, nas artrites. São atribuídas a ele as propriedades de anti‑infeccioso, bactericida, antisséptico aéreo, repelente de insetos voadores e fungicida.

No corpo, atua contra reumatismos e dores por artrite. A orientação é que seja aplicado em massagens ou fricções, sempre associado a um óleo base. Em cólicas, o indicado é aplicar o óleo em compressas mornas no local desejado.

Famoso como repelente, esse óleo pode ser usado como antisséptico aéreo em difusores, particularmente indicado para ambientes frequentados por pessoas com gripe. Na área veterinária, é utilizado para a proteção de animais contra parasitas e insetos.

Seu aroma combina com locais que necessitam de proteção contra insetos e com grande fluxo de pessoas, como transportes coletivos, hall e salas de espera.

Possui um aroma cítrico exótico, que lembra bastante o cheiro de sauna. Os óleos de citronela de qualidade superior têm um aroma mais adocicado, que lembra balas e doces, enquanto os de baixa qualidade lembram desinfetantes.

O uso no ambiente em difusores repele e afasta insetos voadores, além de purificar o ar, deixando uma atmosfera limpa e agradável. É ótimo contra odores de peixes e maus odores em geral.

Se o aroma da citronela for incômodo, experimente aplicá‑lo com algumas gotas de óleo essencial de gerânio, palmarosa, lavanda ou lemongrass. A citronela tem pouca atividade emocional, atuando mais fisicamente, pelo ar e pelo ambiente.

Não são conhecidas contraindicações para o uso desse óleo essencial. Pessoas com pele sensível e quadro alergênico devem tomar um pouco mais de cuidado.

Conteúdo Women’s Health Brasil

Aprenda a dar um banho de cheiro no seu corpo

Conteúdo original Bons Fluídos

Expressão de carinho nordestina, o banho-de-cheiro correu o país na voz de Elba Ramalho como um jeito maroto de manifestar carinho. O banho natural, dado no corpo inteiro para atrair coisa boa e afastar coisa ruim, também não foge à definição: é uma manifestação de carinho ao seu corpo e espírito.

Levada ao pé da letra, uma atmosfera de aromas tem tudo a ver com o banho, quando envolvemos o corpo numa esfera de calor e total delicadeza. Desbloqueia energia represada, que nos deixa tensos e amplia a percepção sobre os nossos limites e contornos – um processo que ajuda a manter a autoestima.

Presente aromático

Em casa, pingue na água da banheira dez gotas de óleo essencial cujo efeito é desejado.
1. Lavanda e citrus, por exemplo, são opções revitalizantes e ajudam quem procura descansar.
2. Rosmarinho é estimulante, por isso não deve ser usado à noite.
3. Camomila acalma.

Para usufruir dos benefícios dos óleos essenciais no chuveiro, pingue uma ou duas gotas do produto numa luva ou esponja e espalhe sobre o corpo molhado (o óleo essencial não pode ter contato direto com a pele seca).

As aromaterapeutas Christiana Penna e Camila Passarelli, de São Paulo, formularam um banho aromático à base de ervas ideal para reduzir o estresse mental e muscular. Os ingredientes incluem: 20g de alecrim (tonificante), 20g de alfazema (refrescante), 10g de camomila (sedativo) e 10g de sálvia (desintoxicante).

Modo de fazer

Misture as ervas desidratadas (prefira as sem agrotóxicos, vendidas em casas de produtos naturais). Separe 20g e coloque em 1,5 litro de água fervente. Tome banho normal e no final, com uma esponja, derrame o preparado sobre a pele. Por cautela, grávidas e pessoas com pressão baixa devem pedir orientação a um aromaterapeuta.

Temperando com gengibre

Com seu sabor fresco, picante e doce, o gengibre é o principal aromatizante da culinária chinesa, mas também é amplamente utilizado na culinária indiana, japonesa e tailandesa. Ele é um rizoma, um caule que cresce horizontalmente, geralmente subterrâneo. Pode ser usado de diversas maneiras: fresco, em conserva, seco, moído e cristalizado.

Onde o gengibre vai bem?

A versão fresca é a mais aromática. É utilizada em bebidas e pratos salgados, como: chás, o tradicional quentão das festas juninas, sopas, purês, salteados, molhos, peixes, aves e carne bovina.

O gengibre fresco ralado derrete em molhos, mas, para um sabor mais delicado, corte em rodelas. Em doces, é macerado para aromatizar sobremesas à base de leite, como pudins, arroz doce e flans. Você pode cristalizar o gengibre para usá-lo nos cozidos, principalmente em doces, como bolos, muffins e biscoitos. Você só sentirá o sabor picante quando mordê-lo.

spices-877515_640

A versão seca e moída é a mais potente, mas pode ter um leve amargor. Super indico o uso no tempero de carnes, brancas e vermelhas. Ainda mais se você segue uma dieta restrita e fica meio cansado do mesmo sabor sempre. Coloco em tudo: frango, peixe, carne de porco, carne vermelha. Dá um sabor maravilhoso! Experimente! Compro a versão em pó, em saquinho de 15 gramas e dura meses, rende bastante.

Como comprar e usar o gengibre

O gengibre fresco deve ser firme e as extremidades não podem estar ressecadas. A pele deve ser lisa e sem manchas. O interior deve ser firme, e não excessivamente fibroso.

Você pode conservá-lo na geladeira pelo período de 1 a 2 semanas, ou congelá-lo. Gengibre em pó deve ser utilizado no prazo de 1 ano, pois perde seu aroma. O cristalizado deve ser mantido na geladeira em recipiente hermético por 1 mês.

ginger-356104_640

O gengibre deve ser descascado, com exceção das receitas em que será removido antes de servir. Utilize uma colher para descásca-lo, assim você evita o desperdício.

Posso plantar gengibre em casa?

Sim. E a planta do gengibre (Zingiber officinale) é uma linda planta para paisagismo. Compre um pedaço de gengibre saudável e coloque de molho num recipiente com água morna durante 8 horas. Retire da água e corte em pedaços para plantar. O gengibre deve ser coberto com uma camada de terra com espessura de 2 a 5 cm.

Mantenha o vaso sempre úmido, mas nunca encharcado. É necessário um bom sistema de drenagem para que o gengibre não apodreça. O ambiente deve ser claro, mas o gengibre não pode ser exposto diretamente à luz solar.

Flor do gengibre

A colheita ocorre entre 7 a 12 meses após o plantio. Espere as hastes e folhas amarelarem para fazer a colheita. Para não matar a planta, você pode escavar ao redor dela e cortar apenas alguns pedaços do rizoma, assim, ela viverá por vários anos.