Tag: batata

Receita: Batata palha caseira

DSC01790

Que atire a primeira pedra quem não gosta de batata-frita. Não tem como né?! É um petisco irresistível que vai bem com tudo e a qualquer hora. Podemos dizer o mesmo da batata palha, uma iguaria que tem o poder de incorporar sabor e crocância a qualquer acompanhamento. E, acredite, você consegue fazer em casa tão crocante e gostoso quanto as industrializadas.

O primeiro passo é escolher o tipo ideal de batata, que são as que possuem pouca água, como a Barraca ou Asterix (aquela rosadinha), isso porque elas fritam por igual e ficam mais sequinhas. Já o segundo passo, superimportante, é acertar o formato, que pode ser feito com ralador ou a mão livre, com faca bem afiada.

Se a sua escolha (como a minha) for pelo ralador, o mais indicado é usar o ralo grosso e fatiar as batatas pelo sentido longitudinal, de comprido (como exemplifica a foto).

montagemralador

Se você não tiver ralador e optar pela faca, segue mais ou menos o mesmo princípio: corte as batatas em fatias finas, também no sentido de comprido, e depois corte em tirinhas, olha só:

batatas
Reprodução Ig

O pulo do gato aqui, aquele segredinho que deixa a batatinha crocante e sequinha, é o descanso antes da fritura. As batatas já cortadas devem repousar por alguns minutos em água com gelo. Para acelerar esse processo de ‘refresco’, você pode colocar uma pitada de sal na água.

Reprodução Ig
Reprodução Ig

Batata palha caseira

DSC01789

Rende 2 porções

  • 3 batatas  (barraca ou asterix)
  • Água e gelo
  • Óleo o suficiente para cobrir dois dedos da panela
  • Sal a gosto

As batatas podem ser usadas com ou sem casca,tá?! É de sua preferência. Então, recapitulando: corte as batatas, no ralador ou na faca e coloque num recipiente com água e gelo e uma pitada de sal. Deixe descansar por uns 10 minutos. Antes de fritar, seque rapidamente com um pano de prato limpo. O óleo deve estar bem quente e as batatas ainda frescas. Esse choque térmico é importante para garantir a crocância! Fique de olho para não queimar, pois elas atingem o ponto rápido. Deixe escorrer um pouco na escumadeira e coloque sobre papéis absorventes para eliminar o excesso de óleo.

DSC01792
O resultado da batata no ralador grosso

Receitas práticas vegetarianas

burger-462831_640

Quantas vezes você já abusou da comida e passou um pouco da conta? Os finais de semana geralmente representam a oportunidade de sair da rotina e enfiar o pé na jaca. Por isso, ter receitas gostosas e equilibradas à mão pode ser um trunfo para comer de tudo e aproveitar os sabores, sem arrependimentos.

Nossa sugestão são duas receitas vegetarianas, rápidas de preparar e bem gostosas. Você pode lançar mão das duas quando quiser maneirar no cardápio ou mesmo experimentar novos paladares.

Quibe assado de batata

82604_original

Rende 10 porções
Receita original de Tudo Gostoso

  • 1 e 1/2 kg de batata bem cozida e sem casca
  • 500 g de trigo para quibe (seco)
  • 4 colheres de sopa de margarina ou manteiga
  • 2 cebolas médias cortadas em fatias bem finas
  • Queijo muçarela (opcional)
  • Hortelã, sal, pimenta e azeite a gosto

Depois de amassar bem as batatas cozidas, misture ao trigo seco (direto do pacote, sem hidratar). Junte a margarina ou manteiga e tempere com azeite, sal, hortelã e pimenta a gosto. Forre uma travessa de vidro (sem untar) com metade da receita da massa. Recheie com as cebolas fatiadas (bem finas) e acrescente muçarela, se quiser. Cubra com a outra metade da receita. Regue com azeite e leve ao forno médio até dourar.

Você também pode improvisar e acrescentar legumes ou outros recheios. Caso não seja vegetariano, também pode optar por ingredientes leves de sua preferência.

Hambúrguer de aveia

160069_original

Receita original de Tudo Gostoso

  • 2 ovos
  • 6 colheres de sopa de farinha de aveia ou aveia em flocos finos
  • 1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)
  • 1 colher de café rasa de sal
  • 1/2 colher de chá de orégano
  • Manteiga ou margarina para untar

Misture todos os ingredientes em uma vasilha. Unte uma frigideira com um pouco de manteiga ou margarina (só mesmo para não grudar). Encha uma ou duas colheres de sopa da mistura e despeje na frigideira já aquecida. Deixa em fogo médio por uns 2 minutos ou até ficar douradinho embaixo. Vire o hambúrguer e espere mais 2 minutos ou até dourar. Está pronto!

Peixe prático à milanesa de micro-ondas

(Não é publicidade!)

A Páscoa está batendo na porta e nem tudo está perdido nesse almoço especial de feriado. Se você é daqueles que não tem tempo, nem talento para a cozinha, não se preocupe! Bolamos uma sugestão super prática e saborosa para uma refeição bacana com peixe à milanesa, que fica pronto em um pouco mais de dois minutinhos no micro-ondas.

Como sempre ressaltamos por aqui, somos adeptos e defensores da vida prática e saudável e, claro, do equilíbrio. Nem sempre é possível consumir só coisas do bem e nosso lema não é uma ditadura imposta ou um regime, mas sim comer de tudo, com consciência e mantendo o equilíbrio entre o sabor, a vontade/ desejo, a nutrição e a satisfação.

satis

Graças à tecnologia e às novas necessidades da família moderna, hoje no mercado há diversas opções de produtos que facilitam a vida. Nem sempre eles são benéficos à saúde. Mas também há aqueles que não são de todo mal, desde que consumidos com certa moderação e pouca regularidade.

É o caso desse produtinho que pode salvar seu almoço de Páscoa, o Satis. O Satis é uma mistura em pó temperada para empanados, desenvolvido pela Ajinomoto. A indicação principal é no preparo de frangos, mas também é indicado para peixes.

Ele é mega prático. Você não precisa temperar nem realizar nenhum tipo de preparo prévio com a carne (de peixe ou frango) antes, a não ser que haja necessidade de limpeza – retirada de espinhas, peles e ossos, no caso. Se não, basta empanar a carne com ele e levar ao micro-ondas por dois minutos e trinta segundos! O resultado é uma carninha saborosa, crocante e sequinha!

Também há a opção de preparo no forno e na panela com óleo. Ele não é das opções mais saudáveis, mas, se comparado a outras formas de preparo, é bem menos prejudicial. O que pesa mais é a quantidade de sódio, mas se você leva uma vida regrada e faz controle do consumo dessas substâncias, isso não é um problema. É mais leve do que comer um lanchinho fast food, um salgadinho ou aperitivo industrializado!

tabela

 * % Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. ** VD não estabelecido.

O Satis é encontrado em três sabores: tradicional; queijo, toque de tomate e manjericão; e ervas com toque de limão, que é a sugestão para o preparo dessa receita de peixe. Para o prato completo, você vai precisar de:

  • Meio quilo de peixe, pode ser qualquer um em filés ou postas não muito grossas
  • 4 batatas cozidas em rodelas
  • 2 cebolas médias cortadas em rodelas grossas
  • 2 tomates grandes cortados em rodela
  • Azeite extra virgem a gosto
  • Azeitonas a gosto
  • Temperos de sua preferência

Deixe o peixe em temperatura ambiente ou fresco de geladeira, não dá certo com a carne congelada ou muito molhada do degelo. Descasque e corte as batatas em rodelas. Você também pode cozinhá-las usando a técnica do micro-ondas, que já ensinamos AQUI. Depois de cozidas, reserve. Derrame o conteúdo de Satis num prato limpo e seco. Empane os filés ou postas de peixe, um a um. Prepare um prato ou recipiente que possa ir ao micro-ondas, forrando com duas folhas de papel toalha (há instruções desse preparo na embalagem). Feito isso, acomode o peixe nesse parto e leve ao micro-ondas por dois minutos e meio.

potato-393563_640

Corte as cebolas em rodela e, numa panela em fogo médio, refogue até que elas fiquem transparentes, acrescente os tomates e depois as batatas. Acerte o sal e demais temperos de sua preferência (coentro, salsa, tomilho, alecrim etc.). Coloque as azeitonas e desligue o fogo. Nesse meio tempo estarão prontos o peixe e um acompanhamento de batatas bem tradicional. Você também pode servir um arroz branco e uma salada de folhas, de acordo com o seu gosto.

Serão 15 minutinhos de cozinha para o preparo de uma refeição gostosa e completa!

O Satis é vendido nas principais redes de supermercados e custa entre R$ 2,60 e R$ 3,70. Cada pacotinho empana cerca de meio quilo de carne de peixe ou frango.

Não estou ganhando nada com isso, não é um post de publicidade (vale lembrar). Pensei em compartilhar com vocês porque acredito que a cozinha não deve ser um empecilho. Conheço e uso esse produto, que funciona em praticidade e me salva algumas vezes num preparo rápido, quando só tem frango congelado e sem tempero.

easter-bunny-95096_640

Quem fizer, vem contar como ficou! Aproveita que ainda dá tempo de passar no supermercado, preparar e surpreender a família até amanhã!

Micro-ondas: o melhor amigo no cozimento de legumes

Todo mundo sabe que o tempo hoje em dia tornou-se algo precioso. Quem não gostaria de ter mais algumas horinhas para fazer aquela coisa que sempre fica em segundo plano e dá tanto prazer? Parece que por mais que você se esforce, acorde mais cedo, corra para fazer o que é preciso, nunca dá tempo de concluir tudo. Não é?

Por isso, a melhor maneira de dar uma amenizada nessa sensação e evitar o estresse que essas situações podem causar é otimizar o tempo. E não se trata de fazer mil tarefas simultaneamente, não. Na cozinha, por exemplo, o micro-ondas, que geralmente só é usado para aquecer os alimentos, pode se tornar o seu melhor amigo e reduzir drasticamente o tempo gasto no cozimento de legumes.

microonda_2999882

O uso do micro-ondas ainda é um tabu e muita gente tem medo de que ele possa ser prejudicial à saúde. No entanto, pesquisas recentes afirmam que o cozimento no aparelho além de não fazer mal, ainda potencializa as vitaminas e nutrientes presentes nos alimentos.

Sou suspeita para opinar. Despois que descobri essa possiblidade, não cozinhei mais nenhum legume no fogão. É muito mais prático, mais rápido e não exige que você fique cronometrando, tomando conta. Acho muito bom também para fazer nhoque, tanto com batata quanto com inhame, porque não corre o risco de passar do ponto, – como não tem água, a textura tende a ser mais firme, o que é importante para a modelagem da massa.

Cozinhar no micro-ondas é muito simples. Basta ter aqueles saquinhos de congelar ou mesmo reutilizar os saquinhos de hortifrúti do supermercado. Dá para cozinhar diversos tipos de legumes. Faz assim: descasca (se o legume for de descascar), corta da forma que preferir,coloca no saquinho com um nó frouxo (esse nó mais pra perto da boca do saco do que do conteúdo) e faça furinhos com o garfo ou com palitinho de dente.

10583867_1665184927040258_1659548196912604404_n

Para o tempo, tomo como base a batata comum. Quatro unidades médias, descascadas e cortadas em quatro partes, precisam de 4 minutos para o cozimento. A partir daí, recalculo o tempo de acordo com a quantidade. Não é preciso se desesperar, nem colocar empecilhos. Você também pode fazer testes e ir acrescentando o tempo minuto a minuto até achar o ponto ideal de cozimento no seu aparelho, já que isso pode ser alterado para cada marca, tamanho e modelo.

Uso esse mesmo padrão para a cenoura (4 minutos cozinham 4 unidades grandes), beterraba e mandioquinha (mesmo tempo e quantidade), inhame, mandioca e batata doce (esses três deixo de 5 a 8 minutos, corto apenas pela metade, não retiro a casca e faço vários furos ou cortes, só espetando com o garfo ou uma faca de ponta).

mixed-20173_640

Como meu consumo de legumes e verduras é diário, para facilitar ainda mais a vida, cozinho uma porção maior de uma vez e condiciono na geladeira em potes com tampa. Dura bem por até 4 dias. Não uso sal, nem nada, no processo e acerto o tempero depois, quando for consumir.

O importante é saber que os alimentam precisam “respirar” no micro-ondas. Então, mesmo sendo colocados inteiros, você deve perfurá-los, da mesma forma que faz com o saquinho de cozimento. Tenha cuidado com o vapor e até com a alta temperatura do alimento ao retirá-lo.