Tag: bola

Seleção de bolas até R$ 50 para se exercitar em qualquer lugar

gymnastic-balls-574325_640

Como já falamos de exercícios funcionais por aqui, decidimos te dar uma ajuda para começar e selecionamos um acessório (até R$ 50!) que consideramos de excelente custo-benefício e funcionalidade: a bola suíça.

Também conhecida como bola de yoga, bola de exercício ou bola de ginástica, esse acessório é um dos mais dinâmicos e versáteis para o treinamento funcional. Ele permite o trabalho de abdômen (toda a musculatura), pernas (músculos frontais, posteriores e inferiores), braços e glúteos. Quase tudo, né?! E exige o máximo de cada grupo, combinando força e equilíbrio.

Montagem

1.Mundiali | 2.Decathlon | 3.MultiPrat-K | 4.Bee Fitness

Também pode ser usada para relaxamento e alongamento, absorção de impacto (servindo de apoio para execução de exercícios com peso, por exemplo), fisioterapia e até mesmo como assento.

No entanto, é preciso estar atento a detalhes importantes na hora de escolher a sua, pois o tamanho da bola suíça, que varia entre 45 cm e 75 cm, deve ser proporcional à sua altura. Veja só:

QuadroExplicativo cópia

Para encher também tem uma técnica, mas é bem fácil. Você vai precisar de uma caixa, pode ser de sapato mesmo, e a usará como referência para saber até onde a bola deve ser enchida. Você deve, a partir da parede, distanciar a caixa de acordo com a medida da bola. Exemplo: se a sua bola tem 55 cm, você deve posicionar a caixa a 55 cm de distância da parede. Mantenha essa marcação, sem tirar a caixa do lugar. A bola deve ser enchida nesse espaço. Quando o meio da bola encostar na caixa, você pode parar de encher. Esse é o ponto ideal!

Dica: bombas de encher colchão inflável ou mesmo aquelas de bicicleta são as melhores, pois tem mais vasão de ar e fazem o serviço mais rápido. A bombinha pequena que vem junto com a bola é um instrumento de tortura! Você se mata de bombear e entra só um suspiro de ar. Então, siga a dica e não sofra!

Treino Funcional: dinâmico, eficaz e possível!

Você é daquelas pessoas que já tentou vários tipos de atividades, mas perde a motivação e acaba abandonando? Não tem paciência para rotina? Não gosta da musculação clássica, puxar ferro e coisa e tal? O treino funcional pode ser a solução pra você! Ele combina exercícios aeróbicos e anaeróbicos, de forma dinâmica e trabalha vários grupos musculares de uma só vez.

O treino funcional é super efetivo e tem se tornado cada vez mais popular, especialmente entre as mulheres, que optam por este tipo de treinamento para manter o fortalecimento dos músculos, mas sem o ganho exagerado de massa – que pode levar à aparência masculinizada.

No entanto, essa não é uma opção para quem está começando a se exercitar. Isso porque o treinamento funcional exige força, concentração e um certo nível de consciência corporal, ou seja, o controle da respiração, a contração e o relaxamento de determinados músculos, controle, boa execução etc. O indicado para os iniciantes é realizar primeiro um treino de fortalecimento, como a musculação, para então partir para o funcional.

active-19413_640

O foco exigido na execução ajuda na elevação da queima calórica, tornando a atividade intensa e eficaz para a eliminação da gordura, fortalecimento e definição muscular. Já o dinamismo fica por conta das diversas combinações de séries, que envolvem saltos, giros, agachamentos e outros movimentos que desenvolvem a flexibilidade,  equilíbrio, a melhora da coordenação motora, agilidade e melhora cardiorrespiratória.

Uma das vantagens desse treinamento é a liberdade e a vasta possibilidade de movimentos. A prática pode ser exercida com o peso do próprio corpo e com acessórios e bases leves, multifuncionais e transportáveis, o que permite a realização em qualquer lugar. Além, também, de um único equipamento poder ser usado para performance de vários exercícios para músculos diferentes, como a bola suíça (da foto) e o bosu (uma espécie de meia bola), por exemplo.

Inspiração e incentivo

Nas redes sociais existem várias blogueiras, musas e divas fitness que compartilham sua rotina de alimentação e treinamento. Nós indicamos três que dão dicas importantes e séries de exercícios que podem ser reproduzidas em casa:

Erika Alk

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

A Erika é milf, a mamãe sarada. Ela tem 39 anos, o corpão mega em forma e, dentre a sua rotina, posta alguns dos exercícios que compõem suas atividades. A Erika é uma fitness bem dinâmica, que circula do pilates à musculação, proporcionando aos seguidores uma vasta noção das possibilidades de se exercitar.

Marina Strazzer

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

Lançou a hastag sucesso #saradasemsairdecasa! Ela mostra movimentos que utilizam o peso do corpo e materiais simples como o quilinho de feijão e o cabo de vassoura, além de apoios como a cadeira e a cama. A Marina também compartilha alguns exercícios ao ar livre e valendo-se da escadaria do prédio, muros baixos e outros elementos comuns à rotina.

Simone Albano

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

É profissional da área de educação física e é um dos perfis (se não o) mais instrutivo – e generoso – do Instagram. Ela ensina técnicas de posicionamento e execução correta dos exercícios, além de séries globais e movimentos localizados de fortalecimento, condicionamento e alongamento. É obrigatório seguir!