Tag: brincar

Importância da vitamina D para as crianças

Conteúdo original Revista Suplementação

child-841894_640

Correr, pular e brincar é um momento comum e de muita alegria e diversão para a criançada. Mas para que os pequenos tenham pique total para aproveitar cada momento do dia, é fundamental que tudo ande bem com a saúde deles. Nesse sentido, o consumo de vitaminas e minerais é um ponto importante de atenção para os pais.

Os cuidados para incluir nas refeições os alimentos fonte de cálcio e vitamina D, além da exposição solar diária de 20 minutos, para a reposição natural da taxa de vitamina D no sangue, ajudam a manter uma criança saudável e feliz, que curte as brincadeiras e aproveita a vida, pois essas substâncias são imprescindíveis para a formação e o fortalecimento dos ossos e a falta deles pode ocasionar falha no desenvolvimento e, consequentemente, deformidade dos ossos.

sun-in-the-hand-615285_640

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a partir do primeiro ano de vida, a indicação recomendada é de 600 a 1.000 UI diárias, taxa que não muda até os 18 anos. Conhecida também como a vitamina do sol, pois sua principal fonte de síntese provém da exposição solar, esse nutriente colabora ainda para o bom desempenho dos músculos e nervos, a coagulação do sangue, o crescimento celular e a utilização de energia, além de ajudar no processo de aprendizagem.

“A vitamina D é extremamente importante para o desenvolvimento saudável da criança. Para conseguir manter o bom nível dela no organismo, a recomendação é de 10 a 20 minutos de banhos de sol ao dia. A criança pode aproveitar a praia e a piscina desde cedo. No entanto os horários de pico devem ser evitados, pois é quando a intensidade dos raios ultravioleta é muito forte e pode causar danos à pele, principalmente na do bebê, que é mais sensível.

beach-87640_640

O pediatra deve estar atento e recomendar a reposição com suplementos vitamínicos quando suspeitar que as oportunidades de exposição solar da criança estão escassas”, explica a Dra. Marise Lazaretti Castro, chefe do setor de Doenças Metabólicas da Unifesp e membro da Diretoria da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia).

Segundo a especialista, apesar de alguns alimentos serem fonte dessa vitamina, como peixes gordurosos, leite e ovos, a quantidade presente é muito pequena e insuficiente para suprir as necessidades do corpo. “Durante a vida intrauterina, o feto retira esta substância do sangue materno, mas, depois do nascimento, precisa produzir sua própria vitamina, pela exposição ao sol, pela dieta alimentar ou por meio da suplementação. Por este motivo, os pediatras orientam às mães que exponham seus bebês ao Sol diariamente. Quando mais velhos, devem ainda estimular brincadeiras e esportes ao ar livre, como era feito antigamente”, destaca. Nas grandes cidades, entretanto, estes hábitos saudáveis podem não ser mais possíveis, e é neste momento que a suplementação de Vitamina D passa a ser recomendada.

girl-797837_640

Fonte: SANOFI

EDC: Sanduíche divertido para crianças

child-520732_640

Hoje é Dia das Crianças e, mais do que presentes, o que a gente mais deseja é muita diversão, amor e alegria entre a criançada e a família. É uma ótima oportunidade para passar mais tempo com as crianças, brincar, interagir, mergulhar no universo deles e proporcionar um dia diferente do cotidiano.

E que tal se reunir na cozinha e prepara um lanchinho saboroso, saudável e divertido? Não precisa ter medo da bagunça ou da sujeira. Para ajudar os adultos, a nossa dica é já deixar os ingredientes separados e cortados, prontos para a montagem, e só chamar as crianças na hora de colocar a mão na massa. Organizar um ambiente proporcional a altura da criança, que a permita ajudar de forma segura também é importante para evitar preocupações deixar o momento apenas para a curtição.

Sanduíche divertido

Rende 2 sanduíches

Você vai precisar de:

  • 4 fatias de pão de forma
  • 2 ovos de codorna (para decorar)
  • Azeitona (para decorar)
  • 1 pepino
  • 50 gramas de peito de peru picadinho
  • 1 pote de iogurte natural
  • 50 gramas de ricota
  • Orégano a gosto para temperar a ricota
  • 1 cenoura ralada (antes de ralar separe 1 pedaço da espessura de 2 dedos para decorar)

O recheio do sanduíche é a mistura do iogurte com o peito de peru, cenoura, pepino, ricota e orégano. Fica bem refrescante. Já a decoração fica por conta dos demais ingredientes. Para aprende o passo assista o vídeo:

AQUI você encontra outras 100 sugestões de montagem de um sanduíche divertido

Agora é só preparar um suco de fruta bem gostoso e natural e partir para melhor parte: comer!

Especial Dia das Crianças: Colorindo as panquecas

Já sabemos que uma alimentação saudável deve abusar da diversidade. Uma maneira de garantir o aporte de diferentes nutrientes é variar suas fontes e apostar nas cores. Um prato colorido chama atenção e dá muito mais vontade de comer, não é mesmo? Colorir a comida naturalmente é truque eficiente que insere legumes na receita e incentiva as crianças a comerem de forma saudável mesmo sem perceber. E que tal fazer isso com panquecas?

O uso de aditivos químicos em alimentos é uma ótima ferramenta utilizada pela indústria a fim de permitir a armazenagem, conservação e distribuição dos seus produtos. Em contrapartida, o consumo destas substâncias preocupa pelo risco toxicológico.

indigo-dye-598736_640

Trabalhos científicos têm listados os principais problemas de saúde que o consumo destas substâncias podem ocasionar. Os aromatizantes estão relacionados as alergias respiratórias. Os antioxidantes provocam reações de descalcificação e comprometem a absorção de ferro. Os conservantes causam irritações na mucosa gástrica e do sistema urinário, favorecendo a formação de tumores cancerígenos. Os corantes são responsáveis pelos casos de hiperatividade em crianças.

No caso dos corantes artificiais, podemos considerar o emprego destas substâncias desnecessário na maioria dos produtos industrializados, visto que são utilizados apenas para melhorar a aparência e a aceitabilidade do produto.

Por isso, compartilhamos formas de tingir a massa de panqueca valendo-se de verduras e legumes, com muito sabor e diversão. O interessante desta receita é que você acaba por colorir a massa de acordo com o que você acrescentar. Olha só:

Panqueca Colorida

Massa base:

  • 500 ml de leite;
  • 1 ovo;
  • 1 colher (chá) rasa de sal;
  • 3 xícaras de farinha de trigo.

Bata no liquidificador, o leite, o ovo e o sal. A farinha de trigo deve ser acrescentada aos poucos, conforme for batendo a massa. Com a massa pronta, divida-a em 3 porções.

Para deixar a panqueca laranja, acrescente uma cenoura descascada, limpa e cortada em cubos e bata.

Para uma panqueca verde, coloque uma folha de couve ou uma porção de espinafre. Bata bem e peneire.

Se quiser uma panqueca cor de rosa ou avermelhada, a dica é acrescentar meia beterraba grande cozida ou uma inteira pequena e bater bem.

Unte uma frigideira e leve-a em fogo médio. Use uma concha como medida de massa para cada panqueca e mantenha-a por 2 a 3 minutos de cada lado até dourarem.

pan-138888_640

Simples, não?! Você também pode usar ervilha, salsinha e rúcula para as panquecas verdes e usar a criatividade para dar cor e sabor ao seus preparos, que também podem ser doces, com sabores como laranja, uva, morango, café, chocolate… Escolher um hábito de vida saudável pode ser muito mais colorido do que se imagina, basta apenas colocar a mão na massa.

carrots-557868_640

Fontes: Kilorias Inventando com a Mamãe