Tag: celulite

Probleminhas de beleza que podem ser tratados com acupuntura

Desde o final da década de 70, a acupuntura vem sendo aplicada para fins estéticos no Brasil, época em que os primeiros médicos começaram a estudar e a aplicar a acupuntura no país. A partir de então, a técnica tem sido aprimorada e oferece excelentes resultados no tratamento de diversas queixas estéticas, como problemas de pele. Em geral, a técnica com agulhas é indicada quando não há grande excesso de pele e gordura, nem rugas muito profundas. Veja o uso da acupuntura na estética em cada caso:

Celulite e flacidez

A acupuntura quando aplicada para tratamentos estéticos melhora a saúde do paciente de forma geral, pois atua no equilíbrio energético do paciente. No tratamento da celulite e flacidez, por exemplo, é muito importante contrabalançar a parte hormonal e circulatória do paciente.

Isso não só auxilia no tratamento dos famosos “furinhos” indesejados (pele casca de laranja), mas, também contribui para o fortalecimento de músculos das coxas e dos glúteos pela eletro-acupuntura em pontos motores do corpo.

Rugas

Para combater as rugas e linhas de expressão, além da atuação sobre as rugas propriamente ditas, se faz necessário tratar o desequilíbrio energético relacionado aos cinco órgãos na medicina tradicional chinesa. O tratamento com agulhas ajuda a prevenir o surgimento de novas rugas e flacidez, pois equilibra as forças musculares da face e estimula a produção de colágeno.

Emagrecimento e gordura localizada

Já os pacientes que sofrem com sobrepeso ou desejam emagrecer, a acupuntura ajuda a controlar a ansiedade, a compulsão alimentar, a retenção de líquidos. E a eletro-acupuntura pode agir diretamente sobre a gordura localizada e sobre músculos abdominais e dos membros inferiores, com ótimos resultados.

Acne e pele oleosa

Por fim, para tratar a tão temida acne que tanto aflige os adolescentes e, também alguns adultos, é muito importante obter um diagnóstico tanto da medicina ocidental, que avalia a alteração hormonal, como também do diagnóstico energético, pois o tratamento sistêmico com pontos de acupuntura de regulação geral acaba sendo muito importante. Localmente é realizado o tratamento com eletro-acupuntura de ação anti-inflamatória e regulatória do aspecto oleoso da pele.

Que especialista devo procurar?

Durante uma consulta com o médico acupunturista são levantadas questões relacionadas à problemas de saúde e emocionais que o paciente apresenta ou apresentou desde o nascimento, características de sono, hábitos intestinais, alimentares, menstruais, entre outros. Esse diagnóstico é feito sob o ponto de vista da medicina ocidental e da medicina tradicional chinesa. Tal avaliação torna o diagnóstico e o tratamento mais completos. Um tratamento que vai de dentro para fora e também de fora para dentro.

A acupuntura é uma terapia integrativa, ou seja, ela abrange o ser como um todo levando em consideração todos os aspectos dele, como a alimentação, práticas esportivas, cuidados mente e corpo, a espiritualidade, sendo que a Acupuntura entra no contexto integrativo do corpo como um todo, levando ao paciente saúde, longevidade e beleza. Em geral, os pacientes se tornam mais autoconfiantes, com auto-estima elevada, fazendo o pensar no seu autocuidado.

A prática existe há cinco mil anos na China e, desde 1995, é reconhecida como especialidade médica pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e, atualmente, é oferecida pela rede pública de saúde e, também, pelos planos de saúde suplementar.

É importante ressaltar que como se trata de uma especialidade médica, somente pode ser realizada por profissionais da medicina, da medicina veterinária e da odontologia – cada um dentro de seu campo de atuação, também definidos por lei. O exercício da Acupuntura, quando realizado por qualquer outro profissional, é ilegal e pode causar sérios danos à saúde do paciente.

Receita: Chá de hibisco anticelulite

O hibisco estimula a queima das gordurinhas em excesso na barriga e nos quadris, além de facilitar a digestão, regularizar o intestino e diminuir a retenção de líquido. Não é só isso. “Os antioxidantes presentes na erva combatem os radicais livres”, diz a nutricionista Sabrina Theil, da Clínica Juliana Neiva, do Rio de Janeiro.

Receita Boa Forma

Ingredientes

• 1 1/2 litro de água filtrada
• 1 colher (sobremesa) de hibisco
• 1 colher (sobremesa) de amora (folhas secas)
• 1 colher (sobremesa) de cavalinha

Modo de fazer

Leve a água ao fogo e, assim que surgirem as primeiras bolhinhas, junte as ervas. Desligue o fogo e abafe por 5 minutos. Coe e beba 1 xícara a cada 3 horas, longe das refeições para não atrapalhar a absorção do ferro vindo dos alimentos.

Motivos para fazer musculação para o resto de sua vida

Conteúdo original Boa Forma

fitness-1730325_960_720

Os exercícios de resistência — musculação, peso livre, ginástica localizada com carga e ioga, entre outros — são tão importantes para a saúde quanto caminhar, andar de bicicleta e nadar. Surpresa? Apesar de a afirmação acima ter o aval da comunidade científica mundial, a musculação ainda é vítima de ideias preconcebidas. Uma das mais persistentes diz que a prática não é segura. “Pesquisas feitas por universidades de ponta nos Estados Unidos provam que os exercícios com peso bem orientados trazem benefícios para todo mundo, de adolescentes a pessoas com mais de 90 anos”, afirma José Maria Santarem, coordenador do Centro de Estudos em Ciências da Atividade Física (Cecafi), da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Além de ficar com um corpo muito mais bonito, a sua saúde será amplamente recompensada:

1.Você vai ficar mais bonita
São os músculos que dão forma ao nosso corpo, já que a gordura, o outro tecido de preenchimento de que nós dispomos, é disforme. Modelar o corpo é sinônimo de trabalhá-los. As mulheres que exibem um corpão sabem muito bem disso! O bumbum fica redondinho, as coxas roliças, a barriga durinha… O curioso é que eles crescem para se defender de uma agressão, como explica Santarem: “O exercício produz enzimas que destroem as proteínas do próprio músculo. O processo de recuperação, porém, tende a superar o desgaste para evitar futuras privações”. A natureza é generosa: repondo um pouco mais do que foi gasto, faz aumentar o volume daquele tecido.

fitness-1882721_960_720

2. Você vai ficar mais forte
Aumento de tamanho de músculo é igual a aumento de força. Mas não é só isso. Ela não depende apenas do volume, mas da capacidade de o cérebro recrutar o maior número possível de fibras musculares para, por exemplo, você levantar uma mala do chão. As fibras estão lá, nos músculos, mas o sistema nervoso que os comanda pode não convocá-las da melhor maneira. Ao treinar, você estará exercitando não só o corpo mas também seu cérebro, que fica mais eficiente no comando da massa muscular.

3. Você vai ficar com o coração mais saudável
A versão clássica de que apenas as atividades aeróbicas são benéficas para a sua saúde cardíaca foi por água abaixo. A musculação treina o coração para esforços intensos, enquanto a aeróbica o prepara para atividades suaves e prolongadas. Um trabalho científico documentou que quando a pessoa fortalece os músculos, a frequência cardíaca e a pressão arterial sobem menos com o esforço. “Qualquer exercício evita doenças nas coronárias”, conclui Santarem.

fitness-1038438_960_720

4. Você vai ficar mais flexível
Sair do banco de trás de um táxi de duas portas fica mais difícil com o tempo. Aqui também a musculação é uma ótima aliada. Um estudo recente mostrou que há eficiência no treinamento com peso para aumentar também a flexibilidade.

5. Você vai ficar com ossos mais resistentes
A musculação estimula a produção de células ósseas. Não é à toa que ela tem sido utilizada no combate à osteoporose. Atividades de impacto, como corrida e step, também oferecem esse benefício. Os exercícios com peso, se bem orientados, são mais seguros para as articulações.

6. Você vai ficar com uma postura melhor
Ao desenvolver a musculatura, você melhora a postura, já que são os músculos que sustentam os ossos. É por isso que pessoas muito magras ficam curvadas, mesmo sendo jovens. Não é só uma questão estética, mas também de saúde. Uma pesquisa feito nos Estados Unidos esclareceu que o trabalho com peso é a melhor forma de tratamento na maioria dos casos de dores nas costas.

fitness-1038438_960_720

7. Você vai ficar com a autoestima lá em cima
Estar mais bonita, ágil e saudável são fatos que contribuem para elevar a sua autoconfiança e fazer com que você se sinta bem consigo mesma. O melhor de tudo: os benefícios estéticos obtidos são rápidos.

8. Você vai ficar jovem por mais tempo
Aqui a natureza é madrasta: nós perdemos 10% de massa muscular entre os 25 e os 50 anos e 30% entre os 50 e 80 anos. O melhor é tratar de ganhar músculos logo cedo para amenizar o quadro. Estudos feitos com idosos em diversos países mostraram que a perda muscular é bastante amenizada com os exercícios de resistência.

9. Você vai ficar mais magra
O consenso de que qualquer tipo de atividade física — e não apenas a aeróbica — emagrece é recente. “A comunidade científica finalmente reconheceu a importância da musculação na perda de peso”, afirma Santarem. Um importante estudo feito pelo American College of Sports Medicine (a maior associação de profissionais ligados ao fitness) provou que todos os exercícios emagrecem por causa do gasto calórico. A longo prazo, foi levantada a hipótese de que os com peso sejam ainda mais eficientes, pois a taxa metabólica basal aumenta quando ganhamos músculos.

gym-1677220_960_720

10. Você vai ficar livre da celulite
“Celulite é uma questão de muito tecido adiposo e pouco músculo”, garante Wayne Westcott, diretor de pesquisa da Associação Cristã de Moços de Quincy, em Massachusetts (EUA), e responsável por um estudo sobre o tema. O papel dos músculos na guerra contra o problema é a grande novidade. “Se você aumenta a massa muscular, sua pele vai ficar mais lisa sobre ela”, explica Westcott. E, para isso, a receita é trabalhar com carga pesada. Diminuir o tecido adiposo — com exercícios e dieta com menos calorias — não basta. “A redução da gordura não melhora, necessariamente, a aparência da pele. Ela pode ficar flácida e cheia de furinhos, porque há ainda pouca substância para recheá-la”, afirma.

11. Você vai dormir melhor
Estudos revelam que as pessoas que praticam atividade física com frequência, dormem melhor. E, vamos combinar, depois de um longo dia de trabalho e um treino com peso, ficar acordado será um desafio. Afinal, você já gastou boa parte da sua energia.

12. Você vai mandar o stress embora
Você pode treinar por 10 minutos ou 2 horas. O tempo não importa! Com certeza vai se sentir relaxada depois da academia. Isso porque a atividade física estimula a liberação de endorfinas que estão ligadas à sensação de prazer e bem-estar.

Massagem modeladora para você mesma fazer

Essa é para as meninas. Quantas vezes você já se sentiu inchada e estufada? Mesmo fazendo dieta, comendo certinho e bebendo a quantidade recomendada de água, a retenção de líquidos te pega? Fique calma. Nós do Equilibre-se entendemos as suas necessidades e vamos compartilhar um passo-a-passo do M de Mulher que mescla técnicas de drenagem linfática e massagem modeladora para te deixar menos inchada e com a autoestima lá em cima.

Como funciona:

Essa massagem é totalmente feita apenas com as mãos, por meio de pressões leves nas áreas específicas para a ativação dos gânglios linfáticos. A linfa é um fluído rico em glóbulos brancos que circula pelo corpo, sob um princípio semelhante ao do sangue – uma rede de vasos distribuído por toda nossa estrutura.

A função da linfa é eliminar as impurezas produzidas durante o metabolismo celular. Essa “sujeira” é lançada no sangue e transportada pelo sistema circulatório até ser filtrada pelos rins e eliminada na urina.

Por isso, estimular o funcionamento dos gânglios linfáticos pela drenagem ajuda na eliminação de líquidos, toxinas e, consequentemente o inchaço e reduz o aspecto casca de laranja da celulite.

barriga
Imagem da Freepik – Link integrado

Essa técnica também ameniza os sintomas da TPM, pois melhora a circulação sanguínea e auxilia na normalização das taxas hormonais (que sofrem queda nesse período – o que explica nossas constantes alterações de humor e sensibilidade [abafa!]), aumentando a sensação de bem-estar.

Se você levar um estilo de vida mais saudável, essa massagem ainda pode ser uma forte aliada na redução de medidas e eliminação das indesejadas gordurinhas. É ou não é tudo de bom?

Quer aprender a fazer? É importante destacar que os movimentos são firmes, porém a pressão é leve! Não é para doer, nem deixar roxos na pele. Take it easy! (leia-se: Tenha calma!) Vamos ao passo a passo (explicações originais do M de Mulher/ fotos de Mari Queiroz e Luciana Cristhovam):

1. Com os ossinhos dos dedos, faça movimentos vigorosos de cima para baixo nos glúteos e na parte interna e externa das coxas. Repita o processo até surgir uma vermelhidão leve. Isso significa que a circulação foi ativada. Mas não exagere para não machucar a pele. Se quiser focar o culote, intensifique o movimento na lateral das coxas
2. Faça o movimento de amassamento nas coxas e no culote com os dedos e a palma das mãos (como se estivesse amassando uma massa de bolo)
3. Deslize a base das mãos nas coxas (na frente, atrás e dos lados) de cima para baixo, alternando-as com movimentos rítmicos. Não esqueça de fazer leve pressão durante a execução do movimento
4. Deslize as mãos em formato de “C” levando a linfa para os gânglios das virilhas, sempre de baixo para cima. Mas comece próximo da virilha, fazendo um caminho curto até o gânglio. Desça até o meio da coxa e “arraste” a linfa mais uma vez para a virilha. Vá fazendo isso, descendo aos poucos até chegar aos pés
5. Com as mãos abertas, faça o movimento de rodo na parte de trás das coxas e nos glúteos, sempre trazendo a linfa em direção aos gânglios localizados nas virilhas – nesse caso de trás para a frente
6. Faça movimentos vigorosos no abdômen de cima para baixo, usando os ossinhos dos dedos das duas mãos. Exerça pressão e mantenha o ritmo
7. Com as mãos abertas, faça o movimento de rodo na região do abdômen – aqui de cima para baixo ou em direção às virilhas. Comece a massagem logo abaixo do umbigo e repita o processo até chegar abaixo dos seios
8. Com a palma das mãos posicionada na região da cintura, repita o movimento de rodo, levando a linfa em direção aos gânglios localizados nas axilas. Lembre-se de que o movimento deve ser suave, mas exercer leve pressão

Atenção grávidas!

esboco-da-mulher-gravida