Tag: cenoura

Receita: Torta de legumes sem farinha

Receita: Torta de legumes sem farinha

Receita de Lucilia Diniz, com 77 kcal e poucos carboidratos (lowcarb).

Para a Torta:

  • 1 cenoura laminada
  • 1 abobrinha laminada
  • ½ berinjela cortada fininha
  • Sal e pimenta a gosto

Para o Creme:

  • 1 pote de iogurte desnatado
  • 1 colher (sopa) de requeijão light
  • 1 colher (sopa) de parmesão light
  • 1 ovo inteiro
  • 1 colher (chá) de especiarias

Modo de preparo

Torta

  1. Corte os vegetais no sentido do comprimento.
  2. Salpique sal por cima de cada fatia e reserve.
  3. Em uma forma de aro removível, cubra o fundo com fatias de berinjela.
  4. Preencha as laterais com fatias de cenoura.
  5. Em seguida, pegue uma fatia cada vegetal.
  6. Enrole as três fatias juntas, para formar uma “flor”.
  7. Coloque esta “flor” no centro da forma.
  8. De fora para dentro, siga intercalando fatias alternadas dos vegetais
    nas laterais da forma.
  9. Prossiga até fechar à torta.
  10. Salpique um pouco de pimenta sobre os legumes.

Creme

  1. Bata no liquidificador o ovo, iogurte, requeijão, especiarias e o queijo ralado.
  2. Despeje este creme bem devagar entre as camadas de legumes (não encha muito).
  3. Leve ao forno preaquecido 160ºC por 20 minutos ou até dourar.

Receita: Yakissoba Low Carb

Yakissoba Low Carb

por Food Network BR

  • 2 cenouras raladas em forma de espaguete 
  • 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim 
  • 2 colheres (sopa) azeite  
  • 300g de peito de frango picado 
  • Pimenta-do-reino a gosto 
  • 1 cebola picada 
  • Alho a gosto 
  • 1 couve-flor pequena cortada em buquê 
  • ½ maço de brócolis 
  • 1 abobrinha picada em cubinhos 
  • 1 pimentão vermelho 
  • 2 xícaras (chá) de repolho roxo picado 
  • 2 xícaras (chá) de molho shoyu 
  • Sal a gosto  
Modo de preparo:

Rale a cenoura no sentido do comprimento em um mandolim. Você também pode usar um ralador ou mesmo uma faca para cortar a cenoura em “fios” de espaguete.

Aqueça o azeite e o óleo de gergelim na panela  e adicione o peto de frango. Tempere com pimenta do reino a gosto, alho e cebola e deixe dourar. Quando o frango estiver pronto, adicione os legumes fatiados, o macarrão de cenoura, o molho shoyo e misture.

Cozinhe até os legumes ficarem al dente, cerca de 5 minutos. Coloque sal a gosto.

 

Receita: Pastéis coloridos

De Food Network

Rende 16 pastéis

Para a Massa de Pastel: 

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
  • 1 xícara de água (ou o quanto baste) 
  • 1 colher (sopa) de gordura vegetal 

Para o Corante Vermelho: 

  • 1 beterraba 
  • Água  

Para o Corante Verde: 

  • ½ maço de espinafre 
  • Água 

Para o Corante Laranja: 

  • 4 cenouras 
  • Água 
  • 5g de cúrcuma (opcional) 

Modo de preparo:

Para o Corante Vermelho: 

Bata a beterraba no liquidificador com um pouco de água. Bata até virar um purê.  Coe e reduza em fogo bem baixo até chegar na tonalidade desejada. 

Para o Corante Verde: 

Bata o espinafre no liquidificador e cubra com água. Bata até virar um purê. Coe e reduza em fogo bem baixo até chegar na tonalidade desejada. 

Para o Corante Laranja: 

Bata as cenouras no liquidificador com um pouco de água até virar um purê. Coe e reduza em fogo bem baixo até chegar na tonalidade desejada. Se quiser uma cor mais viva, acrescente a cúrcuma. 

Para a Massa: 

Misture a farinha e a gordura com as mãos e vá colocando a água até a mistura formar uma massa lisa. Separe a massa em 3. Acrescente o corante até atingir a cor desejada e misture na massa até que ela atinja a cor desejada. Deixe a massa descansar pelo menos 2 horas. Abra a massa em um disco fino e coloque o recheio de sua preferência. Frite em óleo quente até dourar. 

Sacie a fome e diminua a ansiedade

Conteúdo original Bons Fluídos

Comer compulsivamente em momentos de angústia e ansiedade é uma prática muito comum. Não há uma fórmula mágica para resolver esse tipo de compulsão, mas escolher os alimentos que serão devorados nesse momento é essencial.


“Café, Coca-Cola, chá preto devem ser evitados nessas ocasiões. Já todos os alimentos crocantes, como cenoura e frutas bem firmes, têm efeito anti-estresse, pois mastigar relaxa. Outra forma de se tornar menos ansioso é nunca fazer as refeições em menos de 20 minutos. Pois esse é o tempo de que o corpo precisa para ter a sensação de saciedade. Comer rápido dificulta a digestão e alimenta o círculo vicioso da ansiedade”. Ensina Karim Khoury, terapeuta holístico especialista em emagrecimento.

“Ingerir alimentos pesados demais antes de enfrentar situações estressantes aumenta a ansiedade. Antes de uma prova, evite massas, carnes gordurosas e feijoada. Alimente-se com vitamina de frutas com laranja, cenoura, mamão, iogurte, mel e aveia. É nutritivo, de fácil digestão e não engorda”, indica.

Saiba quais alimentos devem ser consumidos crus

Conteúdo original Minha Vida

Incluir verduras e legumes nas refeições é um dos pilares para ter uma alimentação saudável. No entanto, você já prestou atenção na forma como consome esses alimentos? O que acontece é que existem alguns alimentos que quando cozidos, fritos ou refogados perdem consideravelmente suas propriedades nutricionais.

De acordo com a nutricionista Flávia Vicentini, ao colocar legumes para cozinhar em água fria, 35% dos carboidratos, vitaminas e minerais se transferem para ela. “Até mesmo o aquecimento de verduras e legumes em fornos de microondas acarreta em alguma perda de nutrientes”, diz.

Para tirar melhor proveito das suas refeições saiba quais itens é melhor consumir in natura.:

Couve-flor

Fonte de vitaminas A e C, rica em clorofila e glicosinolatos. Se a couve-flor for cozida em grande quantidade de água ela pode perder até 40% de seus nutrientes. Ao levá-la ao forno, perde-se zinco, ferro, cálcio e glicosinolatos.

Cenoura

Rica em sódio, potássio, carboidratos, vitaminas A e C, a cenoura sofre uma perda de 10% a 50% da vitamina C se levada ao fogo com água. Na versão assada, minerais como sódio e potássio são reduzidos.

Beterraba

Ao ser levada ao fogo com água ele perde potássio e pode elevar o índice glicêmico ao ser consumida. Já assada, há perda de minerais como ferro, vitaminas C e B e ácido fólico. No entanto, nesta versão, há uma melhora na absorção da vitamina A.

Brócolis

Fonte de vitaminas A e C e antioxidantes. Possui uma grande quantidade de vitaminas do complexo B, enxofre, cálcio, ferro, zinco, ácido fólico e potássio. Mesmo sendo rico em nutrientes há uma elevada perda das vitaminas se ele for cozido. Preparado no vapor as propriedades nutritivas e antioxidantes são mantidas. Assado, o brócolis perde minerais como ferro, cálcio e enxofre

Alho

O alho cozido perde suas propriedades, por isso, sempre consuma o alho in natura. Escolha cabeças de alho redondas e cheias – evite aquelas com dentes soltos, moles ou murchos. A parte exterior deve estar intacta e sem manchas. Procure comprar a quantia suficiente para uma semana, e não mais do que isso.

Agrião

Segundo um estudo publicado no British Journal of Clinical Pharmacology, o agrião tem múltiplos benefícios vasculares, como a redução da pressão arterial, pois ajuda a mantê-la saudável, sendo vantajoso para pessoas que costumam ter uma dieta pobre em cálcio, magnésio e potássio. É importante destacar que isso só é possível se for ingerido in natura, e não através de suplementos.

Aspargos

Uma dica importante de preparo é não cozinhar o vegetal em panela de ferro, uma vez que os taninos presentes reagem com o ferro e os talos perdem a cor e as propriedades nutritivas

Receita: Farofa de Cenoura

Amo farofa! Quem mais é farofeiro?! Gente, como na xícara, de colher. Ainda mais quando sai quentinha, tomando a casa todo com aquele cheirinho… Sentiu daí?! Bom demais, não é?! E o compartilhamento de hoje é uma opção para quem não consome carne ou não tem afinidade com os ingredientes tradicionais levados na farofa, pois é feita de cenoura!🥕🥕🥕

É mais uma sugestão para fechar o cardápio de Páscoa! Já mostramos como preparar o peixe, a sobremesa e agora este acompanhamento delicioso e democrático, já que atende aos vegetarianos, econômico e fácil de fazer!

Farofa de Cenoura

Receita do Amando Cozinhar

  • Meia cenoura (média) ralada
  • Meia cebola (média) ralada
  • 400g de farinha de mandioca
  • 2 colheres cheias de margarina

🥕Em uma panela ou frigideira, derreta as duas colheres de margarina e refogue a cebola por alguns minutos, em seguida acrescente a cenoura ralada e refoque por mais 2 minutos. Vá acrescentando a farinha aos poucos e continue mexendo por cerca de 5 minutos. Está pronta para servir!😋🍴

Receita: Sopa de Grão de Bico

DSC02038

Enfim, o friozinho chegou. Demorou, mas veio! E com ele, vem também aquela vontade de comer coisinhas quentinhas, rápidas e saborosas, como cremes e sopas. Essa semana já teve teste por aqui, que olhaaaa, deu muito certo. Por isso, nossa receita do dia é sopa de grão de bico.

O grão de bico é um dos ingredientes mais versáteis que existe. Dá para consumir o grão cozido temperado em substituição ao feijão, frio em saladas, para fazer homus, falafel… e agora, sopa! É uma delícia, além de super nutritiva.

Sopa de Grão de Bico

DSC02041

  • 250 gramas de grão de bico cozido (com a água do cozimento)
  • 2 dentes de alho
  • 1/2 linguiça calabresa cortada em cubinhos (pode substituir por frango, carne, tofu etc.)
  • 1 batata média cozida picada
  • 1 cenoura média cozida picada
  • Temperos secos a gosto (usei chimuchurri)
  • Fio de azeite
  • Sal

Bata o grão de bico já cozinho com a água do cozimento e o alho até que vire uma pasta, acrescente mais água, o quanto bastar, para chegar a consistência. Vale usar a água do cozimento dos legumes (batata e cenoura).

Numa panela, frite bem a linguiça calabresa, sem nenhuma adição de óleo, e dispense o óleo que ela soltar. Você também pode usar frango em cubos, carne em tirinhas, carne seca, tofu em cubinhos, legumes… o que preferir.

Adicione o grão de bico batido e misture. Coloque também a batata e a cenoura picadinhas. Junte os temperos secos e acerte o sal. Deixe levantar fervura e está pronto.