Tag: chips

Receita: Picadinho light

Conteúdo original Lucilia Diniz

Aí está um típico representante do que se chama de “confort food”. Com palavras mais simples, ao gosto de seus ingredientes, o picadinho está mais para prato de mãe – ou da vó. Se bem que há quem dele se recorde como prato boêmio, para ser degustado no fim de noite, em um bistrô de perfil mais popular.

O certo é que, invariavelmente, fica difícil conter a gula diante deste clássico da culinária brasileira. Com moderação, não é com ele que precisamos nos preocupar, quando o assunto é controlar as medidas.

Se for preparado com cortes magros de carne, picada na ponta da faca, não é aqui que mora o perigo. O problema está com suas escoltas mais tradicionais, o arroz branco, a farofa, o ovo frito e a banana à milanesa. É neste quesito que torna-se propícia a prática das trocas vantajosas.

No preparo da carne, sai o molho roti, feito à base de gordura dos ossos, e entra o caldo de carne. Entre os acompanhamentos, sai a banana à milanesa e entram chips da fruta, desidratados no forno.

E o ovo frito dá lugar à versão mais formosa do ovo pochê – clique aqui para conferir. A receita a seguir fica pronta em 30 minutos e rende três porções, com 100,7 Kcal cada.

Picadinho light da Lucilia

Picadinho-light-da-Lucilia-------

  • 150 g de carne magra em cubos pequenos
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 tomate sem pele e sem sementes picado
  • 1 ramo pequeno de tomilho fresco
  • 80 ml de caldo de carne
  • 1 fio de azeite
  • Sal e pimenta a gosto

Em uma panela, coloque o fio de azeite. Doure o alho e a cebola por três minutos. Junte a carne e mexa. Adicione o tomate picado e o tomilho. Tempere com sal e pimenta a gosto. Deixe a carne dourar por mais três minutos, mexendo de vez em quando. Junte o caldo de carne. Tampe a panela e deixe ferver em fogo baixo até o caldo encorpar. Sirva com chips de banana e ovo pochê.

Chips de banana

chips-banana

  • 1 banana não muito madura cortada em rodelinhas bem finas

Disponha as rodelas em uma forma de silicone. Leve ao micro-ondas por três minutos. Retire, vire as rodelas e retorne por mais três minutos. Se não tiver muito dourada, coloque por mais um minuto. Retire e coloque em uma assadeira. Leve ao forno a gás por 20 minutos em fogo baixo. Sirva em seguida.

Confira no vídeo a seguir o passo a passo desta receita:

Colorindo o prato com… Beterraba!  

De certo, você já ouviu falar que uma refeição nutricionalmente ideal contém pelo menos cinco cores de alimentos distintos. E também é provável que você não leve isso à risca e tenha no máximo três ou quatro cores no prato, não é?! Por isso, vamos falar sobre um alimento de tonalidade maravilhosa e que pode muito bem dar um ‘tcharam’ na sua refeição: a beterraba.

beets-356119_640

Muita gente deixa de comer a beterraba por considerá-la difícil de manusear, porque ela mancha, tem que cozinhar e coisa e tal. O cozimento já não precisa mais ser um problema, pois ensinamos aqui como realizar esse processo no micro-ondas.

Mas, também, não consumir beterraba é quase um pecado. E isso se deve ao fato de ela ser um legume super nutritivo e importante para a manutenção da nossa saúde. Eis algumas propriedades:

  • Ácido fólico
  • Betaína (antioxidante e anti-inflamatória)
  • Manganês
  • Potássio
  • Vitamina C
  • Fibras
  • Triptofano (ativa a sensação de bem-estar)
  • Ferro
  • Iodo
  • Cálcio
  • Cobalto
  • Magnésio
  • Cobre
  • Zinco
  • Betacaroteno

beet-545775_640

Quanto aos benefícios:

  • A beterraba contém fito nutrientes proantocianidinas, substância responsável pela coloração arroxeada, poderosos anticancerígenos
  • Ajuda na limpeza do fígado pela remoção de toxinas e eliminação de gorduras
  • Previne e trata a prisão de ventre
  • Seu suco reduz a pressão arterial
  • Auxilia na normalização do PH do corpo

Como pode algo que cabe na palma da mão ser fonte de tantos ricos elementos? Incrível, não?! #naturezaimpecável E Agora que você já sabe o que está perdendo, é a hora de virar o placar a seu favor e fazer da teoria a prática. Se ainda não sabe como, não se preocupe! Selecionamos duas receitas fáceis e gostosas para levar de vez a beterraba para sua vida.

Ambas são originais da nutricionista e apresentadora Gabriela Kapim (o sobrenome combina, não podia ser melhor!). Ela comanda o programa Socorro! Meu Filho Come Mal, do canal GNT. Lá, ensina dicas e estratégias para incentivar e convencer a criançada a comer bem e corretamente, sem a cara feia ou a distração da tevê, tablet e outras artimanhas que eles usam para enrolar os pais na hora da refeição. Vale a pena assistir ou, para quem não tem tevê a cabo, acompanhar pelo site (o link está no nome do programa).

Agora vamos ao que interessa!

Estrogonofe de beterraba

Foto: GNT
Foto: GNT
  • 3 beterrabas médias
  • 1 lata de creme de leite light
  • 3 dentes de alho
  • 1 cebola pequena
  • Azeite

Lave bem as beterrabas e ponha na panela de pressão (com a casca) com a quantidade de água suficiente para cobri-las. Cozinhe por 30 minutos. Depois de cozidas, tire a casca e corte em cubos pequenos.
OU
Siga nosso método Equilibre-se de cozinhar legumes no micro-ondas, são apenas 4 minutos e você já pode cozinhá-las picadas e descascadas.
Numa frigideira, refogue o alho e a cebola bem picadinhos. Em seguida, acrescente a beterraba em cubos e refogue por um minuto. Acrescente o creme de leite e mexa. E está pronto!
Importante: Não refogue a mistura por mais de dois minutos para não perder o ponto al dente da beterraba.

Chips de beterraba

0009823684F-849x565

  • 2 beterrabas
  • Azeite
  • Sal (a gosto)

Lave bem as beterrabas e descasque-as.
Com a ajuda do fatiador ou com uma faca pequena (de legumes) afiada, corte a beterraba no sentido vertical, de modo a ter chips redondos e bem finos.
Unte uma assadeira com um fio de azeite e disponha as rodelas lado a lado, nunca uma em cima da outra, para que dourem de forma uniforme.
Ajuste o sal e asse por 20 minutos a 180ºC e depois por 5 minutos a 200ºC.

As duas receitas são indicadas para a inserção na alimentação das crianças e, em especial, a chips é uma ótima opção para os adultos levarem na bolsa/ mochila, para beliscar no trabalho, no lanche da tarde ou quando bater aquela vontade de um salgadinho.