Receita: Fermento Caseiro

Receita da culinarista Mônica Wagner

  • 1/2 xícara de bicarbonato de sódio;
  • 1/2 xícara de cremor de tártaro (encontra fácil em lojas de confeitaria);
  • 1 colher de sopa de polvilho azedo

Misture bem e guarde em um potinho de vidro, a validade desse fermento é de acordo com a validade dos produtos utilizados. Usar na mesma proporção do fermento químico. Aproveitem!😘

Anúncios

Saiba como o corpo funciona em jejum

Pular a “refeição mais importante do dia” ainda é um assunto polêmico. Descubra como o hábito influencia estes aspectos da sua saúde.

Performance física

  • Graças ao jejum durante o sono, os níveis de glicose nos seus músculos chegam ao mínimo quando você acorda. Vá para a academia antes do café da manhã, já que pesquisas recentes mostram que, assim, seu corpo queima melhor a reserva que ainda resta de gordura.

  • Se a perda de peso não é o seu objetivo, pular o desjejum trará problemas. Um estudo da Loughborough University (Inglaterra) mostrou que aqueles que não comem ao acordar não possuem um bom desempenho nos treinos à tarde ou à noite.

Peso

  • Um estudo publicado no periódico internacional Journal of Nutritional Science descobriu que aqueles que já estão com quilinhos a mais e pulam o café perdem mais gordura, mas também possuem níveis mais elevados de colesterol, em comparação àqueles que se alimentam com equilíbrio de manhã.

  • A ideia de que comer logo ao acordar vai acelerar o seu metabolismo, já que ele não vai se acostumar com jejuns tão longos, é falsa. Na verdade, é a qualidade das calorias que você ingere que interfere nisso. Prefira um “café das campeãs” cheio de proteína, incluindo ovos, aveia ou iogurte.

Comportamento

  • Uma pesquisa recente mostrou que quem pula o café da manhã tem mais tendência a cair nos maus hábitos como fumar, beber demais e se exercitar de menos.

  • Apesar de a queima de gordura quando você malha ser maior antes de comer, a ligação entre magreza e tomar ou não café da manhã é mais comportamental do que realmente culpa do organismo. Pessoas que comem de manhã tendem a ter uma dieta mais balanceada.

  • Já acordou com a ideia de que o dia será horrível? Coma às 8h da manhã. Esse é o horário em que os níveis de cortisol – hormônio do estresse – estão no máximo, e uma refeição balanceada vai acalmar os ânimos.

Fontes: nutricionista Emer Delaney e preparador físico David Kingsbury, ambos da Inglaterra, e pesquisas das Loughborough University (Inglaterra), Helsinki University (Finlândia) e University of Missouri Columbia (EUA)

Conteúdo Women’s Health Brasil

Tremoço é saudável a ajuda a emagrecer

Foto: Sandéleh Alimentos

O tremoço é a semente de plantas do gênero Lupinus, muito usadas no enriquecimento dos solos pois, aportam com uma considerável quantidade de nitrogênio quando cultivadas. Sua semente, ou grãos, são alimentares e muito usados nos países mediterrâneos da Europa onde é considerado um petisco. Conheça algumas das características deste grão dourado e saboroso.

 

Esta planta, com suas vistosas flores amarelas (ou azuis, ou vermelhas – sim, há de um montão de cores mas, nem todas se usam como alimento), é bastante usada na prática de adubação verde pois, seu cultivo incorpora ao solo importantes quantidades de nitrogênio pela ação das bactérias que coabitam suas raízes.

Benefícios do tremoço

Foto: Feito de Iridium

Esta leguminosa é bastante rica nutricionalmente. Neste grão existem:

  • Proteína vegetal de boa qualidade – de 36 a 52%
  • ● Elevado teor de cálcio, fósforo, potássio, ferro e fibras vegetais (30 a 40%)
  • Vitaminas diversas: complexo B e vit. E
  • Ômega 3 e 6, de 5 a 20%

Bons efeitos da ingestão de tremoço

Tremoços têm ação diuréticaimportante, reguladora da quantidade de gordura que assimilamos e emagrecedora. Seu consumo é adequado a quem tem diabetes e sofre com desequilíbrios lipídicos.

A enorme quantidade de fibras que contêm o tremoço – 3 vezes mais do que as da aveia e do trigo – ajudam no processo de esvaziamento dos intestinos e na captura das gorduras, promovendo uma redução significativa de LDL (colesterol ruim). Outro importante resultado da ingestão de tremoço é a redução do açúcar no sangue – este grão tem um índice glicêmico bastante baixo – sendo um coadjuvante importante nas dietas para redução da obesidade. Com seu elevado teor de proteínas, a ingestão de tremoço ajuda, e muito, na saciedade e redução do apetite.

Tremoço só se usa cozido

O tremoço é um grão meio difícil – tem de ser deixado de molho por longo tempo (no mínimo por 12 horas), seu cozimento é prolongado para que fique mole e, depois de cozido, precisa ser lavado em água corrente por várias horas, para perder o amargor.

Portanto, o uso prático de tremoço se resume ao que possamos comprar já cozido pois que, senão ficará bastante caro de se preparar para uma família só.

Os tremoços cozidos em grandes quantidades, em ambiente industrial, passam por todos esses procedimentos e são vendidos acondicionados como conserva, em água e sal.

Habitualmente são usados como aperitivo frio mas, também podem ser integrados em outras receitas, em saladas, ou pratos cozidos de uso regional.

O consumo de tremoços requer que você os deixe de molho por um tempo, e troque a água algumas vezes, para reduzir a quantidade de sódio que a conserva tem. No entanto, este é seu único defeito, sendo assim, se há tremoços aí onde você mora, consuma-os que faz bem.

Conteúdo Green Me

Os alimentos ideais para serem consumidos antes dos exercícios

Praticar atividades físicas é muito importante para a nossa saúde e bem-estar, além de ajudar – e muito! – na hora de perder alguns quilinhos. Porém, é importante não se preocupar apenas com o tipo de exercício ou a intensidade dele – também temos que nos alimentar de acordo com os treinos, pois uma refeição adequada é capaz de conseguir as reservas de energia necessárias para que a atividade física não se torne um fardo. As nutricionistas Barbara Sanches e Camila Abreu contam quais alimentos são recomendados para se fazer exercícios e por quê:

Alimentos que dão energia

Antes do treino, o ideal é consumir alimentos que dão mais energia, já que você está prestes a gastar um monte dela nos exercícios. Quando se fala em alimentos que dão energia, entram em cena os carboidratos. “Além de ser sinônimo de energia e garantir disposição, o carboidrato preserva a massa muscular”, conta Camila.

Barbara completa: “nutrientes como vitaminas, minerais e aminoácidos também são necessários para o treino, embora não precisem ser consumidos necessariamente antes dos treinos, como os carboidratos. Eles podem estar diluídos durante o dia todo, em várias refeições”. O ideal é dar preferência aos carboidratos complexos, presente nos pães, arroz e massas, pois sua digestão é lenta, garantindo energia por mais tempo.

Evite esses alimentos

“Deve-se evitar a ingestão de fibras e alimentos gordurosos, pois podem causar desconforto gastrintestinal. Dê preferência aos lácteos com baixo percentual de gorduras e retire as cascas e bagaço das frutas”, aconselha Camila.

Sugestões para refeição antes do treino

As nutricionistas indicam: cereais matinais, pães, bolachas e biscoitos simples (sem recheio), arroz, massas em geral, tubérculos (batata, mandioquinha, mandioca), frutas frescas como melancia, pêssego e uvas.

Reposição nutricional

Durante a prática do exercício, também devemos tomar cuidados importantes, como a reposição de líquidos e hidratação do nosso corpo. “A ingestão de líquidos é fundamental para o desempenho. Essa estratégia é importante para prevenir hipoglicemia e/ou desidratação, quadros que comprometem o rendimento” diz Camila. “É importante sempre levar água e, preferencialmente, bebidas esportivas”, completa.

Conteúdo Minha Vida

Receita: Pizza com massa de Arroz

Para a Massa:

  • 2 xícaras de arroz cozido com pouco sal
  • 2 ovos
  • 1 xícara de leite
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

Para o Recheio:

  • 200g de queijo mussarela fatiado
  • Molho de tomate a gosto
  • 1 tomate grande cortado em fatias
  • Orégano a gosto

Modo de preparo:

Para a Massa:

  1. Bata no liquidificador o leite, os ovos e o parmesão ralado.
  2. Adicione aos poucos o arroz e continue batendo até engrossar.
  3. Acrescente o fermento e bata mais um pouco.
  4. Unte uma forma de pizza e espalhe a massa. Leve para assar.

Para a Montagem:

  1. Depois de assada, espalhe o molho de tomate sobre a massa, cubra com a mussarela e as rodelas de tomate.
  2. Salpique orégano e leve ao forno até derreter o queijo.

Receita de Food Network Brasil

Nova categoria de chocolate foi criada – e ela é rosa!

Conteúdo Boa Forma

Desde a chegada do sabor “branco”, há 80 anos, o chocolate é dividido em três categorias: ao leite, amargo e branco.

Com a intenção de introduzir um novo segmento do produto no mercado, a empresa suíça de chocolates, Barry Callebaut, apresentou o Ruby Chocolate. O doce tem o sabor frutado e a cor real oficial de 2017: o rosa millennial.

E não pense que a coloração-desejo vem de corantes artificiais ou mesmo de uma adição de morango à receita. O tom é original da semente do cacau utilizado no preparo. E o gosto? Bem, a empresa diz que é uma experiência totalmente nova: “Não é amargo, doce ou com muito sabor de leite. É algo que lembra frutas vermelhas, com uma suavidade gostosa.”

Peter Bone, chefe de inovação e qualidade da Barry Callebaut conta que “a pesquisa em mercados muito distintos confirma que o chocolate Ruby não só satisfaz uma nova necessidade do consumidor encontrada entre millennials – indulgência hedonística – como também apresenta uma alta intenção de compra em diferentes variações preço.” A novidade foi testada no Reino Unido, Estados Unidos, China e Japão.

Fotos: Reprodução Facebook/Barry Callebaut’s

Receita: Brownie fácil (sem ovo e sem leite)

E com vocês… o “Brownie” mais fácil do mundo!🙌🏼🙌🏼🙌🏼 Receita mágica da @fernandascheernutri feita apenas com 3 ingredientes!✨ #browniefacinhofescheer Compartilhado por @irmaosnacozinha.

  • 3 bananas
  • 1/2 colher de chá fermento químico
  • 1/2 xícara de chá cacau em pó
  • 2 colher de sopa nozes picadas (toste levemente na frigideira para acentuar o sabor)
  • 1 colher de sopa xylitol, melaço de cana, açúcar de coco ou adoçante de sua preferência (apenas se quiser mais docinho, mas não é necessário)

Modo de preparo

  1. Amasse bem as bananas até virar uma pasta.
  2. Misture com o cacau e o fermento. Prove para avaliar a doçura- se for preciso acrescente o xilitol, melaço ou açúcar de coco (depende da doçura das bananas).
  3. Dê uma leve tostada nas nozes no forno ou frigideira. Incorpore as nozes, mexendo com cuidado.
  4. Transfira para uma forma PEQUENA forrada com papel manteiga ou untada.
  5. Leve ao forno pré aquecido a 200 graus. Se for forninho pequeno são 10 a 15 min., se for um forno grande, deixe por 30 min., mas fique de olho para não passar.
  6. Retire do forno, deixe esfriar e corte em quadrados.
  7. Para cobertura usamos gotas de chocolate belga 70% cacau, sem leite, derretido!

Corre pra cozinha que dá tempo de fazer pro lanche!!😋😋