Tag: comida

Receita Fru-Fruta: Hambúrguer de arroz e feijão – Vegano e sem glúten!

dsc_0016copy
Reprodução do blog Fru-fruta

Aqui no Equilibre-se somos adeptos de que tudo aquilo que é bom deve ser compartilhado e multiplicado. Recentemente tive a felicidade de descobrir o blog da nutricionista Pati Bianco, o Fru-Fruta, que ela criou justamente para dividir ideias, receitas e criações saudáveis.

Uma dessas criações é um hambúguer (pasmem!) a base de arroz e feijão, que atende a todos os públicos – excelente para a criançada, aos intolerantes a certas substâncias e aos veganos. Uma transformação maravilhosa de algo que consumimos diariamente num formato próprio, apresentado de uma maneira completamente inusitada e apetitosa.

Tá sem ideia do que cozinhar de diferente para a turminha em casa de férias?! Ou esqueceu de descongelar a mistura para o almoço ou jantar?! Então bora aprender a preparar esse hamburguinho criativo e nutitrivo!

Reprodução do blog Fru-fruta
Reprodução do blog Fru-fruta

Hambúrguer de Arroz e Feijão

Para mais dicas, receitas e informações, acesse o Fru-Fruta!

  • 1/4 de cebola picada
  • 1/2 xícara de feijão pronto
  • 1/2 xícara de quinoa cozida (caso seja inacessível, você pode fazer sem ou substituir pelo próprio arroz)
  • 1/2 xícara de farinha de arroz integral
  • 1/2 beterraba pequena cozida
  • 1/2 colher (sopa) de azeite
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • Especiarias a gosto (usei: cominho, paprica picante, noz moscada e pimenta do reino)
  • Cúrcuma em pó (açafão da terra) em pó
  • Cebolinha, salsinha, coentro ou outro temperinho verde
  • Azeite para grelhar

Instruções

  1. Refogue a cebola picada no azeite até ficar transparente e passe para o copo do processador.
  2. Coloque o feijão e a beterraba no processador e bata até obter um purê.
  3. Passe para uma tigela grande e adicione o restante dos ingredientes até virar uma massa espessa.
  4. Molde os hambúrgueres com ajuda de um aro de metal, faça pequenos cortes na superfície e grelhe na frigideira quente com azeite.

Observações

  1. Na medida que grelha, o hambúrguer absorve bastante azeite. Vá repondo a medida que necessário.
  2. Rendimento: 6 mini hambúrgueres ou 3 de tamanho normal

Você sabe cozinhar corretamente?

Conteúdo original Mais Equilíbrio

frog-1290527_960_720

Saber cozinhar, antes de mais nada, é uma questão de sobrevivência. Mas é também uma forma de demonstrar carinho pelas pessoas que amamos. Alguns já nascem com um talento nato para tal, enquanto outros parecem perdidos na cozinha. Mas mesmo sendo um expert em gastronomia, às vezes é comum cometer erros. E se esse é o seu caso, não se preocupe; para saber se você sabe cozinhar corretamente, listamos algumas dicas para que você se torne o melhor chef em sua casa.

Não desperdice qualquer alimento

Se é comestível, não jogue as sobras fora! Especialmente em tempos de crise, os alimentos não devem ser desperdiçados de modo algum. Trabalhe com o conceito de aproveitamento de alimentos em sua integralidade. Por exemplo, com as cascas das batatas é possível fazer chips salgados. Com as hastes da maioria dos vegetais, tais como brócolis, couve-flor ou salsa, dá para preparar saladas, sopas e tortas. Ou seja, tudo é reaproveitável!

red-417104_960_720

Cuidado com tempero

O uso de ervas e especiarias é o que dá um toque a mais de sabor em certas refeições. Mas cuidado com os exageros! Além de fazer mal para o organismo, os excesso de tempero sobrecarrega o sabor, ficando quase que impossível experimentar a comida com prazer. Além disso, algumas especiarias são boas para sua saúde, mas há aquelas que podem ser prejudiciais se consumidas em grandes quantidades. Então, moderação é a chave.

Controle a temperatura de cozimento

Dica de mestre: antes de colocar os alimentos na panela, frigideira ou grelha, verifique o ponto da temperatura ideal do fogo. Se a temperatura estiver acima do satisfatório, você corre o risco de queimar os alimentos e isso faz com que eles percam vitaminas e minerais importantes para a sua saúde, além de perder o sabor. Portanto, encontrar a temperatura certa é crucial para uma refeição perfeita.

olive-oil-968657_960_720

Escolha o tipo de óleo para o cozimento

Existem muitos tipos de gorduras e óleos para cozinhar, como óleo de soja, de canola, de girassol, óleo de coco, entre outros. E todos eles têm algo em comum: o chamado “ponto de fumaça”. Isto representa a temperatura com a qual o óleo começa a queimar. Sendo assim, gorduras e óleos com um ponto de fumaça elevado, como manteiga ou gordura animal, são melhores para fritar ou cozinhar, enquanto aqueles com um ponto de fumaça menor, incluindo azeite ou óleo de girassol, são perfeitos para temperar saladas e molhos. Vale a pena notar que o excesso de gordura não é saudável, mas cortá-la completamente de sua dieta também não é boa ideia. Cabe lembrar que a ingestão de gordura insuficiente poderia diminuir a produção natural de testosterona, tanto em homens quanto em mulheres.

Com estas dicas de culinária, levando em conta algumas mudanças simples na maneira como você prepara sua comida, é possível ter alimentos altamente saudáveis, saborosos e com o mínimo de desperdício.

Especial de Natal: Bolinhos para a ceia

christmas-1046072_640

Me amarrota, porque eu estou passada! O ano acabou. Passou, foi… Natal já! Será que eu dormi demais?! Não sei, heim. Passou muito rápido! E olha que eu não sou daquelas pessoas que fala isso todo ano. Enfim, né. Não há o que fazer. Apenas aceitar e, é claro, pensar na parte boa: comidinhas natalinas! No sábado passado já iniciamos as dicas de comilança para o Natal e hoje não vai ser diferente. O objetivo é trazer o máximo de sugestões e ideias que possam ser aproveitadas. Para hoje temos bolinhos, que podem ser servidos de entrada, ou petisco, na ceia.

Uma das receitas é do clássico bolinho de bacalhau reinventado, sem batata, assado e combinado com couve-flor. A outra opção é mais leve, e fácil, ainda, para vegetarianos e adeptos da vida saudável: bolinho de arroz integral, também assado, com aveia e queijo.

Tudo bem prático, sem ingredientes complicados, rápido de fazer e versáteis. Bora aprender!

Bolinhos de Bacalhau com Couve-flor

Reprodução Guloso e Saudável

Receita original de Guloso e Saudável
Rende 35 bolinhos

  • 500 gramas de Couve-flor (congelada ou fresca);
  • 300 gramas de Bacalhau dessalgado cozido;
  • 1 Cebola ralada;
  • 1 colher de sopa de Azeite de oliva;
  • 2 dentes de Alho;
  • 1 colher de sopa de Salsa, sem picar;
  • 1/2 colher de chá de Pimenta-do-reino;
  • 2 Ovos;
  • 100 gramas de Farinha de trigo integral.
  1. Preaqueça o forno a 240°C.
  2. Higienize a cebola, a couve flor, os alhos, a salsa. Descasque e rale a cebola, pique a salsa e esprema os alhos.
  3. Cozinhe a couve flor e depois passe-a no processador ou ralador. Reserve.
  4. Desfie o bacalhau. Reserve.
  5. Doure a cebola e o alho no azeite. Junte o bacalhau, a pimenta e continue a mexer por 5 minutos. Deixe amornar. Bata ou processe os ovos e a couve flor. Acrescente o bacalhau e a salsa e bata também. Transfira para uma tigela, junte a farinha de trigo e misture bem.
  6. Feito isso, unte as mãos com óleo ou margarina e modele os bolinhos, ou use 2 colheres de sobremesa.
  7. Por fim, disponha numa assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo integral. Pincele os bolinhos com gema de ovo (opcional).
  8. Leve-os para assar por 20 minutos ou até ficarem dourados. Desligue e deixe-os dentro por 10 a 15 minutos. Está pronto!

Bolinhos de Arroz Integral Assados

Reprodução Guloso e Saudável

Receita de Guloso e Saudável
Rende 22 bolinhos

  • 600 gramas de Arroz integral cozido;
  • 4 colheres de sopa de Aveia em flocos;
  • 1 Ovo médio;
  • 2 colheres de sopa de Queijo parmesão ralado.

 

  1. Preaqueça o forno a 210°C.
  2. Utilize o arroz temperado ao seu gosto.
  3. Numa tigela misture bem todos os ingredientes com as mãos.
  4. Molde bolinhas do tamanho que quiser, nesse tamanho da foto, rende 22 bolinhos.
  5. Unte uma assadeira antiaderente com azeite.
  6. Leve ao forno por cerca de 25 minutos, desligue o forno e deixe mais 10 minutos. Sirva em seguida!

Alimentos que viciam e você não sabe!

Conteúdo original Mais Equilíbrio

cake-796491_640

O vício em comida é um problema sério e que compromete seriamente a nutrição e saúde das pessoas. Não é segredo que ‘tudo demais faz mal’ , mas o que muita gente não sabe é que existem uma série de alimentos que viciam tanto quanto drogas. De acordo com um estudo de 2011 publicado na Frontiers in Psychiatry, 14% das pessoas acima do peso e 37,5% das pessoas obesas podem ser diagnosticadas com dependência alimentar.

Confira abaixo quais alimentos são capazes de desenvolver dependência e fuja da tentação!

Alimentos / Bebidas com cafeína

A cafeína age diretamente no sistema nervoso central, podendo causar um vício. Entre os sintomas de abstinência da cafeína estão dor de cabeça, tremedeira, tontura, aumento da ansiedade e fraqueza. Há estudos, no entanto, que comprovam que até quatro xícaras da bebida por dia são benéficas e podem ter ação antioxidante e vasodilatadora.

Chocolate

praline-182861_640

Existem estudos que apontam que a região do cérebro ativada com o consumo do chocolate é a mesma afetada em um dependente de cocaína, dá para acreditar?

O alimento é tão eficiente em proporcionar prazer, que, contam os registros históricos, já foi relacionado com ‘forças malignas’. Quem come chocolate em excesso pode desenvolver obesidade e até problemas cardíacos.

Bolachas recheadas

Uma pesquisa realizada no Connecticut College constatou que o biscoito Oreo, escolhido por ser o favorito entre os americanos, contém substâncias alucinógenas tanto quanto cocaína ou morfina. O mesmo pode-se dizer de outras bolachas similares. Agora sim, está explicado por que tem gente que é capaz de comer pacotes e pacotes de bolacha sozinho!

Gorduras

hamburger-926885_640

Uma pesquisa feita pela Universidade de Michigan apontou Pizza, salgadinhos, batata frita, cheeseburguer e queijo como alguns dos alimentos que mais viciam. Todos são gordurosos, será coincidência?

Anotou? Então agora é só examinar a sua relação com a comida e tomar cuidado para não dar atenção demais aos alimentos altamente processados. Sua saúde agradece!

Só dá ela: cenoura no salgado e no doce

A pressa e a correia do dia-a-dia podem, muitas vezes, serem inimigos da criatividade quando se trata da alimentação. Pensar em texturas e preparações diferentes com os ingredientes mais comuns não é fácil para todo mundo, ainda mais para quem não tem tanta experiência na cozinha. É por isso que o Equilibre-se está aqui, para ajudar todo mundo a ser mais leve, com sabor e saúde. E o nosso alvo de hoje é a cenoura.

carrots-673184_640

A gente vai apresentar duas propostas bem clássicas, e deliciosas, de preparações com esse legume básico e versátil. São receitas que, além de fugir do consumo comum, crua ou cozida, servem de alternativa para aqueles que tem dificuldade, ou simplesmente pouca simpatia, com a cenoura.

O bolo de cenoura com cobertura de chocolate já é um velho e amado conhecido de muita gente, o diferencial é que essa versão apresentada é light e sem açúcar, podendo ser uma sobremesa e tanto para os diabéticos. O pulo do gato aqui é o suflê, um prato que esbanja sofisticação e é um delicioso acompanhamento para diversos pratos, que é também uma opção para os vegetarianos.

Suflê de Cenoura

Receita de Gordelícias

Reprodução Gordelícias

 

  • 4 cenouras médias
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 4 ovos (gemas e claras separadas)
  • Queijo parmesão ralado (pra polvilhar)
  • Noz moscada (ralada na hora)

Primeiramente, cozinhe as cenouras; para cozinhar mais rápido, corte em rodelinhas. Depois de cozidas, bata-as no liquidificador com o leite, a farinha de trigo, a noz-moscada e o sal. Leve a mistura ao fogo (médio), mexendo até engrossar (cerca de 5 minutos). Retire do fogo e acrescente as gemas uma de cada vez, sem parar de mexer. Bata as claras em neve e incorpore à mistura, mexendo delicadamente. O movimento aqui precisa ser delicado, senão as claras desmancham feito água e comprometem o creme do suflê. 

Reprodução Gordelícias

Coloque a mistura em um refratário médio (20cm de diâmetro) ou em forminhas individuais. A receita rende pelo menos 8 forminhas individuais. Polvilhe com o queijo parmesão e leve ao forno médio, pré-aquecido, até dourar. Retire do forno e sirva logo em seguida.

Dica:

Não adianta fazer suflê duas horas antes de servir. O risco de encontrar um alimento murcho e feio é enorme! Portanto, leve o seu preparo ao forno poucos minutos antes de servi-lo. Fica pronto rapidinho, nem tem que esperar muito!

Reprodução Gordelícias

Bolo de Cenoura Light

 

  • 3 cenouras picadas
  • 2 gemas
  • 3 claras
  • 1/3 de xícara de chá de óleo
  • 1 xícara de chá farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • ½ xícara de chá de adoçante culinário

Bata a cenoura, as gemas e claras e o óleo no liquidificador até atingir uma mistura homogênea. Num recipiente a parte, coloque a farinha, o fermento e o adoçante. Junte a massa de cenoura batida e misture bem, delicadamente com um batedor de arame. Unte uma forma pequena com margarina e farinha. Leve ao forno médio pré-aquecido e asse por 40 minutos.

A cobertura você pode seguir a receita sugerida no vídeo ou fazer aquela de brigadeiro sem leite condensado, que já ensinamos AQUI.

cake-478714_640

Combo Junino II: Arroz doce e Pé de Moleque

Eita, época boa! Quase todo dia é festa e a comilança nunca acaba. Não está conseguindo aproveitar? Está passando vontade de saborear os quitutes? Anda sem tempo? Não se preocupe! Com essas receitas o seu festejo pode acontecer em qualquer época do ano, com muito sabor e equilíbrio.

firework-184013_640

Quando, em outros tempos, a gente imaginaria que poderia comer doces típicos de festa junina de forma mais saudável sem nenhum prejuízo de sabor? E isso é maravilhoso! Quanto mais as pessoas se preocupam com a saúde e em derrubar a imagem ruim que a dieta sempre teve, mais a gente ganha com opções diversificadas e benéficas.

peanut-624601_640

As delícias da vez desse combo junino são o arroz doce e o pé de moleque. Ambas as receitas são leves e levam ingredientes simples. Lembrando que adaptações são bem vindas, mas é importante testar antes ou ir adicionando os ingredientes alternativos aos poucos, para não perder a receita. Vamos ao que interessa:

Arroz doce light

rice-pudding-480823_640

Rende 10 porções
Cada porção tem 70 kcal

  • 1 copo de arroz (200 ml)
  • 2 copos (400 ml) de água fria
  • 1 litro de leite desnatado
  • 1 colher de sopa de adoçante culinário
  • Raspas de limão
  • 4 colheres de sopa de leite desnatado em pó
  • Canela em pó para polvilhar

Coloque o arroz e a água em uma panela e deixe de molho por uma hora. Leve ao fogo. Quando o arroz secar, acrescente o leite aos poucos. Junte o adoçante e as raspas de limão. Quando o arroz estiver cozido, retire do fogo e acrescente o leite em pó. Sirva polvilhado com canela.

Pé de Moleque com Açúcar Mascavo

DSC01742

Receita original de Beleza It 

  • 1 xícara de chá de açúcar mascavo
  • 300 gramas de amendoim torrado e sem casca
  • ½ xícara de chá de água

Em uma panela, coloque o açúcar e o amendoim em fogo baixo. O açúcar vai derretendo aos poucos e, para não deixar queimar, vá acrescentando água aos poucos. Coloque mais água se achar que precisa. Vá mexendo até engrossar um pouco e soltar do fundo da panela (tipo ponto de brigadeiro). Espalhe em um recipiente, tabuleiro, prato ou mármore para esfriar. Fica meio mole, mas depois que esfria fica firme.

DSC01746

Difícil? Não né, gente! É só dedicar uns minutos de carinho que dá tudo certo. E aí vem a parte de boa… aproveitar essas gostosuras sem medo de ser feliz!

Combo junino light: bolinho salgado, paçoca e quentão

fireworks-642538_640

Êlaia! Semana de festejos juninos, muita comida típica, nostalgia de infância, quadrilhas… E, por aqui não poderia ser diferente. Para aproveitar o clima, a gente ensina três receitas deliciosas e lights para curtir o momento, sem medo de ser feliz e não derrapar na dieta.

Sugerimos uma opção de petisco salgado, um docinho e uma bebida. Os ingredientes são simples, mas você pode fazer adaptações, se julgar necessário, ok?! Vamos ao que interessa!

Bolinho de Mandioca Proteico

Receita de Alimentação Fitness
Para a massa:

  • 100g de mandioca cozida;
  • 1 colher de sopa rasa de farinha de aveia;
  • 3 colheres de sopa de frango desfiado;
  • 1 colher de sopa de margarina light;
  • Sal e cheiro verde a gosto.

Para o recheio

  • 2 colheres de sopa de cream cheese light (pode ser requeijão);
  • 1 filé de frango desfiado temperado com sal (mais ou menos 100 gramas).

Amasse e junte os primeiros ingredientes, incorporando até virar uma massa. Reserve. Em outro recipiente, misture os ingredientes do recheio. Com a massa, faça pequenas bolinhas, abra e recheie. Feche e leve ao forno baixo, 180ºC, por aproximadamente 15 minutos.

Informação Nutricional (Meia receita)
290 Kcal
Proteínas: 26g
Carboidratos: 19g
Lipídeos: 11g

tibetan-prayer-flags-233557_640

Já esta receita de paçoca é da nutricionista lindona e sarada Flávia Diniz. Para acompanhar e aprender mais gostosuras como essa, basta seguir a Flávia nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Paçoca Diet Fit

Foto reprodução Instagram
Foto reprodução Instagram
  • 1 xícara e meia de amendoim torrado
  • 5 colheres de sopa de pasta de amendoim*
  • 1 xícara de leite em pó desnatado
  • 4 colheres de sopa de chia (opcional)
  • 5 colheres de sopa de leite desnatado
  • 1 colher de sopa de adoçante (se julgar necessário)

* Se você não tiver pasta de amendoim, é só triturar o amendoim torrado no processador até que vire uma pasta. Aprenda AQUI.

No processador, bata os ingredientes secos por 4 minutos. Depois, adicione a pasta de amendoim e bata por mais 2 minutos. Coloque o leite desnatado e processe por 1 minuto. Transfira a mistura para uma forma (forrada com papel filme para não grudar) e vá espalhando e amassando até que fique uniforme. Leve à geladeira por 4 horas e depois corte em cubos.

flag-655337_640

E para arrematar nosso combo junino, uma bebidinha bem tradicional para aquecer e saborizar!

Quentão light (sem álcool)

Foto reprodução UOL
Foto reprodução UOL

Receita do Tudo Gostoso
Rende 8 porções

  • 500 ml de suco de uva
  • 500 ml de água
  • 1 colher de sopa de gengibre ralado
  • 1 canela em pau
  • 3 cravos
  • 100 g de adoçante culinário (equivale a 3 colheres de sopa cheias)

Numa panela, coloque o gengibre, o cravo, a canela e o adoçante. Leve ao fogo mexendo sempre. Depois acrescente o suco de uva, a água e deixe ferver. Está pronto para servir.

Viu, só?! Já pode chamar o pessoal, abrir as porteiras e dar início ao seu próprio arraial.