Tag: dedicação

Receita: Iogurte Grego Caseiro

dessert-1165107_960_720

Falta de dinheiro não pode mais ser desculpa para não comer de forma saudável ou para procurar alternativas que fazem bem à saúde, certo?! O único requisito que a vida saudável exige de você é dedicação, o que também envolve esforço, força de vontade e um pouquinho de tempo. Vai dizer que a sua saúde e bem estar não valem esse precinho?!

Não é difícil encontrar pela internet memes e comentários que atribuem à impossibilidade financeira os maus hábitos e a vida sedentária: “Não faço academia porque não tenho dinheiro”, “Não sigo dieta porque é caro” ou “Minha nutricionista me indicou uma mesa farta de frutas e cereais, mas meu dinheiro só paga um café com leite e pão”.

granola-926047_960_720

Na teoria é até engraçado, mas na prática, cada um é que sabe o peso, e as cobranças, que carrega por não conseguir mudar os hábitos e atingir os objetivos. E que tal começar agora? Separe um tempinho da sua semana, ou final de semana (dá tempo de planejar), e comece recriando o queridinho da dieta equilibrada: o iogurte grego.

Sai bem mais barato do que comprar pronto, rende mais e você sabe exatamente o que está consumido, já que não tem aditivos ou substâncias industrializadas artificiais. Veja como é fácil:

Iogurte Grego Caseiro

  • 1 copo de iogurte natural (desnatado, integral, lacfree, qual você preferir)
  •  Leite tipo A, de pacotinho. A quantidade depende de quanto iogurte você quer fazer, geralmente uso 3 litros e rende um pirex inteiro.
  • Açúcar, mel ou adoçante o quanto achar suficiente.

Ele dura até 6 dias na geladeira.

E então?! Se animou?! Faça e depois vem contar para gente! 😉

A doença do momento

“Preciso assumir publicamente que apesar de não parecer, eu estou doente e o mais assustador não é você ler que EU estou doente, mas você ler que provavelmente essa mesma doença também te pegou e você talvez ainda nem se ligou.

girl-791389_960_720

Essa doença te deixa alienado, acaba com a tua concentração, te tira disposição, te faz perder a noção de tempo e até de espaço. É capaz de te tirar o sono, te deixar com fortes dores de cabeça, pode acabar com a tua visão, dificulta tua audição, pode trazer frustração, te colocar num mundo de ilusão e quando em estado muito avançado, te faz perder a razão!

Essa doença é nova e talvez por isso acho que ainda é pouco reconhecida ou pelo menos pouco assumida. Quem é portador, fisicamente falando não costuma ser afetado, mas psicologicamente fica acabado. Se sente cansado, muitas vezes desgastado, quer se curar mas não sabe por onde começar… Vê sua vida mudar, muitas vezes chega a ver o seu mundo real se desmoronar e nem assim consegue parar pra se cuidar…

technology-791332_960_720

É a doença do século XXI que cada vez afeta mais famílias… É a doença que esgota o tempo das pessoas, que as faz ficar gananciosas, que pode até as tornar invejosas. É a doença que muitas vezes destrói amizades, que por vezes cria inimizades e que se alimenta de algumas/muitas falsidades.

É a doença que te faz acreditar que muito do que não foi vivido, por ter sido fotografado é sim passado acontecido. É a doença que só faz se alastrar e se você não se “vacinar”… ela vai te pegar. Essa doença chamada “vício de celular” pode SIM te matar!

smartphone-570511_960_720

Não tô falando pra você deixar de usar o celular até porque nos dias de hoje não tem mais como o eliminar e ele em muitas coisas sempre termina por ajudar. Mas comece a observar que na verdade, não é a sua vida que está de pernas pro ar nem o teu filho que não te deixa parar para respirar.

É o tempo que você passa “viajando” no mundo virtual, que te faz não ter mais tempo pra organizar a tua vida real. Não adianta o ano começar e você acreditar que tudo vai melhorar se você não tem intenção de mudar!”

Original de De Mãe para Mamãe

Como emagrecer sem perder massa muscular

photography-945822_960_720

Pode parecer uma preocupação boba, mas quem batalha para moldar o corpo e mantê-lo da forma mais saudável possível sabe o quanto de dedicação e disciplina é necessário empenhar para que os resultados apareçam. Muitas vezes se começa com uma musculação periódica, sem grandes pretensões, mas o organismo vai respondendo de forma satisfatória e é preciso fazer adaptações.

Ao longo do processo há perdas e ganhos, a dieta varia entre mais e menos rigorosa, e ainda que o ganho de massa muscular seja imperceptível para os outros (e super significativa para você), não é justo deixar que todo o esforço se esvaia. Até porque não é legal emagrecer e ficar flácido, e sim com tudo firminho no lugar que tem que estar.

Siga as dicas, coma bem (de tudo e alimentos com qualidade, pouca gordura e muitos nutrientes), exercite-se regularmente e seja beleza pura, não apenas para o verão mas para a vida:

Conteúdo original Mais Equilíbrio

sport-1087028_960_720

Quando o verão se aproxima, a corrida contra a balança logo começa. E para ficar com o corpo em forma, é imprescindível preservar a massa muscular, responsável por aquele visual mega definido que muita gente almeja na estação mais quente do ano.

Quanto maior o índice de massa muscular, mais acelerado será o seu metabolismo, o que impacta positivamente em todas as funções fisiológicas do organismo: do sono à eliminação de gordura corporal e controle do colesterol.

Então se você está no projeto verão para começar o ano com tudo em cima veja dicas para emagrecer sem perder a massa muscular:

Fique atento às calorias

smorgasbord-792906_960_720

Dietas restritivas além de não fazerem bem, podem causar perda da massa muscular. Ou seja, se você está perdendo mais de 900g/1kg por semana de peso corporal você corre o risco de estar perdendo massa muscular junto. Lembre-se que um corpo magro e com massa muscular aparenta estar muito mais definido do que alguém sem massa muscular.

Alimente-se bem

Os carboidratos não devem ser deixados de lado pois eles são importantes para a regeneração muscular entre outras funções. A questão para não engordar é ter equilíbrio e escolher adequadamente seus alimentos. Por exemplo, glicose em excesso é convertida em gordura, mas só em excesso. Coma carboidratos de baixo índice glicêmico e tenha moderação.

Treine pesado

weights-1017465_960_720

 

Para bons resultados, é necessário treinar pesado, encorajando o corpo a manter a massa muscular e ainda promovendo a liberação de hormônios que irão auxiliar ainda mais na queima de gordura.

Cuidado com os aeróbicos

Poucas pessoas sabem, mas a dieta tem um impacto muito maior no corpo do que os próprios aeróbicos, quando o assunto é a queima de gordura. É importante você primeiro ajustar a sua dieta e só depois ir acrescentando os exercícios aeróbicos na sua rotina.

A vida é mais que uma lista de tarefas

Conteúdo origina El País

chalkboard-801266_960_720

Vamos começar com um conto de fadas. O da Cinderela. Mas não nos importa tanto o sapato de cristal, nem a abóbora que se transforma em carruagem, nem o príncipe azul. Vamos prestar a atenção na quantidade de tarefas que Cinderela deve fazer antes ir ao baile. Esfregar, limpar, passar roupa, organizar, cozinhar e, de novo, esfregar, limpar, organizar… Logicamente, quando chega a hora de ir ao baile, que é o que ela realmente quer e o que vai mudar sua vida, está tão cansada que precisa da ajuda mágica da Fada Madrinha para conseguir. Sem isso, Cinderela teria ficado em casa, cansada e pensando com ansiedade em tudo que ainda precisa fazer e em tudo aquilo que não terá tempo de terminar.

Pois bem, nós não somos muito diferentes dela. Antes de poder ir aos nossos bailes, quer dizer, fazer aquilo que realmente queremos, que nos motiva e quem sabe até pode mudar nossas vidas, estamos submersos em uma quantidade infinita de tarefas: a casa perfeitamente organizada, a máquina de lavar trabalhando, a criança matriculada em quatro atividades extracurriculares; é preciso ser, claro, muito produtivo em nossos empregos, amantes excelentes e criativos com uma vida social rica, ativa e variada… e ter o Facebook atualizado. Ah, e seria bom comer cinco frutas por dia e correr 10 quilômetros e não ter olheiras e,… fazer, fazer e fazer. No final de nosso conto de fadas, o que acontece é que o baile sempre fica relegado para o dia seguinte, “quando isso acabar…”. E assim passam os dias.

puzzle-693870_960_720

No mínimo, Cinderela tem uma ou duas desculpas. As malvadas meias-irmãs a obrigam e maltratam. Uma força externa a pressiona, submete e explora. Mas hoje nós mesmos somos as meias-irmãs. Byung-Chul Han, em seu famoso livro La sociedad del cansancio (A Sociedade do Cansaço), adverte que vivemos em uma sociedade de academias, torres de escritórios, bancos, aviões e laboratórios genéticos. Quer dizer, na sociedade do alto rendimento, do multitasking(multitarefa). E uma das características desta sociedade é que o indivíduo se autoexplora com o álibi da obrigação. As meias-irmãs estão dentro de nós, dizendo tudo aquilo que devemos fazer em uma contínua e excêntrica corrida em espiral. Porque hoje o único pecado é não fazer nada. Até os momentos de ócio ou os períodos de férias se transformaram em uma conjunção inesgotável de tarefas que nos deixam mais cansados do que quando começamos.

Além disso, como afirma o filósofo sul-coreano, ao não ter um explorador externo que possamos enfrentar com um forte “não!”, a luta termina sendo ainda mais complicada. No entanto, também é verdade que basta querer para vencer as duas meias-irmãs que nos tiranizam e desatar a magia da Fada Madrinha que temos dentro de nós.

hand-565588_960_720

Devemos admitir então que estamos rodeados pelo afã de produtividade, que todos acabamos seduzidos por esses insuportáveis apps que nos alertam de tudo aquilo que ainda devemos fazer. Ou pelas cadernetas preparadas para fazermos listas de tarefas. Ou por livros que nos explicam como fazer tudo, como chegar a todas as partes e que o tempo renda mais. Mas chega o momento de abandonar essa loucura, porque no fundo, e paradoxalmente, não há nada menos produtivo do que o afã de produtividade. Byung-Chul Han assegura que o multitasking pode nos levar a um estado de atenção superficial e devemos levar em conta que as conquistas da humanidade aconteceram por causa da atenção profunda e contemplativa. Assim, também nossas conquistas dependem de saber colocar o foco e a atenção nas coisas importantes, nos bailes que valem a pena. E para isso vamos atacar o inimigo com as suas próprias armas e criar uma lista, só que inteligente, que sirva para nós e não que acabemos servindo a ela. Como?

O baile, em primeiro lugar. É preciso virar a lista de cabeça para baixo. Não deixar o baile para “quando acabar de fazer tudo isso”. Ocupar-se primeiro do fundamental, de nós mesmos. Começar o dia dedicando-se àquilo que sabemos que nos fará bem. Vamos imaginar que alguém precisa escrever um artigo e, antes de começar, no entanto, lê os e-mails pendentes, entra nas redes sociais e responde umas mensagens de Whatsapps. Resultado? Cansaço antes de começar. Cinderela pode ir ao baile e deixar essas outras coisas que exigem menos brilhantismo para depois.

work-management-907669_960_720

Bem, e o que fazemos com todo o resto? Porque está claro que há coisas que simplesmente não podemos deixar de lado. Como fazer, então? Dividir o registro de tarefas em três grandes grupos pode ajudar.

Coisas que devemos realizar. Fazer o que precisamos fazer. Depois de ir ao baile, não devemos deixar que essas outras coisas, que voltarão a aparecer cedo ou tarde, fiquem dando voltas por nossa cabeça. Por exemplo, uma ligação incômoda que vamos postergando. São três minutos! Mas se continuamos postergando, em lugar de 180 segundos, chegará a durar seis meses na nossa cabeça.

Coisas que devemos organizar. Não é preciso carregar tudo. Podemos delegar, pedir ajuda, dividir tarefas, conseguir que certas coisas aconteçam sem cair sobre nós.

Coisas que não devemos fazer. Com certeza, nesta lista há muitos elementos que realmente não são necessários. Que podem ser eliminados diretamente e, desta maneira, liberar espaço. Cada um deve decidir quais são. Mas é importante perceber que neste ponto encontra-se a primeira grande vitória pessoal para esquecer a voragem da hiperatividade sem sentido. Renunciar a tudo aquilo que nem contribui nem é estritamente necessário. Saber o que não é preciso realizar é tão importante quanto começar a fazer aquilo que é.

smartphone-570507_960_720

Depois que conseguimos parar de correr nessa espiral do dia a dia, fruto desta sociedade da multitarefa, é o momento de começar a dançar. E o mais importante é descobrir qual é a nossa música. O que nos faz felizes. O que realmente importa. Sir Ken Robinson chama isso de elemento, e assegura que “descobrir o elemento é recuperar capacidades surpreendentes em nosso interior, e desenvolvê-las dará um giro radical não apenas no ambiente de trabalho, mas também nas relações e, no final, na vida”. A boa notícia é que todos estamos convidados a um baile no qual seremos protagonistas. Alguns já o conhecem e só devem manter na linha as duas meias-irmãs. Outros, ao contrário, ainda não descobriram seu elemento e deverão olhar dentro de si mesmos, pois ele está ali, esperando ser convidado a dançar. Se a resposta a estas três perguntas for afirmativa, é porque já a encontramos:

Temos vontade de dançar? Se não temos preguiça, se sempre que pensamos nisso ficamos animados, se quando estamos fazendo essa atividade, embora não seja tantas vezes quanto gostaríamos, fazemos com vontade e dedicação. Se a resposta é sim, atenção, pois pode ser nosso elemento. O baile que está nos esperando.

band-984164_960_720

O tempo para? Apesar das advertências da Fada Madrinha, Cinderela está tão encantada no baile que perde a percepção do tempo. Chega a meia-noite e ela nem se dá conta. Só as badaladas do relógio podem sacá-la do estado de flow no qual caiu, o verdadeiro feitiço cotidiano, que tem como característica a concentração de nossa energia e uma implicação total na tarefa, tal como foi definido por Mihaly Csikszentmihalyi em 1975. Se aqui a resposta é sim, com certeza esse é o baile que estamos procurando.

Vai se ativar a magia? A magia não é nada mais que a paixão. E a paixão é o motor da grandeza, da autorrealização e da capacidade. Se descobrimos aquilo que nos apaixona, seremos capazes de concentrar nossa energia nisso e descobrir que Platão estava certo quando afirmava que “todas as coisas serão produzidas em quantidade e qualidade superior, e com maior facilidade, quando cada homem trabalhar em uma única ocupação, de acordo com seus dons naturais, e no momento adequado, sem imiscuir-se em nada mais”.

8 atitudes saudáveis que aprendemos com Khloé Kardashian

Quem acompanha reality shows sabe exatamente do que e de quem estamos falando. Quem não,  basta saber que entre os dramas e agitos do programa ‘Keeping up with the Kardashians’, que acompanha o dia-a-dia da família mais famosa da tevê americana, os Kardashian-Jenner, há algumas lições a absorver.

A mais relevante delas é a discussão em torno das pessoas transgêneras, bandeira levantada pelo patriarca da família, Caitlyn Marie Jenner (nascida William Bruce Jenner), campeão olímpico, que, depois de anos vivendo numa luta constante em não se reconhecer no sexo e corpo de nascimento, resolveu fazer a transição de gênero, transformando-se numa mulher. Uma história e tanto!

Outro ponto interessante, e que interessa diretamente ao blog, é a mudança no corpo e na saúde de uma das irmãs da família, Khloé. A vida dela teve altos e baixos, como crises no casamento, o envolvimento do marido com drogas e um processo de divórcio (que parece ter estacionado). Apesar de trabalhar com moda e imagem, a Khloé sempre foi muito gente da gente: comia besteira, não seguia dietas e mantinha uma estrutura mais encorpada e com curvas. Mas, isso mudou completamente após sua separação, com uma rotina equilibrada de exercícios e alimentação saudável e hoje ela é uma referência de saúde e superação. Que tal se inspirar?!

Antes de depois da Khloé

Conteúdo original M de Mulher:

De todas as meninas do clã Kardashian-Jenner, Khloé é uma das que mais frequenta a academia e se dedica para manter um estilo de vida saudável – é só conferir as fotos que a  modelo publica no Instagram.  Em seu novo livro “Khloé – Strong Looks Better Naked”, ainda sem tradução para o português, ela compartilha alguns conselhos fundamentais para você se manter firme na dieta e, acima de tudo, no treino. Confira alguns truques para aumentar a sua motivação:

1. Use o exercício para acabar com o tédio e a ansiedade

Durante o seu casamento com o jogador Lamar Odom, Khloé precisou se mudar para Dallas. Segundo a celebridade, essa foi a primeira vez em que ficou longe da família e amigos. E o remédio para lidar com a solidão? Se exercitar regulamente. “Foi assim que eu comecei a lidar com meu próprio isolamento, visitando a academia do hotel todos os dias e, às vezes, duas vezes por dia. Com o tempo, eu fui me empolgando com os treinos”, revela.

2. Não dê ouvidos aos comentários sobre o seu corpo

Acredite: Khloé sempre gostou de suas curvas – até quando ela era mais cheinha. “Na verdade, eu estava tão confortável com minha aparência que, de alguma maneira, isso acabou moldando a minha personalidade. Eu era uma garota feliz, alegre e otimista. Eu nunca pensei sobre o meu peso, e como resultado, não era estressada – como a maioria das meninas da minha idade”, explica.

3. Encontre um exercício que você ama

Khloé é apaixonada por treino aeróbico e, descobrir isso, fez uma grande diferença no treino. “Se você quer saber o que realmente vai transformar o seu corpo, aqui está a resposta: encontre um exercício que você ama. Do contrário, não vai conseguir manter uma rotina de exercícios”, explica.

4. Determine as comidas que são certas para você

Atualmente, a celebridade segue uma dieta que evita laticínios – apesar de que, segundo ela, diminuir o queijo foi a parte mais difícil! “De certa forma, você é um laboratório. A resposta do seu corpo irá dizer exatamente o que funciona ou não para o seu organismo. Aposte no que te faz bem”, afirma.

5. Estabeleça metas

Quando Khloe se encontrou pela primeira vez com o seu personal Gunnar Peterson, ela precisou estabelecer metas para que ela pudesse seguir um plano de exercícios completo. Você deseja perder 3Kg? Quer conquistar o abdômen da JLo? Não importa o seu objetivo, certifique-se de que você estabeleceu metas para chegar lá. Quando perguntam se ela está treinando para algum evento específico, Khloé responde: “Sim, estou. Estou treinando para a vida”.

6. Sinta os benefícios

O seu abdômen pode demorar um pouco para ficar definido ou talvez você não enxergue os resultados na balança. O importante é que você entenda (e sinta!) os benefícios da atividade física. Assim, você nunca vai faltar o treino ou deixar o exercício de lado.

7. Evite a balança

Como já falamos antes, a modelo nunca se viu como uma pessoa gordinha. “Perder peso foi um efeito colateral agradável, não o objetivo”. Por isso, ela fica longe da balança e, na verdade, nem sequer tem uma casa. Ela enxerga o progresso pelo caimento das roupas, pela forma como ela se sente e pelos músculos visíveis – em seus braços ou barriga.

Toda linda e sarada em ensaio sensual para a revista Complex

8. Beba muita água – em todos os momentos!

No livro, você também encontra algumas receitas. Mas o segredo do corpão, segundo Khloé, é beber muita água. Não à toa ela mantém, pelo menos, quatro jarras de água em seu frigobar. E, para variar, a celeb gosta de incluir diferentes combinações de frutas.

HIIT, o método dos sonhos: MUITA queima em POUCO tempo

Estamos todos cansados de saber que para sair do sedentarismo é preciso ação. Do mesmo modo que para emagrecer é necessário ter um plano alimentar balanceado e praticar atividade física regularmente. Até aí, nenhuma novidade. O que veio mesmo para revolucionar e incentivar a prática de atividade em prol do emagrecimento é método de treinamento HIIT.

O HIIT, sigla de High-Intensity Intermittent Training, ou seja Treinamento Intervalado de Alta Intensidade, é um formato de treino aeróbico que vem ganhando cada vez mais adeptos por exigir pouco tempo de atividade e entregar ótimos resultados de forma rápida.

belly-2473_640

Mas se engana quem acha que é fácil. O HIIT é um método excelente, porém exige o máximo de esforço do seu corpo. Isso porque o sucesso depende da alta intensidade, que estimula e prolonga o gasto calórico do seu corpo, auxiliando na queima de gordura e, consequentemente, no emagrecimento.

É uma forma bem democrática e dinâmica de fazer exercícios aeróbicos. Por ser uma técnica que trabalha com a variação do tempo combinada ao movimento, ela pode ser aplicada em diversas formas, reduzindo o prolongamento e otimizando a performance. Pode ser feito na esteira, na bicicleta, no elíptico, pulando corda, correndo ou mesmo com movimentos funcionais, que só utilizam do peso do corpo. Assim, ao invés de investir 60 minutos ou mais nessas atividades, o HITT possibilita uma entrega de no máximo 30 minutos com o mesmo (ou até um melhor) resultado.

Como funciona

(Fonte: Treino Mestre)

“De maneira básica, o programa HIIT segue uma linha composta por 4 fases. O tempo apresentado para cada fase abaixo é apenas uma sugestão e sempre é recomendada a consulta de um profissional da área médica e de preparação física antes da prática de qualquer atividade, principalmente se você for iniciante ou sedentário. Você precisar trabalhar pelo menos duas semanas em uma fase antes de passar para a próxima.

Fase 1 – Primeira e segunda semana
– 15 segundos de exercícios em intensidade alta;
– 60 segundos: podem ser de descanso ou exercícios de baixa intensidade, como uma caminhada;
Repetir esta sequência por mais 10 vezes, seguidas por uma explosão final, com intensidade alta de 15 segundos, totalizando 14 minutos;

Fase 2 – Terceira e quarta semana
– 30 segundos em exercício de intensidade elevada;
– 60 segundos de descanso ou um exercício de intensidade baixa;
Repita mais 10 vezes, com uma explosão final de alta intensidade de 30 segundos para finalizar. Tempo total de 17 minutos;

Fase 3 – Quinta e sexta semana
– 30 segundos de exercícios de alta intensidade;
– 30 segundos de descanso ou com exercícios de baixa intensidade;
Repetir esta série por 18 vezes, seguidas de uma explosão final de alta intensidade, com o tempo de 30 segundos, totalizando 18,5 minutos;

Fase 4 – Sétima e oitava semana
– 30 segundos de exercício de intensidade elevada;
– 15 segundos de descanso ou ainda de exercícios de baixa intensidade;
Repetir esta série por mais 25 vezes, seguidas por uma explosão final de intensidade alta de 30 segundos, totalizando 20 minutos.

Estas são diretrizes básicas, que podem ser alteradas de acordo com a sua necessidade e de acordo com o seu nível de treinamento. Sedentários precisam de um período de adaptação maior, para que tenham condições de aguentar um treinamento mais intenso.”

measure-289399_640

Não sabe como começar? Não tem aparelhos ou um local ao ar livre para realizar esse programa? Relaxe! Você pode fazer tudo em casa e só usando o peso do corpo com a ajuda do Queima de 48 horas, mais conhecido como Q48.

O Q48 é uma outra metodologia, que segue o mesmo princípio do HIIT, porém com exercícios funcionais, localizados e combinados que prometem (e cumprem) resultados mega eficientes. Eu faço várias séries e quase sempre é uma experiência de morte. Pega muito, trabalha demais as áreas direcionadas e realmente funcionam. Você sente que seu corpo está estimulado a um gasto mais elevado de calorias e à maior queima de gordura pelas próprias funções fisiológicas. O intestino funciona melhor (você vai mais vezes ao banheiro, mas não é nada desesperador, nem anormal), o rim trabalha mais e você se sente muito mais ativo. Tente fazer e comprove:

Ficou interessado(a)? Animado(a)? Então continue ligado no Equilibre-se porque ainda hoje sai um post com sugestão de aplicativo gratuito para cronometragem de treino HIIT.