Tag: equilíbrio

SP tem atendimento psicológico gratuito no Parque Ibirapuera uma vez por mês

Diante dos acontecimentos nos últimos tempos, não faltam evidências de que depressão, síndromes e todas as questões psicológicas, que qualquer um de nós pode enfrentar e em qualquer fase da vida, requerem tratamento. A saúde mental vem sendo subestimada e não vista como uma prioridade para a vida saudável e essa mentalidade precisa mudar. Está tudo bem em não estar tudo bem. E buscar por ajuda profissional é fundamental para conseguir atravessar esse momento.

Por isso, se você está passando por algo, ou conheça alguém que esteja precisando de auxílio, e estiver em São Paulo no domingo agora, dia 28, vale a pena passar pelo Escuta na Grama, no Parque Ibirapuera, às 9 horas.

“O projeto Escuta na Grama foi idealizado por psicólogos com a finalidade de levar a escuta e a importância do trato da saúde psíquica para a população. Trata-se de um plantão psicológico que ocorre todo o último domingo do mês”. O projeto é social e voluntário, mas aceita vários tipos de doações. Não há necessidade de inscrição, basta chegar e sentar em uma das cangas junto a um dos profissionais.

Então, caso precise, vá até lá, ou acompanhe alguém, e converse com a equipe. 😉❤️

Onde: Parque do Ibirapuera, no gramado em frente ao parquinho das crianças, próximo ao Portão 6, na cidade de São Paulo, SP.

Quando: Dia 28, domingo, a partir das 9 horas.

Para saber mais: Acesse a página do projeto AQUI – é possível encontrar a agenda com os próximos atendimentos.

Fotos Divulgação.

Vitaminas e suplementos não podem substituir uma dieta balanceada, diz estudo

Por Anastasia Dulgier em Unsplash

Aproximadamente 90% dos adultos norte-americanos não comem frutas e vegetais suficientes , mas muitos estão tentando compensar isso tomando pílulas. De acordo com o Conselho para a Nutrição Responsável , 75% dos adultos americanos tomam algum tipo de suplemento dietético. Muitas pessoas acreditam que as multivitaminas são uma maneira de obter os nutrientes que necessitam.

Mas uma nova pesquisa publicada no Annals of Internal Medicine sugere que vitaminas e suplementos podem não ser suficientes para manter-nos saudáveis.

Nutrientes consumidos via suplementos não melhoram a saúde e a longevidade tão eficazmente quanto quando consumidos através dos alimentos, de acordo com o estudo. Embora a obtenção dos nutrientes corretos nas quantidades certas de alimentos estivesse associada a uma vida mais longa, o mesmo não era verdadeiro para os nutrientes dos suplementos, diz o co-autor Fang Fang Zhang, professor associado de epidemiologia na Escola Friedman, da Universidade Tufts.

Por NordWood Themes em Unsplash

“Para a população em geral, não há necessidade de tomar suplementos alimentares”, diz Zhang. “Mais e mais evidências sugerem que não há benefícios, por isso devemos seguir o que as recomendações dietéticas sugerem para obter uma nutrição adequada dos alimentos, em vez de depender de suplementos”.

Os pesquisadores usaram dados de cerca de 30.000 adultos norte-americanos que participaram da Pesquisa Nacional de Saúde e Nutrição de 1999 a 2010. Cada pessoa forneceu informações sobre o uso de suplementos no último mês – mais da metade usou pelo menos um – bem como hábitos de dieta. Os pesquisadores então usaram essa informação para determinar os níveis de nutrientes dos participantes.

Por Lefteris Kallergis em Unsplash

Zhang diz que algumas populações podem se beneficiar de certos suplementos, incluindo os idosos – que muitas vezes lutam para absorver nutrientes dos alimentos – e aqueles com restrições alimentares que podem levar a deficiências. Mas, com uma abundância de incertezas e a falta de evidências para os suplementos, Zhang diz que a pessoa comum deve apenas comer uma dieta balanceada que contenha muitas frutas, verduras e cereais integrais, em vez de recorrer à soluções sem receita.

“Mais da metade dos americanos usa esses medicamentos e o motivo é melhorar ou manter a saúde”, diz Zhang. “Essa mentalidade precisa ser mudada, dadas as evidências.”

A diferença entre o açúcar mascavo, demerara e cristal

“O açúcar de mesa ou sacarose é usado em bebidas, preparações e em alimentos doces e de confeitaria. Ele pode ser feito a partir da cana-de-açucar, beterraba, néctar de flores, frutas, raízes e sementes. Existem vários tipos de açúcar, entre eles temos os que estão na foto: mascavo, demerara e cristal.

Reprodução Instagram

O mascavo – o mais escurinho –  é obtido a partir das primeiras extrações da cana, tendo um sabor residual o que dificulta um pouco sua aceitação.  O demerara passa por um refinamento leve, porém não recebe aditivos químicos.

Tanto o açúcar mascavo como o demerara contém minerais como cálcio, magnésio, fósforo e potássio em pouquíssimas quantidades. Ou seja, você teria de consumir muito para obter uma quantidade significativa de tais nutrientes, contudo o consumo de açúcar precisa ser em quantidades reduzidas, o que inviabiliza esse alimento como fonte de vitaminas e minerais.

Reprodução Instagram

Já o açúcar cristal, o branquinho e querido de muitos, é feito do processamento do demerara (sulfitação, lavagem e remoção do mel que envolve os cristais). Ele o que possui maior poder edulcorante (quem adoça mais). Em relação ao valor energético (calorias) há pouca diferença entre eles como vemos na imagem.

Então, pessoas, as principais diferenças entre eles se dão basicamente pelo refinamento, presença de micronutrientes, sabor doce e custo. No fim das contas, não se iludam: açúcar ainda é açúcar.”

Texto da nutricionista Marcella Figueiredo

Receita: Pastelzinho de forno

Receita: Pastelzinho de forno

Receita da nutricionista Hayane Leite

  • 1 xícara e 1/2 de farinha de aveia ou farinha de arroz
  • 1 caixinha de creme de leite ou 1/2 lata (preferir)
  • Sal
  • 1 gema de ovo
  • Queijo mussarela ou coalho (para o receheio)
  1. Misture a farinha com o creme de leite até desgrudar da mão ( é necessário ir ajustando com mais farinha até desgrudar mesmo);
  2. Deixe a massa descansando por 5 minutos;
  3. Com um rolo, ou garrafa, abra a massa e faça círculos com um copo;
  4. Recheie como quiser e feche a massa com um garfo;
  5. Pincele com a gema e asse em forno pré aquecido a 180º C, por 25 minutos.

Fotos: Reprodução Instagram

Bem-vindo, março!

Bem-vindo, março!

Que seja um mês incrível, de muito sucesso, paz, equilíbrio e realizações na sua vida!

Desabar, desistir ou decidir?!

Desabar, desistir ou decidir?!

Fevereiro!

Fevereiro!