Tag: fraqueza

O que acontece quando você para de malhar?

Conteúdo original Mais Equilíbrio

Então você finalmente consegue sair do sedentarismo e pegar firme na malhação. Um, dois, quatro, seis meses de treino e você já é outra pessoa! Mais disposta, mais saudável… Até que de uma hora para outra tudo muda. Imprevistos, recessos e até mesmo a boa e velha preguiça podem acabam afastando muita gente dos treinos. Mas o que acontece com o corpo quando seguimos esse “mau caminho”?

Assim que diminuímos o ritmo dos treinos, uma série de mudanças começam a acontecer em nosso corpo. De acordo com o Dr. Harry Pino, personal trainer e profissional de reabilitação, nosso corpo sente tudo! Segundo um artigo publicado por George Dvosrsky no portal io9, Pino disse que o quanto mais “fit” você fica, piores os resultados ao parar de malhar, ou seja, “quanto maior a altura, maior a queda”!

Veja abaixo o que exatamente muda quando paramos de malhar:

Perda do condicionamento cardíaco

Você desenvolve menos resistência cardíaca. Além disso, ocorre a perda de flexibilidade, diminuição do ritmo no limiar de lactato (e isso pode ocasionar em mais cãibras nos músculos), e grande redução na concentração de glicogênio nos músculos e atividade aeróbica das enzimas, o que fornece energia pro nosso corpo.

Perda de massa muscular

Sem exercícios regulares o metabolismo começa a ficar mais e mais devagar. Isso significa mais gordura e menos músculos.

Perda de força

Embora nosso corpo tenha memória muscular, a perda de força é inevitável. De acordo com a especialista em força e condicionamento Molly Galbraith, apenas três semanas sem exercícios já são suficientes para deixar qualquer um mais fraco.

Ganho de peso e gordura

Se você parar de malhar e continuar comendo as mesmas besteiras de sempre, é claro que seu corpo vai sentir! De acordo com um estudo liderado pelo pesquisador Nikolaos E. Androulakis, a pausa na malhação implica em ganho de gordura e regressão aeróbica.

Mudança de humor e diminuição da autoestima

Junto com o ganho de peso vem a mudança na aparência e a baixa da autoestima. Afinal, é triste ver aquela barriguinha chapada sumindo lentamente.

Sendo assim, nada de parar de fazer exercícios! Além de fazerem bem pro corpo, são ótimos pra cabeça!

Como reconhecer um ataque cardíaco

Conteúdo original Incrível

body-116585_960_720

Ataque do coração é a principal causa de morte prematura na atualidade. Estresse, obesidade e sedentarismo estão entre seus fatores de risco. Este artigo não tratará da importância de manter um estilo de vida saudável, mas sim, apresentará seis sintomas do infarto.

Os sinais costumam aparecer um mês antes do ataque cardíaco. Portanto, fique atento. Em caso de suspeita, procure urgentemente ajuda médica.

1. Cansaço

sleeping-1159279_960_720

Quando as artérias ficam mais estreitas, graças ao acúmulo de gordura, o coração recebe uma quantidade muito menor de sangue. Isso faz com que o sistema cardiovascular trabalhe mais. Um dos sintomas mais comuns deste tipo de problema é sentir-se sonolento e experimentar um grande cansaço sem causa aparente.

2. Falta de ar

Se não há sangue suficiente no coração, os pulmões também não recebem a quantidade necessária de oxigênio. Estes sistemas são interdependentes. Logo, falta de ar é um sintoma de alerta.

3. Fraqueza

woman-1283485_960_720

Fraqueza em todo o corpo significa que há pouco sangue circulando em suas artérias e, consequentemente, os músculos não recebem nem oxigênio, nem a quantidade de alimentos necessários. Se uma pessoa sente muita fraqueza sem motivo aparente e fica inconsciente, deve fazer exames cardíacos.

4. Tonturas e suor frio

Corpo coberto por gotas de suor frio e tonturas frequentes são sintomas que não podem ser ignorados.

5. Aperto no peito

mens-1017419_960_720

É um sintoma muito perigoso. Começa com pequenas pontadas.A intensidade vai aumentando gradualmente, até que se torna impossível ignorar. É um alerta importantíssimo e pode significar a proximidade de um infarto.

6. Síndrome de inverno eterno

Indica a proximidade de ataque cardíaco. Muitas pessoas que sobreviveram a esse indício contaram que sentiram um frio inexplicável e tiveram sintomas como os da gripe.

O que fazer?

Quem apresenta dois o mais desses sintomas deve procurar um médico imediatamente. Lembre-se, a melhor maneira de evitar um ataque cardíaco é reconhecer os sinais enquanto há tempo.

Fonte: thespiritscience
Tradução e adaptação: Incrível.club