Tag: grão

Tremoço é saudável a ajuda a emagrecer

Foto: Sandéleh Alimentos

O tremoço é a semente de plantas do gênero Lupinus, muito usadas no enriquecimento dos solos pois, aportam com uma considerável quantidade de nitrogênio quando cultivadas. Sua semente, ou grãos, são alimentares e muito usados nos países mediterrâneos da Europa onde é considerado um petisco. Conheça algumas das características deste grão dourado e saboroso.

 

Esta planta, com suas vistosas flores amarelas (ou azuis, ou vermelhas – sim, há de um montão de cores mas, nem todas se usam como alimento), é bastante usada na prática de adubação verde pois, seu cultivo incorpora ao solo importantes quantidades de nitrogênio pela ação das bactérias que coabitam suas raízes.

Benefícios do tremoço

Foto: Feito de Iridium

Esta leguminosa é bastante rica nutricionalmente. Neste grão existem:

  • Proteína vegetal de boa qualidade – de 36 a 52%
  • ● Elevado teor de cálcio, fósforo, potássio, ferro e fibras vegetais (30 a 40%)
  • Vitaminas diversas: complexo B e vit. E
  • Ômega 3 e 6, de 5 a 20%

Bons efeitos da ingestão de tremoço

Tremoços têm ação diuréticaimportante, reguladora da quantidade de gordura que assimilamos e emagrecedora. Seu consumo é adequado a quem tem diabetes e sofre com desequilíbrios lipídicos.

A enorme quantidade de fibras que contêm o tremoço – 3 vezes mais do que as da aveia e do trigo – ajudam no processo de esvaziamento dos intestinos e na captura das gorduras, promovendo uma redução significativa de LDL (colesterol ruim). Outro importante resultado da ingestão de tremoço é a redução do açúcar no sangue – este grão tem um índice glicêmico bastante baixo – sendo um coadjuvante importante nas dietas para redução da obesidade. Com seu elevado teor de proteínas, a ingestão de tremoço ajuda, e muito, na saciedade e redução do apetite.

Tremoço só se usa cozido

O tremoço é um grão meio difícil – tem de ser deixado de molho por longo tempo (no mínimo por 12 horas), seu cozimento é prolongado para que fique mole e, depois de cozido, precisa ser lavado em água corrente por várias horas, para perder o amargor.

Portanto, o uso prático de tremoço se resume ao que possamos comprar já cozido pois que, senão ficará bastante caro de se preparar para uma família só.

Os tremoços cozidos em grandes quantidades, em ambiente industrial, passam por todos esses procedimentos e são vendidos acondicionados como conserva, em água e sal.

Habitualmente são usados como aperitivo frio mas, também podem ser integrados em outras receitas, em saladas, ou pratos cozidos de uso regional.

O consumo de tremoços requer que você os deixe de molho por um tempo, e troque a água algumas vezes, para reduzir a quantidade de sódio que a conserva tem. No entanto, este é seu único defeito, sendo assim, se há tremoços aí onde você mora, consuma-os que faz bem.

Conteúdo Green Me

Café verde emagrece, queima gordura e combate diabetes

Conteúdo original de Bolsa de Mulher

coffee-61894_640

A nova moda das dietas é apostar no café verde. O grão é muito mais poderoso do que o café comum e é extraordinário para ajudar a emagrecer e queimar gorduras, além de dar muito mais disposição. Contudo, também há o jeito certo de consumir para poder usufruir desses benefícios.

O que é

O café preto comum, consumido com frequência no Brasil, é feito a partir de grãos torrados. Antes de passarem pelas altas temperaturas, eles não tinham a coloração amarronzada tão conhecida, eram grãos verdes. Portanto, o café verde nada mais é do que os grãos que não foram submetidos a esse processo de queima. Sem passar pela torra, o café tem muito menos aroma e o sabor também é diferente, podendo ser mais amargo.

Benefícios do café verde

coffee-420805_640

Segundo a endocrinologista Dra. Tatiana Cunha, o grão do café verde é mais potente porque tem duas vezes mais cafeína que o grão torrado. Essa propriedade faz com que ele entre no grupo dos alimentos termogênicos e emagrecedores de maneira mais efetiva do que o café comum. Isso porque a cafeína favorece a perda de peso, além de promover a oxidação de gorduras corporais e facilitar a sua eliminação. Já a disposição vem pela característica de inibir as adenosinas, substâncias responsáveis por induzir o sono.

Possui também uma alta quantidade de antioxidantes, que limpam as células e fazem o organismo funcionar melhor. Tatiana aponta: contém de 0,06% a 0,32% de teobromina, teofilina, taninos e flavonoides.. Tem ainda uma média de 15% de proteína, além de aminoácidos como ácido glutâmico, ácido aspártico e leucina.

coffee-779268_640

No café verde há também duas vezes mais ácido clorogênico, presente em uma quantidade que varia de 5% a 10%. Ele diminui a absorção de glicose no intestino, inibindo assim a enzima responsável pela liberação de açúcares do fígado para a corrente sanguínea. Sendo assim, o café verde combate a diabetes.

Como consumir

Há algumas formas de encontrar o produto. A mais comum é em cápsulas de café verde, mas que não são completamente confiáveis, segundo Tatiana, já que nem sempre é possível saber o que realmente está adicionado à fórmula do comprimido. Além disso, ele não deve ser um suplemento, mas sim um alimento funcional. Por isso, o jeito certo é optar pelas versões em pó ou solúvel, encontradas em lojas especializadas.

green-coffee-927604_640

A indicação geral para conquistar os benefícios é consumir 200 mg diariamente, dividindo em duas vezes: pela manhã e à tarde, já que à noite poderia causar dificuldades para dormir. Contudo, a endocrinologista alerta que essa não é uma regra aplicável a todos, já que cada organismo reage de um jeito. O certo é sempre consultar um médico antes de iniciar o consumo.

O uso é contraindicado para pessoas com hipertensão, tendência ao nervosismo, hipertireoidismo, gastrite crônica, úlceras gastroduodenais e problemas hepáticos e reumáticos.

Receita: Salada de trigo em grão

DSC01765

Quem faz dieta ou leva uma vida saudável, sabe que para não cair na mesmice ou enjoar do trivial, é preciso inovar e abusar da criatividade. Repaginar os pratos já tradicionais é uma saída inteligente. Incrementar também deve fazer parte da preparação dos alimentos. E renovar é exatamente a proposta dessa salada de trigo.

E não é preciso fechar a cara não. Para quem não está familiarizado ou imagina algo estranho ao pensar em comer trigo, não é preciso se preocupar. Para a salada, ele é utilizado cozido e o sabor é imperceptível. Porém, sua contribuição nutritiva é incontestável.

food-4509_640

“É um alimento indicado para ser consumido no dia a dia, pois contribui para uma boa digestão e para a manutenção da boa forma, ajuda a espantar a insônia e a ansiedade, aumenta a capacidade de concentração e a disposição física, reduz o risco de doenças coronárias, mantém a flora intestinal saudável, controla os níveis de colesterol, entre outros benefícios.”

Fonte: Guloso e Saudável

A receita não tem segredo. É uma ideia aberta, que pode ser adaptada conforme seu gosto. A base é o trigo, mas você é quem decide os complementos. Por exemplo, para uma versão mais refinada, a salada pode ser composta, além do trigo, por rúcula, tomate seco e muçarela de búfala. Ou então, numa opção mais simples, com almeirão, tomate, cenoura e cebola.

Mas, não se desespere! Se você não souber como combinar ou não tiver um conceito formado do que fazer, segue a nossa sugestão, bem colorida, que é sucesso certo. A partir daí, você pode se sentir mais seguro e ir montando do seu jeito, a seu gosto.

Salada de Trigo em Grão

DSC01764

  • 100 gramas de trigo cozido
  • 1 xícara de chá de repolho verde fatiado
  • 1 xícara de chá de repolho roxo fatiado
  • 1 cenoura ralada fina
  • 1 tomate picado
  • ½ pimentão verde fatiado
  • Cheiro verde a gosto (foi usado salsa e cebolinha)
  • 1 xícara de chá de frango desfiado
  • Limão, azeite e sal para temperar, a gosto

Para cozinhar é simples: basta colocar a proporção de 1 xícara do grão com 6 xícara de água na panela de pressão. Acrescentar sal a gosto e cozinhar por 30 minutos, mais ou menos. Depois é só escorrer e usar.

Fonte: Donas no Fim de semana

O preparo é superfácil. Basta misturar todos os ingredientes e temperar a sua maneira. O único cuidado é usar o trigo frio, depois do cozimento, espera esfriar direitinho e misture, sem medo de ser feliz.

DSC01766

Para encurtar o tempo de cozimento, você pode deixar o trigo de molho, por umas 4 horas antes, ou mesmo de um dia para o outro, na geladeira. Dessa forma, o período de pressão cai para 10-15 minutos.