Sugestões para deixar o lanche dos diabéticos mais saudável

Pequenas mudanças no cardápio podem fazer uma grande diferença na saúde de quem tem essa doença. “Alimentação não é sinônimo de proibição, mas de inclusão de itens simples e saudáveis”, opina a nutricionista e chef Flora Spolidoro, da Day by Diet, em São Paulo.

Ao seguir as dicas abaixo, você vai ver que “sucumbir” ao apelo da fome no meio da tarde não significa um descuido com seu corpo. Pelo contrário! Olha só:

Sucos por água aromatizada

A sugestão da nutricionista Renata Juliana da Silva, da Universidade de São Paulo (USP), é enriquecer a água mineral com frutas frescas (laranja, limão, lichia, kiwi…), ervas aromáticas (menta, hortelã e erva-doce), raízes (gengibre) e especiarias (anis, cravo e canela em pau). Além de ser uma alternativa ao suco, a mistura hidrata e dispensa o uso de açúcar ou adoçantes. Faça um rodízio com os ingredientes de sua preferência para não enjoar.

Barrinha de cereais por mix de oleaginosas

Algumas marcas de barras de cereal carregam no açúcar e no sódio e, pra piorar, apresentam poucas fibras. Ao optar por um mix de castanhas, amêndoas e nozes, você garante antioxidantes e gorduras que atuam em prol do coração. Mas contente-se com um punhado, já que esses itens são calóricos.

Bolacha recheada por mix de frutas desidratadas

Os biscoitos com recheio estão entre os produtos que ainda podem concentrar gordura trans – ou, como substituta dela, a versão saturada. Então, a dica é trocá-los por frutas secas, caso do damasco e da uva-passa, que entregam minerais como zinco, aliado da imunidade. O único senão é o grande aporte de calorias.

Tapioca com manteiga por tapioca recheada com queijo magro

A massa é, basicamente, fonte de carboidrato – nada muito diferente do pão branco. Para tornar a tapioca uma opção bacana, o segredo é caprichar na qualidade do recheio. Queijos magros, caso do cottage, e frutas picadas são exemplos de ótimos parceiros para equilibrar a glicemia.

Conteúdo Saúde Abril

Anúncios

Descubra como combater a ansiedade com alimentação saudável

A ansiedade, ânsia ou até mesmo o nervosismo são características biológicas do ser humano, que acontecem antes de momentos de perigo real ou imaginário, causando sensações corporais desagradáveis. É uma reação natural ao medo ou por expectativa de acontecimentos. Quando é intensa, é caracterizada pela preocupação excessiva e descontrolada sobre um fato ou acontecimento.

Os principais motivos que desencadeiam a ansiedade estão ligados a inúmeras situações do dia a dia, desde a ansiedade que antecede uma prova, uma entrevista ou preocupação com entes queridos, até a espera do resultado de um exame médico.

O diagnóstico da ansiedade é feito por meio da constatação de sintomas como insônia, sensação de estômago vazio, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração, sudorese excessiva, irritabilidade, inquietação, falta de memória, falta de concentração e respiração curta alterada.

O tratamento deve ser acompanhado por um profissional da área da saúde, seja médico, psicólogo, terapeuta, etc.Mas existem diversos nutrientes contidos nos alimentos que aumentam a sensação de bem-estar e podem combater os sintomas da ansiedade.

Carnes, ovos, leite e derivados

Excelentes fontes de triptofano, aminoácido que, juntamente com a vitamina B3 e o magnésio, ajudam a melhorar a qualidade do sono e estimulam a produção de serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade. Opte por carnes vermelhas com pouca gordura, e o leite na versão desnatado, pois o alto consumo de gordura pode influenciar de forma negativa no tratamento.

Chocolate

O cacau é um alimento rico em flavonoides, compostos antioxidantes que ajudam na maior liberação de serotonina e contribuem para amenizar os sintomas da ansiedade. Dê preferência aos chocolates amargos ou meio amargos, pois contêm maior quantidade de cacau em sua composição.

Modo de usar: derreta e consuma com banana, outra opção de fruta riquíssima em triptofano.
Cereais integrais

Arroz, macarrão, biscoitos e pães, nas versões integrais, elevam o nível de açúcar no sangue de forma mais lenta. Contêm magnésio, que controla os sintomas da ansiedade.

Frutas cítricas

Frutas como laranja, acerola, pitanga, limão, morango, jabuticaba e até a banana são ótimas fontes de vitamina C, que auxilia na redução da liberação de cortisol, hormônio relacionado com

estresse e sintomas de ansiedade.
Chás

Melissa (Melissa officinalis): esta planta auxilia no tratamento da ansiedade, pois apresenta ação calmante. O consumo do chá ao longo do dia reduz o consumo alimentar em frequência e volume. Modo de usar: ferver um litro de água, adicionar uma colher de sopa de melissa seca e manter a fervura por 5 minutos em panela tampada. Após a fervura, deixar descansar e beber morno ao longo do dia.

Conteúdo Bons Fluídos

Confira dicas para seguir uma alimentação saudável no inverno

Conteúdo original Revista Suplementação

Com a chegada do inverno e, consequentemente, das temperaturas mais baixas do ano, o organismo gasta mais energia para aquecer o corpo e neutralizar a diferença climática. A consequência disso é que as pessoas sentem mais fome durante essa estação. Segundo Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbomempresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, deixar de consumir saladas e frutas, diminuir a ingestão de água e incluir ingredientes calóricos na alimentação, são algumas práticas erradas, porém comuns durante o período.

“O consumo excessivo de alimentos mais gordurosos por conta do frio pode aumentar o colesterol e o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, além de causar o aumento de peso”, alerta. A especialista ainda destaca que, pelo fato de serem frescas, muitos acabam deixando as frutas e verduras de lado. “As frutas e hortaliças são fontes de minerais e vitaminas, o que é importante para o bom funcionamento do sistema imunológico e prevenção da gripe, resfriado e problemas respiratórios, muito comuns na estação”. Uma dica da nutricionista é utilizar a criatividade como, por exemplo, colocar raspas de limão nas preparações.  “Já os legumes podem ser cozidos no vapor ou refogados e temperados com ervas frescas”, complementa.

Para a prevenção de doenças, Cyntia lembra que o mel pode contribuir para elevar a imunidade. “O mel, além de combinar com o inverno, é um dos produtos que fortalecem o sistema imunológico e a resistência do organismo, além de fornecer energia ao corpo. Ainda é um excelente antisséptico e antibiótico”. A consultora da Superbom também destaca que, por motivos óbvios, o consumo de bebidas quentes aumenta no  inverno. O café é consumido em grande quantidade. Porém, as pessoas nem sempre conhecem os malefícios que a bebida pode trazer à saúde. “O café é um estimulante que pode causar dependência similar à de drogas. O produto ainda agrava problemas de saúde como a gastrite, especialmente em pessoas idosas. Por conta disso, recomendamos o consumo de produtos alternativos, como a cevada, que tem um sabor semelhante, mas sem nenhuma contraindicação”.

Para a nutricionista, as sopas podem ser ingeridas sem medo contanto que sejam feitas com legumes. Os caldos também são boas opções, mas para incorporar o alimento, a orientação é utilizar inhame, batata doce ou mandioca em detrimento  da batata. “Eles são digeridos mais lentamente pelo organismo e isso traz várias vantagens, como não elevar tanto os índices glicêmicos e dar sensação de saciedade por mais tempo”.

Por fim, mas não menos importante, está a realização de atividades físicas, em conjunto com os hábitos alimentares adequados e saudáveis.  “O frio potencializa a vontade de ficar em casa em baixo do cobertor em vez de ir à academia. Portanto, tenha foco, força de vontade e estabeleça uma rotina de exercícios para que o metabolismo do corpo não desacelere. Assim, os indesejados quilinhos a mais podem ser evitados durante o inverno”, conclui Cyntia.

Fonte: Cyntia Maureen

Geleia de Manga do Receita Minuto

Passando por aqui rapidinho para postar uma receita deliciosa que fiz hoje e aprovei demais!

Mega rápida, prática e gostosa. Além de ser uma alternativa para quem tem dificuldades em consumir frutas no dia-a-dia, por corre-corre no trabalho ou por textura, enfim! Faça, que é gostoso com força e coisa de cinco dez minutinhos no fogão.

Original de Receitas de Minuto

Como só tinha uma manga grande rolando aqui em casa, reduzi as quantidades e fiz assim:

  • 1 manga grande madura
  • suco de meio limão
  • uma maçã pequena descascada
  • 1 e 1/2 colher de sopa de açúcar demerara

Para facilitar, bati a manga, a maçã e o limão no liquidificador e depois levei ao fogo com o açúcar para dar uma apurada. Deu um potinho de 150 gramas cheio. Uma maravilha!

É ideal para passar na torradinha, bolachinha, mudar a cara do iogurte, incrementar a salada de frutas ou, para quem gosta, dar aquele tcham agridoce na salada de folhas verdes. 😉

Receita: Aprenda a fazer homus

starter-520788_640

Se você não conhece muito bem a culinária árabe pode estar pensando em alguma coisa de terra com minhoca. Não, não é disso que se trata. O nome é bem parecido sim, mas esse chama-se húmus e serve para dar um up na jardinagem. Já o homus, que é o nosso tema, refere-se a uma pastinha muito saborosa e saudável para comer com pão sírio, torradinha, bolachinha, salada e tudo o mais que a sua imaginação permitir.

Segundo nossa querida Wikipedia, ‘”Homus” é uma palavra árabe (حمّص ḥummuṣ) que significa “grão-de-bico” e o nome completo do preparado em árabe é حمّص بطحينة ḥummuṣ bi ṭaḥīna, que significa “grão-de-bico com taíne”. No idioma português é comumente escrito homus.” Nada mais é do que uma espécie de purê frio de grão-de-bico, um patê, temperado com limão, tahine (uma pasta a base de gergelim), alho, especiarias e azeite.

Sou suspeita para falar porque homus tem sido meu mais novo queridinho. Nunca tinha feito em casa e aproveitei um restinho de grão-de-bico cozido, que tenho consumido em substituição do feijão, para dar um descanso do requeijão e da ricota. E, gente, dá vontade de comer o dia inteiro! Eita coisa boa de beliscar! Além de ser uma carta na manga para você servir de entradinha ou aperitivo ao receber amigos em casa.

eat-818077_640

Não segui a receita original porque não tinha tahine (e onde moro é difícil de encontrar), mas mesmo assim gostei demais do resultado. Dei uma incrementada com umas gotinhas de pimenta e fui fiel aos demais ingredientes. Você também pode adaptar com o que tiver em casa e fazer o homus a seu jeito.

Se tiver dúvida de como preparar o grão-de-bico, aqui vai um passo-a-passo bem legal do blog Gordelícias:

Como Fazer Grão-de-Bico

chana-166988_640

Ingredientes

  • 1 xícara de grão-de-bico cru
  • 2 partes de água filtrada – para deixar o grão-de-bico de molho e para cozinhá-lo

Modo de Preparo

1. O primeiro passo é deixar o grão-de-bico de molho em uma tigela com água. Coloque o suficiente para cobri-lo (deixe passar uns 2 dedinhos). Pra não ter erro, faça esse processo antes de dormir, no dia seguinte já estará pronto para o cozimento.

2. No dia seguinte, ou seis horas depois, descarte a água do molho e leve o grão-de-bico para uma panela de pressão, completando com água. Cubra até uns 3 dedos acima, respeitando o limite de segurança da sua panela.Se for do seu agrado, esse é o momento de temperá-lo (1 colher de chá é suficiente para salgar).

3. Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a chiar. Quando a panela “pegar pressão”, coloque em fogo baixo e conte 15 minutos. Espere a pressão sair antes de abrir a tampa da panela! Caso você esteja fazendo em uma panela convencional, cozinhe por pelo menos 40 minutos(fogo baixo), sem deixar a água secar. Complete se necessário.

Uma dica importante é não jogar fora a água do cozimento. Guarde, pois ela vai servir para hidratar os grãos e dar o ponto de patê. Com o grão-de-bico prontinho (esperem esfriar antes de bater o homus), já podemos partir para a recita que interessa. Vamos lá?

Homus de grão-de-bico

hummus-812675_640

 

Receita de Bela Gil
Rende 6 porções

  • 1 xícara (chá) de grão-de-bico
  • 1 xícara (chá) de tahine (pasta de gergelim)
  • Suco de 1 limão espremido
  • 1 dente de alho pequeno
  • 1 colher (chá) de cominho em pó (opcional)
  • Sal marinho (mas pode ser o sal comum)
  • 1/4 de xícara (chá) de azeite de oliva
  • Água do cozimento do grão
  • Páprica para enfeitar

Coloque o grão-de-bico em um processador de alimentos ou liquidificador e triture bem. Adicione o tahine, suco do limão, cominho e azeite. Continue a bater até obter a textura desejada. Se o homus ainda estiver muito grosso, adicione um pouco da água de cozimento. Sirva com um pouco de azeite e salsinha picada e enfeite com páprica.

Difícil?! E fica bem bom, viu? Como eu tinha páprica doce em casa, adicionei na mistura e bati junto, não usei cominho, mas coloquei um pouquinho de chimichurri. Não salguei. Como até com torradinhas no café da manhã. Muito delícia! Façam, experimentem e comprovem!

Sucos vitaminados com laranja

Durante o outono as alterações e instabilidades na temperatura são muito comuns. Não raro nos pegamos resfriados ou até gripados por conta das mudanças bruscas. Então, para manter sua imunidade lá em cima e proteger seu corpo das adversidades da estação, nada melhor do que sucos mistos poderosos com laranja.

São receitas fáceis, que misturam todos os benefícios da laranja com outras frutas igualmente nutritivas. Uma estratégia rápida e gostosa para fortalecer o organismo e manter-se preparado contra doenças sazonais. Prepara o liquidificador e mãos à obra!

Suco de Laranja, Maçã e Agrião

orange-juice-539331_640

Rende 4 porções

  • 4 galhos de agrião com talos
  • 1 maçã com casca cortada em pedaços
  • 1 xícara de chá de água
  • Suco de 8 laranjas

No liquidificador, bata a maçã com ½ xícara de água. Depois, separadamente, bata o agrião com a água restante e coe. Junte estes sucos ao suco de laranja e adoce, se preferir.

Suco de Mamão

Rende 2 porções

  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de sopa de mel
  • Suco de 3 laranjas
  • 1 mamão papaia (400 gramas)
  • 5 pedras de gelo

Corte o mamão em cubos e retire as sementes. Bata todos os ingredientes por 40 segundos e sirva com gelo.

Suco Reforçado

0007881246O-565x849

Rende 2 porções

  • 1 manga
  • 3 laranjas descascadas e picadas (sem a parte branca)
  • 1 limão descascado
  • Cubos de gelo a gosto
  • Açúcar ou adoçante a gosto

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Adoce a gosto. Se ficar muito grosso, adicione um pouco de água. Sirva bem gelado.

Desvendando os benefícios da água de limão

Quer desintoxicar, acelerar o metabolismo e derreter as gordurinhas mais rapidamente? É fácil: basta beber um copo de suco de limão com água morna em jejum todas as manhãs. Ou, pelo menos, é isso que inúmeros sites, artigos e “gurus” da saúde estão defendendo.

water-686917_640

Vamos dar uma olhada se beber água de limão é realmente benéfico e o que ela pode (e não pode) fazer por sua saúde. Vejamos o que a água de limão não faz:

Falso Argumento 1: Água de limão desintoxica seu corpo

Fígado, rins, pele e pulmões trabalham constantemente e em conjunto para quebrar e eliminar substâncias químicas naturais e sintéticas que poderiam prejudicar a sua saúde. Beber água morna de limão não acelera ou facilita esse processo.

Limões contêm um composto chamado limoneno, que melhoram a produção de certas enzimas do fígado que estão envolvidas na desintoxicação. Porém, a quantidade de limoneno na água de limão é pequena demais para produzir qualquer efeito sobre as enzimas hepáticas.

A melhor maneira de melhorar a desintoxicação é fornecer menos toxinas aos seus órgãos, reduzindo suas exposições opcionais a compostos nocivos.

Falso Argumento 2: Água de limão deixa seu corpo mais alcalino

Os rins e os pulmões são responsáveis ​​pela manutenção do pH do seu corpo para o equilíbrio ideal, não importa o que você coma ou beba.

Falso Argumento 3: Água de limão aumenta o seu metabolismo

Não. Desculpe.

Embora alguns dos argumentos que defendam o consumo da água morna de limão não se sustentem, isso não significa que essa prática não tenha nenhum benefício. Vejamos o que a água de limão pode fazer por você:

Ajuda a controlar o apetite

Beber água ocupa espaço no estômago, o que reduz a vontade de comer. Se você beber água antes de uma refeição, ela pode diminuir a quantidade de calorias que você consome. Beber água entre as refeições pode reduzir a sensação de fome pelo mesmo motivo. Líquidos quentes ou gelados parecem ficar mais tempo no estômago do que os líquidos em temperatura ambiente.

Pode promover a regularidade

Beber um líquido quente, em jejum, de manhã, pode simular a movimentação intestinal, o que, em pouco tempo, despertará em você a vontade de ir ao banheiro. Um simples copo de água quente ou chá funcionariam tão bem quanto a água de limão.

Muitas pessoas acham que o café funciona melhor do que qualquer outra coisa. Ficar bem hidratado também pode ajudá-lo a manter-se regulado, especialmente se a hidratação for combinada a uma dieta rica em fibras.

Fornece alguns nutrientes

Três colheres de sopa (30 ml) de suco de limão fresco fornecem cerca de 20% da exigência diária de vitamina C e pequenas quantidades de potássio e vitaminas B.

Ajuda na Hidratação

Beber água (com ou sem o suco de limão, quente ou fria, com o estômago vazio ou cheio, pela manhã ou qualquer outra hora do dia) fornece fluidos que seu corpo precisa para funcionar corretamente.

Precisamos de cerca de 2 litros de água diariamente. Dietas ricas em proteínas, esforço físico, ambientes quentes e ambientes secos (como aviões) aumentam as necessidades de líquidos. Beber mais água também pode ajudá-lo a limpar o excesso de sódio de seu corpo, reduzindo o inchaço.

Promove um ritual matinal consciente

Muitas pessoas relatam que este momento é uma parte de sistemas tradicionais de cura, como a prática ayurvédica, que faz com que os praticantes sintam-se mais em sintonia com seus corpos e os ajuda a fazer escolhas mais saudáveis ​​durante todo o dia.

Reservar um momento para saborear um pouco de água morna de limão pode ser a maneira perfeita de começar o seu dia em um lugar calmo, consciente e não há absolutamente nada de errado com isso.

A não ser que, talvez, a água de limão possa conter ácido suficiente para amolecer o esmalte do dente. Por isso, você deve evitar escovar os dentes logo após tomar bebidas ácidas. A combinação do ácido com os abrasivos suaves da pasta de dentes pode fazer uma esfoliação sobre o esmalte.

Portanto, quando beber líquidos ácidos, faça um bochecho com água limpa antes de escovar e procure usar uma escova de cerdas macias e um creme dental não-abrasivo.

Referências

Brown SR, Cann PA, Read NW. Effect of coffee on distal colon function. Gut. 1990 Apr;31(4):450-3.

Elegbede JA, Maltzman TH, Elson CE, Gould MN. Effects of anticarcinogenic monoterpenes on phase II hepatic metabolizing enzymes. Carcinogenesis. 1993 Jun;14(6):1221-3.

McArthur KE, Feldman M. Gastric acid secretion, gastrin release, and gastric emptying in humans as affected by liquid meal temperature. Am J Clin Nutr. 1989 Jan;49(1):51-4.

Vij VA, Joshi AS. Effect of excessive water intake on body weight, body mass index, body fat, and appetite of overweight female participants. J Nat Sci Biol Med. 2014 Jul;5(2):340-4.

Fonte Quick and Dirty Tips
Tradução livre de autoria do blog.