Receita: Coxinha de Abóbora

Autoria de Nathália Araujo, do Cozinha Fit e Fat
  • 500g abóbora cozida sem casca
  • 1 ovo
  • 1 xícara de farinha de aveia
  • Sal rosa e ervas finas a gosto
  • 1 xícara de frango cozido desfiado e temperado
  • Farinha de linhaça para empanar
Foto reprodução

 

  1. Amasse a abóbora cozida e misture-a com o ovo e a farinha de aveia.
  2. Transfira para uma panela, tempere com sal e ervas finas a gosto.
  3. Cozinhe em fogo baixo até que a massa desgrude da panela.
  4. Transfira para uma tigela e reserve na geladeira por 1 hora.
  5. Besunte as mãos com azeite de oliva, pegue uma porção de massa de abóbora e recheie com uma porção de frango desfiado. Feche e modele em formato de coxinha.
  6. Obs: o tamanho da coxinha e a quantidade do recheio é a gosto.
  7. Empane na farinha de linhaça e leve para assar em forno médio por 35 minutos.
  8. Conserve na geladeira por 5 dias.
Rendimento: 8 coxinhas

Receita DIY: Overnight Oats, uma delícia em camadinhas

Tem sensação melhor do que comer algo bem gostoso tendo certeza de todos os benefícios embutidos? E ter a possibilidade de produzir comidinhas saudáveis com ingredientes simples e caseiros, mas sem abrir do sabor, não tem preço! Nesse embalo, o assunto de hoje são os Overnight Oats, uma espécie de pavê do bem, que dorme na geladeira e acorda maravilhoso, todo trabalhado na delícia.

breakfast-655894_640

Eu já tinha visto por aí na rede, já que ele conquistou muitos adeptos que registram e postam foto desses potinhos tão caprichados e coloridos, mas nunca havia me arriscado a fazer. Nesse fim de semana, tendo algumas opções de fruta e os ingredientes bases disponíveis, resolvi me arriscar. E amei o resultado! Consumi no café da manhã de domingo e achei muito muito bom!

O bacana é que ele representa uma mistura de elementos importantes para a alimentação, como derivados lácteos, sementes e frutas, que se combinam num resultado surpreendente, que pode substituir qualquer sobremesa gordinha sem nenhum prejuízo, tanto na beleza, como no paladar.

DSC01504

Você pode montar o seu personalizado de inúmeras formas e arranjos. A minha foi feita com iogurte natural zero, meia pera, meia maçã, creme de alfarroba, chia, aveia e um toque de doce de leite, pra dar um charme (e calorias extras). Fui intercalando iogurte, chia e aveia com as frutas, o creme e uma ponta da colher de sopa de doce de leite em cada camada, finalizei com iogurte, aveia e uma colherinha de chá de linhaça. Ma-ra-vi-lho-so! Tente você também! Há diversas possibilidades e é surpreendente. Não deixe de provar!

DSC01505

Aqui vão algumas sugestões postadas pela musa querida Paulinha Boque:

Monte camadas, sugestão básica:

  • Use 2 colheres de aveia ou farelo de aveia como base, umedeça com 6 colheres de sopa de leite desnatado ou o suco de meia laranja
  • Fruta picada
  • 1/2 Iogurte zero gordura
  • Fruta picada
  • 1/2 Iogurte zero gordura
    Você também pode usar chia, sementes de girassol ou gergelim.

Overnight Oats, opção 1:

  • 2 colheres de sopa de farelo de aveia ou aveia com o caldo de 1/2 laranja (a outra metade da laranja esprema em uma colher de sopa de chia e deixe hidratando, depois misture com 1 grego light)
  • 1/2 banana prata em rodelas
  • 1/2 grego com a chia
  • A outra metade da banana
  • 1 colher de sopa de granola
  • A outra metade do iogurte com chia

Overnight Oats, opção 2:

  • Mingau de: 2 colheres de aveia + água + cacau em pó + adoçante deixa esfriar
  • 3 morangos picados
  • 1/2 iogurte light de coco
  • 1 colher de sopa de granola
  • 3 morangos
  • A outra metade do iogurte

Overnight Oats, opção 3:

  • 2 colheres de sopa de aveia com leite
  • 3 uvas roxas grandes cortadas ao meio e sem sementes
  • 1/2 grego zero misturado com chia
  • 1/2 colher de sopa de manteiga de amendoim
  • A outra metade do grego com chia
  • 1/2 banana em rodelas

Há diversas possibilidades e é surpreendente. Use gelatina, pudim light, cremes… Só não deixe de provar!

3 tops sementes para consumir já

Se você quer emagrecer, dar um up no corpinho, engordar ou simplesmente cuidar da manutenção do seu bem-estar, deve saber que a chave do sucesso está no que você come, não é mesmo? Já demos algumas dicas aqui de pequenas alterações e inserções no cardápio cotidiano para te ajudar a turbinar a saúde. Por isso, nosso foco neste post são as sementes: 3 tops sugestões poderosas para potencializar sua alimentação.

Estamos falando do trio chia, linhaça e gergelim. Todas são pequenos grãos secos, fáceis de encontrar e com formas de ingestão bem semelhantes. Porém, cada uma é responsável por benefícios diferentes e podem ser combinadas, criando um único mix para ser utilizado diariamente [veja abaixo].

Inserir essas sementes na alimentação faz toda a diferença nos índices fisiológicos e, consequentemente na qualidade de vida.

chia-397076_640

Chia

A chia tem origem mexicana e pertence à família do linho e da sálvia. Apesar de pequenininha, ela é extremamente rica em propriedades nutricionais, como: ômega 3, magnésio, zinco, cálcio, ferro, vitaminas B1, B2 e B3.

Além disso, a chia auxilia a regular as taxas de colesterol no sangue, evita a formação das gordurinhas localizadas, previne e controla o diabetes, doenças cardiovasculares, tem efeito antioxidante e fortalece a imunidade. Também colabora com o emagrecimento, por conter muitas fibras e proteínas e aumentar a sensação de saciedade.

As propriedades são mantidas em todas as formas de consumo (crua, em gel, triturada e em óleo) e a indicação é de 25 gramas diárias, ou seja, duas colheres de sopa.

Como consumir: no suco, na vitamina, no iogurte, na tapioca, em receitas, shakes, massas, pestos etc.

sesame-316590_640

Linhaça

A linhaça é uma semente funcional, super aliada do emagrecimento, pela alta quantidade de fibras, que liberam glicose no sangue e inibem o acúmulo de gordura. Ela é benéfica ao coração, intestino e saúde dos ossos.

Também é rica em substâncias similares ao estrógeno, tendo relação com a proteção contra ao câncer de mama, atua no controle e prevenção de diabetes, tem ação anti-inflamatória e promove o equilíbrio entre o ômega 3 e 6.

Ela pode ser encontrada em duas versões, marrom e dourada, e em três formatos, grão, farinha e óleo. A porção diária recomendada é de uma colher de sopa (10 gramas).

Como consumir: em receitas, sucos, sobremesas, vitaminas, sopas, iogurtes, com frutas etc.

semente-de-gergelim_2986943

Gergelim

O gergelim vem de localidades entre a Ásia e a África e foi um dos primeiros alimentos cultivados pelo homem. Entre suas ações no organismo estão a lubrificação do intestino, controle de açúcar no sangue, combate dores e reumatismo, pois fortalece tendões e ossos, evita a queda dos cabelos e melhora a elasticidade da pele (graças ao poder antioxidante).

Ele também atua no fígado e rins, aumenta a saciedade e auxilia na eliminação e combate às gorduras ruins, prevenindo também a flacidez. É uma ótima fonte de proteínas e fibras, cálcio, fósforo, ferro e vitaminas do complexo B.

Seu consumo diário recomendado é de uma colher de sobremesa e sua melhor forma é em grão cru.

Como consumir: em saladas, na comida, em pratos salgados etc.

MIX de Sementes

“Normalmente as pessoas misturam grãos fontes de nutrientes diferentes, para atingir um benefício específico, nem sempre promovido por todos os grãos do mix. Com benefícios à saúde próximos ao da chia, temos a linhaça, o gergelim e o girassol. Mas não é recomendado consumir uma porção de cada uma deles por dia, devido à alta quantidade de calorias que essas sementes possuem. Sendo assim, uma solução pode ser fazer um mix destes grãos e consumir até 25g do mix ao dia.”

Fonte da citação: Minha Vida