Receita: Torta Rápida de Doce de Leite

Reprodução Receitas de Minuto

Como a semana é mais curta, está corrida e tem feriadão por aí, a receita da semana é uma deliciosa sobremesa, prática, rápida e deliciosa para dar aquela adoçada e relaxada na rotina. Além de ser uma opção para quem busca alternativas ao chocolate.

A Torta de Doce de Leite é da Gisele Souza, do site Receitas de Minuto e só leva 3 ingredientes. Lembra a textura de um pudim, porém mais firme e pode ser decorado da maneira como você quiser. Outro detalhe relevante é que essa receita não tem glúten, sendo perfeita para os celíacos.

Torta Rápida de Doce de Leite

  • 1 xícara (chá) de Doce de Leite
  • 1 lata de creme de leite
  • 4 ovos (inteiros)
  1. Na batedeira ou liquidificador junte todos os ingrediente e batata por cerca de 5 minutos até ficar bem espumoso.
  2. Despeje em uma forma de +ou- 20cm untada, forrada com papel manteiga, untada novamente e enfarinhada com farinha de trigo ou farinha sem glúten da sua preferencia.
  3. Leve para assar em forno pré – aquecido a 200ºC por cerca de 30 minutos ou até o centro ficar firme.
  4. Assim que ficar pronto, desligue o forno e deixe a torta lá dentro com a porta aberta por 10 minutos para esfriar lentamente e terminar a cocção.
  5. Leve para gelar e decore como desejar. IMPORTANTE: Espere esfriar completamente antes de retirar da forma.
    OBS: Não se assuste se sua torta estufar, assim que ela começar a esfriar vai murchar como um suflê, então não precisa de preocupar.
Observações
Cobertura: Foi usado chantilly, aqueles de caixinha, para decorar, mas você usa o que quiser e se quiser.
Doce de Leite: Foi usado um doce de leite comum, desses que compramos no supermercado.
Creme de Leite: De lata, mas pode ser de caixa; só atente na porcentagem de gordura que deve ser superior a 20%.
Ovos: Não precisa separar claras de gemas, basta colocar tudo para bater junto.
Doce: Essa receita vai ser mais ou meno doce de acordo com o doce de leite que você usar, então se deseja um doce bem doce aconselha-se adoçar ou caprichar na cobertura para ajudar a dar sabor, já que essa torta não é mega doce.
Farinha: Foi usada farinha de trigo para enfarinhar, mas pode usar mistura para farinha sem glúten, que não tem problemas.
Anúncios

Receita: Suco e Vitamina para o café da manhã

primroses-1236364_960_720

A depressão do domingo já começa quando paramos pra pensar que no dia seguinte é segunda-feira. É ou não é?! Mas, não vamos sofrer por antecipação. Só precisamos saber de uma coisa: como tem sido o seu café da manhã?! Toma direitinho, dá tempo? Engole qualquer coisa e sai correndo? Um dado é certo: falta de tempo não cola como desculpa para negligência alimentar já faz tempo. Prova disso são estas receitas práticas e super nutritivas que ensinamos.

Todo mundo sabe de cor que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois é quando o seu organismo absorve o máximo de nutrientes e decodifica que o dia está começando e se “prepara” para o que vem pela frente.

blueberries-531209_960_720

Por isso, nada de pular esse momento ou comer de qualquer jeito. Sucos, vitaminas e mingaus (alimentos líquidos) são uma ótima solução para quem não tem muito tempo pela manhã ou não se sente tão bem com a mastigação.

Ainda que seu prazo entre acordar, se arrumar, comer e sair pra trabalhar ou estudar seja muito curto, dá para resolver: aproveite o final de semana ou aqueles 15-20 minutinhos a noite em que passa a toa, abrindo a geladeira ou na internet, para se organizar. Separe os ingredientes do seu suco ou vitaminas em saquinhos, nas porções certas, e guarde no congelador.

Assim, seu único trabalho será jogar tudo no liquidificador enquanto se veste, penteia o cabelo ou arruma o café da família. O importante é não permanecer longos períodos em jejum e evitar frituras e opções pobres em nutrientes, e ricas em calorias e gorduras, como café da manhã. Vamos ao que interessa, dá para fazer para amanhã:

Suco de beterraba energético

O suco de beterraba é rico em nutrientes e traz diversos benefícios à saúde.Um dos maiores benefícios do suco de beterraba está no fato dele ser um energético natural

  • 2 limões (só o suco)
  • 1/2 beterraba crua
  • 1 maçã
  • 200 ml de água

Coloque tudo no liquidificador e bata por 3-4 minutos. Pode coar, se achar necessário.

Vitamina de morango com banana

milkshake-1021027_960_720

  • 1 banana congelada
  • 4 morangos congelados
  • 2 colheres de iogurte natural
  • 1 copo de leite de sua preferência
  • 1 colher de coco ralado
  • Adoçante a gosto

Bata todos os ingredientes no liquidificador até que fique cremoso. Tome imediatamente. Não tem morango em casa? Substitua-os por pêssegos, maçãs, mamão ou a fruta que tiver disponível!

Vitamina de mamão + banana + morango

smoothie-1055316_960_720

 

  • 1/2 mamão papaia – sem casca, sem sementes e cortado em cubos
  • 1/2 banana congelada
  • 2 morangos congelado
  • 1 copo de leite
  • 2 castanha do Pará
  • 1 colher de açúcar demerara ou adoçante a gosto
  • Gelo

Em um liquidificador, bata o mamão papaia junto com a banana, o morango, o leite, o açúcar ou adoçante e o gelo até ficar cremoso. Sirva a seguir.

Receita: Pudim de Leite Fit

gourmet-749549_960_720
Que atire a primeira pedra quem nunca desejou um pudim de leite de sobremesa ou durante uma tarde daquelas que nunca termina! Ele também é motivo para uma fugidinha da dieta e de muita dor de consciência. Maaaas, nossos problemas acabaram! Esta receitinha é fit, leve, delícia e pode! Para se deliciar sem culpa!

O compartilhamento é de autoria da linda Mônica Wagner, que sempre posta receitas e dicas incríveis de alimentação saudável (se você ainda não segue, siga: no Instagram e no Snapchat: monicawwagner).

Não leva creme de leite, nem leite condensado e “já é conhecido pelo pessoal adepto da dieta Dukan como ‘pudim dois leites'”.

Pudim de Leite Fit

  • 4 ovos;
  • 500 ml de leite desnatado;
  • 2 colheres de sopa de requeijão zero;
  • 4 colheres de sopa de leite em pó desnatado;
  • 3 colheres de sopa de adoçante culinário (ou açúcar de côco, demerara etc.);
  • 5 gotas de essência de baunilha (opcional).

Bater tudo no liquidificador, colocar em uma forma e levar ao forno em banho maria, por 45 minutos, mais ou menos (faça o teste do palito). A calda foi feita com amora silvestre (pode fazer com morangos, blueberry, cereja etc), água e adoçante culinário.

Dica importante: nunca desenforme ele quente,  nem morno! Pode desmanchar, então espere esfriar e, então, desenforme.

Receita: Muffin de Batata Doce e Cacau

DSC01982

A adaptação é um dos melhores métodos na resolução de problemas na vida. Isso porque nem sempre é preciso abrir mão de alguma coisa para se alcançar um objetivo. Você pode adaptar o que for preciso para as suas necessidades e resolver o que tiver que ser. E vale para tudo, gente! Nesse caso, em especial, vale para colocarmos a batata doce na nossa rotina de uma forma gostosa, prática e que faz bem. Estamos falando de um muffin com cacau e gotas de chocolate, que, de tão maravilhoso, nem parece que é saudável.

 Já a questão da adaptação é um macete para quem tem dificuldade em consumir determinados alimentos, seja pelo sabor natural ou mesmo pela textura. Meu problema é com a batata doce. Já tentei comer de todas as formas: purê salgado com frango, amassadinha com canela, panqueca… e todas não me desceram muito bem. Não que me faça mal. Não. Mas eu como pensando em outra coisa, porque o sabor me incomoda. Tenho a impressão de que mastigo, mastigo, mastigo e a batata não se desfaz. É uma sensação bem ruim!

sweet-potato-514851_640

E, como tinha algumas batatinhas por aqui dando sopa, resolvi testar uma receita de bolinho que achei na internet. Sucesso! Ficou uma delícia, fofinho, docinho e é uma ótima opção para os lanchinhos da manhã ou da tarde, como pré ou pós-treino e até para a merenda das crianças.

Muffin de Batata Doce e Cacau

DSC01983

 

  • 150 gramas de batata doce cozida
  • 2 claras
  • 1 colher de leite desnatado
  • 1 colher de cacau em pó
  • ½ colher de fermento
  • ½ colher de margarina light
  • 1 colher de adoçante forno e fogão
  • Gotas de chocolate a gosto

Esprema bem as batatas doces (ou masse com um garfo) para facilitar o processamento. Misture todos os ingredientes (menos as gotas de chocolate) no liquificador até que vire uma massa uniforme. Despeje a mistura em um recipiente que possa ser levado ao micro-ondas, espalhe as gotas de chocolate, e programe por três minutos, em potência alta.

DSC01980

Eu fiz a receita duplicada e assei em forminhas individuais, tipo de cupcake, em forno a 180°C, por 25 minutos. Rendeu 12 bolinhos.

E não recomendo ninguém a usar raspas de chocolate como eu fiz. Usem gotas mesmo ou até uva passa também, pode incrementar do jeito que quiser. Digo isso porque o chocolate derreteu todo e pesou no meu bolinho, fazendo-o afundar no centro. Sabe quando o suflê dá errado e murcha todo?! A mesma coisa! Então, usem gotas, que são feitas para isso mesmo, ou algum outro topping que não altere a textura final do muffin. #ficaadica 😉

Se você também tem problemas com os sabores e texturas naturais dos alimentos, clique AQUI para aprender uma mousse de abacate (sem gosto de abacate) com alfarroba.

Receita: Crepe de couve-flor

Conteúdo original Lucilia Diniz

Panqueca, tortilla e crepe. Todos são sinônimos de um prato prático e fácil de fazer, que aparece como opção quando falta tempo – mas não a preocupação em manter a linha. O foco vem com a adoção da couve-flor como base da receita.

cabbage-976496_640

Essa hortaliça é poderosa de quem busca perder peso e manter-se saudável. Ela contém glicosinolatos e tiocianatos (incluindo sulforafano e isotiocianato). Estes compostos aumentam a capacidade do fígado de neutralizar substâncias potencialmente tóxicas. Muitas enzimas encontradas na couve-flor também contribuem para assegurar seu efeito detox.

Outra boa notícia para quem busca emagrecer é que este vegetal contém aproximadamente 25 gramas de fibra. Com isso, ajuda a proteger o revestimento do estômago e aumenta a resistência à constipação, regularizando o funcionamento do intestino.

Disponível o ano todo, ela é também muito versátil. Assim, não é surpresa ver a couve-flor na forma de crepe, que pode receber o acompanhamento de sua preferência. A ideia é que você possa servi-la com uma fatia de queijo branco light grelhado. Ou, ainda, com legumes cozidos, como vagem, cenoura e abobrinha.

A receita a seguir rende duas porções, com apenas 79,5 Kcal cada.

Crepe de couve-flor

  • 1 1/2 xícara (chá) de couve-flor cozida e picada
  • 1 colher (sopa) de farinha de linhaça
  • 1 ovo
  • 1/2 cebola picada
  • 1/2 colher (chá) de fermento em pó
  • Sal a gosto

Bata no liquidificador todos os ingredientes. Ponha uma colher (sopa) desta mistura no centro de uma frigideira antiaderente. Doure dos dois lados e retire quando estiver bem firme. Repita a operação até o fim. Sirva com o acompanhamento de sua preferência.

Receita: panqueca salgada de aveia, sem farinha e sem óleo

DSC01796

Sabe quando bate aquela vontade de fazer um almoço diferente, uma receita gostosa, mas não tem todos os ingredientes em casa? Aí, sem querer desistir da gostosura, você sai procurando alternativas possíveis com o que você tem à mão?! Pois é! Foi exatamente isso que aconteceu aqui em casa e que, felizmente, me levou à essa massa de panqueca deliciosa a base de aveia.

É uma receita bem leve e supersaudável. Não leva nada nada de farinha de trigo, nem óleo, como a maioria das panquecas mais tradicionais. A grande vantagem, além de evitar a farinha branca, que é a grande vilã das dietas e de quem busca eliminar a barriguinha, é aliar as propriedades da aveia a um alimento versátil, prático, e ainda enganar o paladar de quem não é muito fã desse farináceo.

A alquimia original é do blog Menu Criativo, porém eu dei meu toque pessoal na combinação, acrescentando um dentinho de alho para saborizar. Isso porque tive receio de a aveia deixar um traço de sabor mais forte, o que seria bem estranho pra mim, pois costumo relacionar aveia a mingau e a preparações doces (mente limitada, talvez). Mas pode fazer sem medo, que com recheio e molho não tem nem como dizer que é de aveia, fica realmente muito gostoso.

Panqueca de Aveia

DSC01797

Rende 6 panquecas

  • 1 xícara de chá aveia em flocos (finos, grossos, pode ser farinha de aveia também)
  • 1 ovo
  • 1 xícara de chá leite (integral, desnatado ou vegetal)
  • 1 dente de alho (tamanho médio)
  • 1 pitada de sal

O básico: bata tudo no liquidificador por uns 2 ou 3 minutos, até que a veia esteja bem incorporada no leite e vire uma massinha líquida, porém grossinha, espessa. Prepare em frigideira aquecida antiaderente. Cada panqueca equivale a uma concha cheia de massa. Espalhe por completo na frigideira e deixe dourar em fogo baixo dos dois lados. Quando começar a aparecer bolhinhas ou estiver com uma aparência mais seca por cima, está na hora de virar.

DSC01795

O recheio e o molho ficam a sua escolha. As minhas foram frango desfiado bem temperadinho e molho vermelho simples. Você pode fazer com carne de vaca, de porco, com ricota, legumes, presunto e queijo, calabresa e acompanhar com molho rose, branco, de iogurte, agridoce… enfim, o que a criatividade permitir! É uma ótima pedida pro domingão, heim. E, pra melhorar, que tal servir com a batatinha palha caseira que já ensinamos AQUI?! Huuuummm… Bom apetite!

Receita: Aprenda a fazer homus

starter-520788_640

Se você não conhece muito bem a culinária árabe pode estar pensando em alguma coisa de terra com minhoca. Não, não é disso que se trata. O nome é bem parecido sim, mas esse chama-se húmus e serve para dar um up na jardinagem. Já o homus, que é o nosso tema, refere-se a uma pastinha muito saborosa e saudável para comer com pão sírio, torradinha, bolachinha, salada e tudo o mais que a sua imaginação permitir.

Segundo nossa querida Wikipedia, ‘”Homus” é uma palavra árabe (حمّص ḥummuṣ) que significa “grão-de-bico” e o nome completo do preparado em árabe é حمّص بطحينة ḥummuṣ bi ṭaḥīna, que significa “grão-de-bico com taíne”. No idioma português é comumente escrito homus.” Nada mais é do que uma espécie de purê frio de grão-de-bico, um patê, temperado com limão, tahine (uma pasta a base de gergelim), alho, especiarias e azeite.

Sou suspeita para falar porque homus tem sido meu mais novo queridinho. Nunca tinha feito em casa e aproveitei um restinho de grão-de-bico cozido, que tenho consumido em substituição do feijão, para dar um descanso do requeijão e da ricota. E, gente, dá vontade de comer o dia inteiro! Eita coisa boa de beliscar! Além de ser uma carta na manga para você servir de entradinha ou aperitivo ao receber amigos em casa.

eat-818077_640

Não segui a receita original porque não tinha tahine (e onde moro é difícil de encontrar), mas mesmo assim gostei demais do resultado. Dei uma incrementada com umas gotinhas de pimenta e fui fiel aos demais ingredientes. Você também pode adaptar com o que tiver em casa e fazer o homus a seu jeito.

Se tiver dúvida de como preparar o grão-de-bico, aqui vai um passo-a-passo bem legal do blog Gordelícias:

Como Fazer Grão-de-Bico

chana-166988_640

Ingredientes

  • 1 xícara de grão-de-bico cru
  • 2 partes de água filtrada – para deixar o grão-de-bico de molho e para cozinhá-lo

Modo de Preparo

1. O primeiro passo é deixar o grão-de-bico de molho em uma tigela com água. Coloque o suficiente para cobri-lo (deixe passar uns 2 dedinhos). Pra não ter erro, faça esse processo antes de dormir, no dia seguinte já estará pronto para o cozimento.

2. No dia seguinte, ou seis horas depois, descarte a água do molho e leve o grão-de-bico para uma panela de pressão, completando com água. Cubra até uns 3 dedos acima, respeitando o limite de segurança da sua panela.Se for do seu agrado, esse é o momento de temperá-lo (1 colher de chá é suficiente para salgar).

3. Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a chiar. Quando a panela “pegar pressão”, coloque em fogo baixo e conte 15 minutos. Espere a pressão sair antes de abrir a tampa da panela! Caso você esteja fazendo em uma panela convencional, cozinhe por pelo menos 40 minutos(fogo baixo), sem deixar a água secar. Complete se necessário.

Uma dica importante é não jogar fora a água do cozimento. Guarde, pois ela vai servir para hidratar os grãos e dar o ponto de patê. Com o grão-de-bico prontinho (esperem esfriar antes de bater o homus), já podemos partir para a recita que interessa. Vamos lá?

Homus de grão-de-bico

hummus-812675_640

 

Receita de Bela Gil
Rende 6 porções

  • 1 xícara (chá) de grão-de-bico
  • 1 xícara (chá) de tahine (pasta de gergelim)
  • Suco de 1 limão espremido
  • 1 dente de alho pequeno
  • 1 colher (chá) de cominho em pó (opcional)
  • Sal marinho (mas pode ser o sal comum)
  • 1/4 de xícara (chá) de azeite de oliva
  • Água do cozimento do grão
  • Páprica para enfeitar

Coloque o grão-de-bico em um processador de alimentos ou liquidificador e triture bem. Adicione o tahine, suco do limão, cominho e azeite. Continue a bater até obter a textura desejada. Se o homus ainda estiver muito grosso, adicione um pouco da água de cozimento. Sirva com um pouco de azeite e salsinha picada e enfeite com páprica.

Difícil?! E fica bem bom, viu? Como eu tinha páprica doce em casa, adicionei na mistura e bati junto, não usei cominho, mas coloquei um pouquinho de chimichurri. Não salguei. Como até com torradinhas no café da manhã. Muito delícia! Façam, experimentem e comprovem!