Tag: movimentos

Skate e patins são aliados da malhação

Conteúdo original Mais Equilíbrio

man-1030859_960_720

Quem disse que não é possível emagrecer e se divertir ao mesmo tempo? O skate e o patins podem ser excelentes instrumentos para o emagrecimento, tonificação muscular e claro, o lazer! Esses dois esportes conquistam pessoas de todas as idades por serem divertidos, e ainda por cima trazem diversos benéficos para a saúde.

Os esportes radicais liberam adrenalina e nos deixam mais alerta, e por serem atividades aeróbias fazem muito bem para o sistema cardiovascular. Só o skate é capaz de queimar em média 250 calorias por hora. Ele ajuda a tonificar os músculos da panturrilha, quadríceps, tendões e abdômen.

sun-830340_960_720

As articulações e ligamentos também saem ganhando com a prática, assim como o raciocínio rápido, já que o skatista toma decisões em questão de segundos enquanto faz as manobras. Ótimo para crianças se desenvolverem e para os adultos exercitarem o raciocínio!

Se você pretende se jogar nesta modalidade saiba que a segurança vem sempre em primeiro lugar. Por ser um esporte que exige espaço, ele é preferencialmente feito fora de casa – seus móveis agradecem!  Para começar a praticar é indicado procurar aulas especializada em pistas externas ou cobertas, sempre usando equipamento de segurança.

park-191585_960_720

Já o patins tem suas semelhanças e diferenças em relação ao skate. Ele queima aproximadamente o dobro de calorias – que o “primo” de quatro rodas – cerca de 500 cal dependendo dos movimentos – e também trabalha o corpo inteiro.

Pernas e os glúteos são o motor dos patins, que malham o abdômen, costas e braços. A postura também é beneficiada e os movimentos se assimilam à alongamentos por conta da amplitude de movimentação. Tudo com joelheira, cotoveleira, luvas e capacete, hein?

inline-932314_960_720

Pessoas de todas as idades podem praticar patinação, porém quem tem algum problema ortopédico, doença cardiovascular ou neurológica, como a labirintite, deve procurar aconselhamento médico antes da prática. O médico liberando, a diversão é garantida!

Conheça o Neopilates, uma modalidade completa

Conteúdo original Mais Equilíbrio

Imagine só misturar treinamento funcional com atividades circenses e pilates. O neopilates é assim, uma modalidade cheia de variação que conquistou a rotina de famosas como as atrizes Giovana Lancelloti, Fernanda Souza e Bruna Marquezine.

Isis Valverde treinando neopilates. Foto: Reprodução / Instagram

Ótima para a definição do corpo, saúde mental e elasticidade, a aula de neopilates elimina calorias e fortalece os músculos, tudo isso alinhando concentração, respiração, alinhamento e muita postura! Ufa, já deu para perceber que esta é uma daquelas aulas para eliminar a preguiça, não é?

Os aparelhos usados são bolas suíças, tecidos acrobáticos e outros objetos circenses. Além disso as aulas são alegres e lúdicas, perfeitas para acabar com o estresse e dar aquela forcinha para autoconfiança, já que os exercícios exigem firmeza e precisão.

Outro benefício deste treino está nas calorias. Enquanto um treino de pilates convencional de uma hora elimina em torno de 300 calorias, uma aula de neopilates pode queimar até 500 calorias graças aos desafios e a agitação.

physical-therapy-1198344_960_720

De acordo com profissionais, o neopilates aumenta rapidamente a massa muscular, sendo possível notar os resultados em dois meses de prática. E não é recomendado para gestantes ou pessoas com problemas cardíacos, pressão alta e labirintite, por conta das posições invertidas.

Já os preços das aulas costumam variar de lugar para lugar, já que cada aula pode ter no máximo três alunos para que os professores acompanhem de perto os movimentos. O recomendado é fazer três aulas por semana, pelo período de aproximadamente uma hora.

E aí, curtiu a novidade?

Afrovibe Dance Workout: Dança Multicultural para Queimar Calorias

Conteúdo original Mais Equilíbrio

Você já ouviu falar na Afrovibe Dance Workout? A técnica mega divertida e animada vem conquistando cada vez mais adeptos por conta da mistura de ritmos contagiante e multicultural.

Foto: Reprodução / Afrovibe Dance Workout

O tipo de dança chegou no país direto do subúrbio da capital da França com a personal trainer Maryam Kaba, que criou a técnica em parceria com a dançarina Doris Martel. A atividade com passos de origem africana, árabe e indiana define e tonifica todos os grupos musculares! Tudo isso enquanto elimina cerca de 800 calorias em uma hora e meia ao som de um grupo de percussão. Pura energia!

São passos de salsa, reggaeton, afro house, samba e até dança do ventre para garantir o fortalecimento dos músculos. Os movimentos são perfeitos para malhar os braços, glúteos, abdômen e pernas. E o melhor de tudo: é para todas as idades.

Até agora só é possível encontrar aula de Afrovibe Dance Workout só no Rio de Janeiro na academia Proforma, no Leblon; e no Estúdio Rampa, em Copacabana. As aulas custam a partir de R$ 40.

Estamos ansiosos para conhecer mais sobre este novo jeito de definir o corpo enquanto se diverte!

Serviço: Afrovibe Dance Workout por Maryam Kaba

Conheça a Air Yoga, a nova modalidade do gênero

Conteúdo original Lucilia Diniz

Esta sempre foi uma prática fortemente ligada ao solo. Afinal, a yoga usa o solo para garantir sustentação às posturas, baseadas no equilíbrio. Quem pratica adora, e várias correntes já foram criadas, diversificando e aumentando o número de praticantes.

Depois da Hot Yoga, em que à dificuldade dos movimentos são acrescentadas altas temperaturas. Agora, uma corrente prega exatamente tirar a yoga do chão. Criada em 1991 pelo coreógrafo Christopher Harrisson, a tendência conhecida como Air Yoga começou a “bombar” apenas recentemente. E ganha público rapidamente, com adeptos em mais de 50 países, ao adicionar um elemento à la Cirque de Soléil aos belos movimentos da yoga.

Pendurados por grandes lenços de seda, presos por ganchos no teto, os alunos eliminam a pressão do sistema músculo-esquelético. Isso proporciona o espaçamento na medula espinhal, permitindo uma hidratação sem igual dos discos vertebrais.

Somam-se, ainda, os benefícios de irrigar o cérebro com sangue fresco e cheio de endorfina – hormônio com potente ação analgésica que, ao ser liberado, estimula a sensação de bem-estar melhorando o estado de humor e alegria.

Em entrevista à revista American Way, o criador da Air Yoga declarou que os praticantes ganham um bônus, ao praticar algo que jamais imaginariam serem capazes. Este fator novo (exercitar-se de ponta-cabeça) permite uma conexão entre corpo e mente mais energizada.

Confira no vídeo a seguir como a Air Yoga funciona.

Ballet Fitness emagrece 1500 calorias com desgaste menor que a corrida

Conteúdo original Bolsa de Mulher

Uma aula diferente, que mescla passos técnicos do ballet clássico com exercícios de agachamento, abdominais e flexões. Assim é o ballet fitness, modalidade criada há 22 anos pela professora Betina Dantas. “O Ballet Fitness é a única modalidade que ajuda a trabalhar a postura, deixa o corpo longilíneo, melhora o tônus muscular, a flexibilidade, a respiração e o equilíbrio. Além disso, as aulas trabalham a memorização, ajudam a adquirir agilidade, músculos alongados, alinhamento corporal e força abdominal e lombar”, afirma.

ballet-shoes-999807_960_720

O que é o ballet fitness

Ela explica que o grande foco dessa prática é o aumento no número de repetições e no tempo de isometria e sustentação muscular nos exercícios. “Todo dia crio uma aula diferente. Elas nunca são iguais umas às outras. Isso ajuda a fugir da monotonia e estimula os alunos”, conta.

Como surgiu a ideia

Aos 14 anos, quando sofreu uma lesão no joelho e não pode mais subir na sapatilha de pontas, Betina teve de parar as aulas de ballet por um tempo. Foi então que decidiu criar a nova modalidade. Outro estímulo foi a falta de gosto para a prática de musculação, o que fez com ela procurasse uma nova opção para manter a boa forma. “Decidi usar os movimentos do ballet ao meu favor. Eu sabia e sentia como todos os movimentos e exercícios do ballet trabalhavam o corpo inteiro. E, na minha opinião, físico de bailarina sempre foi o mais bonito e harmônico”.

Atividade para definir o corpo

ballet-999802_960_720

Além de queimar muitas calorias (cerca de 790 calorias em apenas meia hora para quem já está no nível avançado ou mais de 1500 calorias em uma hora de exercícios), a aula de ballet fitness provome, consequentemente, a perda de peso e definição muscular. O gasto calórico foi embasado em um teste realizado por um profissional de medicina esportiva, que monitorou uma aula e constatou todos os benefícios do ballet fitness.

Mais benefícios

De acordo com os testes metabólicos realizados, além de existir menor catabolismo (desgaste) comparado com os mesmos 30 minutos de corrida, houve ainda menor predomínio do tônus simpático (estresse cardiovascular) e maior oxidação de gordura. “Me livrei da esteira! Até então achava que, impossibilitada de dançar, só a corrida me deixaria sequinha e definida“, diz.

Segundo Betina, não há uma área que é mais trabalhada do que a outra. “A aula trabalha tudo. Se o aluno frequenta a aula três vezes por semana, por exemplo, vamos trabalhar o corpo como um todo distribuído durante os dias da semana”, explica. Ela diz ainda que em um mês já é possível notar diferenças no corpo. Os resultados são surpreendentes. A aula mescla aeróbio com anaeróbio, trazendo força e ao mesmo tempo leveza e graciosidade, como poucas modalidades conseguem”, afirma.

Reprodução Bolsa de Mulher

Quem pode fazer essa aula? Precisa saber ballet?

Para praticar o ballet fitness não é necessário ter conhecimentos de ballet. A diferença é que, quem já pratica, vai acompanhar a aula mais rapidamente. Mas, segundo a professora, não é nada que prejudique quem está começando. O conselho é ter paciência, ânimo, persistência e, acima de tudo, tentar se divertir. “Criei esta aula mais dinâmica, divertida, com músicas animadas e não só clássicas. Senão a aula fica monótona, desanimada e o ballet pode virar um drama em pouco tempo”, diz.

O ideal é que o aluno faça de duas a três aulas por semana. “Neste ritmo, certamente é possível substituir a musculação pelo ballet fitness, sem precisar de uma atividade complementar”, afirma. A prática só não é indicada apenas para pessoas muito lesionadas, que precisam tomar cuidados e conversar com o seu médico antes de começar.

Importância da flexibilidade corporal

yoga-702685_640

Ter flexibilidade é algo essencial para a nossa vida porque está diretamente relacionada à realização de tarefas simples do dia-a-dia, mas o que é ter flexibilidade afinal? Nada mais é do que a capacidade de mexer certas articulações com apropriada amplitude do movimento.

E como conseguir flexibilidade? Pode ser através de exercícios específicos de alongamento muscular em qualquer região do corpo, seja no pescoço, ombros ou até no pulso.

Por que é importante ter flexibilidade?

  • Porque proporciona o aumento da qualidade dos movimentos;
  • Melhora a postura corporal;
  • Melhora a quantidade de movimentos;
  • Previne cardiopatias e outras doenças;

exercise-86200_640

  • Produz sensação de rejuvenescimento;
  • Diminui os riscos de lesões;
  • Melhora as funções respiratórias;
  • Retarda a aparição da fadiga e ajuda na recuperação mais rápida.
  • Quais fatores influenciam na flexibilidade?

Sexo: geralmente as mulheres apresentam maior flexibilidade devido aos tecidos serem menos densos;

Idade: quanto mais idade menor a amplitude dos movimentos. Se iniciado treinamentos desde criança, maiores possibilidades terão de atingir maiores amplitudes;

beach-252698_640

Hora do dia: pela manhã, ao acordar, o corpo apresenta maior resistência aos movimentos de maior amplitude;

Temperatura: com o calor há um relaxamento da musculatura e assim o aumento da flexibilidade, inversamente há uma redução da elasticidade muscular no frio;

Individualidade biológica: pessoas de idade e sexo iguais podem apresentar graus de flexibilidade diferentes.

Veja as dicas para que tudo saia perfeito na hora de fazer seus alongamentos:

stretching-muscles-579122_640

  • não tenha pressa;
  • respeite sempre seus limites;
  • faça aquecimento antes, assim o corpo ficará mais alongado;
  • relaxe os músculos para poder alongá-los;
  • a dor é um alerta que seu organismo lhe manda;
  • a respiração deve se manter normal, não bloqueando o ar durante as posições;
  • observe as modificações que vão ocorrendo na medida em que você incorpora essa prática em sua vida.

“O caminho para uma boa flexibilidade corporal é a realização de alongamentos específicos diários, melhorando assim a qualidade de vida.”

Conteúdo original de Mais Equilíbrio