Tag: Natal

Receita: Chocotone Low Carb

  • 6 ovos;
  • 250 gramas de farinha de amêndoas;
  • 150 gramas de xilitol;
  • 1 colher de chá de goma xantana;
  • 2 colheres de sopa de fermento químico;
  • 1 colher de sopa de essência de panetone;
  • 100 gramas de chocolate 70% cacau;
  • 50 gramas de avelãs.
Modo de preparo:
  1. Em um recipiente e com o auxílio de um fouet, bata bem os ovos.
  2. Acrescente o xilitol, goma xantana, fermento e a essência, bata bem até que fique espumoso.
  3. Acrescente a farinha, chocolate, avelãs e com uma espátula mexa até incorporar todos os ingredientes.
  4. Disponha em forminhas de panetone (ou 1 de 500g, ou 6 de 100g). Eu fiz as pequenas e assei em forno pré aquecido à 200°C por 10 minutos, mais 20 minutos à 170°C.

Observação: Essa receita pode ser a base para a do panetone tradicional. Ao invés do chocolate, use frutas secas. Além disso, pode ser saborizada com raspas de limão, laranja ou rum.

Receita: Chocotone saudável

  • 1 xícara de mix de farinhas contendo : 1/4 xícara de polvilho doce; 1/4 xícara de polvilho azedo; 1/2 xícara de fécula de batata e 1 colher de café de goma xantana;
  • 120 gramas de batata doce cozida;
  • 1/2 xícara de de açúcar mascavo ou adoçante culinário;
  • 1/2 xícara de água;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de sopa de fermento químico;
  • 3 ovos;
  • 1 colher de chá de essência de panetone;
  • 1 colher de chá de vinagre;
  • 1/2 xícara de chocolate 70% cacau picado
Modo de Fazer:
  1. Em uma tigela, misture as farinhas, o açúcar, o fermento e o chocolate picado.
  2. No liquidificador, bata o restante dos ingredientes, e quando tiver bem homogêneo, despeje nas farinhas e incorpore bem.
  3. Coloque na forma própria para panetone, e asse em forno pré-aquecido em 180º por 40 minutos (pode variar conforme o forno);
  4. Agora é só decorar com chocolate 70% cacau derretido!

Receita de Monica Wagner

Receita: Cookies de Hortelã

de Food Network Br

Depressão de fim de ano

Conteúdo original Marisa Psicóloga
As festas de fim de ano não representam necessariamente apenas alegria, para muitas pessoas torna-se um período de muita angustia e muita ansiedade, pois pode ser o momento quando estas pessoas sentem que tem a “obrigação” de serem felizes quando na ralidade não consideram que tem motivos para isso. Inunda um sentimento de que se ela não estiver com a mesma alegria das outras pessoas então ele interpreta como sinal de que há algo muito errado com ela.
angel-1095739_960_720
Muitas pessoas não entram no famoso “espírito natalino”, não sentem a mesma a alegria que percebem nas outras pessoas. Este sentimento de falta de entrosamento com o que seria esperado seria mais ou menos o mesmo sentimento que aparece em algumas pessoas na sexta feira à noite, “Vou pra casa sozinho quando tem tanta gente se divertindo, eu estou aqui sozinho!”.
O mesmo pode acontecer na época do natal, parece que existe um “complexo de período perfeito” onde se é obrigado a ser feliz. Mas qualquer obrigação pode oprimir. É por isso que no período de natal, ano novo, festas em geral pode ser ao mesmo tempo um período no qual as pessoas esperam ansiosamente e ao mesmo tempo temem, sentem depressão, alguns passam por um verdadeiro terror fazendo contagem regressiva esperando a hora disso tudo acabar e poder voltar a rotina normal.
Tudo devido à ansiedade e medo sobre o que vai acontecer, ou o que não vai acontecer, pois este é o ponto principal, a frustração de não acontecer nada, não receber amigos, não receber presentes, não se perceber importante para ninguém.
Esta depressão de fim de ano pode ser canalizada de forma positiva e utilizada para que se reveja o que esta pessoa está fazendo de sua vida. Será que ela não passou o ano todo desperdiçando oportunidades para criar laços de amizade que valerão a pena ser comemorados no natal? Não será este o grande momento para aprender a lidar de forma diferente com a própria vida?
Entrevista cedida  para o Site Vila Mulher

TPN Tensão Pré-Natal

christmas-1103957_960_720

– O que é a TPN (tensão pré-natal)?

Psicóloga: São pensamentos antecipatórios quanto as exigências que a sociedade impõe sobre esta data.

– Muita gente começa a ver a decoração de Natal nas lojas e já entra no clima, só que ao mesmo tempo vê que o ano está acabando e não conseguiu resolver sua vida, seus projetos, pagar suas contas. Quais são os sentimentos que afloram nessas pessoas devido o período?

Psicóloga: Pode haver muita ansiedade, o que pode até ser boa ansiedade se usa-la para ação, ou seja, finalmente realizar aquilo que precisa mas empurrou com a barriga o ano todo. Mas esta mesma ansiedade pode ser muito ruim se paralisar a pessoa a ponto de se considerar uma total incapaz e alimentar pensamentos de auto boicote.

– O que a pessoa pode fazer para evitar que tais sentimentos surjam?

Psicóloga: Além dos sentimentos de “não realização” pode haver também os sentimentos de saudades das pessoas com as quais ele conviveu em outros natais mas neste a pessoa não está mais por perto, seja por morte ou por termino de relacionamento. De toda forma os sentimentos de fracasso podem surgir de vários lados.
Para evitar estes sentimentos pode ser  interessante que cada um viva sua vida com total consciência do que está fazendo. Se está comprando roupas que a deixará endividada é claro que no final do ano, época típica onde as pessoas fazem os respectivos balanços de suas vidas, esta divida poderá aparecer como um dedo apontando sobre seu nariz.
xmas-1092477_960_720

– O sentimento de angustia por não ter conseguido cumprir todas as metas até o fim do ano pode ser mais frequente em mulher ou em homens?

Psicóloga: O sentimento sim, mas o fato de não cumprir metas não é típico de mulher, e sim de algumas pessoas.

–  De que maneira as pessoas podem driblar ou controlar a tensão pré-natal?

Psicóloga: Não há receita que posa ser aplicada em todas as pessoas, mas talvez planejar desde o inicio do ano para que não fique nada para trás, trabalhar o outo conhecimento.

–  Além dessa cobrança por não ter atingido as metas, quais são os outros fatores negativos ou preocupações que a  TPN pode trazer para a vida da pessoa?

Psicóloga: Todo resultado negativo que pode aparecer no “balanço do ano”, namoros que não engrenaram, amigos que partiram, conversas que não tiveram, reações que não aconteceram por falta de coragem, etc.
advent-80125_960_720

– O fato de muitas lojas anteciparem as decorações pode agravar a TPN?

Psicóloga: O natal tem o efeito de estimular as emoções, e é claro que o comercio lucra com estas emoções pois creio que 90% de cada compra pode ser mais emocional do que representante de uma verdadeira necessidade. Sendo assim antecipar a decoração poderá antecipar todas as emoções, boas e ruins, referentes ao Natal.

*O material deste site é informativo, não substitui a terapia  ou psicoterapia  oferecida por um psicólogo.

Especial de Natal: Comer bem e com saúde

Conteúdo original Mais Equilíbrio

christmas-dinner-1003539_960_720

Geralmente, nesta época do ano, as pessoas exageram na alimentação. Comem tudo aquilo que sentem vontade. Mas assim como em todos os outros dias do ano, é importante ter moderação, ou seja, comer de tudo mas sem exageros. Para ter uma ceia equilibrada, é fundamental saber equilibrar a sua refeição.

No prato, deve constar um alimento de cada grupo: cereais (arroz, massas, batata, mandioca, etc.); carnes (carnes em geral), hortaliças (verduras e legumes, neste grupo você poderá ter mais de uma preparação), leguminosas (soja, feijão, ervilha e lentilha) e frutas.

goose-1064406_960_720

Uma dica interessante para que o seu prato esteja repleto de diferentes tipos de vitaminas e minerais é que ele esteja colorido, porque assim há o fornecimento de nutrientes diferentes.

Outro ponto importante é a quantidade. Para que você não adquira uns quilinhos a mais após as festas, não exagerar nas quantidade é fundamental. Comer de tudo mas em quantidades pequenas é o segredo para saborear todas as delícias, sem culpas.

white-791099_960_720

Pronto, agora que você já sabe todos os itens importantes para compor sua ceia para que ela esteja balanceada, vamos dar algumas dicas sobre como deve ser sua alimentação neste dias de festas:

  • Como a ceia é somente à noite, não fique o dia inteiro sem comer. Faça as refeições durante o dia normalmente, optando por consumir preparações leves.
  • Enquanto você elabora os pratos, evite ficar beliscando ou experimentando as preparações.
  • Durante a ceia, faça apenas 1 prato. Não fique repetindo.
  • Use e abuse das frutas e de sucos de frutas naturais.

christmas-stollen-1084954_960_720

  • Muito cuidado com a bebida alcoólica. Escolha apenas um tipo de bebida para consumir durante à noite e beba com moderação.
  • Quanto às sobremesas, dê preferência pelas frutas ou doces à base de frutas, como mousses, gelatinas e pudins, ao invés de doces muitos elaborados como pavês, tortas e etc. Evite repetir.

Seguindo as dicas e tendo uma ceia balanceada, conforme explicamos acima, você vai saborear de tudo, com saúde, sem ter que ficar preocupada em adquirir quilinhos extras.

Especial de Natal: Gelado de Abacaxi Light

Podem falar o que for, mas comer continua sendo um ato de comunhão e união. Uma mesa posta, distribuída de gente que compartilha dos mesmos sentimentos é puro amor. Ainda que não seja farta, nem muito refinada, o que importa mesmo é o vínculo que o momento proporciona. E no Natal não pode (nem deve) ser diferente. Nós colaboramos com uma receita bem deliciosa para adoçar a família: um gelado de abacaxi.

Essa é a versão Equilibre-se daquela já conhecida sobremesa de abacaxi, que leva creme branco, bolo e caldinha da fruta. Geladinho e molhadinho. É um repeteco: fiz no ano passado e foi sucesso. Porém, neste ano ela vem repaginada numa versão mais leve, com pouco açúcar e menos gordura.

Gelado de Abacaxi

 

Para a massa:

  • 1 ovo inteiro e 2 claras
  • 1 xícara de chá de açúcar refinado
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento biológico
  • Caldo de 1 laranja

Antes de começar, peneire o açúcar e a farinha, para uma massa mais leve e fofinha. Na batedeira, bata os ovos inteiros, em velocidade alta, até que fiquem com uma consistência nevada – fica uma massa leve numa coloração amarela bem clarinha. Acrescente o açúcar aos poucos (vai parecer uma gemada).

Tire da batedeira e acrescente aos poucos a farinha peneirada, para que não perca a leveza. Vá colocando e mexendo; assim que incorporar, coloque mais um pouco, até usar toda a farinha. Por último, acrescente o fermento e o caldo de uma laranja e incorpore delicadamente na massa.

Coloque em assadeira plana e untada. Asse em forno pré aquecido a 180ºC por, aproximadamente, 30 minutos ou até dourar a massa e o palito sair limpo.

Para o creme:

  • 1 lata de leite condensado light
  • 1 lata (ou caixinha) de creme de leite light

Numa panela, misture todos os ingredientes. Leve a panela ao fogo baixo, e mexa sem parar por cerca de 10 minutos ou até que engrosse – mas lembre-se que, depois de frio, o creme firma. Desligue o fogo e transfira o creme para uma tigela. Cubra com filme, encostando no creme, e leve à geladeira por no mínimo 30 minutos para esfriar.

Para a calda de abacaxi:

  • 1 abacaxi bem grande
  • 1/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 1/4 de xícara (chá) de rum (o álcool evapora, mas você pode usar uma essência)

Descasque o abacaxi e corte em fatias de 1 cm. Corte as fatias em tiras e as tiras, em cubos de 1cm. Numa panela, junte o abacaxi picado, o rum e o açúcar e leve ao fogo médio, mexendo de vez em quando, até que ele amoleça e forme uma calda, por cerca de 15 a 20 minutos. Passe o abacaxi cozido pela peneira e reserve a calda, que será usada para regar a massa. Transfira o abacaxi para outra tigela, cubra com filme e leve à geladeira para esfriar.

Montagem

  • 1/2 xícara de chá de coco fresco ralado ou 1 saquinho de 50 gramas de coco ralado não adoçado (opcional)
  • 1 xícara de chá de chantilly (opcional)

Passo a passo:

1. Corte o bolo ao meio, no sentido da largura. Forre um refratário de cerca de 20 x 30 cm com uma das metade. Regue metade da calda de abacaxi. Espalhe metade dos cubos e cubra com metade do creme. Coloque a segunda camada do bolo e repita o procedimento.

2. Se quiser, cubra com o chantilly. Se não, alise bem a última camada de creme para ter um bom acabamento. Leve à geladeira por no mínimo 2 horas e, na hora de servir, polvilhe o coco fresco ralado por cima.