Tag: passo a passo

Receita: Salada fácil de repolho (a melhor do mundo!)

Foto Instagram

Você, por acaso, tem preguiça de preparar salada de repolho porque dá trabalho, precisa cortar fininho, corre o risco de ficar indigesto etc, etc, etc?! Sendo a sua resposta ‘sim’ ou ‘não’, a sua vida vai mudar e ficar mais gostosa com essa receita facinha e saborosa de salada de repolho.🥗

Ela é de autoria da Paulinha Boque – para quem ainda não conhece, vale a pena ser seguidor(a), porque a Paulinha, essa maravilhosa, nada mais é do que a criadora da nossa tão querida crepioca! Por aqui foi testada e super aprovada! A combinação dos ingredientes dá um sabor todo especial ao repolho e deixa a salada versátil e crocante.

Salada de Repolho (A melhor do mundo)

  • 3 ou 4 dentes de alho picados ou ralados (quanto mais melhor😁)
  • a mesma proporção de gengibre picado ou ralado
  • Azeite
  • 1 repolho médio cru em pedaços grosseiros
  • sal a gosto
  • shoyu (molho de soja) e vinagre (o de seu costume)

Modo de fazer

  1. Frite o alho e o gengibre até dourar;
  2. Assim que dourar coloque o repolho na panela, um pouco de sal e mexa por uns dois minutos;
  3. Desligue o fogo, adicione shoyu (molho de seja) e vinagre à gosto e mexa novamente;
  4. Dica: coloque mais shoyu (molho de soja) do que vinagre, regando o repolho. Mexa e prove. Se precisar, acrescente um pouco  mais de cada um.
  5. Está pronta! Deixe esfriar e sirva!

Pular corda como atividade física

Por aqui é a atividade preferida! Confere muita eficiência num curto espaço de tempo, além de ser dinâmica e permitir que nós aproveitemos aquela playlist animadora que levanta qualquer astral! #amamos

Quer aprender também?! Dá uma olhada nas dicas e comece já!

Fonte: Minha Vida

Exercícios no trânsito: evite dores causadas pelo tempo excessivo no carro

Original em Minha Vida

Receita: Massa de Pizza com 2 Ingredientes

Final de semana pede uma pizza. Pelo menos para os paulistanos e alguns paulistas, como eu, essa é uma combinação que dá super certo. E não é porque nós fazemos dieta e mantemos uma vida saudável, que não podemos desfrutar desses prazeres da vida. Dá para comer pizza sim, feita em casa, rapidinho e bem nutritiva.

Há duas sugestões de preparo, por conta da dificuldade em encontrar os ingredientes. O grande segredo aqui, para não sair da linha, é escolher bem os ingredientes do recheio: aposte em queijos magros, frango, ovo e abuse dos legumes e verduras, como a rúcula, escarola, cebola, pimentão etc. O compartilhamento é do perfil Receitas da Di.

Massa de Pizza com 2 Ingredientes

Pizza
Reprodução Instagram
  • 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo integral com fermento
  • 1 xícara de iogurte grego natural
  • Sal a gosto

Se você não tiver farinha com fermento use essa receita aqui:

  • 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo integral
  • 1 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó
  • 3/4 colher (chá) de sal
  • 1 xícara de iogurte grego natural

Preparo (serve para ambas):
Misture o iogurte com 1 xícara de farinha numa tigela grande. Misture com a ajuda de um garfo (ou na batedeira) até ficar bem misturado. Lentamente, adicione a farinha restante, conforme necessário, até atingir a consistência certa. Dependendo do quão espesso for seu iogurte, você talvez precise usar mais farinha até dar ponto.

Transfira a massa para uma bancada enfarinhada e sove bem por 5 a 8 minutos. A massa deve ficar um pouco grudenta mas não ao ponto de grudar totalmente na sua mão. Deixe-a descansar por 15 minutos e abra no formato desejado. Coloque em uma forma e faça furinhos com garfo e leve ao forno por 6 a 7 minutos. Retire do forno, recheie a gosto e asse novamente, por 12 a 15 minutos ou até dourar.

Travesseiros aromáticos para dormir bem

Conteúdo original Mais Equilíbrio

As ervas aromáticas, ou ervas-de-cheiro, são plantas, geralmente de pequeno porte, que apresentam diversas utilizações e propriedades medicinais. Devido à sua composição e funções que desempenham na saúde, as ervas aromáticas são excelentes para a manutenção da saúde e bem-estar. Estudos sugerem que as substâncias fitoquímicas das ervas aromáticas são responsáveis no tratamento e prevenção de diversas dores e doenças crônicas com a sua função terapêutica.

bed-945881_640

Incluir essas plantinhas no dia a dia é uma ótima forma de promover bem-estar, equilíbrio e auxiliar no tratamento de insônia, dores de cabeça, TPM, depressão, ansiedade, entre outras patologias. E uma ótima forma de se deixar levar pelo delicioso aroma terapêutico das ervas é pelos travesseiros aromáticos.

Esses travesseiros terapêuticos possuem excelentes poderes de aromaterapia que agem no físico e na mente durante o sono. É uma ótima alternativa contra os stress, insônia, cólicas, problemas respiratórios e enxaquecas. A mistura de algumas ervas criam um delicado aroma que acalma a mente e traz uma sensação de bem estar, proporcionando um sono tranquilo, relaxante e suave.

pillow-59994_640

O cheirinho pode ser de alfazema, eucalipto, camomila – que são fragrâncias que nos acalmam, nos refazem e são excelentes na hora de dormir. Há também outras ervas que podem ser utilizadas no travesseiro aromático, cada uma de acordo com sua necessidade. Abaixo, as ervas e suas respectivas funções terapêuticas:

Travesseiro de flores de Alfazema – Auxilia no tratamento da insônia, depressão, problemas respiratórios e enxaqueca. Calmante das emoções e da mente.

pillow-706176_640

Travesseiro de flores de Camomila– Ajuda no tratamento da depressão, TPM, insônia, irritabilidade, stress e medo.

Travesseiro de flores de Macela – Auxilia no tratamento da insônia, irritabilidade, stress e problemas digestivos.

Travesseiro de Alecrim – Ajuda no tratamento contra a depressão, desânimo e tristeza.

Como fazer um travesseiro aromático?

lavender-823600_640

Para fazer um travesseiro aromático, você precisará de alguns materiais:
  • Dois quadrados de tecido para costurar
  • Flores secas de camomila/alfazema/alecrim/macela (da sua escolha)
  • Linha e agulha
Com os dois quadrados de tecido, costure três dos lados, formando um envelope. Disponha as flores secas de camomila dentro deste tecido. Costure o quarto lado. Insira dentro da fronha. Retire e descarte quando não houver mais aroma.
Qual você escolheria?

Receita: Bolo Gelado de Coco

Mês passado teve comemoração de aniversário aqui em casa e é claro que não poderia faltar o componente principal, o bolo! O pedido do aniversariante foi deliciosamente nostálgico: bolo gelado, e molhado, de coco enroladinho no papel alumínio! Dá ou não dá saudades da infância?! Viajei no tempo e lembrei dos aniversários da rua, que reuniam a criançada toda, com direito a todos os tipos de brincadeiras e bailinho na garagem! ❤ ❤ ❤

birthday-cake-380178_640

E, mesmo sendo muito fã desse bolo, por incrível que pareça, eu nunca tinha reproduzido essa receita. Nunca fiz! Sempre foi o tipo de sobremesa que comi em festinhas de terceiros ou em reuniões/ ocasiões em que alguém serviu esse bolo. Foi a primeira vez que fiz e deu super certo! O que me encoraja a vir compartilhar com vocês. Funciona, a gente posta!

Assim como uma parte das coisas muito gostosas da vida, esse bolo não é light, diet, nem fit. É padrão delicinha mesmo! Mas, conforme falamos constantemente por aqui, nada impede que você faça as alterações para adaptar as receitas as suas necessidades. Acredito que é possível trocar o açúcar branco por uma versão mais saudável ou mesmo adoçante forno e fogão, e o leite condensado comum pelo light, que é reduzido em teor de gordura.

20151027_183534

Eu mesma fiz uma alteração na quantidade original de açúcar: pedia 2 xícaras e eu reduzi para 1 xícara e 1/2 prevendo que ficaria muito doce, já contando com todo o açúcar da calda com leite condensado. Se você prefere bolos pouco doces pode reduzir ainda mais e usar até 1 xícara de açúcar, que vai ficar bom. Na quantidade que eu usei ficou um doce nível paladar infantil, mas não a ponto de ser enjoativo, sabe?! Ali, na medida, entre doce e muito doce enjoativo.

A massa é bem básica e fácil de fazer; não vai leite, nem manteiga/margarina, então os intolerantes a lactose podem se jogar – só precisam adaptar a cobertura ou servir acompanhado de sorvete e calda de frutas. Gostei muito dessa massa e, inclusive, ela já está escalada para integrar minha sobremesa de Natal (gente do céu, o ano voou!), um gelado de abacaxi numa versão bem leve e saudável, que também pretendo postar. Vamos lá?!

Bolo Gelado de Coco

20151027_185444

Receita original do site Panelinha

Para a massa:

  • 3 ovos inteiros
  • 2 xícaras de chá de açúcar refinado (Usei 1 e 1/2)
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento biológico
  • Caldo de 1 laranja

Para molhar o bolo e cobertura:

  • 1 lata/caixa de leite condensado (Usei menos também, cerca de 2/3 da caixinha, um pouco mais da metade)
  • 1 vidro de leite de coco pequeno
  • A mesma medida do vidro de leite de coco com leite de vaca (usei desnatado comum)
  • Coco ralado úmido, em flocos 

Antes de começar, peneire o açúcar e a farinha, para uma massa mais leve e fofinha. Na batedeira, bata os ovos inteiros, em velocidade alta, até que fiquem com uma consistência nevada – fica uma massa leve numa coloração amarela bem clarinha. Acrescente o açúcar aos poucos (vai parecer uma gemada).

20151027_162048

Tire da batedeira e acrescente aos poucos a farinha peneirada, para que não perca a leveza. Vá colocando e mexendo; assim que incorporar, coloque mais um pouco, até usar toda a farinha. Por último, acrescente o fermento e o caldo de uma laranja e incorpore delicadamente na massa.

Coloque em assadeira plana e untada. Asse em forno pré aquecido a 180ºC por, aproximadamente, 30 minutos ou até dourar a massa e o palito sair limpo. Deixe esfriar; depois de frio, fure todo o bolo com um garfo.

20151027_165600

Para a calda:

No liquidificador, bata uma lata de leite condensado com um vidro de leite de coco e a mesma medida (do vidro de leite de coco) de leite. Bata até ter uma mistura homogênea e regue o bolo com essa calda. Espalhe o coco ralado por toda a extensão do bolo.

Corte em quadrados de tamanho de sua preferência (eu dividi em 12 pedaços) e envolva um a um em papel alumínio. Leve a geladeira por, pelo menos, 2 horas e sirva geladinho.

20151027_191206 cópia

Fica muito bom, de comer rezando! Comi um monte e ainda sonho com ele. Maravilhoso! 😉