Tag: pêra

O que é que tem em abril?!

Foto de Daniela Cunha

Alimentos: Alternativas saudáveis aos altos preços

Conteúdo original Mais Equilíbrio

De março do ano passado até março deste ano, os preços dos alimentos chegaram à mesa do consumidor com aumento de de mais de 30%. O IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) revela que os preços subiram 6,34% até março deste ano, contudo, estudos de economistas da Universidade de São Paulo revelam que os preços de frutas, legumes, verduras e alguns cereais, dentre eles, arroz e feijão, acumularam altas de 33,36%.

O preço do tomate, por exemplo, um dos frutos que mais figuravam no prato dos brasileiros, mais que dobrou de preço no período de um ano, com alta de 105,87%. A batata virou outra vilã na alimentação e passou a pesar do bolso, já que ficou 86,51% mais cara.  Com este cenário, fica a dúvida: como driblar a inflação e não faltar alimentos essenciais para manter uma boa nutrição em dia? Se por um lado, comerciantes e feirantes tentam adotar medidas de controle de preços, os consumidores buscam alternativas para não deixar cair a qualidade nutricional dos pratos no dia a dia.

Uma alternativa para substituir frutas que estão caras é optar pelas frutas da estação, como é o caso da goiaba, da ameixa e da uva. E como é possível substituir alimentos caros por aqueles que ofereçam as mesmas vitaminas, minerais e nutrientes por um preço mais em conta?

Laranja pera por…

Manga, melão e kiwi, que, assim como a laranja, são fonte de vitamina C. A vitamina C tem poder antioxidante e é essencial para a saúde dos ossos e dos vasos sanguíneos.

Abacaxi por…

Ameixa, que tem grande quantidade de vitamina C, além das vitaminas do complexo B. Assim como o abacaxi, a ameixa é uma fruta que auxilia na digestão e no trato intestinal.

Tomate por…

Pepino, que apesar de ter um gosto completamente diferente do tomate, tem o mesmo valor nutricional e contém vitamina C. A cenoura, um legume que está mais em conta, pode substituir o tomate como suprimento de vitamina C, vitamina E e betacaroteno.

Abobrinha por…

Abóbora nacional, fonte de fibras, vitamina C e outros nutrientes fornecidos também pela abobrinha.

Batata inglesa por…

Batata doce ou inhame. Assim como a batata inglesa, a batata doce e o inhame são ricos em carboidratos, contudo, a batata doce é ainda mais nutritiva que a inglesa, sendo fonte de cálcio, fósforo, potássio, ferro, vitaminas A, C e E, além das do complexo B.

Biotipo: Você sabe que exercício mais combina com o seu?

Conteúdo original Mais Equilíbrio

woman-595599_640

Muitas pessoas sentem a necessidade de agrupar indivíduos em função da sua constituição física ou biotipo. As divisões em gordo, magro, alto, baixo, forte, fraco eram feitas antes através da observação. Hoje, métodos mais modernos fazem essa avaliação, uma delas é a somatotipológica, que denomina a composição corporal das pessoas.

De acordo com esta avaliação, os indivíduos foram divididos em três condições diferentes:

Endomorfo dominante

Apresenta como principal característica, o arredondamento das curvas corporais. Geralmente apresenta cabeça larga e arredondada, pescoço curto e grosso, tórax grosso e largo, braços curtos, abdômen largo, cintura ampla, nádegas e pernas grossas e largas. Um indivíduo obeso é um bom exemplo da endomorfia. Treinamento: Exercícios aeróbios de cinco a seis vezes por semana, de 30 a 60 minutos. Musculação três vezes por semana e alongamentos antes e depois dos exercícios.

Mesomorfo dominante

Dentre as principais características destacam-se o grande relevo muscular, com contornos predominantes na região do trapézio, deltóide e abdominal, bem como estrutura óssea mais maciça, volume do tórax sobreposto ao abdômen. Porcentagem de gordura corporal baixa. Os atletas são bons exemplos de mesomorfia. Treinamento: Exercícios aeróbios de cinco a seis vezes por semana, de 30 a 60 minutos. Musculação quatro vezes por semana e alongamentos antes e depois dos exercícios.

kettle-bell-592905_640

Ectomorfo dominante

Estrutura corporal frágil, delicada, com segmentos finos, nariz e pescoço finos, tórax aplainado e longo, ombros arredondados, braços longos e finos. O indivíduo magro é um bom exemplo de ectomorfia. Treinamento: Exercícios aeróbios três vezes por semana por 30 minutos. Musculação quatro vezes por semana e alongamentos antes e depois dos exercícios.

Esta avaliação, feita principalmente nos homens, se tornou deficiente. Obter informações corretas sobre o tipo corporal deve ser feita com base na medição da sua estatura, peso (medido por meio de balança ou estadiômetro), dobras cutâneas (medidas através de espessímetros, compassos ou plicômetros), diâmetros (medidos através de paquímetros), perímetros (através de fita métrica) e das medidas antopométricas.

training-603981_640

Como você pode ver esse procedimento é muito complexo, por isso deve ser feito por profissionais competentes. Nas academias, além desta análise, você faz um teste ergométrico, uma avaliação postural e testes das valências físicas, incluindo força, resistência muscular localizada, flexibilidade, resistência anaeróbia e resistência aeróbia podendo ser analisado também a velocidade, a potência, a agilidade, o ritmo, o equilíbrio e a coordenação.

Muitas mulheres procuram treinos para o tipo pêra (mais finas nos membros superiores e largas nos membros inferiores) ou maçã (mais largas nos membros superiores e estreitas nos membros inferiores). Aqui, o ideal também é fazer uma avaliação completa como a citada acima. Sem esquecer de mudar o seu treino a cada dois ou três meses para dar novos estímulos ao corpo.

Tipo pêra: Exercícios aeróbios de cinco a seis vezes por semana, de 30 a 60 minutos. Musculação quatro vezes por semana com treinos de resistência para os membros inferiores e de hipertrofia para os membros superiores. Alongamentos antes e depois dos exercícios.

Tipo maçã: exercícios aeróbios de cinco a seis vezes por semana, de 30 a 60 minutos, musculação quatro vezes por semana com treinos de resistência para os membros superiores e treinos de hipertrofia para os membros inferiores e alongamentos antes e depois dos exercícios.

Cada pessoa tem uma estrutura, por isso cada caso tem que ser avaliado individualmente, de preferência, por um bom profissional.

Receita DIY: Overnight Oats, uma delícia em camadinhas

Tem sensação melhor do que comer algo bem gostoso tendo certeza de todos os benefícios embutidos? E ter a possibilidade de produzir comidinhas saudáveis com ingredientes simples e caseiros, mas sem abrir do sabor, não tem preço! Nesse embalo, o assunto de hoje são os Overnight Oats, uma espécie de pavê do bem, que dorme na geladeira e acorda maravilhoso, todo trabalhado na delícia.

breakfast-655894_640

Eu já tinha visto por aí na rede, já que ele conquistou muitos adeptos que registram e postam foto desses potinhos tão caprichados e coloridos, mas nunca havia me arriscado a fazer. Nesse fim de semana, tendo algumas opções de fruta e os ingredientes bases disponíveis, resolvi me arriscar. E amei o resultado! Consumi no café da manhã de domingo e achei muito muito bom!

O bacana é que ele representa uma mistura de elementos importantes para a alimentação, como derivados lácteos, sementes e frutas, que se combinam num resultado surpreendente, que pode substituir qualquer sobremesa gordinha sem nenhum prejuízo, tanto na beleza, como no paladar.

DSC01504

Você pode montar o seu personalizado de inúmeras formas e arranjos. A minha foi feita com iogurte natural zero, meia pera, meia maçã, creme de alfarroba, chia, aveia e um toque de doce de leite, pra dar um charme (e calorias extras). Fui intercalando iogurte, chia e aveia com as frutas, o creme e uma ponta da colher de sopa de doce de leite em cada camada, finalizei com iogurte, aveia e uma colherinha de chá de linhaça. Ma-ra-vi-lho-so! Tente você também! Há diversas possibilidades e é surpreendente. Não deixe de provar!

DSC01505

Aqui vão algumas sugestões postadas pela musa querida Paulinha Boque:

Monte camadas, sugestão básica:

  • Use 2 colheres de aveia ou farelo de aveia como base, umedeça com 6 colheres de sopa de leite desnatado ou o suco de meia laranja
  • Fruta picada
  • 1/2 Iogurte zero gordura
  • Fruta picada
  • 1/2 Iogurte zero gordura
    Você também pode usar chia, sementes de girassol ou gergelim.

Overnight Oats, opção 1:

  • 2 colheres de sopa de farelo de aveia ou aveia com o caldo de 1/2 laranja (a outra metade da laranja esprema em uma colher de sopa de chia e deixe hidratando, depois misture com 1 grego light)
  • 1/2 banana prata em rodelas
  • 1/2 grego com a chia
  • A outra metade da banana
  • 1 colher de sopa de granola
  • A outra metade do iogurte com chia

Overnight Oats, opção 2:

  • Mingau de: 2 colheres de aveia + água + cacau em pó + adoçante deixa esfriar
  • 3 morangos picados
  • 1/2 iogurte light de coco
  • 1 colher de sopa de granola
  • 3 morangos
  • A outra metade do iogurte

Overnight Oats, opção 3:

  • 2 colheres de sopa de aveia com leite
  • 3 uvas roxas grandes cortadas ao meio e sem sementes
  • 1/2 grego zero misturado com chia
  • 1/2 colher de sopa de manteiga de amendoim
  • A outra metade do grego com chia
  • 1/2 banana em rodelas

Há diversas possibilidades e é surpreendente. Use gelatina, pudim light, cremes… Só não deixe de provar!

Frutas que saciam a fome e a vontade de doces

Pode confessar: é difícil resistir a um docinho depois das principais refeições, né? Mais complicado ainda é não deixar de desejar uma gostosura quando passa em frente a uma daquelas vitrines pecaminosas de padaria ou doceria. Mas, acredite, amenizar o formigueiro pode ser mais fácil e barato do quer as receitas lights e fits. Basta não ignorar o poder maravilhoso das frutas para espantar a fome e a ânsia pelos doces.

Um dos grandes segredos de quando se está focado em um determinado objetivo é cercar-se daquilo que vá agregar benefícios a você. E essa afirmação vale para além do cardápio, diz respeito a pessoas, ferramentas, ideias, informações, ambiente etc. Claro que não é diferente com a alimentação.

fruit-634364_640

Carregar uma fruta na bolsa ou sempre ter alguma opção à mão no local de trabalho é uma ótima oportunidade para uma alimentação sadia e regrada. Além de ser uma porta aberta para o consumo de coisas que você não comeria se houvesse qualquer outra alternativa.

A característica comum entre as frutas descritas abaixo é o alto teor de fibras, que atuam na saciedade e no estímulo à eliminação das gorduras. São elas:

Ameixa

plums-472950_640Muito nutritiva, a ameixa é rica em ferro, cálcio, fósforo, vitaminas C, E e do complexo B, zinco, magnésio, potássio e betacaroteno. Tem poder antioxidante, repõe nutrientes minerais e estimula o sistema imunológico a combater gripes, tosses, cólicas, gastrites e demais problemas digestivos.

Tangerina

Além de saborosa, a tangerina é fonte de vitaminas A, B e C, minneola-429383_640assim como cálcio, fósforo, ferro, sódio e potássio. Vale lembrar que para maior ingestão e aproveitamento das fibras existentes nessa fruta, é preciso comê-la inteira, com toda a película e filamentos que envolvem os gominhos.

Laranja

orange-15046_640É uma fruta riquíssima nutricionalmente, contém vitaminas A, B1 e C, cálcio, potássio e folato. Suas propriedades auxiliam na diminuição do colesterol.

Morango

Bastante indicado para dietas de emagrecimento, o morangostrawberry-586267_640 ajuda a prevenir doenças cardíacas e câncer, problemas nos rins e de pele, anemia, e reduz o colesterol. É rico em vitaminas B5 e C, potássio e ferro.

Goiaba

guava-215047_640A goiaba age no combate a infecções e hemorragias, ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim e no emagrecimento. Ela é rica em cálcio, zinco, ferro, fósforo e vitaminas A, B1 e C.

Pêra

Auxilia a regular o aparelho digestivo e o sistema nervoso, devidofood-2280_640 à concentração de todas as vitaminas do complexo B. É indicada para os adeptos de dieta de redução de peso e diabéticos. Também é benéfica nos casos de prisão de ventre, inflamação do intestino, tratamento do aparelho urinário e próstata. A pêra contm vitaminas A e C, enxofre, cálcio, potássio, sódio, silício, ferro e magnésio.

Melão

mat-354034_640O melão é um aliado na desintoxicação alimentar e contra a obesidade. É uma fruta hidratante e muito nutritiva. Possui vitaminas A, B1, B2, B5 e C, ferro, betacaroteno, cálcio, magnésio, potássio e fósforo.