Tag: persistir

Música (sempre!) para turbinar o desempenho da atividade física

Quantas vezes você já se sentiu forçado pela consciência a ir malhar ou praticar qualquer outra atividade, mas a o desânimo falou mais alto? Já tentou dar às mãos à uma playlist caprichada e cheia de músicas motivadoras para dar aquele empurrãozinho mais forte do que a preguiça? Não? Pois pesquisas garantem que a música pode turbinar o seu desempenho na malhação e tornar a vida mais fácil.

headphones-592196_640

Um estudo da Universidade Estadual da Bahia (UESB) constatou que ouvir música enquanto faz exercícios pode aumentar o desempenho em até 15%. Outro levantamento, britânico, verificou que a música reduz a percepção do esforço em 10% e aumenta os batimentos cardíacos, o que evita a fadiga e atua na motivação do praticante.

Combinar o ritmo com a intensidade da atividade também é vantajoso: essa escolha ajuda na concentração com os movimentos e a execução, essenciais para a efetividade dos exercícios e proteção das áreas sensíveis a lesões.

desk-602980_640

Além disso, a música eleva o estado de humor e entretém, o que auxilia a transformar a atividade chata e cansativa em algo prazeroso e positivo. Então, está aí um motivo a menos para resistir à prática de atividades físicas. Escolha um bom fone e mergulhe no prazer de uma música que te anime e estimule.

Para te ajudar a começar, ou mesmo manter o pique, bolamos uma playlist com músicas recheadas de palavras motivacionais, que vão, inconscientemente, te impedir de chutar o tênis pra longe e continuar persistindo na suadeira.

Se você ainda não sabe como ouvir músicas por este aplicativo, clique aqui.

Recomeçar

Porque todos os dias temos direito a um novo recomeço. Não só às segundas-feiras, mas todos os dias. E hoje é um ótimo momento para refletir, aprumar e se reencaminhar, caso seja necessário.

Texto original de Paulo Roberto Gaefke

seaside-371229_640

“Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”. Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida e o mais importante: acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes? É por que fechaste a porta até para os outros. Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.

Pois é! Agora é hora de iniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo. Que tal um novo emprego? Uma nova profissão? Um corte de cabelo arrojado, diferente? Um novo curso, ou aquele velho desejo de apender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa? Olha quanto desafio. Quanta coisa nova nesse mundão (…) te esperando.

sunset-401541_640

Tá se sentindo sozinho? Besteira! Tem tanta gente que você afastou com o seu “período de isolamento”, tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar” perto de você. Quando nos trancamos na tristeza nem nós mesmos nos suportamos. Ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca ficar amarga.

Recomeçar! Hoje é um bom dia para começar novos desafios. Onde você quer chegar? Ir alto. Sonhe alto, queira o melhor do melhor, queira coisas boas para a vida. Pensamentos assim trazem para nós aquilo que desejamos. Se pensarmos pequeno, coisas pequenas teremos. Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental. Joga fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes, fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens, e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados. Jogue tudo fora. Mas, principalmente, esvazie seu coração. Fique pronto para a vida, para um novo amor.

ceramics-490822_640

Lembre-se somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes. Afinal de contas, nós somos o “Amor”.”

Reinvente-se todos os dias e dê o seu melhor de braços abertos para a vida. Não se deixe influenciar pelo humor ou energia dos outros. Siga seguro e sabendo aonde quer chegar. Equilibre-se!

Como construir (ou desistir de) um hábito

Fonte: Quick and Dirty Tips
T
radução livre de autoria do blog

Quando o ano começa todos somos tomados pelo otimismo e pela força de vontade. Nos decidimos a fazer tudo que não fizemos, entrar em forma, emagrecer, terminar ou iniciar um relacionamento, trocar de emprego… Mas, semanas depois, começamos a perceber que é mais fácil falar sobra a mudança do que realizá-las.

sunrise-165094_640

Pensando nisso, listamos cinco passos para te ajudar a começar a construir o caminho para conquistar aquilo que deseja (e descobrir se realmente deseja):

Passo #1: Questione com sinceridade

Certifique-se que é algo que você realmente quer. Pergunte-se: Por que estou fazendo isso? Se a resposta começa com um algo como: “Bem, provavelmente seria bom se eu …”, ou “eu deveria talvez …”, pode ser a hora de repensar.

Além disso, para quem você está fazendo? Se ninguém pudesse vê-lo e lhe fosse garantido não receber qualquer tipo reconhecimento, você ainda faria? Se ao responder sentir-se duvidoso ou extremamente inseguro (de um jeito ruim), considere mudar seu objetivo para um que lhe faça sorrir e brotar borboletas em seu estômago.

Passo # 2: Torne seu objetivo específico

Muitas vezes nossos objetivos são vagos e essas ideias são difíceis de realizar. É hora de concretizar. A meta concreta é aquela que você pode medir ou observar. Assim, “Perder peso” torna-se “Vestirei o tamanho 36” e “Socializar mais” vira “Vou participar de grupos comunitários e manter amizades”, por exemplo.

Passo # 3: Divida a meta em pequenas etapas

Se você se sente ansioso(a), relutante ou intimidado(a) por uma meta a que se propõe a longo prazo, divida-a em pequenas etapas. Você deve aumentar o foco, mas para menos. Não é preciso enxergar toda a floresta, nem mesmo uma árvore. Você deve focar em uma folha ou um galho. Aproximar-se da menor etapa e trabalhar nela permite-lhe esquecer o resto da meta e impede-lhe de sentir-se sobrecarregado.

beach-394503_640

Se ainda assim, sentir-se um pouco pressionado ou resistente a cada passo, divida ainda mais. Ninguém precisa saber dos seus métodos, nem tem o direito de lhe cobrar, a não ser você mesmo.

Passo # 4: Torne seu plano insensato

Se não é conveniente e fácil, você não está buscando estabilizar a mudança. Se você tem um objetivo recorrente, vincule-o a algo que você já faz rotineiramente. Isso muitas vezes requer algumas modificações em seu entorno para incluir sugestões ou lembretes. Por exemplo, se o objetivo é lembrar de tomar um medicamento frequentemente esquecido, vincule-o a escovar os dentes de manhã e coloque a embalagem perto de sua escova.

Alterar seu entorno ou rotina para tornar as coisas conveniente pode exigir algum inconveniente substancial no início. Mas uma vez que tudo é automatizado, vinculado, e conveniente, seus hábitos já estabelecidos serão assimilados e impulsionados.

Passo # 5: Parecerá errado e estranho à primeira vista

Nas primeiras vezes que você fizer coisas novas, não será particularmente gratificante. Na primeira aula de pilates, por exemplo, você não saberá qual equipamento usar. A primeira reunião no clube do livro será um pouco estranha. Durante a tentativa de escrever cartões de aniversário, você possivelmente acabará navegando no Facebook. Não importa o que você tente, provavelmente estará ansioso(a). É nesse momento que a imperfeição é incentivada. Por isso, permita-se errar, estragar tudo e fazer mal feito. Basta continuar persistindo, buscando melhorar, para ver o que acontece.

career-516949_640

Vá em frente, comprometa-se com a mudança, reflita sobre os 5 passos e seja vitorioso(a).