Receita: Coxinha de Abóbora

Autoria de Nathália Araujo, do Cozinha Fit e Fat
  • 500g abóbora cozida sem casca
  • 1 ovo
  • 1 xícara de farinha de aveia
  • Sal rosa e ervas finas a gosto
  • 1 xícara de frango cozido desfiado e temperado
  • Farinha de linhaça para empanar
Foto reprodução

 

  1. Amasse a abóbora cozida e misture-a com o ovo e a farinha de aveia.
  2. Transfira para uma panela, tempere com sal e ervas finas a gosto.
  3. Cozinhe em fogo baixo até que a massa desgrude da panela.
  4. Transfira para uma tigela e reserve na geladeira por 1 hora.
  5. Besunte as mãos com azeite de oliva, pegue uma porção de massa de abóbora e recheie com uma porção de frango desfiado. Feche e modele em formato de coxinha.
  6. Obs: o tamanho da coxinha e a quantidade do recheio é a gosto.
  7. Empane na farinha de linhaça e leve para assar em forno médio por 35 minutos.
  8. Conserve na geladeira por 5 dias.
Rendimento: 8 coxinhas
Anúncios

Especial de Natal: Bolinhos para a ceia

christmas-1046072_640

Me amarrota, porque eu estou passada! O ano acabou. Passou, foi… Natal já! Será que eu dormi demais?! Não sei, heim. Passou muito rápido! E olha que eu não sou daquelas pessoas que fala isso todo ano. Enfim, né. Não há o que fazer. Apenas aceitar e, é claro, pensar na parte boa: comidinhas natalinas! No sábado passado já iniciamos as dicas de comilança para o Natal e hoje não vai ser diferente. O objetivo é trazer o máximo de sugestões e ideias que possam ser aproveitadas. Para hoje temos bolinhos, que podem ser servidos de entrada, ou petisco, na ceia.

Uma das receitas é do clássico bolinho de bacalhau reinventado, sem batata, assado e combinado com couve-flor. A outra opção é mais leve, e fácil, ainda, para vegetarianos e adeptos da vida saudável: bolinho de arroz integral, também assado, com aveia e queijo.

Tudo bem prático, sem ingredientes complicados, rápido de fazer e versáteis. Bora aprender!

Bolinhos de Bacalhau com Couve-flor

Reprodução Guloso e Saudável

Receita original de Guloso e Saudável
Rende 35 bolinhos

  • 500 gramas de Couve-flor (congelada ou fresca);
  • 300 gramas de Bacalhau dessalgado cozido;
  • 1 Cebola ralada;
  • 1 colher de sopa de Azeite de oliva;
  • 2 dentes de Alho;
  • 1 colher de sopa de Salsa, sem picar;
  • 1/2 colher de chá de Pimenta-do-reino;
  • 2 Ovos;
  • 100 gramas de Farinha de trigo integral.
  1. Preaqueça o forno a 240°C.
  2. Higienize a cebola, a couve flor, os alhos, a salsa. Descasque e rale a cebola, pique a salsa e esprema os alhos.
  3. Cozinhe a couve flor e depois passe-a no processador ou ralador. Reserve.
  4. Desfie o bacalhau. Reserve.
  5. Doure a cebola e o alho no azeite. Junte o bacalhau, a pimenta e continue a mexer por 5 minutos. Deixe amornar. Bata ou processe os ovos e a couve flor. Acrescente o bacalhau e a salsa e bata também. Transfira para uma tigela, junte a farinha de trigo e misture bem.
  6. Feito isso, unte as mãos com óleo ou margarina e modele os bolinhos, ou use 2 colheres de sobremesa.
  7. Por fim, disponha numa assadeira untada e polvilhada com farinha de trigo integral. Pincele os bolinhos com gema de ovo (opcional).
  8. Leve-os para assar por 20 minutos ou até ficarem dourados. Desligue e deixe-os dentro por 10 a 15 minutos. Está pronto!

Bolinhos de Arroz Integral Assados

Reprodução Guloso e Saudável

Receita de Guloso e Saudável
Rende 22 bolinhos

  • 600 gramas de Arroz integral cozido;
  • 4 colheres de sopa de Aveia em flocos;
  • 1 Ovo médio;
  • 2 colheres de sopa de Queijo parmesão ralado.

 

  1. Preaqueça o forno a 210°C.
  2. Utilize o arroz temperado ao seu gosto.
  3. Numa tigela misture bem todos os ingredientes com as mãos.
  4. Molde bolinhas do tamanho que quiser, nesse tamanho da foto, rende 22 bolinhos.
  5. Unte uma assadeira antiaderente com azeite.
  6. Leve ao forno por cerca de 25 minutos, desligue o forno e deixe mais 10 minutos. Sirva em seguida!

Comes especiais: Árvore de Natal para petisco

Conteúdo original Mais Equilíbrio
Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

O Natal está chegando e com ele, o medo de ver o ponteiro da balança subir. E não é à toa. A época é recheada de alimentos típicos ricos em calorias, o que não combina nada com o verão, certo? No entanto há diversos alimentos que podem ser substituídos por mais saudáveis, com poucas calorias. Veja algumas ideias de como decorar sua mesa com uma árvore de Natal parapetisco com alimentos saudáveis:

Árvore de Natal com frutas

Em vez de fazer espetinhos de frutas, você pode lançar mão de uma árvore de Natal. Ela pode ser feita com base de isopor (à venda em casas de decoração de festas), espetada com diversas frutas. As uvas e os morangos, ricos em antioxidantes, têm cores que combinam com o Natal. Já a carambola, rica em vitamina C, dá uma bela estrela no topo da árvore. Para esta árvore, você pode usar uma maçã e uma cenoura como base.

Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

Árvore com vegetais

Aproveite que o verde é a cor predominante do Natal e invista nos vegetais e folhas para fazer sua árvore de Natal comestível. Nesse caso foram usados brócolis e tomates e o resultado ficou bem bonito.

Árvore de queijos

Os queijos também são bastante consumidos no Natal. Eles são ricos em proteínas, mas ao mesmo tempo, em gorduras também. Para não riscá-los do cardápio, a dica é mesclar com outros ingredientes, como tomates e uvas, por exemplo.
Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

Árvores de folhas

As folhas são ideais para quem quer dar leveza à decoração da mesa. Aposte na alface verde e no roxo, para colorir o resultado. Agrião e espinafre também são boas opções. Quem quiser uma árvore mais saborosa ainda pode apostar nos legumes, como couve-flor e cenoura.

Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

Árvore de maçã

Essa árvore de maçã é ideal para enfeitar uma mesa de sobremesa, incentivando as pessoas a comerem a fruta também.

Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

Árvore de Natal tropical

Que tal uma árvore com mais cara de Brasil? Monte a sua com frutas de cores bem brasileiras, como limão siciliano, maçãs laranja, etc. Colocar a fruta inteira na árvore pode ser mais prático do que picotá-la.

Árvores de Natal comestíveis para enfeitar sua mes

 

Receita: Batata palha caseira

DSC01790

Que atire a primeira pedra quem não gosta de batata-frita. Não tem como né?! É um petisco irresistível que vai bem com tudo e a qualquer hora. Podemos dizer o mesmo da batata palha, uma iguaria que tem o poder de incorporar sabor e crocância a qualquer acompanhamento. E, acredite, você consegue fazer em casa tão crocante e gostoso quanto as industrializadas.

O primeiro passo é escolher o tipo ideal de batata, que são as que possuem pouca água, como a Barraca ou Asterix (aquela rosadinha), isso porque elas fritam por igual e ficam mais sequinhas. Já o segundo passo, superimportante, é acertar o formato, que pode ser feito com ralador ou a mão livre, com faca bem afiada.

Se a sua escolha (como a minha) for pelo ralador, o mais indicado é usar o ralo grosso e fatiar as batatas pelo sentido longitudinal, de comprido (como exemplifica a foto).

montagemralador

Se você não tiver ralador e optar pela faca, segue mais ou menos o mesmo princípio: corte as batatas em fatias finas, também no sentido de comprido, e depois corte em tirinhas, olha só:

batatas
Reprodução Ig

O pulo do gato aqui, aquele segredinho que deixa a batatinha crocante e sequinha, é o descanso antes da fritura. As batatas já cortadas devem repousar por alguns minutos em água com gelo. Para acelerar esse processo de ‘refresco’, você pode colocar uma pitada de sal na água.

Reprodução Ig
Reprodução Ig

Batata palha caseira

DSC01789

Rende 2 porções

  • 3 batatas  (barraca ou asterix)
  • Água e gelo
  • Óleo o suficiente para cobrir dois dedos da panela
  • Sal a gosto

As batatas podem ser usadas com ou sem casca,tá?! É de sua preferência. Então, recapitulando: corte as batatas, no ralador ou na faca e coloque num recipiente com água e gelo e uma pitada de sal. Deixe descansar por uns 10 minutos. Antes de fritar, seque rapidamente com um pano de prato limpo. O óleo deve estar bem quente e as batatas ainda frescas. Esse choque térmico é importante para garantir a crocância! Fique de olho para não queimar, pois elas atingem o ponto rápido. Deixe escorrer um pouco na escumadeira e coloque sobre papéis absorventes para eliminar o excesso de óleo.

DSC01792
O resultado da batata no ralador grosso

Sardela: antepasto de sardinha ou aliche

Às vezes você se sente meio enjoado de comer sempre as mesmas coisas? De não sair do requeijão/ margarina/ ricota/ coalhada para passar no pão ou na torrada. É bom ter novidade pra comer, não é?! Um negocinho gostoso, diferente e saboroso para animar a hora mais feliz do dia (que é a da comilança)… A gente tem uma sugestão: sardela!

Reprodução do site Cozinhando para 2 ou 1

Não faz a mínima ideia do que estamos falando? O , do blog Cozinha, Literatura e outras Artes explica:

Sardella ou sardina, em italiano, significa sardinha , a base do preparo do antepasto mais famoso em muitos  restaurantes italianos (…). Na cidade de Crotone e na sua província, na Calábria, é preparado um molho picante e muito gostoso, não muito conhecido mundo afora, mas apreciadíssimo aqui no Brasil, obviamente adaptado: a sardela.

O que provavelmente aconteceu foi que, com a chegada dos italianos no nosso país, muitas das receitas originais acabaram sendo adaptadas, com seus ingredientes substituídos por outros de menor preço ou fáceis de ser encontrados aqui (…). Mas fato é que a sardela é um delicioso antepasto, e se, tipicamente italiano ou não, é muito saboroso e vale a pena prepará-lo.”

sardines-825606_640

Essa receita é da , do Cozinhando para 2 ou 1, e como ela mesma sugeriu, pode ser feita com sardinha em lata mesmo, que é mais barata, com aliche ou anchova, que são mais caros, ou então uma mistura da sardinha com um dos dois peixes mais caros. Vai do gosto de cada um. Fato é que é gostoso e você não deve deixar de fazer!

Sardela

  • 2 dentes de alho picados
  • 1 pimentão vermelho grande picado
  • 1 tomate grande sem sementes e sem pele picado
  • 1 colher de chá de orégano fresco
  • 1 folha de louro
  • 1 pitada de sementes de erva doce
  • 1 colher de café de pimenta calabresa desidratada ou 1/2 pimenta dedo de moça picadinha
  • 1/3 xícara de chá de água
  • 1 lata ou caixinha de extrato de tomate (130 gramas)
  • 150 gramas de sardinha em óleo (ou sardinha anchovada ou filés de aliche ou de anchova)
  • 1 colher de sopa do óleo da conserva
  • Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Aqueça um fiozinho de azeite em uma panela alta e preferencialmente com fundo grosso para refogar os dentes de alho picados. Antes que dourem, acrescente o tomate, o pimentão e as ervas (quebre a folha de louro para que libere seus aromas), a pimenta, a água, mexa bem e deixe cozinhar em fogo bem baixo até que o pimentão esteja macio  — a água vai quase secar.

Reprodução do site Cozinhando para 2 ou 1

Descarte a folha de louro e bata o restante com o extrato de tomate no liquidificador, processador de alimentos ou mixer, e triture tudo muito bem. Coloque, então, o peixe que irá com 1 colher de sopa do óleo da conserva e triture novamente até obter um creme homogêneo.

Retorne a mistura à panela e espere apurar ainda em fogo baixo até engrossar e o azeite se separar um pouco da mistura. Você pode deixar a textura mais ou menos firme, como preferir.

Reprodução Eita Pleura

Por fim, prove e tempere com sal, se necessário, e pimenta do reino a vontade. Espere esfriar e guarde na geladeira em pote bem fechado. Nos dia seguinte fica ainda mais saboroso!

Esta quantidade rende mais ou menos 1 xícara de sardela e pode ser mantida em geladeira por até uns 15 dias, desde que em potes bem fechados. Sirva com pães e torradinhas ou, como é muito comum na Itália, sobre ovos fritos.

Receita: Nugget caseiro saudável

chicken-nuggets-1108_640

É bom quando a gente não precisa pensar muito no cardápio por já ter alguma coisinha pronta, não é mesmo? E melhor ainda é quando você conhece a procedência e qualidade do alimento. Uma das razões pelas quais a sociedade moderna opta por produtos industrializados é a praticidade, característica que, felizmente, vem tornado-se cada vez mais viável e comum ao dia-a-dia de todos nós.

Aqui no Equilibre-se somos contra radicalismos e neuras. Porém, como o próprio nome denuncia, prezamos pelo equilíbrio e acreditamos que pequenas mudanças nos hábitos e nas escolhas fazem toda a diferença na melhora da saúde e qualidade de vida.

lunch-263779_640

A receita de hoje é um grande exemplo de uma adaptação simples, e até mais econômica, que pode valorizar a alimentação da sua família sem prejuízo de sabor e, o mais importante, sem a perda do prazer em comer (e comer bem).

Também é uma forma saborosa de incentivar o paladar da criançada para opções mais nutritivas e saudáveis, treinando-as para um olhar menos restritivo e mais receptivo. E, claro, uma carta na manga para um aperitivo rápido e gostoso a ser servido como entrada ou tira gosto.

Nugget Caseiro Saudável

nuggets-345225_640

Receita original de Alimentação Fitness

  • 500g de peito de frango cortados em cubos (ou no formato que você desejar);
  • 1 colher de sopa (rasa) de Milharina (flocos de milho) ou farinha de rosca;
  • 1 colher de sopa (rasa) de Farinha de linhaça;

  • 1 limão;

  • Sal e temperos;

  • 2 ovos batidos.

Junte a milharina e a farinha de linhaça em uma vasilha ou prato, apenas o suficiente para empanar os pedaços. Bata os ovos e reserve. Tempere os pedaços de frango com sal, limão e orégano. Passe esses pedaços no ovo batido e depois na farinha de rosca/milharina. Empanando mesmo! Leve ao forno pré-aquecido em 220 graus por cerca de 15 minutos. Eles não ficarão dourados como quando fritos, mas ficarão cozidos e super saborosos. Cuidado para não deixar assar demais, pois os pedaços podem ficar secos.

Dica Alimentação Fitness: Pode-se congelar para assar depois ou congelar já assado e esquentar quando for comer. Rende 40 nuggets pequenos.

Informações Nutricionais:
24 kcal por nugget
Carboidrato: 2,2 g
Proteínas: 1,8g
Gordura: 1,0g

Receita: Granola Salgada

Não, você não leu errado. É granola salgada mesmo! Uma misturinha que vai animar e dar um diferencial nos seus pratos. Pode ser usada em saladas, sopas, caldos, fondues, para acompanhar a refeição trivial e onde mais sua criatividade permitir.

Essa receita diferente é uma criação do restaurante Wraps, do empresário paulistano Marcelo Ferraz. A granola salgada é servida nas saladas do cardápio e fez tanto sucesso entre os clientes que passou a ser comercializada no varejo.

Foto Reprodução Cozinha da Ceci

Daí para cair no conhecimento dos criativos que adoram reproduzir receitas em casa foi um pulo. E é em nome da democracia e da acessibilidade àquilo que é gostoso e faz bem para saúde que compartilhamos o passo-a-passo com você.

A base é uma só, mas vamos mostrar duas sugestões com ingredientes variáveis, que você adaptar de acordo com suas necessidades ou poder aquisitivo, ok? Olha só:

Granola Salgada – Dedo de Moça

Foto Reprodução Dedo de Moça
Foto Reprodução Dedo de Moça

Rende 4 porções

  • ½ xícara (chá) de castanha de caju crua, cortada em pedaços médios
  • ½ xícara (chá) de amêndoa crua, cortada em pedaços médios
  • 2 xícaras (chá) de flocos de milho (sem açúcar)
  • 2 colheres (sopa) de gergelim preto
  • 2 colheres (sopa) de gergelim branco
  • 2 ramos de alecrim fresco
  • 1 pitada de sal

Pré-aqueça o forno a 180°C. Coloque todos os ingredientes em uma assadeira e misture. Leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos ou até que todos os ingredientes estejam crocantes.

Granola Salgada – Cozinha da Ceci

  • 2 xícaras de cereal de milho
  • 1/2 xícara de aveia em flocos
  • 1/4 xícara de quinoa em grãos
  • 3 colheres (sopa) de semente de linhaça
  • 2 colheres (sopa) de gergelim branco
  • 2 colheres (sopa) de gergelim preto
  • 1/2 colher (café) de sal
  • 50 ml de azeite (usei azeite aromatizado)
  • Especiarias (usei uma mistura de ervas finas)

Coloque as 2 xícaras de cereal de milho em um saquinho e amasse bem até ele ficar esmigalhado. Misture com os outros ingredientes. Despeje o azeite por cima e misture bem. Leve ao forno brando por 30 minutos, mexendo algumas vezes. Deixe esfriar e guarde em um pote bem tampado. A medida de 1 xícara corresponde a 250 ml.