O alívio pela música

Conteúdo original Isto É

O gerente de sistemas paulista Rodrigo Pereira, 40 anos, é doador assíduo de sangue. Na manhã da quarta-feira 3, quando se preparava para mais uma doação no Banco de Sangue do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, surpreendeu-se com uma oferta singela no gesto, mas intensa no resultado. Foi convidado a ouvir música enquanto passava pelo procedimento. Ao som de “Passarinhos”, de Emicida, o processo foi bem mais gratificante do que costuma ser. A canção é dessas que alegram qualquer alma e, no caso de quem está fazendo uma boa ação, como Rodrigo estava, alegra ainda mais. “Foi um relax”, conta. “Até esqueci que tinha uma agulha no meu braço.”

A iniciativa faz parte de um projeto recém-iniciado na instituição paulista cujo objetivo final é identificar com precisão científica os benefícios que a música traz no cuidado com o corpo. A investigação está alinhada com uma vertente crescente de pesquisas que pretendem aprofundar os efeitos sobre a saúde de métodos complementares, como o uso da música ou das artes plásticas.

Para quem ainda encara abordagens assim com preconceito, a ciência responde com evidências cada vez mais sólidas de que elas têm espaço real no bem-estar das pessoas. Uma das provas recentes foram os resultados de uma revisão de 52 estudos a respeito de câncer e música feita na Drexel University, nos Estados Unidos. A principal conclusão foi a de que ouvir música melhora muito a qualidade de vida dos pacientes. “O bem-estar e o prazer influenciam positivamente a recuperação dos pacientes”, afirma o cirurgião gastrointestinal Sidney Klajner, presidente da instituição paulista.

EFEITO MOZART

Em sua iniciativa, o Albert Einstein criou vinte playlists com base em sugestões dos seus profissionais de saúde, curadores do serviço de streaming de música Spotify e nas certeiras considerações do maestro Walter Lourenção. Aos 87 anos, o músico contribuiu para a seleção das canções eruditas que tocam na sala de Hemodinâmica, onde são realizados procedimentos como a colocação de stents (dispositivos para desobstruir artérias). Foi uma contribuição preciosa.

Era costume da equipe médica ouvir música em som ambiente, e o paciente acabava escutando também. Em uma dessas vezes, o paciente era o maestro. Foi tudo muito bem, ele agradeceu ter podido ouvir também, mas fez uma observação. Na trilha, estava um réquiem, peça feita para homenagear alguém que morreu, para que descanse em paz. Considerando a situação, não seria de fato uma boa escolha.

Hoje na playlist da Hemodinâmica não há mais réquiem. Há preponderância de clássicos que evocam sentimentos positivos, como as em tom maior. Esses causam o chamado efeito Mozart, em referência à obra do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart. “E são todas instrumentais. Árias, coros e duetos podem incomodar um pouco”, diz o cardiologista – e guitarrista – Adriano Caixeta.

O outro serviço no qual os pacientes do Einstein são convidados a escutar uma trilha enquanto se submetem aos procedimentos é o do exame de ressonância magnética. Quem já passou por um desses sabe o quanto ele pode ser desconfortável por causa do barulho e da sensação de claustrofobia que provoca em muita gente. O paciente escolhe a playlist e a ouve por meio de um fone especial acoplado ao aparelho. Era a primeira vez da paulista Francisca Lemos, 47 anos, na máquina. Estava lá para investigar a origem de sua dor nas costas. Francisca pôs para tocar Roupa Nova, uma das bandas de maior sucesso nos anos 1980. “Acabei me sentindo bem melhor”, diz.

Por enquanto, os estudos ainda não estão desenhados (precisam, por exemplo, serem submetidos ao Comitê de Ética do hospital). A coordenação dos trabalhos está a cargo de Eliseth Leão, pesquisadora de música e saúde há 21 anos. “Está demonstrado que escutar canções favorece o controle da dor e reduz a ansiedade”, afirma. A terapia também auxilia no tratamento da Doença de Alzheimer, caracterizada pela perda gradual da memória. As lembranças musicais estão entre as últimas a se perderem. Mantê-las vivas é a forma de preservar a conexão que resta do paciente com o mundo, fazendo emergir lá de dentro emoções que contam a história de cada um. Nesta tarefa, a música é mesmo imbatível.

O SOM DO CORPO

A evidência dos benefícios da música para o organismo é sólida. Alguns deles:

  • Reduz a ansiedade
  • Diminui a dor
  • Auxilia no tratamento do Alzheimer. Uma canção é uma das últimas memórias a serem esquecidas

Nas seleções do hospital, a variedade de canções contempla gostos e idades. Algumas delas:

  • My girl (The Temptations)
  • Garota Nacional (Skank)
  • Mulher de Fases (Raimundos)
  • Body and Soul (Billie Holiday)
  • Summertime (Chet Baker)
  • Let it go (tema de Frozen)
  • Perdoa (Paulinho da Viola)
  • 24k Magic (Bruno Mars)
  • Laudate Dominum (Wolfang Amadeus Mozart)
  • Sonata para Piano no. 8 (Ludwig van Beethoven)

Músicas que vão acabar com a sua ansiedade

Conteúdo original Pequenas Empresas, Grandes Negócios

música pode ser uma grande aliada de pessoas que precisam chegar a um determinado estado de espírito: dependendo da playlist, dá para ficar mais acordado, concentrado e feliz ou menos ansioso.

Com o objetivo de ajudar pessoas que sofrem com a ansiedade, a Mindlab, consultoria britânica especializada em soluções em neurociência para empresas, resolveu criar a lista de músicas perfeitas para resolver este problema.

Para escolher as canções, segundo a “Inc.“, a Mindlab fez uma bateria de testes com grupos de voluntários. Na pesquisa, eles eram orientados a resolver problemas de lógica enquanto ouviam músicas. Todos estavam conectados a sensores.

Algumas das músicas tocadas diminuíam a intensidade da região do cérebro que funciona mais em situações de estresse e ansiedade e, segundo a Mindlab, facilitavam a resolução dos desafios.

A canção mais eficaz contra a ansiedade, que reduziu em média 65% da ansiedade dos participantes do experimento, é “Weightless”. Composta pelo grupo Marconi Union, a música teve a colaboração de terapeutas para ser feita. O compasso lento e o fundo de tons graves diminuem os batimentos cardíacos e os níveis de cortisol, o hormônio do estresse e da ansiedade, na corrente sanguínea, de acordo com a consultoria.

Confira abaixo “Weightless” e as outras canções mais eficazes contra a ansiedade, segundo a Mindlab 🎧 :

As 10 músicas mais ouvidas para treinar

Conteúdo original Women’s Health Brasil 

shutterstock_372703618

Nada como começar o ano com uma boa playlist para animar os treinos, certo? Pensando nisso, o Spotify, serviço de música digital via streaming, revelou o ranking de músicas preferidas dos usuários na hora do treino. E os resultados foram surpreendentes.

Parece que a galera gosta de fazer exercício ao som de hip hop, tanto no Brasil quanto no mundo. Artistas como Drake, Eminem, Kanye West e Rihanna estão no topo das listas. Por aqui, “One Dance”, de Drake, é a mais ouvida nas playlists para malhar.

Veja abaixo os rankings das músicas mais escutadas para praticar exercícios e inspire-se para montar a sua playlist.

Top Músicas para treinar (Global)
  1. Eminem – “‘Till I Collapse”
  2. Kanye West – “POWER”
  3. Drake – “Jumpman”
  4. The Chainsmokers – “Closer”
  5. Calvin Harris –  “This is What You Came For”
  6. Rihanna – “Work”
  7. Sia – “Cheap Thrills”
  8. The Weeknd – “Starboy”
  9. Beyoncé – “7/11”
  10. David Guetta – “Hey Mama”
Top Músicas para treinar (Brasil)
  1. Drake – “One Dance”
  2. Calvin Harris – “This Is What You Came For”
  3. Desiigner – “Panda”
  4. Mike Posner – “I Took A Pill In Ibiza – Seeb Remix”
  5. Rihanna – “Work”
  6. Tinashe All – “Hands On Deck – Giraffage Remix”
  7. Jonas Blue – “Fast Car – Radio Edit”
  8. Rihanna – “Bitch – Better Have My Money”
  9. Vigiland – “Shots & Squats”
  10. The Chainsmokers – “Don’t Let Me Down – Hardwell & Sephyx Remix”

As 20 melhores músicas para acordar, segundo o Spotify e a ciência

Conteúdo original BBC

Há canções que são melhores do que outras para levantarmos da cama motivados e com energia. Pelo menos é o que diz a ciência.

E, aparentemente, a melhor delas é Viva la Vida, da banda britânica Coldplay. Esta é a conclusão do psicólogo David Greenberg, da Universidade de Cambridge, após a realização de um estudo em colaboração com a Spotify, a empresa por trás do aplicativo de música digital.

Greenberg afirma que o uso de músicas “adequadas” pode garantir um despertar menos sofrido. “Para a maioria de nós, é uma luta passar do mau humor para um estado de otimismo. Uma música energética como Viva la Vida pode ajudar alguém a obter energia para o resto do dia”.

De acordo com o estudo, os acordes e o ritmo da canção do Coldplay a tornam ideal para despertar. E Greenberg menciona especificamente a terceira e quarta estrofe da canção, dizendo que os trechos têm influência especial sobre o comportamento de quem ouve.

musician-664432_640

O psicólogo preparou uma lista de 20 músicas que supostamente têm os ingredientes necessários para que comecemos o dia de bom humor. E o repertório inclui faixas para lá de variadas. De bandas indie como o grupo canadense Arcade Fire a Lovely Day, canção de Bill Withers de 1977.

Todas têm letras em inglês, com palavras positivas, e são em andamentos mais rápidos, de 100 a 130 batidas por minuto, além de seguirem arranjos comcrescendo (que aumenta pouco a pouco), o qual produz, segundo Greenberg, um efeito motivador.

music-934423_640

“A música não serve apenas para entreter, é algo que adentra nossa psiquê e nosso cérebro. Quanto mais estudamos a música, mais descobrimos o papel que teve no jogo evolutivo, em termos de comunicação e interação social”, explica.

Veja a lista das 20 canções

1. Coldplay – Viva La Vida
2. St. Lucia – Elevate
3. Macklemore & Ryan Lewis – Downtown
4. Bill Withers – Lovely Day
5. Avicii – Wake Me Up
6. Pentatonix – Can’t Sleep Love
7. Demi Lovato – Confident
8. Arcade Fire – Wake Up
9. Hailee Steinfeld – Love Myself
10. Sam Smith – Money On My Mind

headphones-926072_640

11. Esperanza Spalding – I Can’t Help It
12. John Newman – Come and Get It
13. Felix Jaehn – Ain’t Nobody (Loves Me Better)
14. Mark Ronson – Feel Right
15. Clean Bandit – Rather Be
16. Katrina & The Waves – Walking on Sunshine
17. Imagine Dragons – On Top of the World
18. MisterWives – Reflections
19. Carly Rae Jepsen – Warm Blood
20. iLoveMemphis – Hit The Quan

Milk shake de café + Playlist para curtir o feriado

Aow, meu povo brasileiro! Homo e mulheres sapiens! O feriado tardou, mas chegou! Quem tem sorte está em casa, só no relax, com final de semana prolongado. Quem tem juízo está trabalhando, fazendo o aqué, batendo ponto. Mas, em todo caso, e brincadeiras a parte, o que faz uma segunda-feira realidade, sendo feriado ou não, é um bom café! É ou não é? Só o café salva!

coffee-623531_640

E para mudar o formato, já que é feriado, uma segunda diferente, e também para lhe calçar com opções alternativas, vamos compartilhar uma receita bacana de milk shake de café sem sorvete. Pode ser sua nova forma de despertar para a vida, mais gostosa, mais cremosa e sem deixar a cafeína de lado.

Também pode ser um novo uso para aquele restinho de café que fica esquecido na garrafa e acaba indo para o ralo. Ele pode ser um acompanhamento para o lanche da tarde, mas lembre-se: para não ter problemas com o sono, prefira tomar café (ou outros preparos com caféina ou estimulantes), no máximo, cinco horas de dormir.

Milk shake de café (sem sorvete)

coffee-540653_640

  • 50 ml de café forte pronto
  • 1 colher de sopa de chocolate ou cacau em pó
  • 200 ml de leite gelado de sua preferência (integral, desnatado, vegetal…)
  • 4 cubos de gelo
  • Açúcar ou adoçante a gosto

Leve todos os ingredientes ao liquidificador ou mixer e bata em velocidade alta até quebrar todos os cubos de gelo. Sirva em seguida.

headphones-480203_640

E, claro, como não poderia faltar, selecionamos também duas playlists para embalar seu feriadão! Se você está em casa, nem saiu da cama, não tirou o pijama e está muito a fim de curtir a preguiça, essa lista será sua melhor amiga:

Caso não consiga acessar, clique AQUI para ouvir.

Agora, se você foi trabalhar, levantou cedo para encarar o dia, malhar, pegar uma praia, ou simplesmente está buscando absorver toda a disposição para começar a semana com o pé direito, a sua playlist é essa aqui:

Caso não consiga acessar, clique AQUI para ouvir.

Aproveite, divirta-se e equilibre-se!
Ótimo feriado 🙂 !

Música: as playlists do Obama

obama-356133_640

Música talvez seja uma das mais democráticas e prazerosas artes inventadas pelo homem. Você consegue imaginar sua vida sem música? Ela está em toda parte, nas ruas, casas, no seu mp3 e, é claro, na Casa Branca. Se você está por dentro do noticiário recente, está sabendo que o Obama andou divulgando suas preferências musicais para o mundo e é esse o nosso assunto de hoje.

Pois é, gente! A Casa Branca tornou pública, no final da última semana, duas playlists na plataforma Spotify com faixas selecionadas pelo carismático presidente americano Barack Obama. Segundo o anúncio oficial, esse compartilhamento musical é parte de uma nova conduta adotada no trabalho da imagem do Partido Democrata, do qual o senhor presidente faz parte, a fim de aproximar os eleitores dos políticos de uma forma simples.

the-white-house-103927_640

E tem ponte melhor do que a música? Digamos que ela pode ser considerada uma liga universal. E, intenções a parte, somos nós que saímos ganhando. Além de ficar por dentro do gosto pessoal do Obama, ainda temos a oportunidade de conhecer novos ritmos e artistas.

A seleção soma 40 títulos, que foram divididos em duas categorias: 20 faixas para serem ouvidas durante o dia e 20 faixas para serem apreciadas à noite. E, olha, o Obama fez valer a sua reputação de uma pessoa atualizada e descolada. A playlist é quase um passeio pela história da música, transitando por clássicos como Nina Simone, Billie Holiday e Frank Sinatra,  artistas atemporais como Bob Marley, até os recentes sucessos das paradas como Beyoncé e Coldplay.

Particularmente, gostei demais da ideia e mais ainda das escolhas feitas pelo Obama. Temos apreço por alguns artistas em comum e adorei descobrir gente muito boa e de qualidade que eu não conhecia. A lista noturna é ótima para relaxar e desestressar depois de um dia cheio. Ouça:

Playlist Diurna

Playlist Noturna

E então? Gostou? O Obama pode se arriscar como DJ ou não?!

Uma nova experiência musical com Tiago Iorc

a

Quem tem o hábito de ouvir música, muitas vezes, se pega curtindo os hits da rádio ou mesmo se repetindo com seus artistas preferidos em playlists. E isso acontece de um jeito tão natural, que a gente nem percebe. O lado negativo é deixar de conhecer novas músicas e talentos que correm mais por fora do circuito popular, como é o caso do músico que indicamos hoje, Tiago Iorc.

Se você acompanha a novela das 18h, Sete Vidas, ou pelo menos já prestou atenção na trilha de abertura, já conhece o Tiago Iorc. A versão de “What a Wonderful World” é interpretada por ele.

Uma outra ligação do Iorc com a novela Sete Vidas é a fofa da atriz Isabelle Drummond, a personagem Júlia, que é nada mais do que a namorada do cantor.

E parece que embalar novelas globais é sina desse rapaz. Ele também integrou o setlist das novelas Duas Caras, com “Scared” e Viver a Vida, com “My Girl”…

… além de A favorita, com “Blame”, a Vida da Gente, com “Gave Me a Name” e várias temporadas com sucessos na série juvenil Malhação, entre 2007 e 2011.

Deixando-se levar pela voz macia e estilo descolado, a gente até esquece que o Tiago Iorc é brasileiro. Sim, ele é um artista nacional e faz parte da nova geração de MPB. A intimidade com o inglês vem da experiência de ter passado boa parte da infância na Inglaterra.

Mas, ele também canta e compõe em português. Uma das suas músicas mais famosas é “Dia Especial”. Você já deve conhecer, ouça:

Outro hit que tem sido muito comentado é “Música Inédita”, que conta com a participação de Maria Gadú:

Apesar de não tocar nas rádios e nem ser conhecido do grande público, Iorc é um artista bem conhecido e admirado na internet. Vários dos seus vídeos têm mais de um milhão de visualizações. Dá uma olhada nessa versão da clássica “Na rua, na chuva, na fazenda”, com a, também bombada na internet, Clarice Falcão:

“Forasteiro” é uma das músicas que mais destacou o cantor na MPB, recebendo, inclusive uma indicação de destaque nos comerciais da MTV:

E então? Curtiu? Ele anunciou recentemente o lançamento do seu novo disco, todo em português, Troco Likes. “Coisa linda” é o hit de divulgação:

Se você gostou, esse é um bom momento para começar a acompanhar o moço. Disco novo, músicas novas e um universo de possibilidades e sensações para mudar sua rotina.