Tag: poucos ingredientes

Receita: Torta de legumes sem farinha

Receita: Torta de legumes sem farinha

Receita de Lucilia Diniz, com 77 kcal e poucos carboidratos (lowcarb).

Para a Torta:

  • 1 cenoura laminada
  • 1 abobrinha laminada
  • ½ berinjela cortada fininha
  • Sal e pimenta a gosto

Para o Creme:

  • 1 pote de iogurte desnatado
  • 1 colher (sopa) de requeijão light
  • 1 colher (sopa) de parmesão light
  • 1 ovo inteiro
  • 1 colher (chá) de especiarias

Modo de preparo

Torta

  1. Corte os vegetais no sentido do comprimento.
  2. Salpique sal por cima de cada fatia e reserve.
  3. Em uma forma de aro removível, cubra o fundo com fatias de berinjela.
  4. Preencha as laterais com fatias de cenoura.
  5. Em seguida, pegue uma fatia cada vegetal.
  6. Enrole as três fatias juntas, para formar uma “flor”.
  7. Coloque esta “flor” no centro da forma.
  8. De fora para dentro, siga intercalando fatias alternadas dos vegetais
    nas laterais da forma.
  9. Prossiga até fechar à torta.
  10. Salpique um pouco de pimenta sobre os legumes.

Creme

  1. Bata no liquidificador o ovo, iogurte, requeijão, especiarias e o queijo ralado.
  2. Despeje este creme bem devagar entre as camadas de legumes (não encha muito).
  3. Leve ao forno preaquecido 160ºC por 20 minutos ou até dourar.

Receita: panqueca salgada de aveia, sem farinha e sem óleo

DSC01796

Sabe quando bate aquela vontade de fazer um almoço diferente, uma receita gostosa, mas não tem todos os ingredientes em casa? Aí, sem querer desistir da gostosura, você sai procurando alternativas possíveis com o que você tem à mão?! Pois é! Foi exatamente isso que aconteceu aqui em casa e que, felizmente, me levou à essa massa de panqueca deliciosa a base de aveia.

É uma receita bem leve e supersaudável. Não leva nada nada de farinha de trigo, nem óleo, como a maioria das panquecas mais tradicionais. A grande vantagem, além de evitar a farinha branca, que é a grande vilã das dietas e de quem busca eliminar a barriguinha, é aliar as propriedades da aveia a um alimento versátil, prático, e ainda enganar o paladar de quem não é muito fã desse farináceo.

A alquimia original é do blog Menu Criativo, porém eu dei meu toque pessoal na combinação, acrescentando um dentinho de alho para saborizar. Isso porque tive receio de a aveia deixar um traço de sabor mais forte, o que seria bem estranho pra mim, pois costumo relacionar aveia a mingau e a preparações doces (mente limitada, talvez). Mas pode fazer sem medo, que com recheio e molho não tem nem como dizer que é de aveia, fica realmente muito gostoso.

Panqueca de Aveia

DSC01797

Rende 6 panquecas

  • 1 xícara de chá aveia em flocos (finos, grossos, pode ser farinha de aveia também)
  • 1 ovo
  • 1 xícara de chá leite (integral, desnatado ou vegetal)
  • 1 dente de alho (tamanho médio)
  • 1 pitada de sal

O básico: bata tudo no liquidificador por uns 2 ou 3 minutos, até que a veia esteja bem incorporada no leite e vire uma massinha líquida, porém grossinha, espessa. Prepare em frigideira aquecida antiaderente. Cada panqueca equivale a uma concha cheia de massa. Espalhe por completo na frigideira e deixe dourar em fogo baixo dos dois lados. Quando começar a aparecer bolhinhas ou estiver com uma aparência mais seca por cima, está na hora de virar.

DSC01795

O recheio e o molho ficam a sua escolha. As minhas foram frango desfiado bem temperadinho e molho vermelho simples. Você pode fazer com carne de vaca, de porco, com ricota, legumes, presunto e queijo, calabresa e acompanhar com molho rose, branco, de iogurte, agridoce… enfim, o que a criatividade permitir! É uma ótima pedida pro domingão, heim. E, pra melhorar, que tal servir com a batatinha palha caseira que já ensinamos AQUI?! Huuuummm… Bom apetite!

Receitas: prepare um belo café da manhã sem sair de casa com ovos cremosos e chapati

scrambled-eggs-423066_640

Já aconteceu de você acordar num belo domingo cheio de preguiça, dar uma olhada no tempo e estar chuvoso e sua única vontade ser passar o dia inteiro de pijama, no aconchego, só saindo da cama pra comer?! Quem nunca, né? Para esses dias, a gente tem a solução! Duas receitas rápidas e bem gostosas para nutrir seu corpinho: chapati e ovos mexidos cremosos.

chapati-489254_640

Para quem não conhece ou nunca ouviu falar, o chapati é um pão típico da culinária indiana. Mas é um pão diferente daquele formato “francês” ou de forma a que estamos acostumados. Ele é fininho, mais parecido com o pão sírio.

Leva esse nome porque, tradicionalmente, é preparado com uma farinha de trigo integral muito comum na Índia, também chamada de chapati. Quem já viu filmes, novelas ou documentários com a temática indiana, deve ter reparado que eles usam uma massa fina para acompanhar as refeições, que são feitas com as mãos. Essa massa é o chapati.

sadya-239070_640

Normalmente esse é o pão consumido na primeira refeição dia, o café da manhã, mas acompanha igualmente qualquer outra alimentação. É uma receita muito antiga e democrática, pois leva poucos ingredientes e é bem rápida, já que não precisa passar pelo processo de fermentação. Vamos botar a mão na massa? Ele é totalmente integral e você só precisa de uma frigideira para assar.

Chapati: pão indiano sem fermentação

chapati

Receita da Rita Lobo
Rende 10 porções

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
  • ½ colher (chá) de sal
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • ½ xícara (chá) de água
  • Farinha de trigo branca (somente para polvilhar)

Numa tigela grande, misture a farinha de trigo integral com o sal. Regue com metade da água e misture com a mão, até formar uma farofa grossa. Adicione o óleo e misture com as pontas dos dedos. Aos poucos, junte o restante da água, sovando a massa com a mão. Aperte, amasse, estique e amasse novamente, dentro da tigela, por cerca de cinco minutos, até atingir uma textura macia e elástica. Se preferir sovar na bancada, polvilhe a superfície com uma camada bem fina de farinha de trigo. Mas evite juntar mais farinha na massa.

dough-3468_640

Ela fica bem molenga inicialmente e, à medida que vamos sovando, ela fica no ponto. Polvilhe uma bancada de trabalho com farinha de trigo e faça um rolinho com a massa. Com uma faca (ou espátula) divida em 10 porções. Enrole com as mãos cada pedaço, como se fosse um brigadeiro. Abra a bolinha com o rolo de macarrão, até formar um disco fino – se a massa começar a grudar no rolo ou na bancada polvilhe mais farinha. Enquanto abre os discos, aqueça uma frigideira (de preferência antiaderente) em fogo médio, sem untar.

dough-592319_640

Quando estiver quente, coloque o disco de massa e deixe o pão assar por cerca de 20 a 30 segundos, até começar a formar bolhas. Vire o pão e deixe por mais 15 segundos na frigideira. Enquanto isso, acenda uma outra boca do fogão. Tire o pão da frigideira com uma pinça e coloque diretamente na chama da outra boca do fogão para inflar e chamuscar levemente. Transfira o pão para um prato e repita com o os outros discos. Você também pode finalizar os chapatis na frigideira, basta deixar cozinhar por mais tempo depois de virar. Sirva a seguir. Para manter os pãezinhos macios, conserve em um saco plástico por até 3 dias.

Se tiver alguma dúvida, assista ao vídeo AQUI com mais detalhes.

eggs-14177_640

E, para acompanhar esse pãozinho leve e gostoso, um mexido de ovos, com muita proteína e gordura boa para alimentar e fortalecer seu corpo para enfrentar a vida (ou não).

Esse é daqueles preparos bem especiais que você só come igual em hotel. E já fica a fórmula para quando você quiser impressionar com um acompanhamento diferente, mas sem ter muito trabalho ou arriscar demais. Cai super bem num café da tarde com torradas ou pão italiano. #ficaadica Bora aprender?

Ovos mexidos cremosos

(Foto: Reprodução / GNT)
  • 3 ovos
  • 3 colheres (sopa) de leite
  • 1 colher (chá) de manteiga
  • sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto (opcional)

Numa tigelinha, quebre um ovo e transfira para uma panela de fundo triplo de inox (ou de ferro). Repita com os outros ovos – isso serve para verificar se estão bons. Junte o leite, a manteiga e tempere com sal. Leve para cozinhar em fogo baixo, mexendo sempre com um batedor de arame, até começar a engrossar. Caso os ovos comecem a grudar no fundo da panela, retire do fogo e mexa vigorosamente para resfriar. Volte a panela ao fogo baixo e continue mexendo apenas até atingir uma consistência de mingau cremoso – ele continua endurecendo depois de pronto. Transfira imediatamente para uma tigela e finalize com uma pitada de pimenta-do-reino. Sirva a seguir.

Huuum… com um café da manhã desses, não precisa de mais nada!
Só de coragem para mastigar e ser feliz!
Bom apetite!