Tag: profissionais

Nutricionistas famosas para seguir no Instagram

Conteúdo original Minha Vida

O nutricionista é o profissional da área da saúde especializado em estudar os alimentos e o efeito que eles produzem em nosso organismo, a fim de possibilitar que as pessoas tenham qualidade de vida melhor e optem por boas escolhas alimentares para sua rotina. Atualmente, muitas pessoas têm buscado formas para seguir uma alimentação mais saudável. Se você está procurando por dicas fáceis e eficientes para mudar seus hábitos, nós te ajudamos. Selecionamos as nutricionistas mais famosas do Instagram para você seguir e adquirir orientações excelentes, confira:

1. Fernanda Scheer

Reprodução Blog Hortelã

A nutricionista funcional Fernanda Scheer é apaixonada por alimentação saudável e tudo que envolve saúde. Em suas postagens podemos encontrar as melhores substituições a serem realizadas, como escolher bons alimentos, receitas saudáveis e deliciosas, além dos melhores produtos naturais encontrados no mercado. Confira seu perfil aqui!

2. Alessandra Luglio

Com mais de 20 anos de experiência, Alessandra Luglio é considerada uma das melhores nutricionistas do momento. Ela atende diversas celebridades, como a musa fitness Gabriela Pugliesi, sucesso nas redes sociais e sinônimo de boa forma. No Instagram, a nutricionista mostra um pouca da sua alimentação, rotina de exercícios e ensina algumas receitas. Veja!

3. Fernanda Granja

A Dra. Fernanda Granja é nutricionista, especialista em clínica funcional, esportiva e materno-infantil, possuindo um conhecimento extenso sobre a área da saúde e alimentação. No seu perfil ela posta receitas incríveis e algumas dicas sobre alimentação saudável. Confira agora.

4. Patricia Davidson Haiat

Giovanna Lancellotti, Bruna Marquezine, Thaila Ayala são algumas das famosas que buscam a orientação da nutricionista funcional Patricia Davidson Haiat. Com boas soluções para o dia o dia, ela traz diversas receitas gostosas, sem sair da dieta. Além disso, Patricia mostra em fotos os benefícios de diversos alimentos e sua rotina. Veja aqui!

5. Andrea Santa Rosa Garcia

A nutricionista Andrea Garcia, mulher do apresentador Marcio Garcia e médica de celebridades, é conhecida por trazer ao seguidores informações importantes sobre saúde e alimentação, além de receitinhas deliciosas. Ela também possui um projeto chamado Vida Funcional, um programa online de reeducação alimentar e exercícios físicos. Confira seu perfil.

6. Thais Massa

Seguindo sua paixão por esportes, a nutricionista Thais Massa é especialista em nutrição esportiva, pós graduanda em nutrição funcional e apresenta cursos de culinária saudável por todo país. Em seu Instagram, ela ensina receitas práticas e deliciosas, mostrando que é possível manter uma vida saudável e comer bem. Veja aqui!

7. Aline Quissak

Reprodução Instagram

A nutricionista funcional Aline Quissak traz um novo olhar sobre a nutrição, valorizando as propriedades terapêuticas dos alimentos, mostrando que os alimentos podem proporcionar bem-estar e prazer, criando receitas que ajudam principalmente a aliviar os sintomas de estresse e ansiedade. Confira!

Acúmulo de funções no trabalho e na vida doméstica está afetando a saúde das mulheres

Conteúdo original Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Um m novo estudo publicado pela Universidade Nacional da Austrália aponta um aspecto perigoso para as profissionais do sexo feminino: sua saúde está sendo comprometida por conta de longas horas de trabalhos combinadas com as tarefas domésticas. A pesquisa mostra que, por conta do trabalho extra que têm de realizar em casa (na maior parte das vezes sem ajuda de seus companheiros), as mulheres deveriam trabalhar 34 horas por semana. Este, dizem os especialistas por trás do estudo, seria um limite saudável para as profissionais – enquanto o do homem seria de 47 horas.

A verdade, contudo, é que a maior parte dos empregos exigem muito mais do que 34 horas por semana. Dados de 8 mil adultos australianos apontaram que dois terços dos funcionários do país trabalham mais de 40 horas semanalmente.

“Os homens têm uma vantagem que as mulheres não têm. Trabalhar por muito tempo afeta a saúde psicológica e física de qualquer pessoa, porque deixa pouco ou nenhum tempo para que cuidem de si mesmos propriamente”, diz Dr. Huong Ding, líder da pesquisa. “Dada a extraordinária carga de demandas colocada sob os ombros das mulheres, é impossível que elas continuem mantendo uma rotina assim sem comprometer sua saúde.”

Dados da OECD (Organisation for Economic Co-operation and Development) apontam que uma mulher se dedica 4,5 horas às tarefas do lar, enquanto os homens contribuem com menos da metade desse tempo. A professora Lyndall Strazdins, coautor do estudo da universidade australiana, chama essa comparação de “desigualdade de tempo”. “Homens tem uma vantagem de tempo no mercado de trabalho que a mulher não tem”, diz.

Na média, os homens australianos trabalham 41 horas por semana, enquanto as mulheres somam 36 horas. O que a professora acredita, contudo, é que eles conseguem ficar essas horas a mais no escritório porque podem, porque têm menos responsabilidades na vida doméstica.

A diferença de tempo entre a carga de trabalho de um homem e uma mulher pode chegar, então, a 100 horas por ano. A questão é complicada porque pode virar uma faca de dois gumes. Se nós encorajarmos mulheres a compensarem essa diferença de horas, nós basicamente estamos convencendo-as a trocar sua saúde por igualdade de gênero”, diz Lyndall.

A solução, a pesquisadora acredita, é conseguir reduzir a carga horária de homens no trabalho e torna-los mais atuantes na vida doméstica e familiar. “É um processo demorado e difícil porque representa uma grande mudança social.”