Tag: proteger

Proteja seu corpo das mudanças bruscas de temperatura

Por Laura Tavares em Minha Vida

girl-925635_640

Você sai de casa em trajes mais leves e, passadas poucas horas, acaba tomando um susto com a queda brusca de temperatura? O seu corpo sente mais do que o desconforto causado pela falta de agasalho quando esfria de repente: processos alérgicos, resfriados e até baixa imunidade são alguns dos prejuízos comuns à saúde quando há instabilidade no clima.

Segundo o pneumologista Hassan Ahmed Yassine Neto, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, quem mais sofre com as mudanças bruscas na temperatura são crianças e idosos, extremos de idade que tem em comum a imunidade baixa e/ ou um sistema respiratório frágil. “Além deles, pacientes de asma e rinite também sentem os efeitos dessa alteração, apresentando crises mesmo com o uso de remédios”, explica. Previna-se contra esses problemas com as dicas dos especialistas.

Beba muito líquido

drip-934945_640

“Uma boa hidratação, que inclui ingestão de frutas, legumes e verduras com bastante água, é fundamental para melhorar a imunidade, principalmente se o clima estiver seco”, afirma a pneumologista Andrea Aparecida Sette, do Hospital e Maternidade São Luiz. Mesmo não sentindo sede, carregue uma garrafinha de água com você e dê pequenos goles de tempos em tempos.

Ajuste a alimentação

A alimentação balanceada deixa a imunidade nas alturas, criando uma barreira contra complicações decorrentes da queda brusca de temperatura. “Priorize alimentos que aceleram o metabolismo e opções mais calóricas, já que o corpo tende a gastar mais energia para manter o calor”, afirma o pneumologista Hassan.

Evite ambientes com muitas pessoas

audience-547372_640

“Aglomerações favorecem a transmissão de doenças pelo ar e pelo contato”, afirma Andrea. Como a queda de temperatura já deixa o corpo mais frágil, evite ficar em lugares fechados com muitas pessoas. Além disso, essa concentração pode deixar o local abafado demais, causando queda de pressão e mal-estar.

Deixe a casa ventilada

Seja para manter o calor ou evitar a entrada do sol, muitas pessoas acabam deixando suas casas completamente fechadas. Entretanto, ao impedir a circulação de ar, você favorece a proliferação ou a estagnação de vírus, fungos e bactérias no ambiente. “Eles não são levados pela corrente de ar, ficando concentrados nos cômodos da casa”, explica. Por isso, por mais fresquinha que seja sua casa ou por mais frio que esteja o tempo lá fora, abra as janelas alguns períodos do dia ? pela manhã e à tarde, principalmente.

Evite o choque térmico

pixabay-597448_640

Segundo Hassan, o choque de temperaturas é uma mudança bastante agressiva para quem tem as vias respiratórias mais sensíveis. “É comum haver piora de rinite, tosse ou falta de ar”, afirma. Para minimizar tais problemas, evite sair de um lugar abafado para um gelado sem proteger nariz e boca com a blusa ou um cachecol e não espere estar em contato com o ar frio para se agasalhar.

Aqueça o ambiente

“O ar gelado resfria as vias aéreas, o que pode desencadear chiado no peito ou um quadro de falta de ar, principalmente em alérgicos”, afirma Andrea. Manter um aquecedor no quarto ajuda a evitar uma péssima noite de sono quando ocorre uma mudança brusca de temperatura. Lembre-se, porém, de que o ar quente diminui a umidade do ar. Por isso, não se esqueça de providenciar também um umidificador ou, pelo menos, bacias com água perto da cama.

Lave as roupas de inverno

clothes

É natural guardar casacos, blusas e cobertas até precisar deles novamente. Mas, enquanto são deixados de lado, eles podem absorver a umidade do ar e criar bolor. “Os fungos que causam o bolor são altamente irritantes para as mucosas nasais, principalmente no caso de quem já sofre com asma, rinite alérgica ou bronquite”, esclarece Andrea. Por isso, de tempos em tempos, deixe roupas e cobertores no sol e lave todos eles periodicamente, mesmo que eles não tenham sido usados.

Dez hábitos que turbinam a sua imunidade

Conteúdo original de Minha Vida
Texto de Carolina Serpejante

Estamos o tempo inteiro expostos a todos os tipos de doenças. Um simples descuido já pode ser suficiente para o sistema imunológico não dar conta de fechar todas as “portas” de nosso corpo, que são suscetíveis a alguma infecção ou vírus. Por isso, é muito importante ter consciência dos hábitos que podem blindar nossa imunidade contra qualquer complicação.

Hidrate-se: é importante ingerir líquidos constantemente, mesmo antes de sentir sede.

fountain-197334_640

A ingestão de água melhora a resistência física e retira as impurezas do organismo, prevenindo doenças.

De acordo com o clínico geral Filippo Pedrinola, o ideal é ingerir diariamente por volta de 35ml de água por quilo de peso. Uma pessoa de 70kg, por exemplo, deveria ingerir 2450ml de água. “Mas é importante salientar que boa parte dessa água já está presente nos alimentos que comemos”, completa.

Ao fazer exercícios físicos, reidrate-se ainda mais, se possível com água de coco ou isotônicos, mas sem exagerar e nunca deixar a água de lado.

Tenha uma alimentação saudável: manter uma dieta que inclui todos os grupos alimentares é fundamental para fortalecer a imunidade.

fruits-82524_640

“Proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e sais minerais não podem faltar na dieta diária de ninguém”, conta o infectologista Alexandre Naine.

De acordo com pesquisas, os micronutrientes essenciais para o fortalecimento da imunidade são as vitaminas A, B6, B12, C, D, E, ácido fólico, zinco, ferro, selênio e cobre. Eles restauram a proteção contra infecções, fortalecem as células do sistema imunológico e aumentam a produção de anticorpos.

Passe longe dos vícios: evitar vícios, como álcool e tabaco, aumenta – e muito – a imunidade.

cigarette-666938_640

“Esses vícios são extremamente danosos, não só para o nosso sistema imunológico, como para vários outros sistemas de nosso corpo”, afirma Alexandre.

Já existem estudos que comprovam que algumas bebidas podem, inclusive, fazer bem à saúde, mas desde que ingeridas com moderação. O vinho é o principal exemplo. De acordo com Alexandre, todo excesso é prejudicial e a bebida alcoólica não foge dessa regra.

De bem com você: de acordo com os especialistas, a saúde mental está muito relacionada à imunidade.

lipstick-791761_640

A baixa autoestima faz com que seu sistema imunológico trabalhe menos, além de atrapalhar nosso corpo no combate aos radicais livres, facilitando o aparecimento de doenças.

Faça exercícios!

Você sabia que um estilo de vida sedentário está associado a 28% das mortes por doenças crônicas, perdendo apenas para o tabagismo? Por isso, mexa-se e passe longe de doenças.

runners-635906_640

A recomendação dos especialistas é a prática de uma atividade física rotineira e que dê prazer, sempre tomando cuidado com os excessos: “A atividade física intensa pode causar o efeito contrário, baixando a imunidade por fadiga muscular e até mental”, lembra o fisiologista Raul Santo. Se o tempo é curto, inclua o exercício físico na sua rotina, como utilizar escada em vez de elevador ou caminhar depois do almoço.

Fuja do estresse: viver com tensões relacionadas ao trabalho e outras obrigações do dia é um dos fatores decisivos para a baixa da imunidade.

Assim como a baixa autoestima, o estresse impede o sistema imunológico de funcionar a todo vapor, abrindo portas para doenças.

Quando você está estressado, o ideal é praticar alguma atividade que goste e que te faça bem. “Se forem exercícios físicos, melhor, pois são duas vantagens em uma”, conta Alexandre.

Cuide da sua higiene: estamos expostos a vírus e bactérias 24 horas por dia, em todos os lugares que frequentamos.

towel-759980_640

O infectologista Fábio Fernandes Morato Castro, supervisor do Serviço de Imunologia Clínica e Alergia do Hospital das Clínicas, afirma que hábitos – como lavar as mãos antes de manusear alimentos, de levá-las a boca e aos olhos e sempre depois de dirigir ou usar o transporte público – devem ser levados em conta. Ao chegar em casa, vale tomar um banho para mandar todas as impurezas embora.

Previna-se

Usar preservativo protege contra uma série de DST’s – doenças sexualmente transmissíveis – que não podem ser prevenidas apenas com bons hábitos alimentares ou exercícios. O vírus HIV é um dos principais inimigos da imunidade e o jeito mais fácil de contraí-lo é não usando camisinha. Por isso, previna-se sempre!

Atualize sua carteirinha de vacinação

Muitas pessoas deixam de lado esse hábito tão importante. Tomar todas as vacinas deixa você protegido de doenças graves como hepatite B, varicela, hepatite A, BCG, sarampo, rubéola e caxumba.

Durma bem

cabin-413770_640

De acordo com a médica do Instituto do Sono Lia Rita Bittencourt, pessoas que não tem um sono adequado, com cerca de 6 a 7 horas por noite, pode ter seu sistema imunológico afetado. “A privação do sono diminui a quantidade e a função das células responsáveis pela imunidade”, conta a especialista.

As consequências disso são maiores chances de contrair doenças infecciosas e a diminuição do efeito de vacinas. “Diabetes e câncer também podem aparecer com mais facilidade em indivíduos que dormem pouco”, completa.

Sucos vitaminados com laranja

Durante o outono as alterações e instabilidades na temperatura são muito comuns. Não raro nos pegamos resfriados ou até gripados por conta das mudanças bruscas. Então, para manter sua imunidade lá em cima e proteger seu corpo das adversidades da estação, nada melhor do que sucos mistos poderosos com laranja.

São receitas fáceis, que misturam todos os benefícios da laranja com outras frutas igualmente nutritivas. Uma estratégia rápida e gostosa para fortalecer o organismo e manter-se preparado contra doenças sazonais. Prepara o liquidificador e mãos à obra!

Suco de Laranja, Maçã e Agrião

orange-juice-539331_640

Rende 4 porções

  • 4 galhos de agrião com talos
  • 1 maçã com casca cortada em pedaços
  • 1 xícara de chá de água
  • Suco de 8 laranjas

No liquidificador, bata a maçã com ½ xícara de água. Depois, separadamente, bata o agrião com a água restante e coe. Junte estes sucos ao suco de laranja e adoce, se preferir.

Suco de Mamão

Rende 2 porções

  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de sopa de mel
  • Suco de 3 laranjas
  • 1 mamão papaia (400 gramas)
  • 5 pedras de gelo

Corte o mamão em cubos e retire as sementes. Bata todos os ingredientes por 40 segundos e sirva com gelo.

Suco Reforçado

0007881246O-565x849

Rende 2 porções

  • 1 manga
  • 3 laranjas descascadas e picadas (sem a parte branca)
  • 1 limão descascado
  • Cubos de gelo a gosto
  • Açúcar ou adoçante a gosto

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Adoce a gosto. Se ficar muito grosso, adicione um pouco de água. Sirva bem gelado.