Tag: saciedade

Tremoço é saudável a ajuda a emagrecer

Foto: Sandéleh Alimentos

O tremoço é a semente de plantas do gênero Lupinus, muito usadas no enriquecimento dos solos pois, aportam com uma considerável quantidade de nitrogênio quando cultivadas. Sua semente, ou grãos, são alimentares e muito usados nos países mediterrâneos da Europa onde é considerado um petisco. Conheça algumas das características deste grão dourado e saboroso.

 

Esta planta, com suas vistosas flores amarelas (ou azuis, ou vermelhas – sim, há de um montão de cores mas, nem todas se usam como alimento), é bastante usada na prática de adubação verde pois, seu cultivo incorpora ao solo importantes quantidades de nitrogênio pela ação das bactérias que coabitam suas raízes.

Benefícios do tremoço

Foto: Feito de Iridium

Esta leguminosa é bastante rica nutricionalmente. Neste grão existem:

  • Proteína vegetal de boa qualidade – de 36 a 52%
  • ● Elevado teor de cálcio, fósforo, potássio, ferro e fibras vegetais (30 a 40%)
  • Vitaminas diversas: complexo B e vit. E
  • Ômega 3 e 6, de 5 a 20%

Bons efeitos da ingestão de tremoço

Tremoços têm ação diuréticaimportante, reguladora da quantidade de gordura que assimilamos e emagrecedora. Seu consumo é adequado a quem tem diabetes e sofre com desequilíbrios lipídicos.

A enorme quantidade de fibras que contêm o tremoço – 3 vezes mais do que as da aveia e do trigo – ajudam no processo de esvaziamento dos intestinos e na captura das gorduras, promovendo uma redução significativa de LDL (colesterol ruim). Outro importante resultado da ingestão de tremoço é a redução do açúcar no sangue – este grão tem um índice glicêmico bastante baixo – sendo um coadjuvante importante nas dietas para redução da obesidade. Com seu elevado teor de proteínas, a ingestão de tremoço ajuda, e muito, na saciedade e redução do apetite.

Tremoço só se usa cozido

O tremoço é um grão meio difícil – tem de ser deixado de molho por longo tempo (no mínimo por 12 horas), seu cozimento é prolongado para que fique mole e, depois de cozido, precisa ser lavado em água corrente por várias horas, para perder o amargor.

Portanto, o uso prático de tremoço se resume ao que possamos comprar já cozido pois que, senão ficará bastante caro de se preparar para uma família só.

Os tremoços cozidos em grandes quantidades, em ambiente industrial, passam por todos esses procedimentos e são vendidos acondicionados como conserva, em água e sal.

Habitualmente são usados como aperitivo frio mas, também podem ser integrados em outras receitas, em saladas, ou pratos cozidos de uso regional.

O consumo de tremoços requer que você os deixe de molho por um tempo, e troque a água algumas vezes, para reduzir a quantidade de sódio que a conserva tem. No entanto, este é seu único defeito, sendo assim, se há tremoços aí onde você mora, consuma-os que faz bem.

Conteúdo Green Me

Sacie a fome e diminua a ansiedade

Conteúdo original Bons Fluídos

Comer compulsivamente em momentos de angústia e ansiedade é uma prática muito comum. Não há uma fórmula mágica para resolver esse tipo de compulsão, mas escolher os alimentos que serão devorados nesse momento é essencial.


“Café, Coca-Cola, chá preto devem ser evitados nessas ocasiões. Já todos os alimentos crocantes, como cenoura e frutas bem firmes, têm efeito anti-estresse, pois mastigar relaxa. Outra forma de se tornar menos ansioso é nunca fazer as refeições em menos de 20 minutos. Pois esse é o tempo de que o corpo precisa para ter a sensação de saciedade. Comer rápido dificulta a digestão e alimenta o círculo vicioso da ansiedade”. Ensina Karim Khoury, terapeuta holístico especialista em emagrecimento.

“Ingerir alimentos pesados demais antes de enfrentar situações estressantes aumenta a ansiedade. Antes de uma prova, evite massas, carnes gordurosas e feijoada. Alimente-se com vitamina de frutas com laranja, cenoura, mamão, iogurte, mel e aveia. É nutritivo, de fácil digestão e não engorda”, indica.

CARTRYON: o óleo de cartamo que ajuda a secar*

dsc02502

É normal ter dúvidas e não saber exatamente como e quanto se deve consumir. O óleo de cártamo em gel CARTRYON é uma opção prática e na medida para lhe ajudar a conquistar mais saúde e ainda outros benefícios como ação antioxidante, diminuição do nível de colesterol ruim e controle do triglicérides.

dsc02507

O CARTRYON fornece em suas cápsulas uma gordura vegetal, proveniente da família do girassol, de alto valor biológico, naturalmente rica em ômega 6 e fonte de vitamina E. Também contém ômega 9 e pequenas porções de vitaminas A e K.

Dentre os efeitos do óleo de cártamo estão: o auxilio à cicatrização, o estímulo ao aumento da queima de gordura corporal, proteção contra a queda de imunidade e a diminuição da queda de cabelo.

“O ômega 6 presente no óleo de cártamo atua como catalisador da queima de gordura marrom”, explica a nutricionista Carla Noce. A gordura marrom tem a função de gerar calor para os órgãos vitais e, por isso, é uma “gordura boa” e “queimadora de calorias”. Quando o ômega 6 acelera a queima desse tipo de gordura, o corpo busca energia na gordura branca, localizada na barriga, cintura e quadril. Já o ômega 9, por sua vez, diminui a produção de cortisol, um dos hormônios responsáveis pelo armazenamento de gordura na região abdominal. Esta aí o motivo por que o óleo ajuda tanto a afinar a cinturinha! – M de Mulher

O CARTRYON ainda estimula a sensação de saciedade, reduzindo o apetite, e combate a celulite, pois colabora na diminuição da retenção de líquidos. É vendido em duas versões, com 100 e 150 cápsulas de 1000 mg. A recomendação é tomar uma cápsula ao dia, meia hora antes ou logo depois da refeição principal.

dsc02505

Para adquirir o CARTRYON, bem como outros suplementos com bom preço e bom custo benefício, vá na Bom Suplemento.

*Publipost: esse é um post encomendado por acordo de permuta mito de que incluir gorduras na alimentação atrapalha o emagrecimento vem cada vez mais caindo por terra. Isso porque estudos científicos têm provado que todos precisamos ingerir gorduras de boa qualidade diariamente, pois são essenciais para manter o equilíbrio e o bom funcionamento do nosso organismo.

Leites vegetais: veja os prós e contras de cada um

Conteúdo original Minha Vida

table-933575_640

Os leites vegetais são opções saudáveis para uma dieta balanceada. Contudo, saiba que eles não substituem o de vaca. “Porque o tipo e a quantidade de proteínas são diferentes. Os leites vegetais são indicados para enriquecer o plano alimentar e para quem tem alergia à proteína do leite de vaca Para quem se preocupa com a obtenção de cálcio, abundante no leite animal, é essencial a suplementação no plano alimentar caso a bebida seja preparada de forma caseira”, explica a nutricionista Rita de Cassia Leite Novais.

As bebidas vegetais também possuem uma série de nutrientes que o leite de vaca não tem. Por isso, confira a seguir quais os principais nutrientes, benefícios, pontos negativos e cuidados ao consumir cada um dos leites vegetais.

Leite de amêndoas

almond-21502_640

O leite de amêndoas conta com boas quantidades de cálcio, vitamina E, potássio, magnésio, zinco, cobre, fósforo, fibras e vitaminas do complexo B. As vantagens deste tipo de leite em relação ao de vaca está no fato de ele ser rico em gorduras insaturadas, as famosas gorduras boas, e contar com fibras. “Assim, este leite auxilia no controle do colesterol e dos níveis de açúcar no sangue. Além disso, possui grande quantidade de potássio sendo benéfico para pessoas com pressão alta e problemas musculares”, explica a nutricionista Hannah Médici, membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional.

Porém, ele também possui algumas desvantagens em relação ao leite de vaca, pois conta com uma quantidade menor de proteínas por porção.

Apesar de ser saudável, é importante não consumir grandes quantidades do leite de amêndoas, já que ele é rico em gorduras. “Quanto ao armazenamento, lembrar-se de deixá-lo em refrigeração, conforme recomendações do fabricante ou se organizar para congelar, pois o período de validade é curto”, destaca Hannah Médici. Evite esquentar o leite de amêndoas, a melhor maneira de consumi-lo é frio.

Leite de aveia

oats-701299_640

 

O leite de aveia é rico em carboidratos, beta-glucanas, um tipo de fibra solúvel, ácidos graxos essenciais, principalmente o linoleico, e antioxidantes, como a vitamina E. As fibras presentes neste leite proporcionam uma série de benefícios. “Melhora o sistema digestivo e ajuda a controlar os níveis de colesterol e açúcar no sangue”, explica a nutricionista Rita de Cassia Novais.

Porém, quando comparado com o leite de vaca, o leite de aveia conta com uma menor quantidade de proteínas. Ele também possui menos gorduras do que os leites de oleaginosas. Por ter menos gorduras e proteínas e mais carboidratos, este leite não proporciona tanta saciedade quanto os outros leites, apesar de conter fibras.

glass-518042_640

Para obter todos os benefícios do leite de aveia é importante não exagerar no consumo, especialmente para quem está acima do peso. “Devido ao excesso de carboidratos presentes no alimento. Mas se combinado a uma fruta trata-se de uma excelente opção para iniciar o dia”, conta Hannah Médici.

Também é melhor consumir este leite frio. O alimento possui glúten, portanto, pessoas com intolerância à substância devem evitá-lo.

Leite de arroz

milk-933106_640

O leite de arroz conta com triptofano, aminoácido essencial e necessário para formarmos uma substância chamada serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e que pode até contribuir para a diminuição da compulsão alimentar. Este alimento também conta com boas quantidades de vitaminas do complexo B e é rico em carboidratos.

Ele também possui mais micronutrientes do que o leite de vaca e não conta com gorduras saturadas, que em excesso podem causar problemas cardiovasculares, entre outros. Porém, conta com uma quantidade menor de proteínas. “Por isso, proporciona menos saciedade em relação ao leite de vaca”, diz Rita de Cassia.

Pessoas com níveis de açúcar no sangue elevados devem evitar consumir grandes quantidades deste leite, já que ele conta com grandes quantidades de carboidratos. Para preservar todos os nutrientes, consuma este leite frio.

Leite de soja

milk-642734_640

O leite de soja é rico em cálcio, proteínas, potássio e magnésio. Um dos principais benefícios do leite de soja está no fato de conter isoflavanas. Trata-se de um fitoquímico capaz de atenuar os sintomas da menopausa por participar da produção, do metabolismo e da ação dos hormônios sexuais. Em outras palavras, as isoflavonas atuam como um substituto do estrógeno (hormônio que sofre notável queda no período do climatério) e contribuem para a manutenção do equilíbrio hormonal.

Há uma polêmica sobre se o excesso de leite de soja pode causar problemas para a saúde ou não. Alguns especialistas defendem que como a soja é rica em isoflavonas, que são semelhantes ao hormônio feminino estrógeno, a concentração deste hormônio no organismo aumenta quando a pessoa ingere muito deste grão. Assim, existiria a possibilidade do consumo em excesso do grão por meninas ocasionar a puberdade precoce. Outro problema que poderia ocorrer é que a soja quando ingerida em grandes quantidades por homens prejudicaria a qualidade do esperma e consequentemente a fertilidade. Em ambos os casos ainda não se chegou a uma conclusão definitiva sobre se o alimento causa estes problemas de saúde.

Leite de castanha de caju

nuts-643393_640

Este leite possui proteína, ácidos graxos essenciais, principalmente ômega-9, e é a maior fonte de cobre, ferro e zinco entre as castanhas. A bebida contém ainda quantidades significativas de magnésio, manganês e fósforo.

Trata-se de uma bebida aliada do coração. “Por possuir grande quantidade de ômega-9 é um grande aliado na prevenção de doenças do coração e auxilia no aumento do HDL, o colesterol bom, e contribui para a diminuição do LDL, o colesterol ruim”, diz Hannah Médici. Além disso, o omega-9 pode auxiliar na melhora do humor e aceleração do metabolismo.

O leite de castanha de caju possui grande quantidade de gorduras boas que, apesar de serem saudáveis, em excesso levam ao ganho de peso. Por isso, é essencial não exagerar no consumo desta bebida. Outro ponto importante é ter cuidados em relação ao armazenamento e conservação em refrigeração, procure dividir este leite em porções menores para serem congeladas.

Receita: Biomassa de Banana Verde caseira

bananas-691856_640

Já ouviu falar em biomassa de banana verde?! Pode ser utilizada como substituta de ingredientes como farinha, creme de leite, leite e amidos em preparações, pois possui sabor muito suave e fornece ótima textura para massas, cremes, molhos, etc. É um coringa e torna as preparações muito mais saudáveis e menos calóricas.

Para quem ainda não sabe do que se trata, a biomassa de banana verde consiste em uma preparação feita com polpa de bananas verdes cozidas. Além de muito gostosa, possui a vantagem de ser rica em amido resistente, ou seja, grande parte do carboidrato presente em sua composição não é digerível pelo organismo. O que a torna um é excelente alimento para o bom funcionamento intestinal, controle da glicemia e saciedade.

bananas-571544_640

A biomassa é rica em propriedades positivas para o corpo e proporciona vários benefícios:

  • Mantém a integridade da mucosa intestinal e assim melhora a absorção dos nutrientes;
  • Previne diarréias e constipação;
  • Possui baixo índice glicêmico, ou seja, cai gradativamente na corrente sanguínea, evitando picos de glicose e prevenindo a diabetes;
  • Reduz colesterol e ainda previne contra doenças do coração;
  • Conta com vitamina A, que é importante para a saúde dos olhos, da pele e contribui para o crescimento e ainda vitaminas do complexo B, B1, B2 e B3;
  • Melhora a imunidade: O amido resistente da biomassa de banana verde contribui para a saúde da microbiota intestinal. Quando a microbiota intestinal está saudável existe a produção de uma substância chamada citocina anti-inflamatória que melhora a imunidade, fazendo com que os anticorpos trabalhem com mais eficiência.

Pode ser utilizada para dar consistência as preparações mais líquidas e cremosas (sopas, purês, vitaminas..) e quando em farinha, é uma ótima substituta da farinha branca por conta de todos esses benefícios e também por não conter glúten. Tudo de bom e mais um pouco, né gente?!

Biomassa de Banana Verde

Receita compartilhada pela top fit Joane Demamann

mashed-potatoes-439976_640

 

  • 10 bananas bem verdes
  • Água.
  1.  Lave as bananas uma a uma;
  2. Coloque-as na panela de pressão com água já fervendo (água suficiente para cobrir todas as bananas);
  3. Tampe a panela e, quando pegar pressão, deixe cozinhar por 10 min. Desligue o fogo e deixe a pressão sair;
  4. Abra a panela, descasque as bananas ainda quentes (cuidado para não queimar a mão);
  5. Coloque todas no liquidificador e acrescente água filtrada. A quantidade de água varia de acordo com a textura da massa desejada: se você quer uma biomassa mais densa, como um purê, coloque pouca água; se quiser uma biomassa mais fluída, como um creme de leite, acrescente mais água.

Ela é superversátil e se adapta bem a diversos tipos de preparações. Você pode incluí-la em receitas doces, como bolos, arroz doce, mousses e iogurtes. E também em salgadas, como almôndegas, tortas, omeletes, panquecas, patês, etc.

Na medida certa, chocolate ajuda a emagrecer

chocolates-563382_640

Essa é aquela notícia que faz a mulherada pirar. Mas não se animem muito porque, embora as propriedades existentes no chocolate amargo ou meio amargo auxiliem no emagrecimento, a eficácia depende dos hábitos de vida e do consumo controlado.

Comer pequenas porções de chocolate (30 gramas – o equivalente a dois bombons) contribui para o controle da saciedade, por meio da ação antioxidante que inibe a produção do hormônio chamado leptina, responsável pelo controle do apetite. Ele também ajuda a promover a aceleração do metabolismo, que leva a uma maior queima de gordura.

chocolate-183543_640

Mas, como nem tudo são flores, para que haja resultados positivos, é importante combinar uma dieta balanceada com a prática regular de atividade física. Pois, como o chocolate também é rico em calorias e gorduras, extrapolar a quantidade recomendada pode resultar no efeito contrário.

O chocolate amargo ou meio amargo, assim como as oleaginosas tais quais nozes, castanhas etc, é farto em ácidos gordos monoinsaturados, ou seja, gorduras boas, que atuam na eliminação da gordura abdominal.

Compare as versões e suas propriedades:

1250790636656tabela_chocolate460

Fonte: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos do Ministério da Saúde e livro Crescendo com saúde 2, de Maria Luiza de Brito Ctenas. Acesso em Unimed.

Já falamos por aqui que tudo em equilíbrio pode e não é preciso sofrer por passar vontade de comer o que se quer. O segredo está em equilibrar os prós e contras e viver feliz, sem neuras ou cobranças. Basta ter consciência (e muito amor) para cuidar do corpo e da saúde.