Tag: Santos

Sábado é dia de yoga em Santos

Sábado é dia de yoga em Santos

Se você é de Santos e região, ou estiver de passagem pelas redondezas, fique esperta(o) e acorde um pouquinho mais cedo, pois no sábado agora, dia 08, acontecerá o Yoga Day, uma programação totalmente gratuita e destinada à prática, palestra ou vivência aberta a todos os interessados.

No período da manhã serão compartilhadas duas diferentes técnicas:

  • a Hatha Vinyasa, ministrada pela Camila Kaziyama, das 9h30 às 10h30 e
  • a Heart Chakra Meditation, com Prem Giridhari (Marcelo) das 11h às 12h.

Para que você compreenda a diferença entre elas, vale explicar que “a prática de Hatha Vinyasa é para quem aprecia mais os movimentos do que a permanência, uma vez que ela não tem tanto alinhamento. É um método mais dinâmico, que tem como base as técnicas do Hatha Yoga e a fluidez do Vinyasa.”

Enquanto a meditação do Chakra do Coração, ou Heart Chakra Meditation, “é uma meditação ativa e um exercício baseado numa tradição Sufi com centenas de anos, uma filosofia que parte do princípio de que somos todos partes do Divino, e que encarnamos para trabalhar a nossa evolução e consciência cósmica para re-conexão com Ele. Quando o Chacra cardíaco está aberto, todas as energias fluem livremente, por isso, nesta prática, levamos todo nosso foco para a respiração, mais especificamente na expiração. É uma prática muito potente e um exercício muito simples de respiração e movimento, que pode ajudar a aliviar a pressão interna ao permitir que a energia do coração flua livremente.”

Ambas as atividades têm limitação de vagas e exigem a inscrição antecipada via Whatsapp (13) 99660-6980 ou pelo direct no Instagram d’O Santo Yoga, que é a instituição promotora do evento.

O Santo Yoga fica na Rua Clay Presgrave do Amaral, 14, no bairro do Gonzaga em Santos/SP (ao lado da Droga Raia e Lojas Americanas do Canal 3). Relembrando que o Yoga Day é gratuito, aberto a todos(as), e oferece estacionamento no local para carros, motos, bicicletas, patinetes e cães. 🚗🛵🚲🛴🐕

Em Santos/SP: Workshop Gratuito sobre Alimentação Inclusiva

Em Santos/SP: Workshop Gratuito sobre Alimentação Inclusiva

Se você é de Santos, SP, ou estará pela cidade neste final de semana, poderá assistir a um workshop gratuito sobre alimentação inclusiva, voltado às restrições alimentares e a maneira saudável de se alimentar. Além de toda a informação do tema, os participantes também terão uma aula que ensinará uma receita de pizza.

A responsável pelo compartilhamento das informações é a chef Vanessa Mello, do Sabor e Saúde. Dentre os tópicos, será abordada a não inserção de ingredientes e substâncias como o colesterol, glúten, a soja, corantes, açúcar branco, lactose e leite na totalidade na rotina alimentar.

A atividades é aberta ao público que busca a alimentação saudável como estilo de vida e, em especial, àqueles com restrições: alérgicos, celíacos, diabéticos e hipertensos.

O evento será no próximo sábado, dia 16/9, é gratuito e os interessados devem chegar com meia hora de antecedência, pois há limitação de lugares. O endereço é Rua Doutor Suplicy, 83, Gonzaga, Santos. Para maiores informações, entre em contato com a loja Terra Madre, sede do workshop, no telefone (13) 3321-6377.

Festival Vegano: Caiçara Vegan Fest marca o final de semana em Santos

Festival Vegano: Caiçara Vegan Fest marca o final de semana em Santos

Se você é de São Paulo e/ou está passando pelo litoral do estado neste final de semana não pode deixar de conferir a 9ª edição do Caiçara Vegan Fest, que acontecerá em Santos, durante todo o domingo.

O festival abre o calendário de eventos veganos na cidade. A entrada é gratuita e o visitante poderá usufruir de diversos e diferentes produtos dos gêneros alimentício (haverá massas, lanches, salgados fritos e assados, feijoada, tortas, bolos e outras delícias), vestuário (roupas, calçados e acessórios) e cosmético (produtos de higiene e beleza), além de prática de yoga e bate-papo com especialistas (ambos totalmente abertos à participação do público e sem custo).

Confira a programação:

11 horas: Aula aberta de yoga – Krishna Devi Dasi
14 hora: Veganismo na Gestação e Lactação, bate papo com Juliana Molina (Vegan4you)
15 horas: O despertar para o vegetarianismo, com a nutricionista Marilise Gelinsk (SVB);
16 horas: 2018, o ano da expansão do mercado vegano, com Elton Bastos.

Caiçara Vegan Fest ocorrerá no Clube AFC – Associação Funcionários da Cosipa, que fica na Rua Olintho Rodrigues Dantas, 80, bairro Encruzilhada (pertinho da Av. Ana Costa, na altura da Rua Carvalho de Mendonça), das 11 às 20 horas.

Fonte: Juicy Santos

Experimentando a Fitoterapia

Quando entendemos o real significado de ser saudável, a vida toma uma proporção diferente. Passamos a ter consciência de tudo que nos cerca e pode afetar o funcionamento do nosso corpo e, consequentemente, da nossa saúde. Comigo foi assim. Sem neuras. Apenas um despertar.

E, é claro, a partir daí, o cuidado com a preservação do bem estar por completo tornou-se constante. Mantenho-me atenta ao consumo diário de água, a ter uma alimentação mais diversificada o possível, à prática regular de exercícios e também à rotina médica. Ao compreender que o corpo é o meu instrumento para a vida, busco deixar a ‘casa em ordem’.

É engraçado como nós nos acostumamos com o anormal. Já reparou?! De repente, um dia, começamos a ter uma tosse, que se torna nossa e vai ficando – sem porquê. Uma fungadinha, uma coceira, alguma coisinha que foge ao normal, mas que acaba se acomodando e fazendo parte da nossa rotina.

Toda a vida eu sofri com o trato respiratório. Tive bronquite quando criança (decorrente da amamentação – minha ama de leite era fumante), com crises fortíssimas, e  e, neste período, consigo contar nos dedos de duas mãos quantas vezes funguei e/ou espirrei. Poderia chamar de milagre, se não fosse medicina.

O que é fitoterapia?*

“O termo fitoterapia tem origem grega, no qual fito (phyto) significa “vegetal” e terapia (therapeia) quer dizer “tratamento”. A fitoterapia é a utilização das plantas para tratamento de doenças e recuperação da saúde.

Pode-se considerar medicamento fitoterápico toda preparação farmacêutica (extratos, pomadas e cápsulas) utilizando como matéria-prima partes de plantas (folhas, caules, raízes, flores e sementes) com reconhecido efeito farmacológico.

A fitoterapia é considerada uma especialidade médica, que é tratada na área da medicina alopática, ao contrário da homeopatia e da acupuntura, que são terapias alternativas. Diversas pesquisas científicas realizadas comprovam que o “tratamento vegetal” oferece soluções eficazes e mais baratas para o tratamento de doenças.”

A experiência

Essa terapia era desconhecida para mim. Soube por intermédio de uma amiga que conhecia o local que a oferece: uma casa religiosa de beneficência, que atua há mais de 30 anos (aqui na minha cidade e em mais outras da região) na oferta de serviços gratuitos nas diversas áreas, incluindo a cura.

O processo é totalmente sem qualquer custo, do atendimento à medicação. Meu tratamento resume-se a quatro frascos de preparado medicinal, ministrados de duas em duas horas, durante todo o dia, das 8h às 22h, diluídos em água, e uma pomada (a base de eucalipto) para aplicação tópica, nas narinas, duas vezes ao dia.

Além disso, passei pela auriculoacupuntura com a aplicação de sementes de mostarda. É uma espécie de reflexologia na orelha. Não é utilizado qualquer tipo de agulha ou procedimento invasivo: cada sementinha é direcionada por pinça esterilizada e fixada no ponto exato por fita microporosa. Não senti dor, apenas um leve incômodo e um pouco de coceira em alguns dos pontos, esporadicamente. 

A experiência me surpreendeu muito. O resultado tem sido super positivo. Jamais imaginaria, se ouvisse falar, que seria um tratamento tão eficaz, ainda mais em um problema crônico – com tendência a agravar com as temperaturas mais baixas. Eu estava em um nível no qual apenas uma dose de antialérgico já não me surtia efeito. Não podia passar perfume sem crise de espirro e qualquer odor diferente desencadeava em crise. Durmo muito melhor e acordo sem congestionamento nasal. Quem é do time da rinite sabe bem a magnitude disso! 😥

Não faço o tipo alternativa não, tá?! Porém, acredito em alternativas quando o tradicional já não funciona mais como deveria. E a vantagem é que a fitoterapia não me surtiu qualquer efeito colateral, ao contrário da medicação comum – que me deixa extremamente sonolenta. O conselho é: quem tiver a possibilidade, experimente! Procure saber onde é oferecido o serviço na sua cidade, converse com seu médico. A alopatia tem sido cada vez mais difundida e recomendada pela medicina, tanto como terapia de apoio quanto como tratamento principal, para pacientes com sensibilidade nos órgãos de drenagem (rins e fígado) e que não suportam alta quantidade e/ou concentração de medicação.

Aqui em Santos, o atendimento é mensal, na Zona Noroeste da cidade, sempre aos sábados, das 9h às 11h. Quem for da região e arredores e tiver interesse, sinta-se a vontade para me contatar e obter todos os dados. 😉

*Fonte: Bem de Saúde