Tag: sentimento

Desejo uma chuva! 😀

Fevereiro!

Fevereiro!

Perfil oferece semana gratuita de meditação

Perfil oferece semana gratuita de meditação

Se entre os seus planos para 2019 estão objetivos como autoconhecimento, estar mais presente, ser mais calmo e relaxado, meditar ou mesmo experimentar novas ações, há uma oportunidade gratuita batendo na porta! A partir do dia 07 de janeiro, o Meditar.com.vc vai “dedicar uma semana inteira a diferentes sensações, através dos 7 dias de meditação”.

A cada dia o programa pretende mergulhar em um sentimento adormecido na vida do participante a fim de redespertá-lo no presente. Até o dia 13 de janeiro estarão disponíveis vídeos, áudios e inspirações que podem mudar a forma como você encara a sua vida.

A participação na jornada dos 7 dias de meditação é gratuita e totalmente online. Para fazer parte dessa experiência baste inscrever-se AQUI.

:)

Florais para se acalmar no fim do ano

Fim de ano é difícil para todo mundo. As metas que precisam ser batidas no trabalho, as incertezas do novo ano que chega e toda a carga emocional que vem com a virada. Procuramos a expert Marcia Rissato, professora de florais da Escola Mona’s, para descobrir cinco deles que ajudam a driblar a ansiedade, cansaço e as angústias desta época do ano. Anote:

1. Holly: para resgatar o mais profundo sentimento de amor universal e aceitação.
2. Star of Bethlehem: para cicatrizar as feridas da alma e atenuar a saudade doída.
3. Wild Oat: para receber o novo e encontrar o propósito de vida.
4. Walnut: para criar uma camada protetora, fortalecendo momentos de mudança e transformações.
5. Cerato: para estimular a confiança na intuição e ouvir a voz interior.

Conteúdo Vogue

Checklist do amor: a diferença entre o gostar e outros sentimentos

Conteúdo original Revista Bons Fluídos

1. É amor ou medo?

O sentimento de “eu não mereço receber amor” é uma das principais causas de problemas em um relacionamento. Se você não é capaz de amar a si mesma, como vai amar o outro?

2. É amor ou dependência? 

É claro que você deve pedir ajuda ao seu parceiro. Mas quando a dependência ultrapassa o limite, você começa a ver no outro a única forma de sobrevivência! A sensação de que você não consegue viver sem o outro, além de prejudicar o relacionamento à dois, vai afetar a sua autoestima.

3. É amor ou carência?  

Amar alguém e precisar do outro para ser feliz tem a sua diferença. No estado de carência, você oscila entre os sentimentos de medo e ansiedade o tempo todo: medo do outro te deixar, ansiedade quando ele não está.

4. É amor ou eu tenho algo a ganhar com isso?

Amor não inclui a palavra ganho, porque suas atitudes não esperam algo em troca – é sobre ser e estar junto. Se você dá amor pra receber amor, eventualmente vai se desapontar.

5. É amor ou sacrifício?

Tem limite: sacrifícios saudáveis baseados no amor e aquele sacrifício baseado no medo – de desapontar, de perder, de ser deixado. Quando você percebe a diferença, fica mais fácil saber quando o amor vai bem.

6. É amor ou estou tentando mudar o outro?

Se incomodar com algumas atitudes é uma coisa, mas não dá pra amar alguém e, ao mesmo tempo, tentar mudar quem essa pessoa é – já parou pra pensar que talvez você não a ame de verdade e ame uma ideia que você tem dela?

7. É amor ou estou tentando controlar essa pessoa?

Aonde vai, com quem, por que motivo. São perguntas como essas que demonstram o controle excessivo com outro, ultrapassando o carinho e o cuidado. Amor é sobre crescer junto e o controle excessivo impede esse crescimento.