Tag: Sobremesa light

Especial de Natal: Gelado de Abacaxi Light

Podem falar o que for, mas comer continua sendo um ato de comunhão e união. Uma mesa posta, distribuída de gente que compartilha dos mesmos sentimentos é puro amor. Ainda que não seja farta, nem muito refinada, o que importa mesmo é o vínculo que o momento proporciona. E no Natal não pode (nem deve) ser diferente. Nós colaboramos com uma receita bem deliciosa para adoçar a família: um gelado de abacaxi.

Essa é a versão Equilibre-se daquela já conhecida sobremesa de abacaxi, que leva creme branco, bolo e caldinha da fruta. Geladinho e molhadinho. É um repeteco: fiz no ano passado e foi sucesso. Porém, neste ano ela vem repaginada numa versão mais leve, com pouco açúcar e menos gordura.

Gelado de Abacaxi

 

Para a massa:

  • 1 ovo inteiro e 2 claras
  • 1 xícara de chá de açúcar refinado
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento biológico
  • Caldo de 1 laranja

Antes de começar, peneire o açúcar e a farinha, para uma massa mais leve e fofinha. Na batedeira, bata os ovos inteiros, em velocidade alta, até que fiquem com uma consistência nevada – fica uma massa leve numa coloração amarela bem clarinha. Acrescente o açúcar aos poucos (vai parecer uma gemada).

Tire da batedeira e acrescente aos poucos a farinha peneirada, para que não perca a leveza. Vá colocando e mexendo; assim que incorporar, coloque mais um pouco, até usar toda a farinha. Por último, acrescente o fermento e o caldo de uma laranja e incorpore delicadamente na massa.

Coloque em assadeira plana e untada. Asse em forno pré aquecido a 180ºC por, aproximadamente, 30 minutos ou até dourar a massa e o palito sair limpo.

Para o creme:

  • 1 lata de leite condensado light
  • 1 lata (ou caixinha) de creme de leite light

Numa panela, misture todos os ingredientes. Leve a panela ao fogo baixo, e mexa sem parar por cerca de 10 minutos ou até que engrosse – mas lembre-se que, depois de frio, o creme firma. Desligue o fogo e transfira o creme para uma tigela. Cubra com filme, encostando no creme, e leve à geladeira por no mínimo 30 minutos para esfriar.

Para a calda de abacaxi:

  • 1 abacaxi bem grande
  • 1/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 1/4 de xícara (chá) de rum (o álcool evapora, mas você pode usar uma essência)

Descasque o abacaxi e corte em fatias de 1 cm. Corte as fatias em tiras e as tiras, em cubos de 1cm. Numa panela, junte o abacaxi picado, o rum e o açúcar e leve ao fogo médio, mexendo de vez em quando, até que ele amoleça e forme uma calda, por cerca de 15 a 20 minutos. Passe o abacaxi cozido pela peneira e reserve a calda, que será usada para regar a massa. Transfira o abacaxi para outra tigela, cubra com filme e leve à geladeira para esfriar.

Montagem

  • 1/2 xícara de chá de coco fresco ralado ou 1 saquinho de 50 gramas de coco ralado não adoçado (opcional)
  • 1 xícara de chá de chantilly (opcional)

Passo a passo:

1. Corte o bolo ao meio, no sentido da largura. Forre um refratário de cerca de 20 x 30 cm com uma das metade. Regue metade da calda de abacaxi. Espalhe metade dos cubos e cubra com metade do creme. Coloque a segunda camada do bolo e repita o procedimento.

2. Se quiser, cubra com o chantilly. Se não, alise bem a última camada de creme para ter um bom acabamento. Leve à geladeira por no mínimo 2 horas e, na hora de servir, polvilhe o coco fresco ralado por cima.

Receita: Mousse Fit de Abacate com Alfarroba

Essa receita é daquelas que enganam nossos olhos e nos incentiva a consumir frutas que talvez não nos animássemos em comer in natura.

É uma falsa mousse, super saudável e muito saborosa, a base de abacate, que leva leite, mel e alfarroba (ou cacau). Daquelas sobremesas que, ao abrir a geladeira, você nem lembra que é feita com fruta e não pensa duas vezes antes de atacar. E, sendo o abacate um fruto cheio de propriedades nutricionais, essa receita cai muito bem para complementar a alimentação da criançada, sem sofrimento, com sabor e sustento.

avocado-71567_640ground-315407_640

A alfarroba

Um ingrediente diferente aqui é a alfarroba, uma espécie de versão mais benéfica do cacau. Originalmente, ela é um tipo de vagem, como a baunilha, que se torna pó após o processo de trituração e torra da polpa.

alfarroba em vagem

O que a fez ter tanto destaque como uma alternativa ao cacau são seus menores índices de açúcar e gordura:

Enquanto o cacau possui até 23% de gordura e 5% de açúcar, a alfarroba possui 0,7% de gordura e um alto teor de açúcares naturais (sacarose, glicose e frutose), em torno de 38 a 45%. (Fonte: Mundo da Alfarroba)

Outra vantagem é a ausência de estimulantes presentes no cacau, como a cafeína e a teobromina. A alfarroba não contém glúten e é rica em fibras naturais, o que auxilia na absorção de gorduras e na proteção da mucosa do intestino. Além de conter nutrientes importantes para o funcionamento do organismo, como as vitaminas A, B1 e B12, cálcio, magnésio, ferro e possuir alto poder antioxidante.

Opinião pessoal: o sabor lembra uma mistura de café com chocolate, sendo o sabor mais puxado pro café. Sabe? O paladar não lembra muito o chocolate não, é mais forte e mais marcante, mas bem saboroso também. Comprando a granel, não paguei muito mais caro do que o cacau em pó não. Na verdade, saiu até mais barato. Claro que não é preciso comprar a alfarroba apenas para fazer essa receita. Ela também dá certo tanto com o cacau, quanto com o chocolate em pó (use o que tiver em casa ou o que for mais rentável pro bolso, tá?). Toda essa menção é para que você saiba que existe, do que se trata e que possa experimentar conscientemente quando tiver oportunidade.

A receita

  • 1 abacate médio (tamanho um pouco maior que a mão)
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 3 colheres de sobremesa de alfarroba em pó (pode ser cacau ou chocolate em pó, 2 colheres de sopa)
  • 100 ml de leite desnatado (pode ser integral também, mas aí perde o rótulo de fit, pelo fato de o leite integral conter gordura)

Bata tudo do liquidificador (o leite, o mel, a polpa do abacate e a alfarroba [ou cacau ou chocolate]). Divida em potinhos individuais, coloque por 20 minutos na geladeira e sirva a seguir.

Tatiane Lima - Direitos reservados

Rendeu esses três bowls, de tamanho médio, de 10 cm de diâmetro por 5 cm de altura. Ou seja, mais de dez colheradas generosas nessa porção.

Mesmo quem não gosta de abacate não deve deixar de provar. Perde totalmente o gosto e, se você não sabe o que é, nem imagina que tenha abacate aí no meio.

Faça e venha contar se ficou bom!