Tag: Spotify

As 10 músicas mais ouvidas para treinar

Conteúdo original Women’s Health Brasil 

shutterstock_372703618

Nada como começar o ano com uma boa playlist para animar os treinos, certo? Pensando nisso, o Spotify, serviço de música digital via streaming, revelou o ranking de músicas preferidas dos usuários na hora do treino. E os resultados foram surpreendentes.

Parece que a galera gosta de fazer exercício ao som de hip hop, tanto no Brasil quanto no mundo. Artistas como Drake, Eminem, Kanye West e Rihanna estão no topo das listas. Por aqui, “One Dance”, de Drake, é a mais ouvida nas playlists para malhar.

Veja abaixo os rankings das músicas mais escutadas para praticar exercícios e inspire-se para montar a sua playlist.

Top Músicas para treinar (Global)
  1. Eminem – “‘Till I Collapse”
  2. Kanye West – “POWER”
  3. Drake – “Jumpman”
  4. The Chainsmokers – “Closer”
  5. Calvin Harris –  “This is What You Came For”
  6. Rihanna – “Work”
  7. Sia – “Cheap Thrills”
  8. The Weeknd – “Starboy”
  9. Beyoncé – “7/11”
  10. David Guetta – “Hey Mama”
Top Músicas para treinar (Brasil)
  1. Drake – “One Dance”
  2. Calvin Harris – “This Is What You Came For”
  3. Desiigner – “Panda”
  4. Mike Posner – “I Took A Pill In Ibiza – Seeb Remix”
  5. Rihanna – “Work”
  6. Tinashe All – “Hands On Deck – Giraffage Remix”
  7. Jonas Blue – “Fast Car – Radio Edit”
  8. Rihanna – “Bitch – Better Have My Money”
  9. Vigiland – “Shots & Squats”
  10. The Chainsmokers – “Don’t Let Me Down – Hardwell & Sephyx Remix”

As 20 melhores músicas para acordar, segundo o Spotify e a ciência

Conteúdo original BBC

Há canções que são melhores do que outras para levantarmos da cama motivados e com energia. Pelo menos é o que diz a ciência.

E, aparentemente, a melhor delas é Viva la Vida, da banda britânica Coldplay. Esta é a conclusão do psicólogo David Greenberg, da Universidade de Cambridge, após a realização de um estudo em colaboração com a Spotify, a empresa por trás do aplicativo de música digital.

Greenberg afirma que o uso de músicas “adequadas” pode garantir um despertar menos sofrido. “Para a maioria de nós, é uma luta passar do mau humor para um estado de otimismo. Uma música energética como Viva la Vida pode ajudar alguém a obter energia para o resto do dia”.

De acordo com o estudo, os acordes e o ritmo da canção do Coldplay a tornam ideal para despertar. E Greenberg menciona especificamente a terceira e quarta estrofe da canção, dizendo que os trechos têm influência especial sobre o comportamento de quem ouve.

musician-664432_640

O psicólogo preparou uma lista de 20 músicas que supostamente têm os ingredientes necessários para que comecemos o dia de bom humor. E o repertório inclui faixas para lá de variadas. De bandas indie como o grupo canadense Arcade Fire a Lovely Day, canção de Bill Withers de 1977.

Todas têm letras em inglês, com palavras positivas, e são em andamentos mais rápidos, de 100 a 130 batidas por minuto, além de seguirem arranjos comcrescendo (que aumenta pouco a pouco), o qual produz, segundo Greenberg, um efeito motivador.

music-934423_640

“A música não serve apenas para entreter, é algo que adentra nossa psiquê e nosso cérebro. Quanto mais estudamos a música, mais descobrimos o papel que teve no jogo evolutivo, em termos de comunicação e interação social”, explica.

Veja a lista das 20 canções

1. Coldplay – Viva La Vida
2. St. Lucia – Elevate
3. Macklemore & Ryan Lewis – Downtown
4. Bill Withers – Lovely Day
5. Avicii – Wake Me Up
6. Pentatonix – Can’t Sleep Love
7. Demi Lovato – Confident
8. Arcade Fire – Wake Up
9. Hailee Steinfeld – Love Myself
10. Sam Smith – Money On My Mind

headphones-926072_640

11. Esperanza Spalding – I Can’t Help It
12. John Newman – Come and Get It
13. Felix Jaehn – Ain’t Nobody (Loves Me Better)
14. Mark Ronson – Feel Right
15. Clean Bandit – Rather Be
16. Katrina & The Waves – Walking on Sunshine
17. Imagine Dragons – On Top of the World
18. MisterWives – Reflections
19. Carly Rae Jepsen – Warm Blood
20. iLoveMemphis – Hit The Quan

Milk shake de café + Playlist para curtir o feriado

Aow, meu povo brasileiro! Homo e mulheres sapiens! O feriado tardou, mas chegou! Quem tem sorte está em casa, só no relax, com final de semana prolongado. Quem tem juízo está trabalhando, fazendo o aqué, batendo ponto. Mas, em todo caso, e brincadeiras a parte, o que faz uma segunda-feira realidade, sendo feriado ou não, é um bom café! É ou não é? Só o café salva!

coffee-623531_640

E para mudar o formato, já que é feriado, uma segunda diferente, e também para lhe calçar com opções alternativas, vamos compartilhar uma receita bacana de milk shake de café sem sorvete. Pode ser sua nova forma de despertar para a vida, mais gostosa, mais cremosa e sem deixar a cafeína de lado.

Também pode ser um novo uso para aquele restinho de café que fica esquecido na garrafa e acaba indo para o ralo. Ele pode ser um acompanhamento para o lanche da tarde, mas lembre-se: para não ter problemas com o sono, prefira tomar café (ou outros preparos com caféina ou estimulantes), no máximo, cinco horas de dormir.

Milk shake de café (sem sorvete)

coffee-540653_640

  • 50 ml de café forte pronto
  • 1 colher de sopa de chocolate ou cacau em pó
  • 200 ml de leite gelado de sua preferência (integral, desnatado, vegetal…)
  • 4 cubos de gelo
  • Açúcar ou adoçante a gosto

Leve todos os ingredientes ao liquidificador ou mixer e bata em velocidade alta até quebrar todos os cubos de gelo. Sirva em seguida.

headphones-480203_640

E, claro, como não poderia faltar, selecionamos também duas playlists para embalar seu feriadão! Se você está em casa, nem saiu da cama, não tirou o pijama e está muito a fim de curtir a preguiça, essa lista será sua melhor amiga:

Caso não consiga acessar, clique AQUI para ouvir.

Agora, se você foi trabalhar, levantou cedo para encarar o dia, malhar, pegar uma praia, ou simplesmente está buscando absorver toda a disposição para começar a semana com o pé direito, a sua playlist é essa aqui:

Caso não consiga acessar, clique AQUI para ouvir.

Aproveite, divirta-se e equilibre-se!
Ótimo feriado 🙂 !

Preferências musicais podem estar ligadas ao nosso modo de pensar, diz estudo

Conteúdo original de Minha Vida

Você já parou para pensar por que nós temos gostos musicais específicos ou por que você gosta de um gênero de música e de outro não? Pouco se conhece sobre os fatores que podem influenciar em nossos gostos, mas o fato é que demora apenas alguns segundos para sabermos quando queremos ouvir uma música ou quando preferimos pular para a próxima faixa. Estudiosos da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, resolveram investigar mais a fundo este assunto e fizeram uma descoberta bastante inusitada sobre as músicas que escutamos.

mobile-605422_640

De acordo com o estudo, publicado no site revista científica PLOS One no mês de julho, as nossas preferências musicais estão diretamente relacionadas à nossa personalidade e ao nosso modo de pensar. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores reuniram dados de aproximadamente 4 mil pessoas, que foram recrutadas por meio de redes sociais.

Na primeira fase, elas responderam a um questionário elaborado para que os cientistas entendessem como pensavam e reagiam cada um dos participantes, na segunda, elas escutaram 50 músicas de 26 gêneros e subgêneros musicais diferentes, e na terceira, avaliaram cada uma delas. Em seguida, os pesquisadores analisaram as informações coletadas e descobriram que existe uma forte relação entre o perfil psicológico traçado por meio do questionário com as avaliações individuais dadas às músicas.

girl-869213_640

Se uma pessoa tem o chamado “cérebro empático”, que diz respeito à habilidade de reconhecer e reagir aos pensamentos e sentimentos dos outros, ela tenderá a preferir gêneros como R&B, soul e country. Já se ela tiver aquele que chamamos de “cérebro sistemático”, ligado à capacidade de entender regras e sistemas, ela preferirá heavy metal, punk, entre outros estilos parecidos.

Os pesquisadores também descobriram que pessoas mais empáticas tendem a preferir músicas mais calmas, com letras tristes e melancólicas ou até mesmo mais poéticas. Já quem é mais sistemático costuma preferir gêneros mais animados e intensos, com letras fortes e mais divertidas.

music-791631_640

Os estudiosos ainda acreditam que essa pesquisa poderá ter reflexos até mesmo na indústria da música. Segundo David Greenberg, principal autor do estudo, grandes serviços de streaming musical, como Spotify e Apple Music, investem muito dinheiro para descobrir novas e diferentes formas de saber que músicas seus usuários gostariam de ouvir. “Com estudos como este em mãos, pelos quais é possível traçar a forma de pensar das pessoas, identificar possíveis gostos musicais será muito mais fácil e prático”, disse em entrevista coletiva.

Música: as playlists do Obama

obama-356133_640

Música talvez seja uma das mais democráticas e prazerosas artes inventadas pelo homem. Você consegue imaginar sua vida sem música? Ela está em toda parte, nas ruas, casas, no seu mp3 e, é claro, na Casa Branca. Se você está por dentro do noticiário recente, está sabendo que o Obama andou divulgando suas preferências musicais para o mundo e é esse o nosso assunto de hoje.

Pois é, gente! A Casa Branca tornou pública, no final da última semana, duas playlists na plataforma Spotify com faixas selecionadas pelo carismático presidente americano Barack Obama. Segundo o anúncio oficial, esse compartilhamento musical é parte de uma nova conduta adotada no trabalho da imagem do Partido Democrata, do qual o senhor presidente faz parte, a fim de aproximar os eleitores dos políticos de uma forma simples.

the-white-house-103927_640

E tem ponte melhor do que a música? Digamos que ela pode ser considerada uma liga universal. E, intenções a parte, somos nós que saímos ganhando. Além de ficar por dentro do gosto pessoal do Obama, ainda temos a oportunidade de conhecer novos ritmos e artistas.

A seleção soma 40 títulos, que foram divididos em duas categorias: 20 faixas para serem ouvidas durante o dia e 20 faixas para serem apreciadas à noite. E, olha, o Obama fez valer a sua reputação de uma pessoa atualizada e descolada. A playlist é quase um passeio pela história da música, transitando por clássicos como Nina Simone, Billie Holiday e Frank Sinatra,  artistas atemporais como Bob Marley, até os recentes sucessos das paradas como Beyoncé e Coldplay.

Particularmente, gostei demais da ideia e mais ainda das escolhas feitas pelo Obama. Temos apreço por alguns artistas em comum e adorei descobrir gente muito boa e de qualidade que eu não conhecia. A lista noturna é ótima para relaxar e desestressar depois de um dia cheio. Ouça:

Playlist Diurna

Playlist Noturna

E então? Gostou? O Obama pode se arriscar como DJ ou não?!

Shazam: o aplicativo descobridor de hits

Imagine se a você pudesse ter acesso, a qualquer momento, a um tipo de oráculo, que fosse capaz de desvendar certas coisas que você por aí e entregar a mensagem completa, sem neuras, nem ansiedade? Não seria incrível? E andaram pensando nisso! Só que para a descoberta de músicas. É aplicativo Shazam, o oráculo gratuito dos seus ouvidos!

SHAZAMEm alguma passagem da sua vida, com certeza, já aconteceu de você escutar uma música, um tema ou uma trilha, que fosse pura magia, mas que não tinha como saber o nome ou o artista.

Para resolver esse problema, a empresa britânica homônima desenvolveu o Shazam, uma mega biblioteca ambulante, capaz de vasculhar o mundo a fim de reconhecer o som que você procura. O reconhecimento do áudio acontece por comparação de ondas sonoras.

É preciso ter conexão com a internet e funciona de um jeito muito simples: basta abrir o aplicativo e clicar no logo inicial. O aplicativo ouve o som que está tocando por alguns segundos, enquanto faz a busca no seu banco de dados com mais de 16 milhões de faixas, e entrega o resultado, com nome da música, artista ou banda.

O Shazam também dá a opção de assistir o vídeo oficial, conhecer a letra e a possibilidade de escutar a faixa completa em outras plataformas de áudio, como Rdio, Spotify ou Deezer. E mesmo que você não tenha conta ou interesse em acessar outras plataformas, tudo o que buscar no Shazam fica registrado numa espécie de playlist, que pode ser consultada quando você quiser.

Além disso, o aplicativo também lhe permite navegar pelo mapa musical mundial, descobrindo quais as músicas mais tocadas nos continentes, países e estados pelo mundo afora. Ele também organiza uma lista com as mais tocadas, o top 100 Shazam, atualizado semanalmente.

Por ser a plataforma de reconhecimento de áudio mais famosa no mundo e não querer abrir espaço à concorrência, que existe e é forte, o app é bem desenvolvido e apresenta diversas informações relacionadas ao universo musical. Mais do que já foi descrito, oferece também uma espécie de feed com notícias, prévias, lançamentos, divulgações e babados de artistas e bandas.

E a empresa ainda promete novidades. Além de já dispor em seus serviços a possibilidade de reconhecimento de programas das televisões americana e britânica, o novo diferencial da Shazam será o reconhecimento de algumas imagens através da câmera dos aparelhos.

Mas, não é qualquer imagem. Parece que a ideia é atrelar a marca Shazam a outros logotipos famosos, com o objetivo de ofertar conteúdos e experiências exclusivas ao usuário, que terá acesso à promoções e vantagens. E como esse mundo da tecnologia é muito dinâmico e deixa a entender que não há tantos limites, só nos resta esperar para ver o que vem por aí.

Enquanto isso, você pode experimentar e mergulhar no oceano de áudios do Shazam. Ele é gratuito e está disponível para dispositivos Android, iOS e Windows Phone.

Música (sempre!) para turbinar o desempenho da atividade física

Quantas vezes você já se sentiu forçado pela consciência a ir malhar ou praticar qualquer outra atividade, mas a o desânimo falou mais alto? Já tentou dar às mãos à uma playlist caprichada e cheia de músicas motivadoras para dar aquele empurrãozinho mais forte do que a preguiça? Não? Pois pesquisas garantem que a música pode turbinar o seu desempenho na malhação e tornar a vida mais fácil.

headphones-592196_640

Um estudo da Universidade Estadual da Bahia (UESB) constatou que ouvir música enquanto faz exercícios pode aumentar o desempenho em até 15%. Outro levantamento, britânico, verificou que a música reduz a percepção do esforço em 10% e aumenta os batimentos cardíacos, o que evita a fadiga e atua na motivação do praticante.

Combinar o ritmo com a intensidade da atividade também é vantajoso: essa escolha ajuda na concentração com os movimentos e a execução, essenciais para a efetividade dos exercícios e proteção das áreas sensíveis a lesões.

desk-602980_640

Além disso, a música eleva o estado de humor e entretém, o que auxilia a transformar a atividade chata e cansativa em algo prazeroso e positivo. Então, está aí um motivo a menos para resistir à prática de atividades físicas. Escolha um bom fone e mergulhe no prazer de uma música que te anime e estimule.

Para te ajudar a começar, ou mesmo manter o pique, bolamos uma playlist com músicas recheadas de palavras motivacionais, que vão, inconscientemente, te impedir de chutar o tênis pra longe e continuar persistindo na suadeira.

Se você ainda não sabe como ouvir músicas por este aplicativo, clique aqui.