Receita: Torta Integral de Tomate com Abobrinha

Receita de Nathália Araujo, do Cozinha Fit e Fat
Rendimento: 6 fatias
  • 3 xícaras de arroz integral cozido
  • 3 dentes de alho ralados
  • ½ cebola picada
  • 2 ovos
  • 3 colheres (sopa) de aveia em flocos finos
  • Sal rosa a gosto
  • ½ abobrinha em rodelas finas
  • 2 tomates em rodelas finas
  • Fios de azeite
  • Orégano a gosto
  • Folhinhas de manjericão a gosto

  1. Em um processador, coloque o arroz, o alho, a cebola, o ovo e a aveia. Processe até triturar e misturar bem todos os ingredientes.
  2. Unte uma forma da sua preferência e forre o fundo e as laterais com a massa de arroz.
  3. Salpique sal rosa a gosto.
  4. Recheie com as rodelas de abobrinha e tomate.
  5. Derrame fios de azeite e orégano a gosto.
  6. Leve para assar em forno médio por 40 minutos ou até dourar na borda.
  7. Conserve na geladeira por 5 dias.

Sardela: antepasto de sardinha ou aliche

Às vezes você se sente meio enjoado de comer sempre as mesmas coisas? De não sair do requeijão/ margarina/ ricota/ coalhada para passar no pão ou na torrada. É bom ter novidade pra comer, não é?! Um negocinho gostoso, diferente e saboroso para animar a hora mais feliz do dia (que é a da comilança)… A gente tem uma sugestão: sardela!

Reprodução do site Cozinhando para 2 ou 1

Não faz a mínima ideia do que estamos falando? O , do blog Cozinha, Literatura e outras Artes explica:

Sardella ou sardina, em italiano, significa sardinha , a base do preparo do antepasto mais famoso em muitos  restaurantes italianos (…). Na cidade de Crotone e na sua província, na Calábria, é preparado um molho picante e muito gostoso, não muito conhecido mundo afora, mas apreciadíssimo aqui no Brasil, obviamente adaptado: a sardela.

O que provavelmente aconteceu foi que, com a chegada dos italianos no nosso país, muitas das receitas originais acabaram sendo adaptadas, com seus ingredientes substituídos por outros de menor preço ou fáceis de ser encontrados aqui (…). Mas fato é que a sardela é um delicioso antepasto, e se, tipicamente italiano ou não, é muito saboroso e vale a pena prepará-lo.”

sardines-825606_640

Essa receita é da , do Cozinhando para 2 ou 1, e como ela mesma sugeriu, pode ser feita com sardinha em lata mesmo, que é mais barata, com aliche ou anchova, que são mais caros, ou então uma mistura da sardinha com um dos dois peixes mais caros. Vai do gosto de cada um. Fato é que é gostoso e você não deve deixar de fazer!

Sardela

  • 2 dentes de alho picados
  • 1 pimentão vermelho grande picado
  • 1 tomate grande sem sementes e sem pele picado
  • 1 colher de chá de orégano fresco
  • 1 folha de louro
  • 1 pitada de sementes de erva doce
  • 1 colher de café de pimenta calabresa desidratada ou 1/2 pimenta dedo de moça picadinha
  • 1/3 xícara de chá de água
  • 1 lata ou caixinha de extrato de tomate (130 gramas)
  • 150 gramas de sardinha em óleo (ou sardinha anchovada ou filés de aliche ou de anchova)
  • 1 colher de sopa do óleo da conserva
  • Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Aqueça um fiozinho de azeite em uma panela alta e preferencialmente com fundo grosso para refogar os dentes de alho picados. Antes que dourem, acrescente o tomate, o pimentão e as ervas (quebre a folha de louro para que libere seus aromas), a pimenta, a água, mexa bem e deixe cozinhar em fogo bem baixo até que o pimentão esteja macio  — a água vai quase secar.

Reprodução do site Cozinhando para 2 ou 1

Descarte a folha de louro e bata o restante com o extrato de tomate no liquidificador, processador de alimentos ou mixer, e triture tudo muito bem. Coloque, então, o peixe que irá com 1 colher de sopa do óleo da conserva e triture novamente até obter um creme homogêneo.

Retorne a mistura à panela e espere apurar ainda em fogo baixo até engrossar e o azeite se separar um pouco da mistura. Você pode deixar a textura mais ou menos firme, como preferir.

Reprodução Eita Pleura

Por fim, prove e tempere com sal, se necessário, e pimenta do reino a vontade. Espere esfriar e guarde na geladeira em pote bem fechado. Nos dia seguinte fica ainda mais saboroso!

Esta quantidade rende mais ou menos 1 xícara de sardela e pode ser mantida em geladeira por até uns 15 dias, desde que em potes bem fechados. Sirva com pães e torradinhas ou, como é muito comum na Itália, sobre ovos fritos.

Molho de tomate caseiro rápido e fácil

Amanhã é domingo, dia oficial do almoço caprichado (e Dia das Mães!), da massa e nada mais justo do que compartilhar uma receita fácil, rápida (6 min no fogo) e saudável de molho de tomate fresco caseiro para fazer a alegria da sua refeição. Afinal, o segredo de uma boa massa, é um bom molho!

tomatoes-646645_640

Essa receita chama atenção por ser muito prática. Até então nunca tive conhecimento de uma receita de molho que não ficasse horas apurando no fogão e ainda passasse por outros processos demoraaaados. Dava até desgosto pensar em ter tanto trabalho para um resultado caro e pouco rentável.

Porém, com esse molho é diferente. Sabor é seu nome e praticidade é o sobrenome. Aproveita que hoje é sábado, tem feira livre, sacolão e promoção no supermercado em várias cidades, e já faz a comprinha do tomate e dos temperos para preparar um molho bem gostoso para servir um almoço especial para sua mãe amanhã.

tomato-498721_640

Dica: Mesmo com as altas nos preços, as feiras livres e sacolões sempre ofertam produtos mais baratos. Geralmente, nesses lugares, há opções de bacias e pacotes pré-selecionados com tomates não tão bonitos, mais maduros e amassadinhos, que podem não servir para uma salada, mas são excelentes para um molho caseiro. Procure por eles e economize! O importante é estarem bons, não importa a aparência.

A receita original é da Rita Lobo, do programa Cozinha Prática, do canal GNT. A Rita propõe o uso de uma lata de tomate pelado em cubos, o que deixa o custo total mais alto, visto que esse tipo de produto é caro. Para tornar a receita mais em conta e acessível, a nossa proposta é fazer uma substituição por extrato de tomate, do mais baratinho, já que o seu papel na receita é encorpar e ajudar a dar cor. Ok?!

tomatoes-675877_640

As ervas e temperos também são substituíveis, de acordo com o gosto de cada um. A Rita fez um molho de paladar bem tradicional italiano, com manjericão, mas quem não é fã pode adaptar como preferir. Você vai precisar de:

  • 4 tomates italianos (ou débora ou o que tiver) maduros
  • 1 lata ou sachê de extrato de tomate
  • ¼ de xícara de água
  • 10 folhas de manjericão
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga (ou azeite)
  • ½ cebola descascada
  • 1 pitada generosa de açúcar
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 pitada de pimenta-do-reino moída (opcional)

  1. Numa tábua, corte os tomates em pedaços e transfira para o copo do liquidificador (se quiser, retire e descarte as sementes). Junte o extrato de tomate e bata tudo até ficar liso.
  2. Corte ao meio e descasque uma metade da cebola. Guarde a outra metade, só vamos usar uma. Lave e seque as folhas de manjericão.
  3. Coloque três colheres (sopa) de azeite numa frigideira ou panela grande e leve para aquecer em fogo médio. Junte metade do manjericão e deixe fritar por apenas dois minutos.
  4. Acrescente o tomate batido, tempere com o sal, a pimenta-do-reino e o açúcar e misture. Junte a cebola (sem picar) e deixe cozinhar por seis minutos.
  5. Desligue o fogo, acrescente o restante do manjericão e a manteiga – ela deixa o molho ainda mais aveludado, mas também pode ser o azeite – e misture até derreter. Sirva a seguir.

Difícil?! Não, né?! Liquidificador, panela, não precisa picar, nada muito elaborado, porém com um resultado maravilhoso.

Para retirar a acidez, você pode acrescentar uma colher de chá de fermento em pó junto aos tomates, antes de bater.

beef-17040_640

Esse molho dura até três dias na geladeira e pode ser congelado. A Rita deu uma super dica ensinando a congelar em sacos com fechamento ziplock (aquele abre e fecha): você enche até a metade do saquinho, fecha e leva ao congelador sobre uma forma ou algum apoio plano. Depois de congelado, fica como se fosse uma “folha”, o que facilita o armazenamento, ocupa pouco espaço, além de permitir o uso sem sacrifícios: basta quebrar lascas e usar conforme o desejado.

E se você ainda está em dúvida se vale a pena fazer ou não essa receita, veja AQUI quais são os benefícios do tomate e o que você está deixando de absorver consumindo molhos industrializados.

Peixe prático à milanesa de micro-ondas

(Não é publicidade!)

A Páscoa está batendo na porta e nem tudo está perdido nesse almoço especial de feriado. Se você é daqueles que não tem tempo, nem talento para a cozinha, não se preocupe! Bolamos uma sugestão super prática e saborosa para uma refeição bacana com peixe à milanesa, que fica pronto em um pouco mais de dois minutinhos no micro-ondas.

Como sempre ressaltamos por aqui, somos adeptos e defensores da vida prática e saudável e, claro, do equilíbrio. Nem sempre é possível consumir só coisas do bem e nosso lema não é uma ditadura imposta ou um regime, mas sim comer de tudo, com consciência e mantendo o equilíbrio entre o sabor, a vontade/ desejo, a nutrição e a satisfação.

satis

Graças à tecnologia e às novas necessidades da família moderna, hoje no mercado há diversas opções de produtos que facilitam a vida. Nem sempre eles são benéficos à saúde. Mas também há aqueles que não são de todo mal, desde que consumidos com certa moderação e pouca regularidade.

É o caso desse produtinho que pode salvar seu almoço de Páscoa, o Satis. O Satis é uma mistura em pó temperada para empanados, desenvolvido pela Ajinomoto. A indicação principal é no preparo de frangos, mas também é indicado para peixes.

Ele é mega prático. Você não precisa temperar nem realizar nenhum tipo de preparo prévio com a carne (de peixe ou frango) antes, a não ser que haja necessidade de limpeza – retirada de espinhas, peles e ossos, no caso. Se não, basta empanar a carne com ele e levar ao micro-ondas por dois minutos e trinta segundos! O resultado é uma carninha saborosa, crocante e sequinha!

Também há a opção de preparo no forno e na panela com óleo. Ele não é das opções mais saudáveis, mas, se comparado a outras formas de preparo, é bem menos prejudicial. O que pesa mais é a quantidade de sódio, mas se você leva uma vida regrada e faz controle do consumo dessas substâncias, isso não é um problema. É mais leve do que comer um lanchinho fast food, um salgadinho ou aperitivo industrializado!

tabela

 * % Valores Diários com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas. ** VD não estabelecido.

O Satis é encontrado em três sabores: tradicional; queijo, toque de tomate e manjericão; e ervas com toque de limão, que é a sugestão para o preparo dessa receita de peixe. Para o prato completo, você vai precisar de:

  • Meio quilo de peixe, pode ser qualquer um em filés ou postas não muito grossas
  • 4 batatas cozidas em rodelas
  • 2 cebolas médias cortadas em rodelas grossas
  • 2 tomates grandes cortados em rodela
  • Azeite extra virgem a gosto
  • Azeitonas a gosto
  • Temperos de sua preferência

Deixe o peixe em temperatura ambiente ou fresco de geladeira, não dá certo com a carne congelada ou muito molhada do degelo. Descasque e corte as batatas em rodelas. Você também pode cozinhá-las usando a técnica do micro-ondas, que já ensinamos AQUI. Depois de cozidas, reserve. Derrame o conteúdo de Satis num prato limpo e seco. Empane os filés ou postas de peixe, um a um. Prepare um prato ou recipiente que possa ir ao micro-ondas, forrando com duas folhas de papel toalha (há instruções desse preparo na embalagem). Feito isso, acomode o peixe nesse parto e leve ao micro-ondas por dois minutos e meio.

potato-393563_640

Corte as cebolas em rodela e, numa panela em fogo médio, refogue até que elas fiquem transparentes, acrescente os tomates e depois as batatas. Acerte o sal e demais temperos de sua preferência (coentro, salsa, tomilho, alecrim etc.). Coloque as azeitonas e desligue o fogo. Nesse meio tempo estarão prontos o peixe e um acompanhamento de batatas bem tradicional. Você também pode servir um arroz branco e uma salada de folhas, de acordo com o seu gosto.

Serão 15 minutinhos de cozinha para o preparo de uma refeição gostosa e completa!

O Satis é vendido nas principais redes de supermercados e custa entre R$ 2,60 e R$ 3,70. Cada pacotinho empana cerca de meio quilo de carne de peixe ou frango.

Não estou ganhando nada com isso, não é um post de publicidade (vale lembrar). Pensei em compartilhar com vocês porque acredito que a cozinha não deve ser um empecilho. Conheço e uso esse produto, que funciona em praticidade e me salva algumas vezes num preparo rápido, quando só tem frango congelado e sem tempero.

easter-bunny-95096_640

Quem fizer, vem contar como ficou! Aproveita que ainda dá tempo de passar no supermercado, preparar e surpreender a família até amanhã!