Tag: vale a pena

Jessie Reyez, a voz que vale a pena ouvir

Dona de um estilo bem natural, e certa lembrança dos traços marcantes de Frida Kahlo, a cantora e compositora canadense Jessie Reyez,  é dona de um timbre que vale a pena ser ouvido.

Filha de pais colombianos, Jessie batalhou bastante até conseguir ocupar um lugar de respeito. Com voz rouca e letras fortes, de muita personalidade e bagagem pessoal, a jovem de 26 anos está despontando na cena musical, principalmente após a gravação de Hard to Love, em parceria com Calvin Harris (é um hino!). A fotografia é linda e a mensagem bem representativa, sobre relacionamento, sentimento e entrega.

Gostou?! Para conhecer a tradução e cantar junto, clique aqui.

Pelas redes e canais de música é possível encontrar um pouco mais do trabalho de Jessie Reyez. O single mais conhecido é Figures, parte do seu álbum de estreia, Kiddo, lançado no ano passado (2017).

Em março, ela foi contemplada no Juno Award, premiação que a consagrou como Artista Revelação do Ano de 2018. É para ficar de olho, pois ela promete! 👀 🎧

10 modinhas fitness que valem a pena ser adotadas

Conteúdo original M de Mulher

Mais que moda passageira, comer bem é fundamental para se manter saudável. Mas como separar o joio do trigo (integral), em meio a conselhos que surgem de todo lado? Especialistas ajudam a selecionar as dez manias que merecem, de fato, entrar no seu cardápio.

1. Farinha de banana verde

bananas-571544_960_720

Assim como a biomassa da fruta, a farinha ficou famosa por conter uma substância chamada amido resistente – só obtida quando a banana é consumida antes de amadurecer. “Misturada aos alimentos, ela é capaz de tornar a absorção dos nutrientes mais lenta, o que diminui o índice glicêmico das refeições e aumenta a sensação de saciedade”, afirma o nutrólogo Guilherme Giorelli, diretor da Associação Brasileira de Nutrologia, no Rio de Janeiro. Isso significa que os picos de glicemia são evitados e o acúmulo de gordura é menor. A vantagem dessa versão é o sabor mais atraente. Pode ser adicionada a sucos, shakes e sopas.

Quanto consumir: 2 colheres (sopa) por dia.

2. Crepioca

Como o nome sugere o prato é uma espécie de crepe de tapioca – basta misturar o ingrediente com ovos. “A quantidade de tapioca (carboidrato) necessária é menor que na receita original, e o ovo fornece proteína”, diz a nutricionista Patricia Davidson, de São Paulo. A preparação permite vários recheios, como queijo cottage, atum com requeijão e até banana.

Quanto consumir: uma porção por dia.

3. Orgânicos

vegetables-790022_960_720

“Os agrotóxicos podem desregular nossos hormônios e provocar alterações no funcionamento do intestino”, diz a nutricionista Bianca Innocencio, da Clínica Andréa Santa Rosa, no Rio de Janeiro. Consumir alimentos orgânicos é, portanto, uma forma de evitar esses problemas. “Mas nem por isso eles estão totalmente liberados, já que são igualmente calóricos”, alerta Giorelli. Escolher essa opção garante, apenas, a abstenção de aditivos químicos.

4. Overnight Oats

Esse café da manhã superprático leva cereais, frutas, iogurte ou leite e é preparado de um dia para o outro (daí o overnight). O contato com os outros ingredientes ajuda a neutralizar o ácido fítico, presente nos cereais, que atrapalha a absorção de nutrientes. “Isso beneficia o sistema digestivo”, explica Guilherme Giorelli.

Quanto consumir: uma porção por dia.

Aprenda a preparar sua overnight oats AQUI

5. Pasta de amendoim

peanut-butter-350099_960_720

Mesmo calórico (atenção às quantidades!), esse alimento, comum na dieta dos americanos, ganhou fama por ser uma
rica fonte de proteína e gordura boa, protegendo o coração e favorecendo o ganho de massa magra. Além disso, disfarça a vontade de ingerir doce e garante saciedade por mais tempo.

Quanto consumir: 1 ou 2 duas colheres (chá) por dia da versão sem açúcar.

6. Salada no pote

As múltiplas possibilidades de combinação de verduras, legumes e hortaliças com grãos e proteínas magras possibilitam a criação de refeições completas e saudáveis para qualquer hora e lugar. “O pote de vidro hermético armazena os alimentos e garante que seus nutrientes sejam mantidos”, diz Patricia.

Quanto consumir: até dois potes por dia.

7. Barrinha de proteína

Evolução da barra de cereais, é uma alternativa pobre em carboidratos, sugerida para estimular o ganho de massa muscular em quem pratica exercício. Como a maioria reproduz sabores de chocolate, doce de leite e até de brownie, pode segurar a vontade de comer doce.

Quanto consumir: até duas por dia.

8. Panqueca proteica

A receita leva ovos e whey protein, um prato cheio (trocadilho inescapável) para quem quer aumentar o ganho de massa magra. No lugar da farinha de trigo, os nutricionistas sugerem farelo de aveia, que, rico em fibras, dá mais saciedade e ajuda o intestino a funcionar. Há quem acrescente geleia sem açúcar ou cacau para transformá-la em substituta do doce.

Quanto consumir: até duas por dia.

9. Goji berry

goji-324932_960_720

Essa frutinha vermelha, consumida seca, ficou conhecida por ajudar a rejuvenescer e acelerar o gasto calórico. “O maior benefício é seu poder antioxidante. Ela é capaz de melhorar o funcionamento do organismo todo”, afirma Bianca Innocencio. Adicione ao mix de nuts, à salada de frutas ou ao iogurte para um lanche mais completo.

Quanto consumir: 1 colher (sopa) por dia.

10. Suco prensado

Não é à toa que as versões detox ou multivitamínicas fazem tanto sucesso: um único copo pode fornecer a quantidade de nutrientes e vitaminas de uma refeição inteira. “Se as frutas forem prensadas a frio, os benefícios são ainda maiores e conservados por mais tempo”, diz Guilherme Giorelli. Segundo ele, quanto mais variadas as cores das frutas escolhidas, mais nutritivo é o suco.

Quanto consumir: até dois copos por dia.

39 pequenas felicidades que (talvez) você não preste atenção

Esse post é para descontrair. Relaxar nessa semana que já está quase chegando ao fim. Veja se você se identifica com alguma dessas situações…

“1. Fazer xixi quando você está muito apertada.

2. A última mordida no hambúrguer.

3. Cheiro de papel novinho.

4. Quando o ônibus chega na mesma hora que você.

5. Encontrar o celular na bolsa depois de quase ter um infarto pensando que perdeu.

6. Um abraço depois de um dia difícil.

7. Quando a encomenda chega antes do prazo.

8. Dormir sem tirar a maquiagem.

9. O primeiro gole de cerveja depois de muito tempo sem.

10. O momento glorioso de tirar os cílios postiços.

11. Quando você acorda no meio da noite e percebe que tem mais horas para dormir.

12. Pagar barato numa roupa que estava 7 vezes mais cara um dia atrás.

13. Tirar o sutiã.

14. Cheiro de café.

Pão fresco e pipoca também! 🙂

15. Quando aquela roupa serve perfeitamente em você.

16. Quando chega aquela mensagem que você estava esperando.

17. Quando sua música preferida toca no rádio.

18. Dormir à tarde.

19. Não ter hora pra acordar.

20. OPEN BAR.

21. Balançar a foto polaroid.

22. Quando o shuffle acerta e coloca uma música que define o momento da sua vida.

23. Estourar uma espinha. Mas fique claro: é um prazer da lista dos proibidos, tá?! 🙂

24. Fazer a sobrancelha.

25. Quando você acorda e seu cabelo está ótimo.

26. Tirar o esmalte.

27. E fazer a unha também.

28. Pés na areia.

29. Dormir com chuva.

30. Colocar a cabeça pra fora do carro.

31. Cantar na rua quando não tem ninguém por perto.

32. Tirar o salto.

33. Achar dinheiro no bolso da calça.

34. E achar dinheiro na rua.

35. Abrir o congelador e encontrar a forma cheia de gelo.

36. Amostras grátis! ❤

37. Quando um estranho sorri gentilmente pra você.

38. Encher a mão de cola, esperar secar e descascar.

39. Esta fantasia:”

Conteúdo original M de Mulher