Tag: vencer

10 segredos dos ‘antes e depois’ mais incríveis do Instagram

Conteúdo original de M de Mulher

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

“Tirar fotos depois do treino!” Essa é a resposta de Kayla Itsines quando perguntamos o que fazer para não desistir depois de algumas semanas suando o top. E funciona! Com 3,5 milhões de seguidores em seu perfil no Insta (@kayla_itsines), a australiana publica todos os dias imagens da verdadeira transformação no corpo das mulheres que praticam o programa de exercícios criado por ela – e são inacreditáveis! Quer descobrir outras táticas da profissional para chegar lá? A gente conta aqui.

1 #FOCO

A sua versão 2.0 só virá com consistência. Isso significa ficar firme nos exercícios e também na alimentação. Eu sugiro fazer mudanças de verdade, porém aos poucos. Com persistência, você vai perceber que o seu corpo, naturalmente, transformará o hábito em um novo estilo de vida, que você não vai querer abandonar.

2 TEM QUE COMER

A mania – péssima! – de pular refeições priva o seu organismo de energia. Comer direitinho, durante todo o dia, sem excluir nenhum grupo alimentar, vai garantir que você tenha pique para encarar a sua rotina sem que a sua saúde (como o nível de açúcar ou hormônios) seja afetada.

2
Reprodução Instagram

3 PRE-PA-RA

E não só as suas próprias refeições. Deixar a bolsa do treino pronta na noite anterior reduz as chances de faltar pela manhã. Planejar o exercício antes de começá-lo também é uma boa, pois faz com que você separe o tempo certo para completá-lo.

METAS NO PAPEL

Escrever os seus objetivos e dar uma olhadinha neles quando bater um desânimo é um truque perfeito para se lembrar do porquê de ter começado e se inspirar para continuar.

5 HIDRATAR NUNCA É DEMAIS

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

Repor os líquidos que você perde treinando é essencial. Beba muita água o dia inteiro. Eu adoro misturá-la com limão ou outras frutas para deixar um sabor gostoso.

6 MAIS INTENSIDADE, MENOS TEMPO

Trabalhe eliminando todos os minutos que você perde na troca de exercícios durante o treino. Assim, os batimentos permanecem acelerados e você vai malhar em alta intensidade por um período consistente de tempo maior – fazendo a atividade valer mais a pena!

7 TROCAS ESPERTAS

Comer de maneira saudável não significa nunca mais aproveitar os seus pratos favoritos. Você ficaria surpresa com a quantidade de alternativas fit possíveis para as tranqueiras que amamos! Por exemplo, em vez de pedir uma pizza trash, faça uma em casa com massa integral, frango, abóbora e queijo de cabra. Troque carnes processadas, como presunto e salsicha, pelas magras, como frango. Se você ama massas, escolha um molho à base de tomate no lugar do creme de leite.

8 ALONGAR SEMPRE

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

Ouça o seu corpo e tente incorporar um tipo de reabilitação na sua rotina. Como? Incluindo alongamentos antes e depois dos treinos. Além de prevenir lesões, vai melhorar a sua flexibilidade e também diminuir o risco de dores musculares pós-treino.

9 PESSOAS POSITIVAS SÃO MAIS LEGAIS

Eu A-M-O que as mulheres encorajem umas às outras a continuar firmes e fortes para atingir suas metas. Converse com alguém online que esteja passando pelo mesmo momento ou marque de treinar com uma amiga. O apoio de pessoas que estejam atrás de resultados parecidos vai deixar você motivada a continuar no novo estilo de vida saudável.

10 TREINOS VARIADOS

Se você começar a ficar entediada enquanto se exercita, mude a atividade. Experiência própria: incorporar vários estilos de treino ajuda a atingir melhores resultados em todas as áreas do seu corpo. Além disso, ter muitos exercícios diferentes é ótimo para manter essa hora do seu dia sempre animada.

Inspire-se em quem já seguiu o plano de Kayla e transformou o corpo:

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

 

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram

 

7
Reprodução Instagram

 

8
Reprodução Instagram

Você pode superar!

forest-764924_640

“Há momentos em nossas vidas que nos sentimos pequenos, fracos, inseguros e incapazes de reagir e vencer algumas dificuldades que vivemos. Já aconteceu isso com você? Mas quando paramos um pouco e olhamos para “dentro de nós”, percebemos quantos obstáculos, quantas barreiras, quantos ‘nãos’, quantos momentos difíceis já vencemos.

Percebemos a força, a capacidade, o poder que existe dentro de nós. Então, percebemos que escondido atrás deste gigante chamado medo, dúvidas e incapacidade que acreditamos ter, está a nossa capacidade de vencer.

ajedrez-640385_640

Quando fazemos esse momento de reflexão da nossa capacidade, das nossas conquistas, dos momentos difíceis que já vivemos e vencemos, fica muito mais fácil enfrentar o momento atual, pois percebemos que é apenas mais um que será vencido. Percebemos que os gigantes somos nós que já vencemos tantos outros problemas e não vai ser o problema atual que vai nos derrotar.

Portanto: quando se sentir incapaz, se sentir inferiorizado, pare por um instante e faça um momento de reflexão. Coloque em uma folha de papel o maior numero de situações difíceis que você já venceu, veja o que você fez para vencer, de quem você recebeu ajuda e como se sentiu após a vitória.

sunset-55243_640

Você vai perceber que será capaz de vencer mais esse obstáculo. Não perca tempo pensando no problema, quanto mais você gasta seu tempo pensando no problema, maior ele fica. Pense na solução, gaste seu tempo com a solução, imagine o prazer, a alegria que você vai sentir e o orgulho que vai causar nas pessoas que te amam ao ver você vitorioso.

Lembre-se: Você pode vencer mais essa! Quando conquistar a vitória, convide as pessoas que você ama para comemorar mais essa conquista e lembre-se: VOCÊ PODE VENCER!!!”

Nestor de Almeida, Administradores

success-846055_640

Como enfrentar e superar seus medos

0008480416I-849x565

Cada um de nós tem um momento imaginário que tememos, de parar o coração. Se você é tímido às câmeras, por exemplo, pode se preocupar em parecer tolo no vídeo. Ou se você tem medo de conflitos, pode imaginar-se desajeitadamente tentando afirmar-se e, em seguida, começar a chorar. O que fazer? Para evitar a ginástica e o esgotamento emocional e ficar longe dos medos, damos 4 dicas para enfrentar essa fraqueza e seguir adiante.

1 Mantenha a “reprodução do filme”

forest-549664_640

Seja qual for o seu medo, não aperte o “pause” em sua história de horror imaginando o pior momento possível. Ao invés disso, mantenha o filme rolando até que você se sinta seguro.

Como ponto de partida, sempre que você imaginar seu medo, deixe o pior cenário para trás, para então chegar a uma conclusão segura. Assim, você se sentirá melhor preparado para lidar com o que sair do planejado, o que, talvez, nem venha a acontecer.

2 Encare

Eventualmente, você se cansará de sentir medo. Então, quando estiver cansado de se segurar na zona de conforto, dê um giro de 180 graus e posicione a sua vontade de mudar.

Esteja disposto a ficar no palco, entrar no avião, pedir um aumento ou fazer tudo o que você teme. Sua disposição é mutuamente exclusiva de seu medo – você pode estar apavorado e, ainda assim, estar disposto a superar suas fraquezas.

3 Coloque no papel

0009910290O-849x565

Se você gosta de registrar pensamentos ou mantém um diário, esta dica é para você. Primeiro, anote o que te amedronta. “Eu desperdicei a minha vida.” “Ninguém me ama.” “Todo mundo pensa que eu sou um grande perdedor.” O que quer que seu cérebro grite, coloque para fora e passe para o papel.

Depois de alguns dias, volte a olhar sobre o que você escreveu. À luz do dia, alguns de seus medos podem parecer bastante melodramáticos. Ou talvez você perceba que eles não passam da opinião distorcida de alguém, como um parceiro negativo, um pai frio ou uma “amiga” malvada. É o seu pensamento e a sua visão de mundo, mas quem sabe você tenha internalizado essas críticas e inseguranças ao longo dos anos.

Em seguida, escreva uma resposta ao seu medo. Na primeira vez em que tentar fazer isso, provavelmente você não será capaz de pensar em nada, mas continue tentando. Escreva imaginando o que o seu maior fã diria. Deixe o seu advogado de defesa interno construir um argumento. Anote todas as provas que minam o seu medo, mesmo aqueles que acha que não deveria escrever. Crie um arsenal de contrapensamentos que você possa usar da próxima vez em que o botão do medo for empurrado.

No entanto, se você não puder suportar o enfrentamento dos seus medos ou não consegue pensar em qualquer prova contrária, procure um terapeuta que você goste e confie. Esse profissional irá ajudá-lo a enxergar uma luz maior do que esses medos e te ajudar a descobrir que eles não são tão fortes quanto você pensa.

4 Enfrente sem pressa

0009910497O-849x565

Você não tem que saltar com os dois pés. Pelo contrário, enfrentar medos significa começar pequeno. Diante à pressão, você pode se sentir insignificante e enxergar a tarefa muito maior do que ela realmente é. Reduza a ansiedade, deixe que o nó no estômago seja desfeito e faça o que tem que ser feito.

Então, depois de realizar seu objetivo pequeno, siga adiante em busca de um desafio um pouco maior. Progrida lentamente. O objetivo de enfrentar o seu medo não serve para mudar sua personalidade, mas para ajudá-lo a ser mais flexível e confortável sendo você mesmo. Com prática e tempo, você terá uma ligação equivalente entre a vontade e o comando do seu cérebro.

Enfrentar seus medos, especialmente no início, fará você se sentir mal. Esse não é uma viagem confortável. Mas, pouco a pouco, você trocará seus medos pela confiança.

No momento em que acontecer, você não vai perceber que a mudança está acontecendo. Em vez disso, vai olhar para trás e perceber o quão longe chegou. Você vai se pegar fazendo tudo o que tinha medo sem pensar.

Fonte Quick and Dirty Tips
Tradução livre de autoria do blog.